TABUA EM FESTA: NOMEAÇÃO E ANIVERSÁRIO DE 45 ANOS DO CAMPO DE FUTEBOL AGITAM O DISTRITO

Comemoração de nomeação e aniversário do campo de futebol do distrito teve feijoada, homenagens e muita festa nesse sábado (05).

POR AILTON RODRIGUES
TABUA, S.M. DO GOSTOSO/RN.

WP_20151205_068
Nomeação do Tabuão contou com moradores e políticos

Neste último sábado (05) o distrito da Tabua comemorou dois acontecimentos significativos para sua população. O primeiro deles foi a nomeação do campo de futebol local e o segundo foi o aniversário de 45 anos deste mesmo campo.

Com presença da vereadora Francisca Pinheiro, o vice-prefeito Paulo Roberto, do secretário de assistência Social Francisco Anjos, além de muitas pessoas da comunidade o evento foi iniciado as 10h com um amistoso entre os times locais.

WP_20151205_078
O Grupo Independente da Tabua (GRIT) organizou todo o evento

SEGUNDO PLANO: AMISTOSO MORNO

O jogo entre TEC x Palmeiras terminou em 4 a 1 para o Palmeiras, a partida começou tarde devido aos atrasos, mas teve direito a um golaço de Priciano que pegou na lateral direita e em chute diagonal alto acertou o ângulo. Apesar de ter sido o único gol do TEC da partida mereceu destaque.

Hoje o campo é administrado pelos dois clubes.

 A CERIMÔNIA

WP_20151205_018
População foi assistir ao evento

Com falas das personalidades e de alguns moradores o campo foi nomeado como Januário Rodrigues de Araújo ou para os mais conhecidos pode chamar de Tabuão. Todos os pronunciamentos destacaram o compromisso do Grupo Independente da Tabua (GRIT) e da comunidade que sempre foi precursora de movimentos sociais.

WP_20151205_058
Corte da faixa da placa

SOBRE O TABUÃO

O campo de futebol da Tabua recebeu o nome de Januário Rodrigues de Araújo em homenagem a um homem que apesar de não praticar o esporte, sempre zelou pela manutenção daquele campinho de terra e morreu em 1997.

O Tabuão foi feito no dia 04 de outubro de 1970 depois de uma reunião de jovens encabeçada por Sebastião Cipriano. Foi administrado por quatro clubes: o ABC da Tabua, o Náutico Tabuense e agora por TEC e Palmeiras.

O Contador continua de olho e apoia iniciativas como estas. Até qualquer hora!

O PALMEIRAS É CAMPEÃO DA COPA SANTA FÉ DE FUTEBOL MINI- CAMPO

Verdão da Tabua de forma invicta consegue o título em cima do Fluminense em jogo difícil que ainda foi para os pênaltis.

POR AILTON RODRIGUES
SANTA FÉ, S.M. DO GOSTOSO/RN.

foto 1 final
Palmeiras comemora título após o apito final

Exibindo WP_20151205_079.jpgO Palmeiras se sagrou campeão da Copa Santa Fé neste último sábado (05) no distrito de Santa Fé. O duelo contra o Fluminense foi decidido nos pênaltis depois de um empate emocionante em 1 a 1.

O Contador estava presente e conta para você como foi:

COPA SANTA FÉ – FINAL – SANTA FÉ, 05/12

TEMPO NORMAL: PALMEIRAS 1 x 1 FLUMINENSE

foto 2 final
Palmeiras comemora título

Um jogo bastante difícil desde o começo, os times não davam espaço e o primeiro tempo acabou tendo apenas duas chances reais de gol, sendo uma delas para cada lado. José Eudes do Fluminense já mostrava que estava a fim de jogo e deu um chute forte que obrigou o goleiro a realizar grande defesa, mas nada de redes balançando: 0 a 0.

  • Veja os gols:

A segunda etapa começou com jogadas rápidas e assim foi a tônica do jogo, se as defesas estavam bem postadas a única forma de fazer o gol era com jogadas individuais. E foi assim que José Eudes em giro de corpo e batida indefensável abriu o marcador para o Fluminense.

Cinco minutos depois, Alisson lançou a bola para Fábio que em um giro maravilhoso e chute a meia altura do gol empatou para o Palmeiras. Golaços que deixaram a decisão ir para os pênaltis, depois do 1 a 1 no tempo normal.

 PÊNALTIS: PALMEIRAS 2 x 1 FLUMINENSE

ultimo penalti
Último pênalti da decisão foi cobrado para fora por Robério.

A decisão nas penalidades foi tensa, com goleiros e artilheiros espetaculares em campo, alguém seria herói e vilão. No entanto, nem precisaram todos cobrarem.

José Eudes começou a série, que foi de três batedores, para o FLU e converteu sem dificuldades, na sequência Miguel do Palmeiras também converteu e deixou tudo igual. A segunda rodada de batedores teve Evandro do Fluminense que em chute apesar de forte fez com que o goleiro palmeirense Valmir defendesse a cobrança, Loelson do Palmeiras fez o dele e deixou o marcador em 2 a 1.

A conclusão dos penais ficou nos pés de Robério do FLU que mandou para fora e definiu o título nas mãos do Verdão.

O Contador encerra mais essa cobertura de eventos, a Copa Santa Fé teve 23 jogos e 53 gols marcados. Até qualquer