Arquivo da tag: Eleições 2018

COM MENOS FILAS, ELEIÇÕES EM GOSTOSO FORAM TRANQUILAS E COM AMPLA VANTAGEM PETISTA NA APURAÇÃO

Governadora eleita teve maioria absoluta de votos em São Miguel do Gostoso, assim como candidato derrotado Fernando Haddad que ampliou seu número de votos em relação ao primeiro turno.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

eleições 2018

A apuração 100% das urnas na cidade de São Miguel do Gostoso acabaram por volta das 20h e os números demonstraram que a dupla do PT que concorria no segundo turno ampliaram suas preferências entre os gostosenses.

O dia das eleições começou com dois leves imprevistos, o atraso na chegada das urnas para os distritos da Tabua e Morros dos Martins que só fez com que a sessão fosse aberta cerca de 30 minutos depois que o país inteiro já estava começando seus trabalhos. O segundo empecilho foi a prisão de uma mulher na sede do município que tentou fotografar a urna eletrônica e foi conduzida para Touros onde ficou detida até o fim do pleito.

As filas, diferente do que aconteceu no primeiro turno, foram mais intensas pela manhã inclusive com direito a correria para ser o primeiro a votar nas sessões da Escola Estadual Olímpia Teixeira. Durante a tarde, o que foi visto foi uma tranquilidade, não houve registros de sessões que terminassem após às 17h nem substituições de urnas.

OS RESULTADOS DAS URNAS

Para governo do estado, Fátima Bezerra (PT) foi eleita e sua votação em São Miguel do Gostoso foi ampliada em relação ao primeiro turno. Ela ascendeu de 50,32% (2.695 votos) para 61,59% (3.496 votos), enquanto Carlos Eduardo (PDT) também subiu de 12,64% (677 votos) para 38,41% (2.180 votos).

segundo turno apuração gostoso

No mais alto cargo administrativo do país, Fernando Haddad (PT) também teve um aumento significativo em relação ao primeiro turno. De 58,32% (3.323 votos) o candidato petista chegou a margem de 72,81% (4.137 votos). Já o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), teve no primeiro turno 21,60% (1.231 votos) enquanto no segundo turno chegou ao índice de 27,19% (1.545 votos).

OUTROS DADOS…

  • VOTOS BRANCOS: 1,09% (67 votos).
  • VOTOS NULOS: 6,38% (392 votos).
  • VOTOS VÁLIDOS: 92,53% (5.682 votos).

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

EM NOTA, PREFEITO E VICE DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO NEGAM APOIO A FÁTIMA BEZERRA

Nota divulgada por meio das redes sociais diz que encontro onde aparece foto dos prefeitos foi para apreciação das propostas da senadora.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

apoio-fatima-1
De acordo com a nota, encontro foi apenas para apresentação de propostas.

 

O prefeito Renato de Doquinha (PSD) e seu vice, Azenate Câmara, divulgaram uma nota por meio das redes sociais na noite desta terça-feira (16) negando o apoio a candidata ao governo do estado, Fátima Bezerra (PT).

A nota foi divulgada após a publicação de uma matéria no blog do jornalista Assis Silva, onde afirmava que Renato e mais 19 prefeitos e lideranças municipais apoiavam a candidatura da senadora. A nota enfatiza que o encontro ao qual eles estiveram juntos foi para apresentação de propostas da candidata ao Consórcio de Turismo do Litoral Norte e o convite foi realizado pelo prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira.

Veja a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Prefeito Renato de Doquinha e o Vice Azenate Câmara, vem por meio desta, esclarecer o fato de notícias vinculadas em meios não oficiais quanto o “APOIO” do Prefeito RENATO à candidatura da Senadora Fátima Bezerra ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

 

Esclarecemos que não houve por parte do Prefeito Renato de Doquinha e nem do Vice Azenate Câmara, qualquer AFIRMAÇÃO quanto a APOIO a Candidata Fátima Bezerra ou ao Candidato Carlos Eduardo e que até então só houveram reuniões para apresentação de propostas de ambos os candidatos, para que pudessem ser avaliadas, o que de MELHOR apresentam para o nosso município e que possam dar continuidade aos nossos projetos.

 

É necessário mencionar que o motivo da reunião realizada na data de 15 de outubro de 2018, foi atendendo ao convite do Presidente do CITUNORTE o Prefeito Joaz, para que a candidata Fátima Bezerra pudesse apresentar as suas propostas ao Consórcio de Turismo do Litoral Norte, não tendo ocorrido qualquer outra reunião de maneira isolada.

 

Encerramos pedindo a compreensão dos que vincularam tal notícia, que a mesma possa ser esclarecida apresentando a realidade dos fatos.

 

Atenciosamente,
Prefeito Renato de Doquinha e Vice Azenate Câmara

Lembrando que Renato apoiou no primeiro turno o atual governador Robinson Faria  (PSD), que não conseguiu avançar na corrida eleitoral. Dentre todos os candidatos da chapa, apenas José Dias (PSDB) se elegeu para Deputado Estadual.

Nós continuamos de olho.

PREFEITO RENATO DE DOQUINHA DECLARA APOIO A FÁTIMA BEZERRA, DIZ BLOG

De acordo com o blogueiro Assis Silva o prefeito da cidade de São Miguel do Gostoso apoiará a candidata do PT no segundo turno.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

apoio-fatima-1

O jornalista Assis Silva, divulgou em seu blog nesta última segunda-feira (15) uma matéria onde estão declarados apoios de mais 20 prefeitos e lideranças municipais para a candidata Fátima Bezerra (PT) ao Governo do Estado neste segundo turno.

Dentre estes apoiadores está o do prefeito de São Miguel do Gostoso, Renato de Doquinha, que durante o primeiro turno apoiou o atual governador Robinson Faria (PSD) que não conseguiu avançar na corrida eleitoral. Dentre os candidatos apoiados pelo prefeito, apenas José Dias (PSDB) conseguiu se eleger como Deputado Estadual.

O que repercutiu na cidade foi que grande parte da oposição também apoia a senadora, mas de acordo com pessoas ligadas ao prefeito ele segue mantendo seus princípios de “apostar em quem realmente pode fazer alguma coisa relevante para o Estado”, disse uma dessas pessoas que não quis se identificar.

Além de Renato outros prefeitos que declararam apoio a Fátima neste encontro citado na matéria foram: Fernando Cunha (Macaíba), Laerte Paiva (Rio do Fogo),  Polion Medeiros (São Fernando), Tiquinho (Rui Barbosa), Miguel Cabral (São Pedro), Kêka (São Bento do Trairi), Amarildinho (Caiçara do Norte), Valdemir Valentim (Pedra Grande), Cláudio Henrique (São Bento do Norte), Joaz Oliveira (Extremoz) e Babau (Marcelino Vieira).

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

EM GOSTOSO, OPOSIÇÃO EMPLACOU MAIS CANDIDATOS NA COMPOSIÇÃO POLÍTICA ESTADUAL DO QUE A SITUAÇÃO

Resultado da eleição do último domingo (07) revela novo cenário politico.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Na eleição desse último domingo (07), os fatores novidades, aprovação do governo e votação das reformas, definiram o resultado das urnas. O poder da máquina não se mostrou eficiente desta vez causando baixas históricas no cenário politico como a derrota de Garibaldi Alves, Agripino Maia, Geraldo Melo e Jácome.

No cenário municipal dos 6 candidatos apoiados pelo ex-prefeito Miguel Teixeira, os vereadores Beto de Agostinho (PHS), Micarla Catarina (PSB), José Evânio (PR) e Zé de Luzenário (PCdoB), 5 foram os mais votados a nível local. A chapa governista apoiada pelo Prefeito Renato de Doquinha (PSD) teve o desempenho inverso conseguindo emplacar apenas 1 candidato como mais votado.

Em Gostoso, Robinson Farias obteve 1.687 votos contra 2.695 de Fátima Bezerra, 1.008 votos de diferença dentro do município, reflexo da baixa aprovação do governo estadual e do governo municipal. Já para as duas vagas de senador, Dra. Zenaide e Capitão Styvenson repetiram o desempenho estadual ficando em 1º e 2º lugar na votação municipal, seguida pela boa votação de Jácome (impulsionado pelo voto evangélico) que superou Garibaldi.

GOVERNADOR

SENADOR

Na disputa para as vagas de Deputado Federal, João Maia voltou a ser o mais votado em Gostoso, seguido por Fabio Farias (eleito) e Rogério Marinho, pai da Reforma Trabalhista e vítima da mesma, que acabou não sendo eleito. No cenário para Deputado Estadual, José Dias foi o mais votado, sendo seguido por Terezinha Maia, Gustavo Carvalho, Tarcisio Jr., e João Cabral.

Não diferente do resto do país, a disputa entre Bolsonaro e Haddad, ganhou força nas últimas semanas, sem esquecer da intervenção de Ciro Gomes na reta final. Em Gostoso, na eleição para presidente tivemos Haddad com 3.323 votos, Bolsonaro com  1.231, e Ciro com 779.

PRESIDENTE

Assim que o TSE liberar os resultados por sessão eleitoral faremos um post especial com os resultados. Dia 28, teremos o segundo turno das eleições para governador e presidente. O jogo continua.

Até a próxima.

GRANDE MAIORIA DOS GOSTOSENSES VOTARAM EM HADDAD E FÁTIMA NO 1º TURNO

Após apuração de 100% das urnas gostosense, a dobradinha do PT foi consagrada com maioria dos votos na cidade.

POR AILTON RODRIGUES
ANT. CONSELHEIRO, S.M. DO GOSTOSO/RN

Após o término do primeiro turno das eleições 2018, o TSE divulgou ainda na noite de domingo (07) o resultado da apuração por municípios e o domínio da dobradinha do Partido dos Trabalhadores no governo do estado, com Fátima Bezerra, e na presidência, com Fernando Haddad, foi marcante.

Para o maior cargo do país, os gostosenses preferiram Haddad (PT) com 58,32% o que equivale a 3.323 votos, o outro concorrente que vai ao segundo turno, Jair Bolsonaro (PSL), foi o segundo mais votado na cidade com 21,60% das intenções (1.231 votos).

O detalhe é que Bolsonaro era apontado por algumas lideranças gostosenses que o apoiam como vitorioso na cidade, além disso, o candidato do PSL conta com a maioria da camada evangélica conservadora da cidade, como ficou evidente na carreata realizada para o candidato na última semana.

Os únicos presidenciáveis a não ter votos dos gostosenses foram Eymael (DC), João Goulart Filho (PPL) e Vera Lúcia (PSTU). Votos brancos somaram 119, nulos 490 e 1.218 pessoas resolveram não ir votar.

Veja o detalhe do desempenho dos demais candidatos abaixo:

PRESIDÊNCIA

PRESIDENTE EM GOSTOSO 01

PRESIDENTE EM GOSTOSO 02
Imagens: G1 / Fonte: TSE

Para o cargo de governo do estado o predomínio da candidata Fátima Bezerra (PT) também foi grande, foram pouco mais de mil votos de diferença para o segundo colocado na cidade, Robinson Faria (PSD), que é apoiado pelo prefeito e não conseguiu garantir vaga para o segundo turno.

O adversário da petista no segundo turno, Carlos Eduardo (PDT), recebeu 12,64% das intenções de votos gostosenses, o equivalente a 677 votos. Veja os números:

GOVERNADOR

GOVERNADOR EM GOSTOSO 01

GOVERNADOR EM GOSTOSO 02
Imagens: G1 / Fonte: TSE

BIOMETRIA FOI O DESTAQUE

A primeira eleição com 100% dos eleitores usando o sistema biométrico causou filas nas sessões gostosenses, os términos dos votos dos eleitores foi sendo esticado para às 19 horas, especialmente nos maiores colégios eleitorais do município (Antônio Conselheiro e Morros dos Martins).

Na Tabua ainda houve um leve contratempo com os fiscais e o policiamento, mas não atrapalhou o andamento da votação.

Nós continuamos de olho.

 

A ONDA BOLSONARISTA E PARTIDARISTA TEM COLOCADO A CAPACIDADE DE PENSAR EM RISCO NAS ELEIÇÕES

Por que mesmo com um discurso agressivo, intolerante, preconceituoso, que incita o ódio e a violência, Bolsonaro tem convencido a muitos? O foco das eleições tem sido  o ‘‘ele sim’’, ‘‘ele não’’ e o partidarismo, principalmente relacionado ao PT.

POR AUXILIADORA RIBEIRO E PAULO CÉSAR MARTINIANO
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

eleições 2018
Fonte Google Imagens

Mesmo diante de um discurso violento, intolerante, e por vezes, contraditório, Bolsonaro tem convencido a muitos. Confira nossa opinião e entenda que nosso objetivo não é angariar votos para um ou outro candidato, mas sim, alertar nossos leitores a respeito de alguns pontos importantes na escolha de quem votar para presidente e evidenciar questões que não se consegue dialogar no dia a dia com grande parte do eleitorado.

Contextualizando

É fato que nós brasileiros estamos cansados de tantos acontecimentos ruins que vêm acontecendo em nosso país, principalmente relacionado a segurança pública, e a corrupção que envolve vários partidos.

São nessas feridas que o candidato a presidência Jair Bolsonaro tem investido, tendo como foco acusações ao partido PT – candidato Haddad – pois devido a todo o processo e a prisão do ex-presidente Lula o partido está em mais evidencia do que nunca, bem como, se colocando como o salvador da pátria, como aquele que vai trazer a paz, a ordem, resgatar valores e colocar o país no eixo.

O partidarismo, o favoritismo, a preguiça de pensar, de buscar se informar tem levado a maioria do eleitorado a se fundar apenas em fontes como o Facebook e o WhatsApp, por exemplo, onde circulam várias informações falsas, as chamadas – Fake News – e a toma-las por verdades, as vezes absolutas. E essas inverdades não é referente a um só candidato ou partido, mas é uma realidade que atinge a todos.

Embora exista o questionamento sobre a veracidade ou não das noticias propagadas, devemos nos ater a questão de que ao fazer isso, além de ajudarmos a promover a ignorância, transmutamos o problema de propagar falsas informações e nos tornamos o problema em questão.

O perfil do eleitor

É evidente que o perfil de grande parte do eleitorado brasileiro é de realmente se apegar apenas ao que circula nesses meios, esquecendo-se que vivemos na era da informação, e que há tantas formas de conhecer os candidatos e se certificar se as informações as quais já tiveram acesso são verídicas. A escolha dos candidatos tem se baseado naquilo que se vê nas redes sociais, ou em algo que alguém disse a favor ou contra determinado candidato.

As pessoas se acostumaram a votar naqueles candidatos que estão a frente, não se importando com nenhum outro critério, o foco são as duas opções, que nessas eleições tem sido Bolsonaro e Haddad, onde porquê não simpatizo com Bolsonaro voto no PT e porque não gosto do PT voto em Bolsonaro ignorando-se que existem também outras opções, pelo menos no primeiro turno.

brasil-bolsonaro-haddad
Fonte Google Imagens

Diante disso, as posturas que os dos dois lados adotam são geralmente radicais, em que se torna quase que impossível dialogar com esse eleitorado, e quando se consegue ao menos iniciar, pois rapidinho se aflora os ânimos, em grande parte por falta de argumentos sólidos, e qualquer tentativa de diálogo resulta num combate.

Porém, quando se consegue iniciar, a conversa já começa errada com uma pergunta inicial do tipo: DE QUE LADO VOCÊ ESTÁ? Onde ou você é conservador, ou você é liberal, ou de direita, ou de esquerda, socialista, comunista, ou a favor da redução da maior idade, ou contra, defensor do armamento ou do desarmamento, etc.

Podemos perceber que questões tão delicadas, que precisam de longa análise são colocadas de forma superficial para angariar votos. E a maioria do eleitorado alienado, pousa de bobo e joga o jogo dos candidatos, discutindo sobre questões tão complexas num plano meramente superficial, sem um conhecimento responsável da causa.

O que fazer?

Nosso papel enquanto eleitores, mesmo nos sentido muitas vezes num beco sem saída com a crise política que enfrentamos, deve ser o de buscar nos informar, não só assistindo debates – que geralmente são vergonhosos, pois o foco não são as propostas, e sim o jogo de ofensas entre os candidatos -, mas também buscar o plano de governo que é parte fundamental no processo de escolha do candidato.

É preciso LER para CONHECER, e saber o que cada candidato está pensando em fazer com nosso país, verificar se as propostas são equilibradas, se me identifico com elas, e se o candidato está seguindo em seus discursos a linha do seu plano de governo.

Quanto a Bolsonaro

Entendemos que há realmente o elemento ‘‘emoção’’ quando, por exemplo, pessoas militantes dos Direitos Humanos, defensoras do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA declaram seu voto para Bolsonaro, sendo que o mesmo defende a redução da maior idade penal que contradiz totalmente a bandeira que tais militantes levantam, bem como a mudança de foco dos direitos humanos de forma que se volte para a vítima, declarando com isso que os direitos humanos estão contra as vítimas.

Como ele se declara radical e conservador, muitas pessoas religiosas, também optam por este candidato, e isso nos faz pensar se o foco é realmente o BRASIL, ou no que Bolsonaro pensa e acredita. O que estamos ouvindo nas nossas igrejas não é o amor, a paz, a mansidão, etc.?

Quanto a proposta de armamento o Papa Francisco se declarou a respeito e houve fortes críticas dos bolsonaristas, pois para um bom entendedor, poucas palavras bastam. Confira:

comentário Papa Francisco
Fonte: Clique aqui 
comentário concordando com o papa
Fonte: Clique aqui

‘‘ Vote em Bolsonaro porque só ele vai colocar o Brasil no eixo!’’

Falso, enganoso! Para quem não sabe como se dá o processo político democrático no país, existe um princípio na Constituição chamado de SEPARAÇÃO DE PODERES, que inclusive está elevado a condição de cláusula pétrea – que não pode ser mudado – diante do qual, mesmo que Bolsonaro tente ser soberano, autossuficiente, ele depende do Congresso Nacional – que  representa, ou ao menos deveria representar O POVO – para quaisquer mudanças, a menos que ele queira rasgar a Constituição de 1988, que inclusive hoje 05 de outubro de 2018 está completando 30 anos, der um golpe de Estado e faça outra de acordo com os seus interesses.

‘‘ Ele não é preconceituoso, nem violento, o que ele propõe é a paz e volta dos valores…’’

Paz não é o que seus discursos transmitem. Quanto aos valores, são muito amplos, valores não se colocam nas pessoas de goela abaixo, é um processo de construção que demora muito, e não são as ‘‘palmadas’’ que conseguirão fazer isso.

‘‘Ora, se for preciso os pais dar umas palmadas nos filhos para o corrigir, que o faça!’’

Ora, parece que Bolsonaro não anda assistindo TV, pois o que está em questão nesse caso não é o Estado interferindo nas palmadas que os pais têm ou não direito de dar nos filhos, mas nos excessos que chegam a matar ou comprometer a saúde da vítima. E com certeza não são algumas palmadas que fazem esse estrago…

LGBT,  respeitar é o caminho da paz. Livre arbítrio significa decidir o que quer e o que não quer, claro, quando capaz de decidir. O candidato prega o ódio, colheremos o que?

Seu plano de governo é preocupante, pois é meramente superficial, mais especificamente geral, sem propostas claras, específicas, o que pode ser um risco, pois não se sabe na verdade qual de fato será sua postura de governante. O plano foca apenas em Economia, segurança, saúde, educação, infraestrutura… e cita o programa bolsa família. Cadê a Assistência, a cultura, o meio ambiente, etc.? Declara ainda que a Constituição deve ser respeitada, porém, em seus discursos nos leva a entender que ele é quase que contra tudo que ela ordena.

Enfim, talvez seja bom pensar que assuntos complexos, delicados, como redução da maior idade penal, armamento, aborto, etc. não deveriam ser propostas de governo, e por isso, não deveriam ser critério de escolha de candidato, pois é preciso uma análise criteriosa a respeito. Estamos à beira das urnas, mas ainda dá tempo de buscar informações e sair da superficialidade.

Até a próxima!

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO TERÁ TROPAS FEDERAIS DURANTE 1º TURNO DAS ELEIÇÕES

Alguns municípios potiguares receberão tropas federais a partir deste sábado (06) para o bom andamento do pleito.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

show_fa_965578d0-fd81-4514-b052-a63225ca8a1f

O último balanço do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou que cerca de 39 zonas eleitorais potiguares, o que corresponde a 97 municípios, terão apoio dos militares, incluindo aí a 14ª Zona Eleitoral onde está inserido São Miguel do Gostoso.

A atuação das Forças Federais é garantida por lei para que o bom andamento das eleições aconteça. Serão mais de 3 mil homens deslocados apenas para os estados da Bahia, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Até o momento 510 localidades de 11 estados brasileiros estão confirmados para terem este acompanhamento, a prioridade foi dada para aldeias indígenas, comunidades ribeirinhas e distritos.

Nós continuamos de olho.

ELEIÇÕES 2018: CONFIRA QUEM SÃO OS 13 CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Apresentaram os pedidos de registro: Alckmin, Alvaro Dias, Amoêdo, Bolsonaro, Boulos, Ciro, Daciolo, Eymael, Goulart Filho, Lula, Marina, Meirelles e Vera Lúcia. Campanha começa nesta quinta-feira.

Por Mariana Oliveira

TV Globo, Brasília

Treze presidenciáveis registraram as candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até o fim do prazo estabelecido pela lei. São eles:

  • Alvaro Dias (Podemos)
  • Cabo Daciolo (Patriota)
  • Ciro Gomes (PDT)
  • Eymael (DC)
  • Geraldo Alckmin (PSDB)
  • Guilherme Boulos (PSOL)
  • Henrique Meirelles (MDB)
  • Jair Bolsonaro (PSL)
  • João Amoêdo (Novo)
  • João Goulart Filho (PPL)
  • Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
  • Marina Silva (Rede)
  • Vera Lúcia (PSTU)

No total, as convenções aprovaram 14 candidaturas, mas Manuela D’Ávila (PCdoB) desistiu de concorrer. De acordo com o PCdoB e o PT, a estratégia é que ela concorra como vice em uma chapa encabeçada por candidato do PT.

A campanha eleitoral começa oficialmente no próximo dia 16. No dia 31, se inicia o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV.

O TSE tem prazo até 17 de setembro para fazer uma análise inicial dos registros. Depois desse prazo, ainda será possível analisar recursos. De qualquer decisão, cabe recurso ao Supremo Tribunal Federal.

Lula

A candidatura de Lula pode gerar questionamentos na Justiça porque, além de estar preso, o ex-presidente se encaixa nos critérios da Lei da Ficha Limpa, segundo a qual fica inelegível quem for condenado por órgão colegiado da Justiça.

O PT já anunciou o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como candidato a vice de Lula, mas, segundo informou a colunista do G1, Andréia Sadi, o partido trabalha nos bastidores com a chapa Haddad e Manuela D’Ávila.

Candidaturas registradas

Veja abaixo quais candidatos fizeram o registro e algumas das informações apresentadas por eles (na ordem do registro mais recente para o mais antigo).

O candidato José Maria Eymael (DC) (Foto: Reprodução/GloboNews)

O candidato José Maria Eymael (DC) (Foto: Reprodução/GloboNews)

EYMAEL (DC)

  • Candidatura registrada em 15 de agosto
  • Ocupação declarada: empresário; bens declarados: R$ 6.135.114,71
  • Vice: Helvio Costa (DC); ocupação declarada: professor de ensino superior; bens declarados: R$ 4.000.000,00
  • Relator do registro: ministro Luís Roberto Barroso

O candidato João Goulart Filho (PPL) (Foto: Pedro França/Agência Senado)

O candidato João Goulart Filho (PPL) (Foto: Pedro França/Agência Senado)

 

JOÃO GOULART FILHO (PPL)

  • Candidatura registrada em 15 de agosto
  • Ocupação declarada: escritor e crítico; bens declarados: R$ 8.591.035,79
  • Vice: Léo da Silva Alves (PPL); ocupação declarada: advogado; bens declarados: R$ 2.042.000,00
  • Relator do registro: ministro Admar Gonzaga

Defesa de Lula recorre contra decisão que aumentou pena do ex-presidente (Foto: Reprodução/TV Globo)

Defesa de Lula recorre contra decisão que aumentou pena do ex-presidente (Foto: Reprodução/TV Globo)

LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA (PT)

  • Candidatura registrada em 15 de agosto
  • Ocupação declarada: torneiro mecânico; bens declarados: R$ 7.987.921,57
  • Vice: Fernando Haddad (PT); ocupação declarada: professor de ensino superior; bens declarados: R$ 428.451,09
  • Relator do registro: ministro Luís Roberto Barroso

O presidenciável Henrique Meirelles (MDB) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

O presidenciável Henrique Meirelles (MDB) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

HENRIQUE MEIRELLES (MDB)

  • Candidatura registrada em 15 de agosto
  • Ocupação declarada: engenheiro; bens declarados: R$377.496.700,70
  • Vice: Germano Rigotto (MDB); ocupação declarada: empresário; bens declarados: R$ 3.668.790,71
  • Relator do registro: ministro Jorge Mussi

A presidenciável Marina Silva (Rede) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

A presidenciável Marina Silva (Rede) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

MARINA SILVA (REDE)

  • Candidatura registrada em 15 de agosto
  • Ocupação declarada: historiador; bens declarados: R$ 118.835,13
  • Vice: Eduardo Jorge (PV); ocupação declarada: médico; bens declarados: R$ 320.384,29
  • Relator do registro: ministro Luís Roberto Barroso

O presidenciável Alvaro Dias (Podemos) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução / TV Band)

O presidenciável Alvaro Dias (Podemos) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução / TV Band)

ALVARO DIAS (Podemos)

  • Candidatura registrada em 14 de agosto
  • Ocupação declarada: senador; bens declarados: R$ 2.889.933,32
  • Vice: Paulo Rabello (PSC); ocupação declarada: economista; bens declarados: R$ 12.998.440,09
  • Relator do registro: ministro Napoleão Nunes Maia Filho

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

JAIR BOLSONARO (PSL)

  • Candidatura registrada em 14 de agosto
  • Ocupação declarada: membro das Forças Armadas
  • Bens declarados: R$ 2.286.779,48
  • Vice: General Mourão; partido: PRTB; ocupação declarada: membro das Forças Armadas; bens declarados: R$ 414.470,04
  • Relator do registro: ministro Napoleão Nunes Maia

O candidato João Amoedo (Novo) (Foto: Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo/Arquivo)

O candidato João Amoedo (Novo) (Foto: Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo/Arquivo)

JOÃO AMOÊDO (Novo)

  • Candidatura registrada em 13 de agosto
  • Ocupação declarada: engenheiro; bens declarados: R$ 425.066.485,46
  • Vice: Professor Christian (Novo); ocupação declarada: cientista político; bens declarados: R$ 4.125.322,33
  • Relator do registro: ministro Napoleão Nunes Maia

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

CIRO GOMES (PDT)

  • Candidatura registrada em 10 de agosto
  • Ocupação declarada: advogado; bens declarados: R$ 1.695.203,15
  • Vice: Kátia Abreu (PDT); ocupação declarada: senadora; bens declarados: R$ 2.690.466,21
  • Relator do registro: ministra Rosa Weber

O presidenciável Cabo Daciolo (Patriotas) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

O presidenciável Cabo Daciolo (Patriotas) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

CABO DACIOLO (Patriota)

  • Candidatura registrada em 8 de agosto
  • Ocupação declarada: deputado; bens declarados: nenhum
  • Vice: Professora Suelene Balduino (Patriota); ocupação declarada: professora de ensino fundamental; bens declarados: R$ 201.855,75
  • Relator do registro: ministro Napoleão Nunes Maia

O presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

O presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)
  • Candidatura registrada em 8 de agosto
  • Ocupação declarada: médico; bens declarados: R$ 1.379.131,70
  • Vice: Ana Amélia Lemos (PP); Ocupação declarada: senadora; bens declarados: R$ 5.125.983,92
  • Relator do registro: ministro Tarcísio Vieira

A pré-candidata a presidente pelo PSTU, Vera Lúcia (Foto: Divulgação / PSTU)

A pré-candidata a presidente pelo PSTU, Vera Lúcia (Foto: Divulgação / PSTU)

VERA LÚCIA (PSTU)

  • Candidatura registrada em 6 de agosto
  • Ocupação declarada: outros; bens declarados: R$ 20.000,00
  • Vice: Hertz (PSTU); ocupação declarada: professor de ensino médio; bens declarados: R$ 100.000,00
  • Relator do registro: ministro Luís Roberto Barroso

O presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

O presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) no debate da TV Bandeirantes (Foto: Reprodução/TV Bandeirantes)

GUILHERME BOULOS (PSOL)

  • Candidatura registrada em 6 de agosto
  • Ocupação declarada: historiador; bens declarados: R$ 15.416,00
  • Vice: Sonia Guajajara (PSOL); ocupação declarada: professora de ensino médio; bens declarados: R$ 11.000,00
  • Relator do registro: ministra Rosa Weber.

Nós continuamos de olho!

ORIGINAL: https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2018/noticia/2018/08/13/tse-recebe-os-registros-de-6-candidatos-a-presidente-prazo-termina-na-quarta-feira.ghtml