Arquivo da categoria: Política

CÂMARA DOS VEREADORES TERÁ APENAS HOMENS PELA 1ª VEZ NA HISTÓRIA

Primeiro ano com nova dinâmica de votação fez com que os nove vereadores eleitos fossem todos homens e nenhum levantou bandeira para as políticas públicas ou culturais.

POR AILTON RODRIGUES

Essa será a Câmara dos Vereadores de 2021 à 2024.

As eleições municipais marcaram um recorde que pode ser considerado ruim para a formação da nova Câmara dos Vereadores, pela primeira vez na história só haverá homens e nenhum deles defendeu as políticas públicas ou culturais durante suas campanhas.

Desde 1996 que pelo menos uma mulher assumiu alguma cadeira, em 2012 foi o recorde de participação com cinco vereadoras eleitas, incluindo até a primeira mulher eleita prefeita, que foi Maria de Fátima. Neste ano de 2020 durante a apuração o nome de Micarla Catarina (PL) ainda despontou na 6ª posição no número de votos com 372 eleitores, mas por causa das contas do coeficiente eleitoral ela acabou ficou fora.

Dentre os eleitos em 2020 o mais votado foi Azenate Câmara (PSDB) com 609 votos, até se especulou que ele poderia bater o recorde de votação de Clésia em 2012 quando ela tirou 659 votos, mas não aconteceu.

O atual vice-prefeito é um dos grandes nomes a serem observados nos próximos anos e junto com Neto da Saúde (PSDB), que tirou 387 votos, ‘puxaram’ Neném dos Morros (PSDB) que tirou 311 votos. Com isso podemos considerar que partido saiu fortalecido com três cadeiras.

Podemos destacar também o desempenho de Jean dos Morros (PL) que pela primeira vez na disputa obteve 511 votos, o tornando mais votado de toda coligação ao qual fazia parte e ajudou a reverter um colégio eleitoral que foi vencido por Renato em 2016, o Morros dos Martins.

Todavia, pela expressiva votação dele e a diferença de apenas 50 votos de maioria para Miguel Teixeira (PL), ficou comprovado que não houve a ocorrência majoritária do que denominamos de ‘voto casado’. Jean se expandiu entre sede e Reduto também.

Além disso, o PL conseguiu eleger Evandro Menezes (474 votos), filho do atual vereador Evânio Menezes, que transferiu grande parte do seu eleitorado. O PSD também elegeu duas cadeiras: Adalpe (406 votos) e Ednaldo (275 votos), este último aliás foi apoiado pessoalmente pelo prefeito Renato e conseguiu a vaga pela sobra do coeficiente eleitoral.

Fechando a lista dos eleitos, Zé de Luzenário (376 votos) confirmou seu favoritismo como candidato do PCdoB e Beto de Agostinho (PSB) com 284 votos venceu a queda de braço com Márcio Neri (PSB) que obteve 263 votos (21 votos a menos que o adversário de partido) e conquistou a vaga.

Número de votos por partido em São Miguel do Gostoso.

Concluindo, a maioria da Câmara será novamente da situação com 5 a 4. Todavia com três candidatos de primeira viagem e no mínimo três outros conhecidos por ter pavio curto, teremos expectativas de muitos debates acalorados durante os próximos anos, porém sem muitas esperanças de representatividade para as mais diversas áreas e classes.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

RENATO DE DOQUINHA (PSD) É REELEITO PREFEITO DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

Com 47,45% dos votos Renato comandará a cidade por mais quatro anos.

POR AILTON RODRIGUES

Renato discursa após vitória no pleito.

Renato de Doquinha (PSD) foi reeleito prefeito de São Miguel do Gostoso neste último domingo (15) com 47,45% dos votos o que representou o número de 3.396 eleitores.

O segundo colocado, Miguel Teixeira (PL) ficou com 42,13% dos votos ou 3.015 eleitores, o que dá 381 votos a menos que o vencedor. Tiquinho (MDB) apareceu em 3º lugar com 9,67% ou 692 votos e Jubenick (Solidariedade) terminou a campanha com 0,75% dos votos o que se traduziu em 54 eleitores.

Os números totalizados demoraram a ser consolidados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devido a um problema em um dos supercomputadores que realizam a apuração, mesmo assim o Contador já havia noticiado a eleição de Renato com duas horas de antecedência pelas redes sociais graças a apuração manual realizada por nossos correspondentes em 24 das 30 seções do município.

Correligionários comemoraram o resultado das eleições.

Nas comemorações, Renato foi conduzido por correligionários até em frente a prefeitura municipal onde entoaram músicas de campanha e satirizaram a não entrega da chave da prefeitura para os adversários. Em seu discurso entoado em frente a Escola Estadual Professora Olímpia Teixeira, Renato disse que pretende tornar Gostoso o principal destino turístico do estado e que contava com a população para trabalhar mais pelo desenvolvimento da cidade.

Renato e sua esposa, Geovania.

Ainda nesta última segunda-feira (16) alguns correligionários também comemoraram em alguns pontos da cidade, incluindo a comunidade da Tabua, lugar do vice prefeito eleito, João Eudes (PT), onde houve caminhada e carro de som.

Correligionários foram comemorar nas ruas da cidade.

O DIA DA VOTAÇÃO

Durante o dia as eleições foram tranquilas, não houveram muitas filas nas seções e a não obrigatoriedade da biometria, bem como o horário preferencial dos idosos ajudaram a dinamizar o fluxo de pessoas. Seções como Tabua, Reduto e Frejó, por exemplo, forneceram seus números com 15 minutos após o término da votação.

Houve relato de problema na urna do Reduto onde pessoas alegaram não estar vendo fotos dos seus candidatos, mas não foi confirmado se houve troca da urna. Outro problema que gerou transtornos foi de pessoas que não realizaram a biometria e a Justiça Eleitoral remanejou essas pessoas para outras seções.

Em todo o município, 7.392 pessoas foram votar e 830 pessoas se abstiveram. Foram 7.157 votos válidos, 39 votos brancos e 196 votos nulos. Se somarmos os eleitores que não votaram, anularam ou votaram em branco chegamos a somatória que 1.065 pessoas resolveram não votar em 2020.

HISTÓRICO

A campanha de Renato começou conturbada, antes do início da corrida eleitoral houve repercussão sobre um processo que ele havia sido condenado proveniente da época que era presidente da Câmara dos Vereadores e que poderia prejudicar sua candidatura. Mas a juíza da 14ª vara eleitoral deu parecer favorável para que ele pudesse realizar a disputa, uma vez que não havia cassação dos direitos políticos dele na sentença.

De lá para cá, não houveram outros empecilhos. A única pesquisa registrada oficialmente já apontava vitória de Renato, mas com um resultado bem diferente do oficial. Os números da empresa Perfil destacavam Renato com diferença de 15 pontos percentuais o que equivaleria a mais de mil votos de diferença, tema esse que virou jingle da campanha.

O FATOR TIQUINHO

Uma grande dúvida nesta campanha era como seria o desempenho de Tiquinho (MDB). Cotado a ser uma das surpresas da eleição pelo fato de ter boa receptividade com a população e ter trabalhado mais de 15 anos como funcionário público.

Ele já havia declarado que foi “tentado” a compor chapa como vice prefeito, mas que preferiu seguir com seus princípios. Um blog local ainda o chamou de “noiva ideal” dos outros candidatos que estavam na disputa e pelo que foi mostrado nos números ele poderia ter realmente virado o jogo para Miguel ou consolidado Renato com seus 692 votos. Isso porque ainda teve especulações que muitos eleitores de Tiquinho usaram o voto útil buscando evitar que um ou outro candidato vencesse a eleição.

Em publicação na sua rede social após a apuração, Tiquinho deixou a entender que tentará novamente o pleito em 2024, muitas pessoas ouvidas pelo Contador afirmam que Tiquinho sai fortalecido desta campanha pelo potencial que demonstrou:

SEDE x DISTRITOS

A sede outra vez foi decisiva para Renato, de acordo com informação do blog No Balacobaco a diferença foi de 536 votos, na eleição de 2016 essa vantagem havia sido de 742 votos.

Nossa equipe só teve acesso até o momento aos dados de 24 das 30 seções de todo o município, na sede só temos os números de 10 das 13 seções. Faltando os dados das seções 95, 117 e 38, a diferença estava com 351 votos (1.051 votos para Miguel e 1.402 votos para Renato).

Após os votos das outras 17 seções espalhadas pelos distritos a diferença acabou em 381 votos no final. Nossa equipe não obteve acesso ainda aos resultados finais das seções do Frejó, Angico de Fora e Baixio, mas até então Miguel havia ganhado em 8 localidades enquanto Renato venceu em 6. Em 2016, Renato havia ganhado em 9 localidades, enquanto Miguel em 8.

OBS.: Quando tivermos computados todas as outras seções faltantes, atualizaremos este tópico.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

VEÍCULO PERSEGUE PESSOAS DURANTE VÉSPERA DAS ELEIÇÕES EM GOSTOSO

Durante o dia, relatos de perseguições por um automóvel Voyage ganhou as mídias, denúncia foi registrada.

Carro Voyage perseguiu pessoas durante o dia.

As eleições municipais acontecem neste domingo (15) em quase todos os municípios do país, mas em São Miguel do Gostoso a véspera do pleito no sábado (14) foi marcada por relatos de perseguições nas estradas dos distritos na Zona Rural.

Um homem e mais três pessoas circulando em um carro Voyage estavam perseguindo veículos e abordando os tripulantes com provocações e intimidações.

Os relatos surgiram durante todo o dia. Em um dos casos, duas pessoas da Coligação Trabalho e Confiança que faziam visitas oficiais para entrega de crachás à fiscais e delegados que trabalharão nas eleições foram abordados pelos membros do Voyage na estrada que liga a Praia do Tourinho aos Morros e, com armas em punho, pediram para que os tripulantes descessem e na sequência revistaram o veículo.

A Corregedoria e o Batalhão Regional de João Câmara foram acionados em denúncia feita por algumas dessas pessoas após as abordagens.

Continuamos acompanhando as eleições 2020.

CANETA, IDENTIDADE E MÁSCARA: O QUE LEVAR NO DIA DA ELEIÇÃO

Caso o eleitor tenha a biometria cadastrada, o documento de identificação pode ser substituído pelo aplicativo E-título.

POR G1

Neste domingo (15), os eleitores comparecem às urnas para o 1º turno das eleições municipais. Com a pandemia do coronavírus, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estabeleceu regras específicas de apresentação e higienização para as votações.

Entre as orientações, que valem para todo o país nos dois turnos, estão a limpeza das mãos com álcool em gel antes e depois da votação, e o distanciamento mínimo de um metro dos demais eleitores e dos mesários. Além disso, o TSE recomenda portar os seguintes itens:

Caneta: cada eleitor deve levar a própria caneta para registrar a assinatura no local de votação. A ideia é evitar ao máximo o compartilhamento de itens e, com isso, reduzir o risco de contágio da Covid-19. Para quem esquecer, haverá canetas extras devidamente higienizadas nas seções.

Máscara: o uso de máscaras será obrigatório, e quem chegar ao local de votação com o rosto descoberto poderá ser impedido de entrar. O mesário poderá pedir para que o eleitor baixe a máscara para melhor identificação.

Identidade: neste ano, os eleitores têm diferentes opções de identificação. O recomendado é sempre levar um documento oficial com foto (que pode ser carteira de identidade, de trabalho, de motorista, certificado de reservista, passaporte ou carteira de categoria profissional reconhecida por lei).

Quem já tem a biometria cadastrada pode substituir o documento oficial pelo aplicativo E-título. Caso o eleitor não tenha a biometria cadastrada, não há obrigatoriedade de levar o título de eleitor impresso, apenas o documento de identificação com foto.

Nas eleições deste ano a identificação por biometria, que exigiria mais um contato com equipamentos compartilhados, não será adotada.

GUIA RÁPIDO

Veja, abaixo, as principais regras anunciadas para a conduta nos dias de votação:

Eleitor

  • Uso obrigatório de máscaras de proteção;
  • Uso de álcool em gel, disponível na seção, para limpar as mãos antes e após votar;
  • Levar a própria caneta (mas, caso esqueça, haverá canetas extras e higienizadas nas seções);
  • Distância mínima de um metro dos demais eleitores e mesários.

Mesários

  • Uso de máscaras de proteção para trocar a cada quatro horas (serão fornecidas três máscaras para cada mesário);
  • Uso de viseiras plásticas (face shields), que serão fornecidos pelo TSE;
  • Álcool em gel de uso individual e regras de higienização;
  • Álcool 70% para limpeza de superfícies;
  • Distância mínima de um metro dos eleitores e demais mesários.

O TSE também elaborou um passo a passo para o eleitor:

  • Entre na seção eleitoral e fique na frente da mesa;
  • Mostre seu documento oficial com foto em direção ao mesário;
  • Após o mesário ler em voz alta o seu nome, confirme que é você;
  • Guarde o documento;
  • Limpe as mãos com álcool em gel;
  • Assine o caderno de votação;
  • Se precisar do comprovante de votação, solicite ao mesário;
  • Quando a urna for liberada, dirija-se à cabine de votação;
  • Digite os números dos candidatos;
  • Na saída, limpe as mãos com o álcool em gel novamente.

COM FEBRE, SEM VOTO

Outra recomendação nova, motivada pela pandemia, diz respeito aos eleitores com sintomas ou quadro confirmado de Covid-19. Segundo o TSE, quem apresentar febre no dia de votar ou tiver sido diagnosticado com o vírus nos 14 dias antes não deve participar das eleições.

Nesse caso, a recomendação é que o eleitor justifique a ausência, em outro momento, e informe que deixou de votar por questões de saúde.

Se a pessoa com febre ou diagnóstico for mesária, deverá avisar a zona eleitoral para que haja uma substituição na escala.

O TSE decidiu não adotar a medição de temperatura nos locais de votação, para evitar aglomeração e em função do custo-benefício da medida. O tribunal não recomenda o uso de luvas, mas sim, a limpeza constante das mãos.

Fonte consultada: https://g1.globo.com/politica/eleicoes/2020/noticia/2020/11/12/caneta-identidade-e-mascara-o-que-levar-no-dia-da-eleicao.ghtml

ELEIÇÕES 2020: JUSTIÇA ELEITORAL JULGA RECURSO DO CASO KENO E ACEITA CANDIDATURA

De acordo com a sentença dada no recurso, caso se trataria de um homônimo dele que está preso em Pernambuco.

POR AILTON RODRIGUES

Candidato Keno (PL) discursa em comício virtual.

A Justiça Eleitoral divulgou nesta terça-feira (10) a sentença do recurso de Keno (PL) para a disputa do cargo de vereador nas eleições municipais e o parecer foi favorável.

O candidato estava indeferido desde o dia 28 de outubro quando o site DivulgaCandContas mostrou que ele e Naldivan Fernandes (Solidariedade) não haviam preenchido todos os requisitos de registro da candidatura. Dias depois foi revelado que no caso de Keno se tratava de um processo judicial em seu nome na cidade do Recife (PE).

Na decisão do recurso foi mostrado que se tratava de um homônimo (pessoa com mesmo nome) do candidato que inclusive está atualmente detido no estado do Pernambuco. Veja da decisão aqui:

Entramos em contato com o candidato e a assessoria dele disse que será impetrado um processo por danos morais contra a Justiça Federal que emitiu a certidão errada. Com tudo isso, nas vésperas da eleição o candidato volta a entrar na disputa com mais 52 pessoas aptas ao cargo de vereador.

Nós continuamos de olho nas eleições 2020.

ELEIÇÕES 2020: PESQUISA PERFIL APONTA VANTAGEM DE RENATO (PSD) E INDECISÃO PARA VEREADOR

Primeira pesquisa eleitoral registrada no TSE sobre corrida eleitoral no município apontou vantagem de Renato de Doquinha (PSD).

POR AILTON RODRIGUES

Números da Pesquisa Perfil segundo Portal Grande Ponto.

Uma pesquisa da corrida eleitoral para prefeito e vereador em São Miguel do Gostoso foi oficialmente registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta segunda-feira (09) e divulgada pelo Portal Grande Ponto apontando vantagem do candidato Renato de Doquinha (PSD) com 51% dos votos.

Na segunda posição, viria Miguel Teixeira (PL) com 36%, na sequência ainda aparecem Tiquinho (MDB) com 4.75% e Jubenick com 0,75%. Indecisos somam 6,75% e branco ou nulo 0,75%. 

Os números na pesquisa espontânea são semelhantes. Renato de Doquinha estaria liderando com 48,5%, seguido por Miguel Teixeira com 34,75%, com Tiquinho (3,25%) e Jubenick Pereira (0,75%) aparecendo na sequência. Indecisos somam 11,25% e brancos ou nulos 1,5%.

Números da pesauisa Perfil, segundo Portal Grande Ponto.

Para vereadores a disputa está bastante acirrada, segundo os números da pesquisa espontânea. O mais mencionado foi Neto da Saúde (PSDB) com 10,25%, mas a diferença entre o 2º até o 17º mencionado foi de pouco mais de 5 pontos percentuais. Além disso, haveria 27,50% de eleitores indecisos, segundo aponta a empresa realizadora, o que deixa tudo em aberto.

A pesquisa foi realizada pela empresa Perfil em parceria com o Portal Grande Ponto e ouviu 400 pessoas entre os dias 29 e 30 de outubro. A margem de erro é de 4,9% e o intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE pode ser encontrado pelo número de protocolo RN-02273/2020. 

Fonte consultada: Portal Grande Ponto.

ELEIÇÕES 2020: JUSTIÇA ELEITORAL APROVA 60 DAS 62 CANDIDATURAS GOSTOSENSES

Dois candidatos a vereador não foram aprovados para a disputa eleitoral, um deles entrou com recurso.

POR AILTON RODRIGUES

A Justiça Eleitoral aprovou 60 das 62 candidaturas dos indivíduos que disputam os três cargos disponíveis para as eleições municipais de 2020 em São Miguel do Gostoso que são de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Dentre todos, apenas dois candidatos a vereador tiveram suas candidaturas barradas, são eles Naldivan Fernandes (Solidariedade) e Keno (PL) ambos por causa de ausência de um requisito de registro que não foi especificado pelo portal divulga cand contas.

Keno (PL) ainda entrou com recurso da decisão e aguarda novo parecer para ver se sua candidatura será validada. Sobre os cargos de prefeito e vice-prefeito, todos estão aptos para disputa.

Antes do início da corrida eleitoral houve repercussão sobre um processo que o atual prefeito, Renato de Doquinha (PSD), havia sido condenado proveniente da época que era presidente da Câmara dos Vereadores e que poderia prejudicar sua candidatura. Mas a juíza da 14ª vara eleitoral deu parecer favorável para que ele pudesse realizar a disputa.

Também houve comentários nas redes sociais sobre irregularidades que poderiam haver no nome do candidato Miguel Teixeira (PL) também da época ao qual foi gestor municipal que também não vingaram. Todavia, agora que o deferimento das candidaturas foi confirmado, todas as especulações devem acabar.

O Contador segue de olho nas eleições 2020. Até qualquer hora!

ELEIÇÕES 2020: JUÍZA DA 14ª ZONA ELEITORAL APROVA CANDIDATURA DE RENATO DE DOQUINHA (PSD)

Documento de nove páginas com decisão da juíza Lydiane Maria Lucena Maia foi veiculado nas redes sociais por apoiadores do atual prefeito.

POR AILTON RODRIGUES

Renato de Doquinha (PSD) tenta reeleição em 2020.

Um documento de nove páginas com a decisão da juíza Lydiane Maria Lucena Maia da 14ª zona eleitoral sobre o deferimento da candidatura do atual prefeito Renato de Doquinha (PSD) que tenta reeleição em 2020 foi veiculado nas redes sociais nesta última segunda-feira (19).

Na decisão a juíza alega que o processo ao qual Renato havia sido julgado em 2018 por contas rejeitadas pelo TCE-RN referente ao primeiro bimestre de 2010 não faz menção a perca dos seus direitos políticos e por isso entende que ele está apto para a disputa do cargo de prefeito.

Além disso, o documento ainda diz que a irregularidade julgada em questão foi sanada com o pagamento da multa e a publicação tardia da prestação de contas em novembro de 2011.

A decisão é mais um episódio de uma disputa jurídica que começou antes mesmo da corrida eleitoral. No último dia 05 de outubro, o Ministério Público já havia enviado para a Justiça Eleitoral um documento de 29 páginas recomendando a impugnação da candidatura do atual prefeito.

O julgamento em si foi encerrado em 11 de outubro de 2018, após o pedido de reconsideração da primeira sentença. Por fim, em fevereiro de 2019 foi publicado que o processo estaria com o status de trânsito em julgado, ou seja, que não caberia mais nenhum tipo de recurso.

No site oficial de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral nesta terça-feira (20) ainda consta todas as 62 candidaturas dos três cargo em disputa com o status de aguardando julgamento.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

MP PEDE IMPUGNAÇÃO DA CANDIDATURA DE RENATO (PSD); EM NOTA, EQUIPE JURÍDICA DELE DISCORDA

Documento de 29 páginas foi veiculado nas redes sociais com recomendação do Ministério Público, decisão está nas mãos da Justiça Eleitoral.

POR AILTON RODRIGUES

Foto: André Correia

Um documento de 29 páginas com a recomendação do Ministério Público Eleitoral pedindo a impugnação da candidatura de Renato de Doquinha (PSD) ganhou as redes sociais na tarde desta última segunda-feira (05).

A recomendação é baseada em um julgamento de 2010, nele o Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) havia condenado o atual prefeito de São Miguel do Gostoso em 2017 por irregularidades financeiras na época em que ele exercia a função de Presidente da Câmara dos Vereadores. A condenação inclusive envolveu uma multa que deveria ser paga por Renato e cujo valor voltaria aos cofres públicos.

O julgamento foi encerrado em 11 de outubro de 2018, após o pedido de reconsideração da primeira sentença. Por fim, em fevereiro de 2019 foi publicado que o processo estaria com o status de trânsito em julgado, ou seja, que não caberia mais nenhum tipo de recurso.

Em nota, a equipe jurídica de Renato de Doquinha afirmou que a lei eleitoral aprovou a sua candidatura e que a sua documentação está em dia com a legislação. A nota ainda diz que a condenação não deveria estar na lista do Tribunal de Contas do Estado (TCE) por não haver configuração de dolo para pena de improbidade administrativa.

Apesar do MP discordar da nota publicada, a decisão parte agora para a Justiça Eleitoral que vai julgar o deferimento das 62 candidaturas entre prefeito, vice e vereadores.

Na tarde desta terça-feira (06) no site DivulgaCandContas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda mostra todos os candidatos com o status de “aguardando julgamento”.

Nós continuamos acompanhando as eleições 2020. Até qualquer hora!

MP RECOMENDA AÇÕES PREVENTIVAS DA COVID-19 PARA CAMPANHA POLÍTICA EM GOSTOSO E TOUROS

Recomendação ocorreu depois que atos de aglomeração foram registrados em vários municípios do estado.

POR AILTON RODRIGUES

Ministério Público do RN recomenda ações para candidatos de Gostoso e Touros.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte emitiu recomendações preventivas da Covid-19 para os candidatos de São Miguel do Gostoso e Touros seguirem durante a campanha política deste ano.

Dentre as recomendações, o MP pediu para que os prefeitos em exercício adotem medidas fiscalizatórias e preventivas e que cumpram ações higiênicos-sanitárias. Aos dirigentes dos partidos políticos foi dada a mesma orientação.

Além disso, foi alertado que os candidatos e seus assessores evitem promover eventos como carreatas, comícios, caminhadas e reuniões com grande número de pessoas, preferindo usar os meios virtuais. Caso façam eventos presenciais optar por lugares amplos, com ventilação natural, sem aglomeração e obedecendo protocolos sanitários.

Pedimos respostas as quatro coligações gostosenses que disputam o pleito. Tiquinho (MDB), Jubenick (Solidariedade) e Miguel Teixeira (PL) disseram a nossa redação que seguirão as recomendações do Ministério Público. Apenas Renato de Doquinha (PSD) não se pronunciou até o fechamento desta matéria.

No último boletim divulgado no dia 01 de outubro pela Secretaria Municipal de Saúde foram 370 notificações com 134 casos confirmados, 215 casos descartados e 21 casos suspeitos.

Nós continuamos de olho.