EM GOSTOSO, OPOSIÇÃO EMPLACOU MAIS CANDIDATOS NA COMPOSIÇÃO POLÍTICA ESTADUAL DO QUE A SITUAÇÃO

Resultado da eleição do último domingo (07) revela novo cenário politico.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Na eleição desse último domingo (07), os fatores novidades, aprovação do governo e votação das reformas, definiram o resultado das urnas. O poder da máquina não se mostrou eficiente desta vez causando baixas históricas no cenário politico como a derrota de Garibaldi Alves, Agripino Maia, Geraldo Melo e Jácome.

No cenário municipal dos 6 candidatos apoiados pelo ex-prefeito Miguel Teixeira, os vereadores Beto de Agostinho (PHS), Micarla Catarina (PSB), José Evânio (PR) e Zé de Luzenário (PCdoB), 5 foram os mais votados a nível local. A chapa governista apoiada pelo Prefeito Renato de Doquinha (PSD) teve o desempenho inverso conseguindo emplacar apenas 1 candidato como mais votado.

Em Gostoso, Robinson Farias obteve 1.687 votos contra 2.695 de Fátima Bezerra, 1.008 votos de diferença dentro do município, reflexo da baixa aprovação do governo estadual e do governo municipal. Já para as duas vagas de senador, Dra. Zenaide e Capitão Styvenson repetiram o desempenho estadual ficando em 1º e 2º lugar na votação municipal, seguida pela boa votação de Jácome (impulsionado pelo voto evangélico) que superou Garibaldi.

GOVERNADOR

SENADOR

Na disputa para as vagas de Deputado Federal, João Maia voltou a ser o mais votado em Gostoso, seguido por Fabio Farias (eleito) e Rogério Marinho, pai da Reforma Trabalhista e vítima da mesma, que acabou não sendo eleito. No cenário para Deputado Estadual, José Dias foi o mais votado, sendo seguido por Terezinha Maia, Gustavo Carvalho, Tarcisio Jr., e João Cabral.

Não diferente do resto do país, a disputa entre Bolsonaro e Haddad, ganhou força nas últimas semanas, sem esquecer da intervenção de Ciro Gomes na reta final. Em Gostoso, na eleição para presidente tivemos Haddad com 3.323 votos, Bolsonaro com  1.231, e Ciro com 779.

PRESIDENTE

Assim que o TSE liberar os resultados por sessão eleitoral faremos um post especial com os resultados. Dia 28, teremos o segundo turno das eleições para governador e presidente. O jogo continua.

Até a próxima.

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)