Arquivo da tag: CDHEC/TEAR

ANÁLISE: AUTO DO MENINO DEUS CONTINUA CATIVANTE, MAS TEM PROBLEMAS QUE FOGEM AO SEU CONTROLE

Espetáculo teve grandes melhorias em relação a edição 2018, mas a falta de iluminação e recursos foram o calcanhar de Aquiles em 2019.

POR AILTON RODRIGUES
FOTOS ARICLENES SILVA

AUTO 2019 - 02
Elenco renovado do Auto foi um destaque.

O Auto do Menino Deus encenado no último sábado (21) foi o grande encerramento das atividades do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) em 2019, e ,de fato, dá para confirmar que foi um sucesso absurdo.

A grande qualidade do evento foi agregar mais atores sociais no cortejo, que contou com um percurso que saiu do Espaço Tear e culminou na Praia da Xepa. Além do Pastoril e Boi de Reis, desta vez houve o acréscimo de um coral de crianças do Morro dos Martins e um grupo de capoeira do distrito do Reduto. Elementos importantes que abrilhantaram ainda mais o espetáculo e emocionaram as centenas de pessoas que acompanharam.

AUTO 2019 - 04
Coral do Morro dos Martins foi emocionante.

Aliás, este ano mais pessoas acompanharam. Apesar que a impressão que tive ao conversar com alguns deles é que não estavam sabendo anteriormente do que se tratava e foram cativados a seguir. Houve apenas dois pontos negativos, o primeiro deles é a iluminação pública que em alguns trechos se mostrou fraca e dificultava a visão dos espectadores, o segundo foi o encerramento do espetáculo que além de rápido se mostrou muito aberto, não dava o desfecho necessário a dimensão do que havia sido o cortejo.

Outro destaque ruim foi o trânsito que atrapalhou muito. O município sofre com essa mazela de não ter um controle, presenciamos até motociclistas andando sobre as calçadas na busca de fugir dos carros. Simplesmente lamentável.

AUTO 2019 - 07
Grupo de Capoeira foi um show a parte.

Conversei com membros do CDHEC e eles disseram que a falta de recursos neste ano quase impossibilitou a realização do Auto. Todavia eles reconhecem que o final tem de ser melhorado e que para isso ter dinheiro é extremamente necessário.

AUTO 2019 - 03
Cor e dança fizeram parte do espetáculo.

Porém, não vamos negar o brilho do show. Impressionante ver como o CDHEC ainda tem este poder de mobilização e com potencial de ser um diferencial no cardápio que o município oferece aos seus turistas. Não só isso, a renovação acontece sistematicamente, só nessa edição apenas um veterano continuou em um papel principal que foi Fernando Miranda na brilhante atuação como Seu Gostoso.

Só podemos agradecer pela cultura continuar viva! Vida longa ao CDHEC!

AUTO DE NATAL DE GOSTOSO CHEGA A SUA 12ª EDIÇÃO COM PROMESSA DE GRANDE CORTEJO PELAS RUAS DA CIDADE

Evento acontece no próximo dia 21 de dezembro com presença de mais de 50 atores locais.

POR AILTON RODRIGUES

Sagrada Família 2015
Auto de Natal em 2015.

O Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) mais uma vez será o anfitrião do Auto de Natal de Gostoso que acontecerá no próximo dia 21 pelas ruas da cidade de São Miguel do Gostoso.

Aliás, pelas ruas porque esta 12ª edição do evento acontecerá em forma de cortejo com mais de 50 atores locais envolvendo crianças e membros de variados grupos sociais. Com direção artística de Filippo Rodrigo e Beatriz Barros, o espetáculo terá traços culturais de verdadeiros ícones do folclore gostosense como o Boi de Reis, o Pastoril e a capoeira.

CORTEJO
Cortejo em 2018 foi um sucesso, haverá uma nova edição em 2019.

Desde o ano passado que a ideia do cortejo agradou a direção do evento e proporcionou maior adesão das pessoas que podem seguir a encenação ilustrando os momentos que antecedem o nascimento de Jesus. Com isso, será o evento que encerra o calendário das atrações culturais do CDHEC em 2019.

SOBRE O CDHEC

Capa
Seu Gostoso é uma figura típica da cidade de São Miguel do Gostoso.

O Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania foi criado em 2003, por jornalistas e agentes culturais com a finalidade de promover, proteger e reparar os direitos fundamentais do cidadão. Com a transferência do CDHEC de Natal para São Miguel do Gostoso, foi criado o Espaço Tear oferecendo à comunidade uma série de projetos socioculturais que incluem cursos profissionalizantes, oficinas de dança, teatro e jornalismo, além do Auto de Santiago, Paixão de Cristo e a Mostra de Cinema de Gostoso.

Nós continuamos de olho.

‘AUTO DE SANTIAGO’ CHAMA ATENÇÃO POR BELEZA E DÁ FÔLEGO AO INCENTIVO A CULTURA

Apresentação contou com mais de 35 pessoas envolvidas na produção, atuação e recebeu mais de mil espectadores nas duas noites. 

POR AILTON RODRIGUES

67377704_2047249352042470_8991259750637240320_o
Elenco do Auto de Santiago (foto: Ariclenes Silva)

O “Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade” foi encenado na última quinta (25) e sexta (26) na Praia da Xêpa em São Miguel do Gostoso, levando mais de mil pessoas nas duas noites.

Realizado pelo Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e a Guajirú Produções, o evento foi um marco para a ONG pela inovação na criação de um espetáculo independente construído absolutamente do zero. Com texto, produção e atuações exclusivas de jovens gostosenses.

O espetáculo foi baseado na história do discípulo Tiago e na experiência dos peregrinos que realizam o Caminho de Santiago na Espanha, descrito no livro O Diário de Um Mago, do escritor Paulo Coelho, Legenda Áurea de Tiago Voragine (1260), entre outros testemunhos. Os Caminhos de Santiago são os percursos dos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral de Santiago de Compostela.

A maquiagem e o figurino foram trabalhados com influência da cultura pop contemporânea. Como exemplo, os três demônios (Ira, Medo e Vaidade), destaques da peça, foram desenvolvidos pelo professor Kibson Rodrigo que já tem experiência em montagens de cosplayers e usou deste atributo para dar veracidade a caracterização dos personagens. Como em um casamento perfeito, a trilha sonora de Iaslan Nascimento usou a mesma lógica, sendo um mosaico de sucessos como The Hidden World (Como Treinar o Seu Dragão 3 – 2019), The Winds Of Winter (Game Of Thrones – 2016), A Good Man (Doctor Who – 2017), Restriction And Pledge (Hunter x Hunter – 2011), dentre outros.

67519824_10205712136760322_7309075155630686208_o
Cena do demônio com as crianças destaques do espetáculo (foto: Ariclenes Silva).

“Unir a cultura popular e a cultura pop é um desafio necessário. A  equipe conseguiu construir uma Nossa Senhora do Pilar linda e um São Tiago que atendeu a expectativa dos devotos, ao mesmo tempo em que construíram personagens imaginários que surpreenderam o público”, declarou Ricardo André, produtor do Auto de Santiago.

A direção foi de Jhony Ribeiro que com sua equipe de elenco e produção mantiveram a sequência de bons trabalhos, lembrando que haviam terminado há pouco tempo o ciclo da 6ª Via Sacra, trabalho esse que concentrou um grande número de atores.

Alguns destes mesmos protagonistas foram utilizados para o Auto de Santiago, todos foram muto bem, mas destacaram-se desta vez Djair Cardoso (Jesus) pela continuidade do seu desempenho com este difícil personagem, além dele, Lucas Ribeiro (chefe dos soldados) pelo dinamismo da atuação e Ana Luiza (Maria / Nossa Senhora do Pilar) por sua entrega na caracterização de uma personagem tão emblemática na história bíblica. Não podemos esquecer, é claro, dos atores mirins, em especial Maria Júlia e João Manoel que roubaram a cena no último ato.

67665206_10205712062358462_2280407581526589440_o
Djair Cardoso manteve o alto nível na interpretação de Jesus no segundo espetáculo consecutivo (foto: Ariclenes Silva)

Na primeira noite, as 600 cadeiras montadas na frente do palco ficaram lotadas, o pré evento teve uma missa com procissão que conduziu os fiéis até o palco montado nas areias da praia. Na segunda noite, houve um público pouco menor o que podemos colocar na conta das chuvas que estavam caindo. Além do luto oficial pelo senhor José Menezes, fato lembrado no início do espetáculo. Houve também a presença dos padres Jecione Melo (São Miguel do Gostoso), Jorge Alves (vigário de Ceará Mirim), Edson Galvão e João Maria (Paróquia de Santa Luzia, Natal) que elogiaram aos realizadores do evento.

A Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso, uma das apoiadoras do evento, organizou a 2ª edição da feira de artesanatos denominada Arte Gostosura, atividade que havia sido iniciada nos festejos do São João 2019. Este tipo de ação também já foi bem sucedida em outros eventos como a Mostra de Cinema de Gostoso, especialmente nas duas últimas edições.

O principal fato é que a cidade recebeu mais uma obra que incentiva a cultura e fomenta o turismo religioso, movimento esse que já foi iniciado com a Paixão de Cristo, o Auto de São Miguel Arcanjo e o Auto de Natal de Gostoso. Mostrando assim que há fôlego e ainda há espaço para expansão da cultura em Gostoso, faltam incentivos.

Parabéns a todos e continuaremos de olho.

NESTA SEMANA TEM “AUTO DE SANTIAGO: DISCÍPULO DA LIBERDADE” EM SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

Peça teatral será apresentada dias 25 e 26 de julho na Praia da Xêpa.

POR G7 COMUNICAÇÃO

santiago_2

O município de São Miguel do Gostoso-RN está na maior expectativa para o espetáculo “Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade”, que acontece nesta quinta-feira (25) e sexta-feira (26) de julho, na Praia da Xêpa, a partir das 20h. Os últimos ensaios já estão sendo realizados e está quase tudo pronto para estreia.

O espetáculo é baseado na história do discípulo e na experiência dos peregrinos que realizam o Caminho de Santiago na Espanha, descrito no livro O Diário de Um Mago, do escritor Paulo Coelho, Legenda Áurea de Tiago Voragine (1260), entre outros testemunhos. Os Caminhos de Santiago são os percursos dos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral de Santiago de Compostela.

“É uma peça única, criada e produzida por jovens de São Miguel do Gostoso, que pretende mostrar a missão evangelizadora de libertação de São Tiago”, explica Ricardo André, produtor.

Ensaios para o grande dia

O evento tem a realização do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e da Guajirú Produções e é financiado por meio de doações em conta corrente especifica: BANCO DO BRASIL (001) – Conta Corrente: 27.021-0 – Ag. 3525-4.

Após o espetáculo, tanto na quinta-feira quanto na sexta-feira, o público poderá aproveitar o restante da noite ao som de MPB, com Almir Felipe, no dia 25 e Elenilson Júnior, no dia 26. Outra novidade. Durante os dois dias, a Secretaria Municipal de Turismo vai promover uma Feira de Artesanatos locais.

SERVIÇO

Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade
Local: Praia da Xêpa – São Miguel do Gostoso/RN
Data: 25 e 26 de Julho
Horário: 20h

6ª MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO SEGUE COM INSCRIÇÕES ABERTAS PARA TODO BRASIL

POR G7 COMUNICAÇÃO

Evento acontece de 08 a 12 de novembro e as inscrições podem ser efetuadas até o dia 23 de agosto pelo site

Arquivo Mostra de Cinema de Gostoso (1)

A 6ª edição da Mostra de Cinema de Gostoso, realizada no município de São Miguel do Gostoso/RN, segue com as inscrições abertas para interessados de todas as regiões do Brasil, até o dia 23 de agosto, através do site do evento www.mostradecinemadegostoso.com.br/. A Mostra invade o município, de 08 a 12 de novembro e, monta uma sala de cinema com alta tecnologia ao ar livre na Praia do Maceió.  Todas as atividades oferecidas – sejam mesas de debate, seminário, exibição de filmes e cursos de formação – são gratuitas.

Durante cinco dias o público poderá assistir aos mais recentes lançamentos cinematográficos brasileiros, pois serão exibidos mais de 60 filmes de todo o país, entre as mostras: Competitiva, Panorama, Infantil e Sessões Especiais. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem ao Troféu Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Também será concedido o Prêmio da Crítica, a partir da votação de jornalistas e críticos de cinema presentes à Mostra. Debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e um seminário sobre o mercado audiovisual fazem parte da programação.

Arquivo Mostra de Cinema de Gostoso (3)

A Mostra de Cinema é uma realização da Heco Produções e do CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania, com direção geral e curadoria de Eugenio Puppo e Matheus Sundfeld. Segue com o mesmo propósito dos anos anteriores, agitar e somar culturalmente a cidade, espalhando 600 cadeiras espreguiçadeiras, tela de 12m x 6,5m, projeção com resolução 2k e som 5.1. A sala propicia uma experiência imersiva, como a de uma sala de cinema de alta tecnologia. São mais de 2 mil pessoas por noite, nas quais todas as cadeiras e parte da faixa de areia ficam ocupadas pelo público, além de uma área de convivência montada próximo do acesso à sala, com praça de alimentação e espaço para comerciantes locais.

 O evento mobiliza os moradores da cidade, que participam ativamente. A curadoria do festival leva em conta a realidade local e a eficácia dos filmes em dialogar com a população. A soma desses fatores faz com que as sessões estejam sempre lotadas por um público que, até então, mantinha um contato distante com a produção cultural de outras regiões do país.

E foi com esse conjunto de ações que a Mostra conquistou um espaço significativo no calendário cultural do Nordeste, atuando como uma importante referência de difusão audiovisual. A 6ª Mostra de Cinema de Gostoso tem o patrocínio do Grupo Banco Mundial, Governo Cidadão, Governo do Rio Grande do Norte – Secretaria de Turismo (SETUR) e apoio da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso e SEBRAE RN.

COLETIVO NÓS DO AUDIOVISUAL SAI COM 3 PRÊMIOS NO CURTA CAICÓ 2019

Dias de emoção e muitos filmes na capital do Seridó. Coletivo gostosense levou três prêmios.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O 2º Festival de Cinema Curta Caicó, foi realizado neste no último final de semana (13 a 16 de junho), no Centro Cultural Adjuto Dias em Caicó/RN. O festival como o próprio nome diz é dedicado a curtas nacionais e foi um momento importante de encontro do audiovisual norte rio-grandense nesse primeiro semestre 2019. Cursos, debates e oficinas, além de uma grande variedade de curtas marcaram os quatro dias de evento, e São Miguel do Gostoso marcou presença com uma equipe do CDHEC, Heco Produções e do Coletivo Nós do Audiovisual que representaram os três filmes selecionados para esse festival.

Titina Harcan Ricardo Renata Tiago
Harcan Costa, Titina Medeiros, Renata Alves, Tiago Gomes e Ricardo André (esq. à dir.)

A sexta (14), nosso primeiro dia, teve aclamação do público jovem com dobradinha se dois filmes de Gostoso, o “Autômato do Tempo” e o “Grande Amor de um Lobo”. O primeiro que impressionou pela fotografia e o segundo uma mistura de comédia e documentário que conquistou o público.

O sábado (15) começou com oficinas e debates com destaque para o debate conduzido por Tiago Gomes da TV Futura. A noite de sábado foi só de emoção com uma sequência de filmes potiguares que impressionam pela qualidade técnica e arrancaram lágrimas do público, com destaque para “A Parteira” (Natal) e “Derradeiro” (São Miguel do Gostoso).  A atriz potiguar Titina Medeiros foi uma das pessoas que se emocionou muito com o filme e deu seu depoimento:

 

Ainda no sábado no fim da sessão o evento teve a visita da Governadora Fátima Bezerra  e do ex-deputado Mineiro que anunciaram investimentos no setor do audiovisual do Rio Grande do Norte.

O domingo (16) começou com o encontro da Câmara Setorial do Audiovisual, composta de realizadores, produtores e representantes da Fundação José Augusto onde foi anunciado o Edital Curta RN previsto para esse segundo semestre e o Cine RN para o primeiro semestre de 2020.

PREMIADOS

O filme “A Parteira” de Catarina Doolan recebeu o prêmio de Melhor Filme na Competitiva Potiguar, o prêmio da Crítica do RN e o prêmio Místika de pós-produção, como melhor filme do Rio Grande do Norte. Entre os filmes gostosenses “Derradeiro” levou o prêmio de melhor ator e melhor fotografia e “O grande Amor de um Lobo” a Menção Honrosa.

Confira a lista completa dos vencedores:

COMPETITIVA POTIGUAR

MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)
MELHOR DIREÇÃO: Enquanto o sol se põe (Márcia Lohss)
MELHOR ATOR: Derradeiro (Luiz Leonardo – Seu António)
MELHOR ATRIZ: A Parteira (Donana)
MELHOR ROTEIRO: Codinome Breno (Manoel Batista)
MELHOR FOTOGRAFIA: Derradeiro (Pedro Medeiros e Kennel Rógis)
MENÇÃO HONROSA: O Grande Amor de um Lobo (Adrianderson Barbosa e Kennel Rógis)

COMPETITIVA NACIONAL

MELHOR FILME: Nova Iorque (Leo Tabosa)
MELHOR DIREÇÃO: Entremarés (Anna Andrade)
MELHOR ATOR: Rasga Mortalha (Buda Lira)
MELHOR ATRIZ: Nova Iorque (Hermila Guedes)
MELHOR ROTEIRO: Nova Iorque (Leo Tabosa)
MELHOR FOTOGRAFIA: Casulo (Durso BC)
MENÇÃO HONROSA: Caio Salles pela Montagem de Entremarés

MOSTRAS PARALELAS

MOSTRA DIVERSIDADE: Um Corpo Feminino (Thaís Fernandes)
MOSTRA MATINÊS DO CINE PAX Uma Balada para Rocky Lane (Djalma Galindo)
MOSTRA DE CURTAS FANTÁSTICOS: #Júri (Samantha Col Debella)

PRÊMIOS ESPECIAIS

PRÊMIO DA CRÍTICA – ACCIRN

MOSTRA POTIGUAR: A Parteira (Catarina Doolan)
MENÇÃO HONROSA: Berro (Alex Macedo & Riely Silva)

PRÊMIO ELO COMPANY

MELHOR FILME: Riscados pela Memória (Alex Vidigal)

PRÊMIO MÍSTIKA

MELHOR FILME: A Parteira (Catarina Doolan)

PRÊMIO REFERÊNCIA DE CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA

Chico do Cinema

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO ABRE INSCRIÇÕES PARA SUA 6ª EDIÇÃO

Evento tem nova data para acontecer e inscrições seguem até agosto.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

6 mostra de cinema de gostoso

A Mostra de Cinema de Gostoso abre inscrições de obras a partir desta segunda-feira (17 de junho) por meio do site do festival e vai até 23 de agosto. O evento tem uma realização da Heco Produções e do CDHEC – Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania, direção geral e curadoria de Eugenio Puppo e Matheus Sundfeld.

Ao longo de cinco dias, o público poderá assistir aos mais recentes lançamentos cinematográficos brasileiros. Serão exibidos mais de 60 filmes de todo o país, entre as mostras Competitiva, Panorama, Infantil e Sessões Especiais. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem ao Troféu Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Também será concedido o Prêmio da Crítica, a partir da votação de jornalistas e críticos de cinema presentes à Mostra.

Também serão realizados debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e um seminário sobre o mercado audiovisual. Toda a programação é gratuita.

Programada inicialmente para ocorrer de 22 a 26 de novembro, a 6ª Mostra de Cinema de Gostoso será realizada de 8 a 12 de novembro de 2019. A alteração se justifica, para que a realização da mostra não coincida com outros festivais de cinema no mês de novembro.

A 6ª Mostra de Cinema de Gostoso tem o patrocínio do Grupo Banco Mundial, Governo Cidadão, Governo do Rio Grande do Norte – Secretaria de Turismo (SETURN) e apoio da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso e SEBRAE RN

Texto base: HECO Produções

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO SERÁ PALCO DO ESPETÁCULO “AUTO DE SANTIAGO: DISCÍPULO DA LIBERDADE

Peça teatral será apresentada dias 25 e 26 de julho na Praia da Xêpa

POR G7 COMUNICAÇÃO

São Miguel do Gostoso, no litoral norte do Rio Grande do Norte, além de belas praias e uma variada gastronomia reserva um fantástico repertório de espetáculos ao ar livre, tradicionais da cidade. O próximo será o Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade, que acontece nos dias 25 e 26 de julho na Praia da Xêpa, a partir das 20h.

Oficinas 3 - por Rubens dos Anjos
Reunião de formação de elenco

O espetáculo é baseado na história do discípulo e na experiência dos peregrinos que realizam o Caminho de Santiago na Espanha, descrito no livro O Diário de Um Mago, do escritor Paulo Coelho, Legenda Áurea de Tiago Voragine (1260) entre outros testemunhos. Os Caminhos de Santiago são os percursos dos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral de Santiago de Compostela.

“É uma peça única, criada e produzida por jovens de São Miguel do Gostoso, que pretende mostrar a missão evangelizadora de libertação de São Tiago” – Ricardo André, produtor.

O evento tem a realização do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e da Guajirú Produções e é financiado por meio de doações em conta corrente especifica: BANCO DO BRASIL (001) – Conta Corrente: 27.021-0 – Ag. 3525-4.

SERVIÇO:
Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade
Local: Praia da Xêpa – São Miguel do Gostoso/RN
Data: 25 e 26 de Julho
Horário: 20h

GLOBO LAB PROFISSÃO REPÓRTER SELECIONA GOSTOSENSES

Alunas gostosenses são selecionadas no Globo Lab Profissão Repórter para emersão de 5 dias na redação do Profissão Repórter.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

As gostosenses Clara Leal e Renata Alves foram selecionadas nessa quarta (15) no projeto Globo Lab do Globo Universidade, elas são membros dos Coletivo Nós do Audiovisual , alunas dos cursos de técnicos de audiovisual da Mostra de Cinema de Gostoso e alunas do ensino médio da E. E. Olímpia Teixeira em São Miguel do Gostoso/RN.

O Coletivo Nós do Audiovisual surgiu do projeto conduzido pelo Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e Heco Produções, e participou do Globo Lab com a produção de 03 (três) videorreportagens.

globolab

Foram 22 palestras em 16 cidades na terceira edição do Globo Lab Profissão Repórter. Cerca de 4 mil pessoas lotaram as plateias de norte a sul do país e 470 toparam o desafio de fazer uma videorreportagem, número recorde de inscrições. Dez duplas foram selecionadas para passar 5 dias em imersão na redação do Profissão Repórter.

Confira a lista:

  • Aline Azevedo Paula e Maria Eduarda Gouveia Martins Monteiro de Barros, estudantes da UFF;
  • Bruna Mariana Costa Justa e Ícaro César Carvalho Batista de Medeiros, alunos da UFRN;
  • Claudia Ferraz e Moisés Luiz da Silva, da Rede de Comunicadores Indígenas do Rio Negro;
  • Clarissa de Oliveira Pinto Levy e Manoela dos Santos Bonaldo, estudantes da UFSC;
  • Dana Carolina Niquele Serafim de Souza e Rafaela de Souza Cardoso, da UFSC;
  • Eduardo Garcia Alves e Luiz Gabriel Braun, da UFSC;
  • Felipe de Freitas Carneiro, da UERN, e Milena Andrade da Rocha, da Universidade Federal do Piauí;
  • José Alves dos Santos Neto e Lucas Lima da Silva, integrantes do Coletivo Canal Plá, de Nova Iguaçu;
  • Lorena Pires Dias Lopes e Gabrielly Coelho dos Santos, do Coletivo Voz da Baixada, de Duque de Caxias – RJ;
  • Renata Alves dos Santos e Maria Clara Teixeira Leal Estevam da Silva, do Coletivo Nós do Audiovisual, de São Miguel do Gostoso – RN.

Durante a imersão, as duplas vão reeditar os trabalhos com a mentoria de Caco Barcellos e equipe. Ao final, os vídeos serão publicados na página do Profissão Repórter na internet.

Além das 10 reportagens selecionadas para a imersão, outras 14 receberam menção honrosa e também serão publicadas nas redes do Profissão Repórter.

Fonte: https://g1.globo.com/profissao-reporter/globo-lab/noticia/2019/05/15/globo-lab-profissao-reporter-2019-selecionados-para-a-imersao.ghtml

CORTEJO DE NATAL: O BRADO DE RESISTÊNCIA DO MAIOR PRODUTOR CULTURAL GOSTOSENSE

Encenação foi adaptada por causa da falta de recursos, mas mesmo assim atraiu público e chamou a atenção da cidade.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

A noite deste último sábado (22) em São Miguel do Gostoso ficou marcada por dois momentos: o primeiro deles foi a realização do Cortejo de Natal que atraiu os munícipes e turistas para acompanhar a encenação nas ruas gostosenses e o segundo motivo foi a comprovação da força de vontade do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) em promover cultura, mesmo sem incentivo algum.

Seu Gostoso 2018
Seu Gostoso narrou a história do Nascimento de Cristo (Foto: Ariclenes Silva)

O programado era para que o 11º Auto de Natal de Gostoso saísse do papel e mesclasse os elementos do cortejo, junto com a tradicional encenação de palco que já conhecemos, mas a falta de apoio e recursos obrigaram que o espetáculo fosse cancelado. Mas, para que esse marco do calendário da ONG não ficasse com uma lacuna em branco, o grupo decidiu ensaiar nos 20 dias que restavam uma encenação mais enxuta, apenas o cortejo saindo do Espaço TEAR e encerrando tudo na Praia da Xepa.

Como resultado, foi dezenas de pessoas acompanhando o trajeto junto com os atores majoritariamente nativos, além da população que ficava curiosa nos estabelecimentos e casas ao qual o cortejo ia passando logo na porta.

WhatsApp Image 2018-12-23 at 22.18.19
Foto: Ariclenes Silva

Foram cinco paradas até a parte do encerramento na Praia, a inserção mais destacada do Boi de Reis e do Pastoril, que de acordo com a trama foi dada como presente para o menino Jesus que acabara de nascer, foi emblemática e arrancou aplausos da população. Os atores que são tipicamente nativos também deram show nas performances, o detalhe é que neste ano muitas carinhas novas surgiram e se fundiram com os experientes dando todo aquele charme que o teatro de rua proporciona.

Boi de Reis, Burrinha e jaragua
O Boi de Reis, a Burrinha e o Jaraguá, não podiam faltar ao Auto de Natal (Foto: Ariclenes Silva)

Todavia, os problemas técnicos e da própria cidade de São Miguel do Gostoso também se revelaram. Pela encenação, houve algumas lacunas no trajeto e dificuldades de controlar o espaço das pessoas na área de paradas das cenas.

Quanto a cidade, a iluminação se mostra em situação lamentável e em pontos movimentados como é a Avenida dos Arrecifes, além disso a forte desorganização do trânsito não corresponde ao status que Gostoso tem como pólo turístico do estado. Os carros se apoderam das laterais das vias e deixam passagens estreitas para que os outros veículos circulem, isso sem falar quando não invadem as calçadas e nesse caso até os pedestres ficam sem espaço.

E está chegando o Réveillon Gostosos onde a cidade praticamente dobra de população, a pergunta é como essa situação ficará?

WhatsApp Image 2018-12-23 at 22.18.18
O cortejo reuniu 50 artistas, entre crianças, jovens, adultos e idosos. (Foto: Ariclenes Silva)

Apesar disso, fica uma lição. O CDHEC não conseguiu patrocínio dos estabelecimentos, empresas, muito menos de organizações municipais. Mas, é evidente que a ONG é o maior produtor cultural da cidade e que luta ano após ano para manter o nível alto das encenações. O mais incrível disso tudo é que não recebe um centavo em troca e ainda é alvo de discursos políticos mesquinhos. Mas a cultura prevalece acima de tudo isso, ela é transformadora e foi ela que deu uma identidade ao CDHEC onde por mais que tentem destruí-la, virá outra safra de grandes protagonistas e calará a boca dessas pessoas novamente.

Jose e Maria 2018
Jesus, Maria e José (Foto: Ariclenes Silva)

Falta união de todos em prol de uma coisa que deveria ser um bem comum: o crescimento saudável de São Miguel do Gostoso, onde o nativo seja o ator principal. Onde Cultura e Educação (nos seus diversos sentidos) sejam os focos, sem isso Gostoso inevitavelmente ficará “sem alma” e em um espaço de tempo muito rápido.

VIVA A CULTURA!

Nós estamos de olho. Até qualquer hora!