EM NOITE DE DOCUMENTÁRIOS, MOSTRA DE CINEMA CHEGA AO 3º DIA COM RITMO LEVE

Após debate e Mostra Panorama, a noite reservou filmes com um tom documental.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

WhatsApp Image 2018-11-25 at 23.08.47
Noite na Mostra foi para relaxar

O domingo (25) que marcou a metade da Mostra de Cinema de Gostoso parece que tinha uma palavra de ordem: desacelerar e aproveitar o clima. Dos quatro filmes exibidos na Mostra Competitiva, três eram documentários e o ritmo foi para que todos ficassem sossegados.

Logo pela manhã, o debate com os realizadores que teve a luxuosa mediação da jornalista Maria do Rosário Caetano, trouxe os diretores Ailton Modesto (O Medo é uma Moita), Alice Andrade Drummond (Mesmo Com Tanta Agonia), Lourival Andrade (P’S) e o montador Vinícius Nascimento (Meu Nome é Daniel).

WhatsApp Image 2018-11-25 at 16.44.29
O Daniel Gonçalves mandou mensagem direto da Holanda

Destaque para as falas importantes do professor Lourival Andrade que afirmou que seu filme tinha também um propósito de discutir a estética dos sertões, já que o plano de fundo era a cidade de Caicó, além da forte mensagem. Por outro lado, a espontaneidade de Vinícius Nascimento ao descrever como foi a construção do longa, também cativou o público. Na abertura mesmo, ele trouxe um depoimento que o diretor Daniel Gonçalves havia enviado direto da Holanda.

“O teatro e a arte tem que ser provocadores” – Lourival Andrade

Com o cair da noite, veio a Mostra Competitiva. O primeiro dos filmes documentais a ser exibido foi o curta gostosense Filho de Peixe que conta pela visão de dois senhores pescadores como era a dinâmica do seu ofício, na sequência foi projetado o curta Catadora de Gente que abordava o depoimento de uma catadora de lixo, onde ralata como era sua vida no lixão.

WhatsApp Image 2018-11-25 at 23.08.46
Feirinha também bombou

Adiante, a única ficção da noite, foi Nova Iorque que deu a tônica mais animada da sessão com o drama de um garoto e uma professora que tinham problemas com a cidade  onde moram e os seus sentimentos. Para fechar, o longa Fabiana que mostrava um homem caminhoneiro, hétero e drag queen nas suas andanças pelas estradas do país.

Todo o ritmo bem leve, que culminou com o encerramento da sessão por volta das 23h30. Hora propícia para se encerrar um domingo em uma cidade que transpira paz.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

COM STATUS DE DESTAQUE DA COPA DO BRASIL DE BEACH SOCCER, EDSON HULK DISPUTARÁ LIBERTADORES PELO MONAGAS (VEN)

Jogador que já passou por clubes gostosenses se destaca e fará sua estreia em competições internacionais.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

edson
Edson com a camisa do Monagas.

O atleta Edson Hulk, velho conhecido dos clubes gostosenses, estreará nesta segunda-feira (26) em competições internacionais jogando a Libertadores da América de Beach Soccer pelo Monagas da Venezuela.

O anúncio saiu logo após o término da Copa do Brasil, onde Edson atuou pelo América-RN e recebeu o status de destaque da competição pela Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBSB). Apesar da eliminação e derrotas por 10 a 3, 7 a 5 e 5 a 4 para Vasco, Botafogo e Boavista, respectivamente, Edson conseguiu o feito de marcar 7 dos 12 gols do clube na competição.

A carreira no beach soccer do tourense foi expandida depois da visibilidade que ele teve no Campeonato Potiguar de 2017 onde vestiu a camisa do Corinthians-SMG sendo vice-campeão. Ele ainda representou o clube gostosense na Copa do Nordeste, mas o time foi eliminado ainda na primeira fase.

Depois desse campeonato surgiu o convite do América-RN para a Copa do Brasil e agora mais uma ascenção, desta vez com o Monagas na disputa da Libertadores que será realizada no Rio de Janeiro.

A estreia do Edson com o Monagas será nesta segunda-feira (26) às 8h30 contra o Bella Vista do Uruguai. Se você ainda não lembra dele, o atleta também já jogou no futebol de campo rodando por vários clubes gostosenses como Internacional, Força Jovem, Grêmio e TEC.

OBS.: O Monagas estreou com derrota por 9 a 7. Porém, Edson marcou 5 vezes!

Nós desejamos boa sorte ao Edson e continuaremos de olho! Até qualquer hora!

O QUE ROLOU NA SEXTA DA 5ª MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO

POR IASLAN NASCIMENTO

A mostra de cinema de gostoso já começou, mas se você não foi na sexta  eu te mostro o que rolou. 

Nessa matéria vou focar nos filmes exibidos na primeira noite

5-mostra-cinema-smdg-2018-banner-home-4

Começamos a noite com o curta produzido pelo Coletivo Nós do Audiovisual grupo local de cinema que abrilhanta a noite com  O Derradeiro.

Segundo Ricardo André a nova safra do coletivo Nós do Audiovisual não decepcionou entregou um curta com  a identidade de São Miguel do Gostoso com um roteiro bem amarrado e uma fotografia muito boa. O curta aborda uma pratica muito comum na região, aproximando assim, ainda mais o público da história contada na telona. Ricardo diz que em sua opinião o roteiro  desse filme foi um dos melhores feitos pelo coletivo Nós do Audiovisual. Ricardo finaliza suas impressões dizendo: “É um filme bom e bonito”. Ariclenes Silva grande fotografo da cidade, ressalta a fotográfica do filme e complementa dizendo que o filme é poético

Sinopse “Seu Luiz navega no oceano de suas memórias deixando as lembranças falarem mais alto do que a realidade.”

Iniciando a mostra competitiva da sexta feira temos o curta Guaxúma. O filme é uma animação que mistura diferentes técnicas de stopmotion com três diferentes tipos de expressões artisticas envolvendo areia, o filme vai te envolver pela estética e pela história, um verdadeiro deleite o curta.

Sinopse “Eu e Tayra crescemos juntas na praia de Guaxuma. A gente era inseparável. O sopro do mar me traz boas lembranças.”

290359,930,80,0,0,930,560,0,0,0,0
Uma das animações utilizadas no filme

Codinome Breno o segundo curta da noite, é um curta do Rio Grande do Norte conta com registros antigos e novos um pouco da história da família de Breno e os motivos que o levaram a ter esse nome. Monoel Batista diretor e irmão de Breno faz  um filme que busca o resgate histórico de períodos sombrios onde o Brasil enfrentava uma ditadura militar. O filme conta com o depoimento da ex-presidenta Dilma Rouseff amiga da família.

capa
Codinome Breno: registro de um dos momentos contra a ditadura 

O longa da noite Sócrates trás uma grande crítica social e afunda os expectadores e reflexão.

O longa tem uma história densa e complexa. mostra as dificuldades enfrentadas por Sócrates jovem humilde que perde sua mãe e não consegue se manter. A jornada do jovem é árdua e triste. O filme tem a incrível capacidade de te fazer sofrer cada “derrota” ou porta fechada na cara junto com o protagonista, confesso que sai da sessão abalado pela história contada.

O longa  ganhou três indicações ao Independent Spirit Awards, considerado o Oscar do cinema independente. O longa brasileiro disputa nas categorias John Cassavetes (melhor filme com orçamento inferior a US$ 500 mil), diretor revelação e melhor ator, para Christian Malheiros.

Na última, o ator vai enfrentar atores celebrados, como Joaquin Phoenix (“Você nunca esteve realmente aqui”) e Ethan Hawke (“First reformed”) — John Cho (“Buscando…”) e Daveed Diggs (“Ponto cego”) completam a lista.

Sinopse “Após a morte de sua mãe, Sócrates encontra-se sozinho, aos 15 anos. Sua jornada pela sobrevivência enfrenta situações de pobreza, violência, racismo e homofobia, que testam sua coragem para continuar vivendo. SÓCRATES retrata os desafios vividos por milhares de jovens expostos a riscos no Brasil. Esse filme foi produzido por jovens capacitados pelo Instituto Querô, organização não governamental de Santos, litoral de São Paulo, reconhecida pelo UNICEF, que utiliza o audiovisual como ferramenta de inclusão para jovens em situação de risco social.”

1085203.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

O tema recorrente na primeira noite foi a praia apesar de não ser um dos personagens no filme Sócrates que finalizou a noite o filme trás diversas aparições dela.

 

Continuem ligados na mostra de cinema e no contador, até a próxima!

EM TARDES DE CASA CHEIA, PORTUGUESA E INTERNACIONAL SE GARANTEM NA DECISÃO DO CAMPEONATO MUNICIPAL

Clube do Antônio Conselheiro derrotou Santos do Paraíso, enquanto Internacional teve trabalho em despachar o Parma.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

WhatsApp Image 2018-11-26 at 14.40.26

O Campeonato Municipal de Futebol já conhece seus finalistas nas duas categorias em disputa, nesse último fim de semana (24 e 25 de novembro) as semifinais agitaram o Estádio Teixeirão e proporcionaram grandes emoções.

Pelo titular, Internacional e Portuguesa se enfrentam buscando o título inédito. O Colorado entra em campo com o favoritismo pela campanha irretocável até aqui, além de eliminar todos os chamados “clubes grandes” da sede como Força Jovem e o próprio Parma.

Na categoria juvenil, Parma e São Caetano farão a decisão com favoritismo pendendo para o Parma que aparentemente tem um elenco mais entrosado. Todavia, decisão é decisão e tudo pode acontecer, não é mesmo?

Mas o que rolou nas semifinais?

  • CATEGORIA TITULAR

PARMA (2) 1 x 1 (4) INTERNACIONAL

Gols: PAR – gol contra / INT – Julio Cesar

O clássico da sede foi quente. Jogo bem disputado, mas com períodos de domínio distintos. Na primeira etapa, o Internacional foi superior e aproveitou os espaços dados pela equipe do Parma, especialmente na lateral esquerda de onde saiu o cruzamento que Julio Cesar aproveitou e marcou para o Internacional.

No segundo tempo, o Parma acordou para o jogo e contou com uma ajudinha, após um um lançamento para dentro da área houve um toque contra e matou qualquer possibilidade de defesa do Ítalo.

As penalidades foram vibrantes, mas o Internacional conseguiu ser mais eficiente, enquanto o Parma teve uma cobrança isolada e uma na trave.

PORTUGUESA 1 x 0 SANTOS

Gols: POR – Diogo

Um jogo bem diferente do que aconteceu no clássico da sede, o Santos aparentava ter o domínio da partida, mas não finalizava e isso acabou sendo crucial no final. Primeiro tempo e até metade do segundo não houve nada demais a não ser uma chance clara de gol desperdiçada pela equipe do Paraíso.

O gol da classificação saiu após um rebote de uma cobrança de escanteio que o zagueiro Diogo encheu o pé e estufou a rede do Peixe. A cera da Portuguesa no final deixou o jogo mais monótono, mas foi o suficiente para levar o time a decisão.

Os resultados da Categoria Juvenil foram esses:

PARMA (11) 2 x 2 (10) SÃO MIGUEL

Gols: PAR – Jeferson, Paulo / SMI – Fernando, Libni

SÃO PAULO (4) 0 x 0 (5) SÃO CAETANO

A final será no dia 08 de dezembro e nós acompanharemos tudo! Até qualquer hora!

MUNICIPAL: CATEGORIAS JUVENIL E TITULAR JÁ CONHECEM SEUS SEMIFINALISTAS

Duelos foram decididos nos momentos finais das partidas, semifinais acontecem nos dias 24 e 25 de novembro.

POR JOÃO MARCOS E GUILHERME PEREIRA
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

WhatsApp Image 2018-11-23 at 00.26.26

As semifinais do Campeonato Municipal prometem, com jogos eletrizantes os quatro melhores de cada categoria já são conhecidos e estas partidas já tem data marcada: dias 24 e 25 de novembro.

O Contador fez um resumão do que rolou:

  • Categoria Titular

Santos 2 x 1 Grêmio

 Gols: SAN – Diego Maradona, Luis Eduardo / GRE – Rodrigo Gomes.

No primeiro tempo o Santos dominou a partida, abriu o placar com Diego Maradona. Teve muitas chances para ampliar ainda na primeira parte do jogo. No segundo tempo, Luis Eduardo ampliou para o Santos e no final do jogo, Rodrigo Gomes diminuiu para a equipe gremista.

 Internacional (4) 2 x 2 (3) Força Jovem

Gols: INT – Paulo Roberto, Jailson Feminha / FJO – Naldivan, Beto.

Na primeira parte do jogo o Força Jovem abriu o placar com Naldivan (Gangam) em um chute de Beto que o goleiro Ítalo deu rebote!

O Colorado empatou em uma grande falha de Silvan com gol do atacante Paulo Roberto. Na sequência, o Força Jovem passou a frente com gol de Beto e logo em seguida sofreu empate com gol do zagueiro Jailson Feminha.

Nas penalidades, Dinarte e Naldivan desperdiçaram para o Força Jovem, enquanto pelo lado do Internacional apenas Mirandir Gordão errou.
WhatsApp Image 2018-11-23 at 00.28.15

  • Categoria Juvenil

São Miguel 3 x 1 Internacional

Gols: SMI – Zidane, Fernando Ananias, Humberto / INT – Fernando.

Foi uma partida bem disputada e muita estudada por ambas as equipes. Com pouco tempo de jogo tivemos duas expulsões, uma de cada lado: Sherlys do São Miguel e Yonaldo pelo Internacional, por causa de um desentendimento. Logo após o São Miguel teve um pênalti a seu favor, que foi desperdiçado por Humberto. Minutos depois, Zidane abriu o placar, em lance que a bola sobrou dentro da área.

Na segunda etapa, a equipe do São Miguel continuou atacando mesmo com a vantagem e em uma jogada trabalhada, Fernando ampliou o placar. O time do Internacional se desorganizou em campo e acabou tomando o terceiro gol que foi feito por Humberto. A poucos minutos do fim, Fernando fez o gol de honra para a equipe do Maceió em um pênalti feito pelo goleiro Civanildo do São Miguel.

Grêmio (3) 2 x 2 (4) São Caetano

Gols: GRE – Carlos Silva e Gerson da Silva / SCA – Paulo Ricardo (2x).

Foi uma partida bem movimentada no primeiro tempo, com gols para os dois lados marcados por Paulo Ricardo para o São Caetano e Carlos Silva para o Grêmio.

No segundo tempo, a proposta de jogo continuou a mesma, com muita movimentação e chances para os dois lados. Mais quem ficou mais uma vez a frente do placar foi a equipe do Antônio Conselheiro, com mais um gol de Paulo Ricardo. Porém, faltando menos de dez minutos para o fim a equipe gremista empatou mais uma vez e manteve a esperança viva.

Na disputa dos pênaltis os dois goleiros brilharam, cada um com uma cobrança defendida. Marcelo da equipe do São Caetano defendeu a cobrança de Fabiano e Alexandre da equipe gremista defendeu a cobrança de Carlos André. A vaga do São Caetano veio após Fabiano errar a penalidade.

Até qualquer hora!