SINDICATO DOS PROFESSORES VISITA ESCOLAS E TRAÇA DIAGNÓSTICO DA EDUCAÇÃO GOSTOSENSE

Em jornal publicado nesta semana, SINTE/RN apontou 10 problemas no setor e cobrou postura de mudança. 

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

escolas gostoso 03
Parte externa da Escola João Tomaz de Oliveira, no dia da visita do SINTE (Foto: SINTE/RN).

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE/RN), núcleo de São Miguel do Gostoso, publicou um jornal nesta última segunda-feira (23) com um diagnóstico da educação gostosense após uma série de visitas as comunidades rurais.

No texto de duas laudas, foi divulgado que as visitas da equipe do SINTE ocorreu entre o período de 26 de março a 06 de abril em algumas escolas da sede e dos distritos. Os principais problemas apontados foram os seguintes:

  • Falta de merenda escolar;
  • Problema no transporte escolar;
  • Déficit de carteiras para os alunos;
  • Falta de matérias e recursos pedagógicos;
  • Estruturas das escolas precárias;
  • Professores contratados sem formação;
  • Falta de distribuição de Fardamento para alunos da rede municipal de ensino;
  • Falta de calendário de pagamento do servidor público;
  • Falta de oferta de vagas na creche;
  • Município não oferta formação continuada para professores do município.

Ao longo do texto, também foi dado ênfase nos problemas estruturais e que impossibilitam o funcionamento pleno da educação, como a falta de transporte escolar e o atraso no repasse de merendas:

“Durante a visita do SINTE um dos principais problemas encontrados foram a falta de merenda, e a quantidade insuficiente para cumprir o cardápio proposto pela própria Secretaria. A merenda escolar é garantida através de recursos do PNAE, e contra partida municipal. Um dos objetivos do programa é garantir, no mínimo, 15% a 30% das necessidades nutricionais dos alunos, com base nessa diretriz são desenvolvidos os cardápios escolares. De acordo com a própria Secretaria a licitação para compra de merenda desse ano ainda não foi preparada”, informa o jornal do SINTE.

Concluindo o jornal, o Sindicato propõe quatro pontos para a melhoria das condições da educação gostosense:

  • Implementação do Calendário de Pagamento;
  • Relação dos professores contratados, para estudo sobre o Concurso Público;
  • Folhas de pagas com o FUNDEB;
  • Relação de Servidores permutados;

Você pode ler o jornal na íntegra, clicando aqui: JORNAL DO SINTE

A CÂMARA OUVIU O SINTE

escolas gostoso
Foto: SINTE/RN.

A 9ª sessão da Câmara dos Vereadores de São Miguel do Gostoso, realizada na última segunda-feira (23), teve como um dos principais pontos a explanação do diagnóstico do SINTE/RN, explanado logo acima.

Os problemas foram relatados pelo presidente do núcleo de São Miguel do Gostoso, Elexsandro Menezes e debatido entre os vereadores.

Em entrevista dada ao canal do Youtube “Fala Meu Povo”, Elexandro declarou que a versão dada pelo Secretário de Educação e Cultura, Nivaldo Batista, não condizia com o que os professores relatavam nas assembleias do sindicato e isso motivou a visita in loco nas escolas.

escolas gostoso 02
Foto: SINTE/RN.

Veja alguns trechos:

Merenda

“O problema de merenda escolar atrela todas as escolas do município, não chega a garantir o valor nutricional garantido por lei (…) a nutricionista falou na última sessão que foi orientada a diminuir o valor nutricional do cardápio escolar”.

Transporte escolar

“Apenas uma linha de ônibus percorre a cidade, além disso, no interior havia licitação de mais duas linhas de ônibus. Mas na prática só há duas em funcionamento”.

Estrutura

“O maior transtorno para as escolas é a estrutura que inclusive dificulta a implementação dos 200 dias letivos de aula (…) o mínimo para dar uma educação de qualidade está sendo ferido”.

  • Veja o vídeo na íntegra da entrevista:

O Contador continua de olho. Até qualquer hora!

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)