VEREADOR DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO ENCAMINHA PROJETO DE LEI QUE CRIA INCENTIVOS FISCAIS E GARANTE A CONTRATAÇÃO DE MÃO DE OBRA LOCAL

Projeto de lei proposto na Câmara dos Vereadores busca dar prioridade para a contratação da mão de obra gostosense.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

A exemplo de municípios como São Gonçalo do Amarante e Mossoró, que tem atraído mais empresas e garantido a empregabilidade da população local, São Miguel do Gostoso aparenta estar buscando tomar o mesmo rumo. O primeiro passo será dado na próxima segunda-feira (09) quando um projeto de lei que aborda justamente este tema será apresentado na Câmara dos Vereadores.

Com autoria do vereador Zé de Luzenário (PCdoB), o projeto de lei 001/2018 e a indicação nº 001/2018 buscam dar benefícios fiscais para as empresas que dirigirem cerca de 60% da sua mão de obra para nativos gostosenses. A lei ainda será votada, mas há confiança para que seja aprovada por unanimidade.

“Acredito que vou ter o apoio dos demais vereadores, pois eles entendem a necessidade de gerar emprego na nossa cidade.”, disse o vereador ao Contador.

eólica
A industria de Energia Eólica é uma das principais atividades na região do Mato Grande

O Projeto de Lei foi encaminhado para Câmara de Vereadores junto uma Indicação que trás uma minuta de decreto que regulamenta a concessão de beneficio fiscal sob a condição da contratação de mão-de-obra local. Diante a crise de recursos federais e estaduais o município de São Miguel do Gostoso vem tentando reestruturar sua política tributária.

“Não podemos mais ficar para traz, o município não oferece incentivo para empresas virem para cá, por isso ficamos assistindo João Câmara, Parazinho e Touros tendo mais oportunidades”, declarou Zé de Luzenário (PCdoB).

“É GUERRA DE FACÇÕES”, DIZ SARGENTO DA PM GOSTOSENSE SOBRE CASO ERICK

Sargento Lamberto Medeiros, um dos responsáveis pela PM em São Miguel do Gostoso, declarou que acredita que briga entre facções pode estar por trás do homicídio de Erick ‘Soldado’.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

vitima

Após a divulgação do caso do homicídio de Erick Silva do Nascimento que ocorreu  nesta última quinta-feira (05) em São Miguel do Gostoso, o Sargento Lamberto Medeiros declarou ao Contador que acredita que a guerra de facções no estado pode estar por trás deste crime.

Com quatro registros de crimes com praticamente as mesmas características do caso Erick neste ano, os moradores ficaram assustados com a ação dos meliantes que desta vez não tiveram nenhum pudor e fizeram tudo em plena luz do dia em uma rua com certo movimento.

“No meu ver é guerra de facções! Há uma briga muito forte no nosso estado de duas facções (PCC contra Sindicato do RN) e eles estão se matando para ver quem domina o estado”, disse o Sargento ao Contador.

Ao concluir a conversa, Lamberto também deu uma informação sobre o andamento das investigações do Caso Erick:

“A Polícia Cívil nos passou a informação que os algozes dele [Erick] eram da facção Sindicato do RN e que os mesmos fugiram em direção à Parazinho passando pela Praia de Tourinhos”, declarou.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!