O CONTADOR VIU: O MECANISMO

POR FÁBIO CHAP

Recomendação para essa semana: assista a série brasileira ‘O Mecanismo’ que estreou na Netflix.

É uma série maravilhosa sobre a Lava Jato. O primeiro mérito da série é ter conseguido criar um suspense muito interessante numa história que a gente já sabe tudo o que acontece. Isso não é tão simples. As operações estão todas lá. A prisão do diretor da Petrobrás (Na série chamada de PetroBrasil). A prisão de vários donos de empreiteiras de uma vez só. A vaidade dos investigadores. Tá tudo nessa 1ª temporada.

O segundo mérito de ‘O Mecanismo’ é ter conseguido irritar petistas fanáticos. Isso já é mais simples. Basta fazer uma mínima crítica ao “Deus Lula” que os fiéis não perdoam.

O Selton Mello, para variar, tá brilhante. Na série ele é um delegado da Polícia Federativa (a série preferiu não chamar de Polícia Federal; imagino que para evitar processos). Um delegado absolutamente vidrado na Lava Jato. Em dado momento uma delegada mulher ocupa o lugar dele como responsável da Polícia pela operação. A atriz chama Carol Abras e a personagem dela é bem intensa. Sem a atuação dela, a operação teria parado lá no comecinho e ninguém teria ouvido falar nos escândalos de corrupção que a gente conhece.

Em dado momento da série, o personagem do Selton faz um paralelo entre a corrupção que vai dos mais altos cargos do congresso ao funcionário da prefeitura que tem que trocar um cano quebrado na sua rua. Para mim esse foi o momento ápice. Sem propina são 3 semanas para trocar um cano. Com propina, 1 dia.

No roteiro estão todos personagens políticos e empresariais dos últimos anos do Brasil. Os petistas mais fanáticos, como fizeram chilique e não assistiram a série até o final, não sabem que ‘Sérgio Moro’ vai ficando cada vez mais vaidoso. Que os procuradores vão ficar ultra-vaidosos. Não sabem que a série dá uma tirada em ‘Kim Kataguiri’. Não sabem que ‘Michel Temer’ e ‘Aécio Neves’ são retratados como uns baita sem noção e golpistas. Também não fazem ideia de que existe uma crítica contundente à revista Veja.

Mas, ao mesmo tempo, a série também é bastante crítica ao Lula e à Dilma. Incrível a semelhança da atriz que faz a presidenta Janete Ruskov com a ex-presidenta Dilma Roussef. Principalmente na hora em que ela e ‘Lula’ saem na capa da revista ‘Leia’; uma paródia com a revista Veja.

Para você ter uma noção, a crítica tá tão honesta que vi num post um petista acusando Selton Mello de ter o pau pequeno. É sério! Disse que isso é um ‘boato forte entre as atrizes da Globo’.

Bom, se o diretor José Padilha queria fazer barulho no meio militante, ele conseguiu. Agora resta saber como a série vai ser recebida pelas pessoas normais que trabalham de segunda à sexta e não têm tempo de dedicar a vida a defender o “Deus Lula”. Nem têm interesse em boicotar a Netflix porque ela decidiu tocar nesse assunto (sim, tem um movimento de 13 gatos pingados propondo o cancelamento da assinatura da Netflix).

O Mecanismo foi uma baita bola dentro. Série brasileira de alta qualidade na Netflix é algo muito especial. Selton Mello – meu ator favorito há muitos anos – quebrando tudo. Além de tudo isso, conseguiram uma baita série polêmica.

Finalizo esse post com essa pérola da série:

– Fez merda, né? Vamo comigo que a gente vai desfazer essa merda!

**

JOVENS SE REÚNEM PARA ASSISTIR MANGÁ NO CENTRO DE CULTURA DE GOSTOSO

Encontro no Centro de Cultura de São Miguel do Gostoso reúne fãs para assistir os últimos episódios do anime Dragon Ball Super.

POR KIBSON RODRIGO
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O que falar de uma das séries mais bem sucedidas de mangá (história em quadrinhos japonês) e anime (desenho animado japonês) de todos os tempos?

Neste domingo (25/04/2018) foi exibido no Centro de Cultura da cidade de São Miguel do Gostoso os dois últimos episódios de Dragon Ball Super, o 130-131. A ideia de exibição foi idealizada por Renato Junior com apoio de amigos. O evento reuniu jovens fãs e até mesmo aqueles que acompanham praticamente desde seu lançamento nas telinhas. O encontro possibilitou celebrar o fim de uma saga tão adorada por inúmeras pessoas. Todos reunidos com um único objetivo: torcer para o universo 7 ganhar esse torneio!!! E assim ver seu personagem principal superar-se mais uma vez.

WhatsApp Image 2018-03-25 at 21.35.12
Momentos finais do Torneio do Poder.

Para os que não conhecem…

A saga Dragon Ball foi criada pelo Akira Toriyama em 1984 e desde seu lançamento cativou e criou muitos fãs através do seu personagem principal chamado de Son Goku pelos terráqueos e conhecido como Kakaroto pela raça a que faz parte, os sayajins. Quem nunca brincou de soltar um kamehameha? Ou até mesmo levantar as mãos o mais alto que podia para ajudar Goku na genkidama? pois é… eu já fiz!

WhatsApp Image 2018-03-25 at 21.35.11
A galera foi chegando de pouquinho e o encontro reuniu aproximadamente 40 fãs.

Recentemente a TOEI – estúdio de animação japonesa – com a saga Dragon Ball Super conseguiu alegrar antigos fãs e novos fãs com 131 episódios do anime e que teve seu fim (será mesmo?) no dia 24/03/2018 no Japão proporcionando a seus seguidores pensar inúmeras teorias. Por exemplo, com o super sayajin blue, e principalmente quando houve o surgimento e revelação do Goku Black (particularmente, eu nunca havia visto na internet tantas discussões e análises sobre quem seria ele, como o mesmo surgiu e qual seu objetivo). Logo depois veio o torneio de luta entre alguns universos – fazendo com que pudéssemos conhecer tantos personagens em tão pouco espaço de tempo. Goku juntamente com sua equipe de amigos e freeza puderam enfrentar simultaneamente vários lutadores de outros universos dentro de uma arena com tempo determinado para conclusão do torneio. Os lutadores dos universos que perdessem toda sua equipe seriam extintos juntamente com todo o universo a que pertenciam. Ao vencedor do torneio seria concedido um desejo através das super esferas do dragão.

E quem será o lutador que venceu o torneio? Não darei spoiller. Mas para quem ainda não viu corre lá e assiste ao episódio 131. Para concluir termino com uma frase e ensinamento do grande Son Goku: “Os limites só existem se você os deixar existir”.

ZENAIDE MAIA AGORA É PHS E É CONVIDADA PELO PARTIDO A SER PRÉ-CANDIDATA AO SENADO

POR G7 COMUNICAÇÃO

O Partido Humanista da Solidariedade – PHS recebeu um importante reforço aos seus quadros no Rio Grande do Norte e nacionalmente com a filiação da deputada federal Zenaide Maia, neste sábado (24), em solenidade realizada na Assembleia Legislativa, em Natal.  Zenaide Maia teve a ficha de filiação abonada pelo presidente do PHS nacional, deputado federal Marcelo Aro, presente no evento, juntamente com o presidente estadual, Leandro Prudencio.

Zenaide Maia assina ficha de filiação do PHS
Fotos: Wendell Jefferson

Durante a Plenária Estadual do PHS-RN, com as presenças de membros da Executiva Nacional e lideranças do partido, lideranças de outros partidos e pré-candidatos para as eleições de 2018, o PHS também fez a filiação do ex-prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, que é pré-candidato a deputado estadual. A deputada Zenaide Maia estava acompanhada do seu esposo, ex-prefeito Jaime Calado e seus filhos Mada Calado e Jaime Cyro.

“Precisamos de homens e mulheres dispostos a fazer diferença, a fazer diferente lá no Congresso Nacional, e é por isso que hoje o PHS tem uma grande missão, as candidaturas a deputado federal e a senador, nós precisamos de deputados e senadores e senadoras do bem para transformamos o nosso país e foi por isso que convidamos a deputada Zenaide Maia, que já é deputada. Faço oficialmente o convite para que você seja o nossa pré-candidata ao Senado pelo estado do Rio Grande do Norte”, declarou Marcelo Aro, presidente nacional do PHS.

Logo após assinar a sua ficha de filiação no PHS, sob muitos aplausos e palavras de apoio, a deputada federal Zenaide Maia falou sobre sua atuação em seu primeiro mandato, citou sobre seu posicionamento contra muitas votações contra o Governo e a favor do povo, além de fazer agradecimentos ao seu antigo partido.  “Quero agradecer ao partido que estou deixando e dizer ao PR que: Nossas divergências não superam o reconhecimento por ter me dado à oportunidade de me tornar deputada. Agradeço também aos militantes, aos representantes, prefeitos e vereadores do PR e todo o Estado, nos diversos municípios que acreditaram”, declarou.

Zenaide oficialmente no PHS com os presidentes nacional e estadual

Zenaide Maia é uma grande aposta do PHS na disputa por uma vaga no Senado Federal nas eleições deste ano. Ao comentar sobre sua filiação, a parlamentar agradeceu pelo carinho e acolhida.

O CBLOL ATÉ AQUI!

POR IASLAN NASCIMENTO

 

No sábado (24/03)  foi definido o adversário da KABUM na final do primeiro Split do CBLOL e será a VIVO KEYD, agora vem saber como tudo isso aconteceu.

A FASE DE GRUPOS

A fase de grupos foi de certa forma, muito surpreendente, pois a favorita a ser rebaixada direta foi a líder disparada e o Exodia foi finalmente vencido em uma série e não só uma vez. E a caixinha de surpresas não parou por ai, além da surpresa que foi a KABUM liderar a fase de grupos e garantir a vaga direta para a final tivemos o rebaixamento direto da PAIN, a INTZ pela primeira vez fora dos playoffs, a CNB se recuperando e indo para a escala e ainda vencendo o primeiro jogo (surpresa essa tão grande quando a KABUM na liderança já que as primeiras rodadas da CNB foram péssimas incluindo substituindo a “estrela” do time o Rakin).A atual campeã TEAM ONE que não conseguiu se encontrar e acabou na penúltima colocação.

DYCRHs-UQAAJDb9.jpg-large

A QUEDA

A PAIN rebaixada de forma direta. Foi feio, doloroso, mas o fatos estão ai, a PAIN jogou alguns jogos bem outros bem ruim, se o formato do campeonato fosse o antigo a história seria outra a PAIN teria empatado a maioria das séries e provavelmente estaria na escala rumo a final, mas o formato mudou, o time mudou mas os resultados continuam ruins. Confesso que quando o Split começou eu fiquei esperançoso com a PAIN, eu sei que o Takeshi é um MID improvisando de TOP, mas para mim isso não seria o problema, tínhamos o Tim um dos melhores MID LANERS do Brasil, e um time que tinha chegado na final do segundo Split do ano passado, o Kami estava quis fazer uma pausa e eu achei bom tanto para o jogador que estava desgastado e para o time que parecia que ia iniciar uma renovação. Infelizmente não houve muitas mudanças muda o ano muda os patchs, porém a PAIN continuou a jogar como jogou em 2015, só que estamos em 2018 e assim o time com maior tradição do LOL do Brasil disputará o circuito desafiante.

pbOgwfC
Loop desolado após derrota e queda.

ESCALADA PARA BAIXO

Com a PAIN rebaixada diretamente para o circuito desafiante. A escala para baixo está definida da seguinte forma. A PROGAMING vai jogar com a atual campeã do 2º Split de 2017 TEAM ONE por uma vaga no 2º Split, o derrotado vai enfrentar o segundo colocado do circuito desafiante por uma vaga no CBLOL o derrotado vai jogar o circuito desafiante.

ESCALADA PARA CIMA

A escala para cima nos reservou grandes jogos. A CNB jogou uma série incrível contra a PROGAMING (PRG), série essa cheia de viradas e com dois times em momentos diferentes, a CNB vinha de grandes vitórias e uma recuperação magnifica, derrotando mesmo a VIVO KEYD a PRG também venceu a VIVO, porém o momento atual da PRG era complicado pois eles vinham de derrotas e inconstâncias.  A série terminou 3×2 para a CNB com um último jogo com uma virada incrível por parte da CNB e ainda um grande pentakill do Rakin. No dia seguinte a CNB tinha o desafio de enfrentar o Exodia (VIVO KEYD) e ir para a 3 escalada (semifinal) enfrentar a RED CORINTHIANS, mas a KEYD não brincou e aplicou um sonoro 3 a 0 na CNB, que não conseguiu exboçar reação na séria e apenas aceitou o jogo imposto pela KEYD.

cnb_2
CNB após vitória contra a PRG

A escala 3 (semifinal) entre VIVO KEYD e RED CORINTHIANS foi tudo e muito mais do que o esperado. Vimos os dois favoritos se enfrentando a todo o vapor nos 5 jogos, sim nós tivemos 5 jogos, 5 grandes jogos. Vimos o Revolta jogar bem e mal essa série assim como podemos ver o melhor do coreano Sky principalmente no 3º jogo com sua Cassiopeia e uma virada de tirar o folego. A série foi muito equilibrada, os times mostraram o motivo de serem considerados os favoritos no início do Split. Realmente foi uma série excepcional se não viu corre para ver.

vivo-keyd
VIVO KEYD após vitória contra a RED

FINAL

A final será disputado no dia 07/04 no estúdio da RIOT Brasil em São Paulo.  A surpresa KABUM vai enfrentar a VIVO KEYD , que na minha humilde opinião é a grande favorita para a final, mas quem sabe a KABUM nos surpreende mais uma vez?

dnai9ztwaaanamw
Elenco da KABUM

Qual o time  você acha que vai ganhar o CBLOL , comenta aí.

COPA DO SÍTIO: MANDANTES VENCEM COM FOLGA NO GRUPO B E GOLEIROS ROUBAM A CENA

Atuação de São Paulo e Red Bull foi de precisão cirúrgica, por outro lado TEC e Dreher terão que se reconstruir na rodada seguinte.

POR AILTON RODRIGUES
FREJÓ, S.M. DO GOSTOSO/RN

Neste domingo (25) a Copa do Sítio continuou suas estreias, desta vez com o grupo B onde as partidas aconteceram no período matutino com um sol para cada um no distrito do Frejó.

Os resultados foram bem tranquilos para os mandantes, o Red Bull goleou o TEC e o São Paulo de virada derrotou o Dreher. Neste grupo o Flamengo do Frejó ainda não estreou, pois folgou na rodada. Veja como foram as partidas:

RED BULL 3 x 0 TEC

Gols: Francisco Jr, Luciel e Isaías.

O Jacaré Tabuense começou até propondo o jogo com uma bola na trave no primeiro ataque com Leonardo, mas pecou demais nas finalizações e nas lentas transições dos passes.

O contra veneno do RB foi cruel e cirúrgico, um chute despretensioso de Francisco Júnior acabou enganando o goleiro Cláudio que foi pego no contra pé, abrindo o marcador. O segundo gol foi em um contra-ataque preciso que Isaías chutou rasteiro cara a cara com o goleiro.

Do outro lado, o TEC parava na falta de precisão de Gilmar, Poliano e Priciano. Para piorar a situação, o início do segundo tempo reservava uma lambança que sacramentou o placar do jogo: em reposição do goleiro Luciel do RB, o goleiro tabuense não encaixou a bola e viu ela morrer de mansinho para o fundo das redes. 3 a 0, vitória maiúscula do líder Red Bull com direito a frango do goleiro do TEC.

SÃO PAULO 3 x 1 DREHER

Gols: SPO – Valdo, José Maria e Edson // DRE – Alisson.

A partida entre São Paulo e Dreher foi bem mais eletrizante e equilibrada. Tanto que os ânimos foram se exaltando e acabou saindo 4 cartões, o que colocou a partida no patamar de mais faltosa da competição até o momento.

Elencos bem interessantes foram mostrados pelos dois clubes, se do lado do São Paulo o goleiro Edvan fez uma atuação incrível, junto com o atacante Valdo que visivelmente sabe jogar de costas para o gol fazendo o pivô. No lado do Dreher, tinha os potentes chutes de Magnilson junto com as transições rápidas de Alisson, Lucas e Neto.

Quem saiu na frente foi o Dreher com um chute de fora da área de Alisson, após grande jogada individual de Neto. Logo na sequência, José Maria empatou após belo cruzamento de Robson. 1 a 1.

A segunda etapa teve um erro crucial de Magnilson que possibilitou o contra-ataque tricolor que só parou com o chute rasteiro e forte de Valdo. Com a descida em massa para os ataques do Dreher, o São Paulo esperou o momento exato para ser também cirúrgico. Edson pegou a sobra e matou o jogo no 3 a 1.

A Copa do Sítio vai dar uma pausa para a semana santa e volta daqui a 15 dias com as emoções das estreias dos grupos C e D.

Até qualquer hora!