DIVULGADOS OS INDICADOS DO PRÊMIO CDHEC 2018

Cerimônia acontece no próximo sábado (17) no Centro de Cultura de São Miguel do Gostoso.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O Prêmio CDHEC já tem data para acontecer (17 de março) e agora também já tem escolhidos os seus indicados. As redes sociais da ONG publicaram neste sábado (10) os doze nomes que estão concorrendo a levar o troféu das categorias que ostentam o nome do coletivo – Cidadania, Cultura, Ecologia e Direitos Humanos.

Todos os anos a ONG premia iniciativas de grupos ou pessoas físicas que promovem contribuições nas quatro áreas que são emblema na sigla do CDHEC. Em 2018 o evento chega a sua 5ª edição.

Veja a lista completa:

CATEGORIA CULTURA

AUTO DE SÃO MIGUEL ARCANJO

OH0H7581

A grande novidade nos espetáculos de 2017, o Auto de São Miguel Arcanjo mobilizou dezenas de pessoas para contar uma história inédita que vai desde a origem de São Miguel Arcanjo até a sua influência na cultura da cidade. O projeto teve realização do Espaço Tear em conjunto com a Paróquia de São Miguel Arcanjo e direção do grupo de entretenimento Café Com Leite. É a primeira vez que um espetáculo recebe a indicação do Prêmio CDHEC.

ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA OLÍMPIA TEIXEIRA

Ampliar a participação da comunidade no contexto escolar e consolidar a participação do município nas áreas de participação juvenil, música e artes. Só em 2017 a realização do Lual Literário e de outros eventos com apoio popular, renderam sua primeira indicação ao prêmio.

MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO

WhatsApp Image 2017-11-21 at 23.46.52

Com uma tremenda volta por cima, a Mostra de Cinema de Gostoso deixou seu ano sabático de 2016 e trouxe um leque variado e temas fortes para as discussões em São Miguel do Gostoso, como o protagonismo juvenil abordado no documentário premiado “Escolas em Luta”.

O incremento no turismo e a popularidade da cidade na imprensa fizeram que 2017 fosse um ano épico para o evento. Lembrando que você acompanhou tudo aqui no Contador.

CATEGORIA CIDADANIA

ASCDEG

Com um processo de reestruturação e reorganização dos projetos sociais, a ASCDEG aparece que começou a retomada de colocar os pés no chão. Com a ampliação das vagas no reforço de alfabetização e a implementação de novas regras para o projeto da escolinha de futebol com alunos de vulnerabilidade social a ONG conseguiu sua terceira indicação ao Prêmio CDHEC, onde venceu uma vez, em 2014.

DESBRAVADORES

O grupo dos Desbravadores mantêm um trabalho focado na formação de jovens, este projeto mantêm bases na disciplina e cidadania. São independentes e possuem um conjunto sólido que permite realizar suas ações de forma concisa e rotineira, com um grupo crescente de participantes.

AGOKS

agoks

O grupo de karatê mais falado no Contador, manteve a pegada de realizar eventos e permitir que mais jovens se filiassem a associação. Apesar de ter uma leve queda na reta final de ano com os resultados relativamente ruins da etapa final do Brasileirão, foi um ano de construção e aprendizagem.

Já agora em 2018, houveram medalhistas na etapa da Paraíba do Brasileirão, o que permite afirmar que o foco é realmente crescer. A Associação conhece sua terceira indicação, levou o prêmio em 2016.

CATEGORIA ECOLOGIA

CANNIS E FELIS

O silencioso e importante trabalho do Cannis e Felis rendeu a sua primeira indicação ao Prêmio CDHEC. O projeto trabalha com a castração de cachorros e gatos, além da vacinação destes animais, o detalhe é que a atenção é voltada especialmente para os animais abandonados.

AMJUS 

gostoso 7

A AMJUS já é figurinha carimbada no Prêmio CDHEC, foi indicado em todas as edições que o evento foi realizado. Porém, mantêm seu trabalho forte de preservação ambiental e cuidado com a vida marinha, em especial das tartarugas na orla da cidade.

Levou três troféus (2014, 2015 e 2016) para sua estante e é o maior vencedor do Prêmio.

GOSTOSO RECICLA

Considerado como um negócio social, o Gostoso Recicla mesmo praticamente sem apoios segue lidando com a ação de promover empregos para algumas pessoas e carregaram a bandeira de promover um meio ambiente limpo e renovável. Para muitos, o ano de 2017 deste grupo serviu como fortalecimento e manutenção. Também foi indicado no ano de 2017.

CATEGORIA DIREITOS HUMANOS

CÂMARA DOS VEREADORES DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

A volta do projeto da Câmara Itinerante e a iniciativa da publicidade dos atos da ‘casa do povo’ nas redes sociais como Youtube e Facebook renderam a segunda indicação da Câmara no Prêmio. A última havia sido em 2014 ao qual ganhou o prêmio.

OTONIEL BARACHO

O trabalho com crianças e adolescentes em vulnerabilidade social é uma marca fortíssima na história de Otoniel Baracho. Além do resgate a cidadania e promoção da pluralidade por meio da ASLÍRIO, ele também já virou figura cativa no Prêmio CDHEC, graças a sua atuação no Conselheiro de Direito da Criança e do Adolescente e na efetivação do Fundo a Criança e da Adolescência (FIA). Esta é sua quarta indicação, ganhou duas vezes (2015 e 2016).

ADALBERTO RODRIGUES

Uma figura querida da cidade e bom com a bola nos pés, este é o zagueiro do Fortaleza, Adalberto Rodrigues. Mas ele também bate um bolão com as iniciativas sociais, ao longo de vários anos ele faz ações na época de férias dos jogadores e cobra alimentos perecíveis como ingressos, assim são montadas cestas básicas que são entregues para famílias carentes. Em 2017 foram dezenas de donativos entregues e por isso o reconhecimento do CDHEC com a indicação.

O Contador continua de olho e vai cobrir a cerimônia do Prêmio CDHEC. Até qualquer hora!

 

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).