SENSEI DE CRISTIANO NUNES PRESTIGIA OPEN E O ELOGIA: ‘UM DOS MELHORES ATLETAS QUE FORMEI’

Sensei Elias Moreira veio assistir ao Open e prestigiou trabalho de um dos seus pupilos mais talentosos, de acordo com ele.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

OpenGostosense2017 (4)
Cristiano Nunes e seu sensei Elias Moreira.

Uma surpresa foi reservada para o presidente da AGOKS, Cristiano Nunes, durante o 3º Open Gostosense de Karatê que aconteceu neste último sábado (09). Dentre os visitantes que vieram prestigiar o evento, um dos antigos professores de Cristiano também vieram lhe visitar e claro que nós acompanhamos este encontro.

O sensei Elias Moreira formou o atual vice-presidente da FNK da faixa branca até a faixa preta e demonstrou estar orgulhoso com o trabalho social desempenhado pelo seu pupilo.

“Para mim é uma grande honra estar nesta etapa do estadual com Cristiano aqui e eu já sabia disso. Eu como professor dele peguei muito no seu pé para que ele chegasse a esse patamar imenso que ele teve em colocar São Miguel do Gostoso no mapa do karatê. Estou satisfeito em ver a capacidade que ele atingiu, meu aluno da faixa branca até a faixa preta”, declarou Elias.

Em outro trecho da entrevista que o sensei Elias deu ao Contador, contou um pouco da trajetória de Cristiano dando ênfase que via potencial no até então, menino:

“Cristiano começou a treinar karatê comigo aos 9 anos, as dificuldades para ele foram maiores do que para muitos da minha primeira leva de alunos. Nunca deixei ele abandonar o karatê, até porque eu nunca ganhei dinheiro com karatê. Eu via nele um potencial, ele foi um dos melhores atletas que eu formei.

É maravilhoso [o projeto AGOKS] porque não é só inclusão social, mas gera uma influência positiva no município. Cristiano foi um grande atleta que começou com muitas dificuldades e teve meu apoio. O karatê é para o resto da vida, é educacional, é inclusão social, é um estilo de vida”, disse.

(Esq. para dir.) Presidente da FNK, Evilásio Jocas, sensei Elias Moreira, Cristiano Nunes e Fábio, outro ex-aluno do sensei Elias

Para encerrar nosso bate papo, ele também declarou o que achou como essencial para que o karatê potiguar começasse a ser visto nacionalmente e tivesse o grau de expansão que tem hoje:

“Os meios de comunicação foram muito importantes para fazer a expansão do karatê. Nós formamos cidadãos para a vida toda que vão influenciar a comunidade que eles moram. Nós nunca tivemos apoio de orgaos publicos que poderiam valorizar e investir aquilo que está se formando. A solução é que pudéssemos fazer mais projetos sociais.

Esse crescimento e divulgação do karatê é a conscientização da mídia em relação ao esporte. Se formarmos mais atletas com certeza podemos livrar muitas crianças de um futuro não agradável de criminalidade”, enfatizou.

O Contador continua de olho em tudo que agita São Miguel do Gostoso. Até qualquer hora!

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).