GRANDE PÚBLICO, MARATONA E ABISON BRILHANTE: VEJA COMO FOI O 3º OPEN GOSTOSENSE DE KARATÊ

Evento dura uma maratona de 8 horas, mas desta vez o destaque foi a estrela de Abison Silva que protagonizou uma apresentação marcante no kata.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

OpenGostosense2017 (1)
Delegação da AGOKS.

A 3ª edição do Open Gostosense de Karatê aconteceu neste último sábado (09) no ginásio Carlitão em São Miguel do Gostoso e proporcionou momentos de grandes emoções aos gostosenses, principalmente com as disputas da parte da tarde.

Como você já sabe, este Open teve o valor de ser a segunda etapa do estadual de karatê e por isso as vitórias e medalhas valeram pontuação para o ranking estadual do esporte. Nossos medalhistas brasileiros se saíram bem, mas tivemos personagens bem diferenciados. Veja como foi esse Open no nosso resumão:

CHEIO DE CARAS IMPORTANTES

OpenGostosense2017 (2)
Personalidades como o presidente da FNK e o vice-prefeito Azenate Câmara estiveram presentes.

O Open teve a presença de grandes personalidades do karatê potiguar, foram 8 agremiações que participaram do evento vindo de vários municípios como Mossoró, Tangará, Natal e Parnamirim.

Tivemos caratecas da seleção brasileira como, Lucas Oliveira, que representou o país no último sul americano e Pâmela Thais que foi convocada para o próximo mundial, além dos membros da federação como o presidente da entidade, senhor Evilásio Jocas, que deu um depoimento comovente na abertura do evento.

OpenGostosense2017 (3)
Membros da comissão de arbitragem de FNK.

Foram dezenas de atletas competindo nas modalidades tira-fitas, kata e kumite. Também tivemos a presença do prefeito municipal, Renato de Doquinha, do Secretário de Esporte, Leonardo Teixeira, e do vice prefeito, Azenate Câmara.

O MELHOR OPEN DE TODOS

Sem dúvida a etapa gostosense do estadual de karatê é diferenciada. O público participou ativamente com muitos aplausos e incentivos, alguns dos atletas inclusive relataram que a torcida gostosense era diferenciada.

O clima do evento também foi muito tranquilo, cadenciado e sem cansaço apesar das 8 horas de duração. O único fator que pode ter atrapalhado a presença de mais atletas foi devido ao valor das inscrições, que é cobrado por ser uma etapa de estadual.

No contexto geral, o ginásio recebeu um grande número de visitantes que deram um clima todo especial ao já tradicional evento.

DEIXARAM A DESEJAR

Alguns atletas foram um pouco afoitos em alguns momentos e não tiveram um grande desempenho. Com a exigência de serem eficazes, não renderam o que deveriam, afinal este foi o último grande teste antes da etapa final do Brasileirão.

Pedro Henrique começou sua jornada vencendo com sufoco por 2 a 1 e depois acabou caindo de produção, mas ainda faturou uma medalha. Wanderson Silva foi o outro que esperávamos um melhor desempenho, ele começou avassalador na primeira luta contra o Cléssio Lopes com um wazare em 4 segundos de luta, mas sofreu um apagão no meio do embate e acabou passando por dificuldades.

No segundo momento, Wanderson enfrentou outro atleta da AGOKS, Djair Cardoso, e acabou perdendo porque foi envolvido na estratégia do gostosense. Por ser mais baixo, Djair partiu para o ataque e não deu espaço para Wanderson que ainda buscou um empate, mas perdeu nas punições.

PODE DAR UM LIKE

OpenGostosense2017 (5)
Larissa Rodrigues foi muito bem.

No outro lado da moeda, tivemos atletas que foram muito bem. Primeiro vamos destacar Larissa Rodrigues que venceu todas as lutas e garantiu um ouro, a única ressalva foi justamente na luta contra Djailsa ‘Moranguinho’ aonde esperávamos assistir um grande show como na primeira edição do Open, mas vimos apenas um embate morno.

OpenGostosense2017 (9)
Djair se sobressaiu na estratégia e venceu Wanderson.

O segundo destaque foi Djair Cardoso que só perdeu na final contra Josean e por estar meio afastado dos treinamentos conseguiu um ótimo resultado, vencendo inclusive Wanderson Silva. Se bem que o treinamento só é um detalhe, quando o talento sempre está ali, não é mesmo?

OpenGostosense2017 (8)
Preciso e perfeito, Abison levou ouro.

O terceiro grande destaque foi Abison Silva que deu um verdadeiro show na sua especialidade que é o kata. A disputa foi contra outro grande atleta, Stênio Almeida, que assim como Abison faz um kata totalmente técnico e preciso. A decisão só poderia ficar nas mãos dos árbitros mesmo, porque os detalhes foram o que fizeram diferença e assim Abison Silva faturou a medalha dourada.

OpenGostosense2017 (7)
Um dos saltos do longo kata superinpei.

O sensei Cristiano Nunes também elogiou Abison pelo esforço e empenho em dominar o kata suparinpei que é um dos mais extensos que existem e tem como uma das principais características a introdução de duas formas de chute: um para frente em salto e o outro em forma de semi-círculo.

MARATONA AO VIVO

Foram 8 horas ininterruptas de transmissão ao vivo no Youtube do Contador de Causos, além de algumas transmissões no Facebook. Você pode acompanhar tudo o que rolou clicando nas nossas redes. Agradecemos aos companheiros que nos ajudaram!

A Federação Norte Riograndense de Karatê (FNK) disponibilizará o quadro de medalhas do Open Gostosense de Karatê na próxima segunda-feira (11) e nós traremos todos os detalhes.

Estamos de olho. Até qualquer hora!

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).

Os comentários estão encerrados.