PREMIAÇÃO, ZEBRA, RISADAS: CONFIRA O PACOTÃO DO 5º DIA DE MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO

Troféu Luís da Câmara Cascudo foi entregue a quatro categorias, com isso Mostra chega ao fim da sua terceira edição com plateia saindo às gargalhadas.

POR AILTON RODRIGUES
PRAIA DO MACEIÓ, S.M. DO GOSTOSO/RN.

Coletivo Nós do Audiovisual.jpg
Coletivo Nós do Audiovisual em noite de encerramento da Mostra.

A Mostra de Cinema de Gostoso chegou ao fim da sua terceira edição na noite desta terça-feira (17) com uma Praia do Maceió lotada com mais de 1200 espectadores.

Além dos troféus, ainda houve reexibição dos curtas gostosenses e a Sessão de Encerramento com o divertido documentário “Piadeiros”. O Contador descreve tudo o que rolou ontem para você.

PRAIA CHEIA

Mais de 1200 pessoas nas areias da Praia, contando inclusive com personalidades da política como o deputado Hermano Morais. Contudo, as grandes estrelas da noite eram do Coletivo Nós do Audiovisual que com simplicidade e muito trabalho conseguiram trazer mais de 500 pessoas dos distritos de São Miguel do Gostoso.

VALE A PENA VER DE NOVO

Antes da Cerimônia de Encerramento foi feita a reexibição dos curtas gostosenses (“O Menino e a Caixa Misteriosa”, “O Pai da Noite”, “Flôzinha” e “À Procura do Sol”). Todos foram ovacionados pelo público, que pôde mais uma vez assistir sua cultura e personalidade retratada no telão por meio das histórias contadas pelo coletivo.

1º PRÊMIO: A SIMPLICIDADE QUE CONQUISTA

Melhor Curta Gostosense.jpg
À Procura do Sol foi o melhor curta gostosense.

O primeiro prêmio da noite foi na categoria Melhor Curta Gostosense que foi dado para “À Procura do Sol” dirigido por Rozângela Modesto. Na trama a simplicidade de duas irmãs que estavam “adolescendo” e viviam dualidades, enquanto uma focava nos estudos a outra se encantava com os turistas.

Os planos de fundo eram as Praias do Tourinho e da Xêpa, pelo jeito a história envolveu o público pelo roteiro leve e sem nenhuma carga apelativa para o clichê. O curta era o mais “fresquinho” na memória, pois havia sido o último dos quatro a ser mostrado ao público.

2º PRÊMIO: FAVORITISMO CONFIRMADO

Melhor Curta.jpg
“Sêo Inácio” foi o melhor curta, Helio Ronyvon recebeu o prêmio

Melhor Curta Nacional foi para o favorito “Sêo Inácio (Ou o Cinema do Imaginário)” do diretor potiguar Helio Ronyvon. Na história um cinéfilo de 77 anos com uma sabedoria riquíssima é mostrado por 13 minutos.

Já havia a expectativa da vitória pelos comentários nas ruas e pela “legião de fãs” que Sêo Inácio conseguiu na cidade.

3º PRÊMIO: A ZEBRA

Melhor longa.jpg
Alan Minas recebe prêmio de melhor longa por “A Família Dionti”

Com todo respeito ao diretor Alan Minas e sua obra, mas ninguém imaginou que “A Família Dionti” ganharia o troféu de Melhor Longa Nacional, não porque a história altamente poética falava de uma família cheia de características fantásticas onde o filho e a mãe derreteram de amor e outro por ser seco chorava grãos de areia, mas pelo simples motivo dele não ser tão badalado nas ruas.

Parabéns a equipe, inclusive foi bem tocante a emoção do diretor Alan ao receber o prêmio.

4º PRÊMIO: A JUSTIÇA FOI FEITA

Menção Honrosa.jpg
Sandra Kogut recebe menção honrosa por “Campo Grande”

Se havia um filme que não deveria sair de São Miguel do Gostoso sem receber algum tipo de homenagem ou prêmio este era “Campo Grande” da diretora carioca Sandra Kogut. Desta vez a categoria Menção Honrosa, tratou da emoção no seu mais elevado grau, o abandono e a separação de duas crianças foram sendo mostrados de uma forma tão tocante que a diretora acabou sendo a alvejada de perguntas no último debate desta Mostra.

PRA TERMINAR DE BOM HUMOR

Apresentação Piadeiros.jpg
Gustavo Rosa de Moura apresenta o seu longa: “Piadeiros”

A Sessão de Encerramento foi com o documentário “Piadeiros” de Gustavo Rosa de Moura, onde uma equipe de filmagem viaja pelo país em busca de pessoas que contam piadas. Não faltaram risadas desses artistas “anônimos” do humor nacional.

Assim terminou mais uma Mostra, com muita alegria e, já pode dizer saudades!

O Contador de Causos encerra sua cobertura oficial dos eventos oficiais da Mostra de Cinema, foram 25 matérias nos últimos cinco meses trazendo desde o pré até o pós evento. Ano que vem estaremos juntos novamente.

Estamos acompanhando os últimos desfechos e contamos tudo para você. Até qualquer hora!

O CONTADOR ANALISA: QUEM NÓS ESPERÁVAMOS QUE GANHASSEM OS PRÊMIOS DA MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO?

O Contador de Causos abriu o leque de apostas e explica quem eram as obras consideradas favoritas por nós.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

plataforma das selfies
Plataforma das Selfies foi atração da Mostra

A Mostra de Cinema de Gostoso chegou ao fim nesta última terça-feira (17) e o prêmio Luiz da Câmara Cascudo foi entregue aos eleitos por júri popular, contudo algumas premiações foram consideradas como surpresa para a equipe do Contador.

Analisamos os palpites da equipe do Contador e explicamos o porque, confira:

MELHOR CURTA: ACERTAMOS

PALPITE CONTADOR 2

Sem dúvida “Sêo Inácio” foi um dos favoritos ao prêmio de Melhor Curta, a sabedoria do homem de 77 anos que já assistiu a centenas de filmes cativou os espectadores de São Miguel do Gostoso.

Sêo Inácio
Sêo Inácio

Uma história absolutamente interessante e potiguar.

MELHOR CURTA GOSTOSENSE: SURPRESA TOTAL

PALPITE CONTADOR 1

Nossa equipe não esperava que “À Procura do Sol” levasse o título, eram unânimes as apostas para “O Pai da Noite”, apesar da grande produção de ambos, o curta de terror poderia levar vantagem pelo gênero (o terror meio cômico), além de tratar de uma lenda local.

Pelo jeito o drama é bem visto pelos gostosenses.

MELHOR LONGA NACIONAL: ZEBRA

PALPITE CONTADOR 3

De todas as apostas da equipe do Contador “A Família Dionti” não aparecia entre os favoritos. Apostamos na emoção de “Campo Grande” que tratou de variadas emoções. Mas a poesia de Dionti encantou o público.

MENÇÃO HONROSA: NEM FICAMOS TRISTES

PALPITE CONTADOR 4

Pois é, a Menção ficou com Campo Grande, mas “Aspirantes” foi nosso palpite. A história que envolve o futebol pelo visto não agradou aos boleiros de São Miguel do Gostoso. Apesar disso, o Contador considerou justa a escolha do filme de Sandra Kogut, já que essa categoria premia o longa que mais criou afinidade com o público.

O Contador de Causos está de olho na Mostra! Até qualquer hora!

CONCURSO IBGE: BANCA DEVE SAIR NAS PRÓXIMAS SEMANAS

Resultado de imagem para ibge

O concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística terá 600 vagas de níveis médio e superior. As remunerações serão de até R$ 9,1 mil.

 

No decorrer das próximas semanas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve divulgar o nome da banca organizadora do seu próximo concurso. Acontece que a assessoria de imprensa do instituto afirmou que a intenção é que o edital seja lançado até o final de dezembro.

Ao todo, o processo seletivo contemplará 600 vagas, sendo 460 para técnico em informações geográficas e estatísticas; 90 para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas; e 50 para tecnologista em informações geográficas e estatísticas. O cargo de técnico será destinado aos candidatos com ensino médio completo, enquanto os outros dois empregos exigirão formação superior em áreas específicas.

Lotação do concurso IBGE

Com relação à distribuição das vagas, o departamento de comunicação do instituto disse que ela ainda não foi definida, mas a probabilidade é de que o cargo de nível médio seja lotado em unidades de todo o Brasil e as chances de nível superior fiquem concentradas no Estado do Rio Janeiro.

A assessoria de imprensa do IBGE também informou que o que foi enviado às empresas candidatas à organização do certame é um projeto básico, para que, com base nessas informações, as instituições possam apresentar suas propostas. Ou seja, a distribuição das vagas que consta no documento pode sofrer alterações até a publicação do edital.

Consta no projeto que a maior parte das oportunidades de nível superior será para o Rio de Janeiro (118). As demais chances podem ficar para os Estados de São Paulo (3), Amazonas (1), Amapá (2), Bahia (1), Espírito Santo (1), Goiás (1), Minas Gerais (3), Mato Grosso (1), Pará (2), Pernambuco (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (1) e Santa Catarina (2), além do Distrito Federal (1).

Para o posto com exigência de ensino médio, deve haver ofertas para todos os Estados, exceto para Roraima e Amapá. Portanto, a previsão é de que as chances fiquem para as regiões de São Paulo (56), Acre (5), Alagoas (8), Amazonas (7), Bahia (39), Ceará (24), Distrito Federal (20), Espírito Santo (9), Goiás (18), Maranhão (12), Minas Gerais (46), Mato Grosso do Sul (6), Mato Grosso (8), Pará (18), Paraíba (8), Pernambuco (25), Piauí (10), Paraná (31), Rio de Janeiro (36), Rio Grande do Norte (9), Rondônia (5), Rio Grande do Sul (30), Santa Catarina (17), Sergipe (8) e Tocantins (5).

Para São Paulo, estima-se que a distribuição das vagas de técnico ocorra nos seguintes 24 municípios: Araraquara (1), Avaré (1), Barretos (1), Bauru (2), Botucatu (1), Catanduva (1), Guaratinguetá (1), Itu (1), Limeira (1), Lins (1), Marília (1), Mauá (1), Ourinhos (1), Presidente Venceslau (1), Registro (1), Santos (2), São José do Rio Pardo (1), São Paulo (31), São Sebastião (1), Sumaré (1), Suzano (1), Tatuí (1), Taubaté (1) e Tupã (1).

Atribuições do técnico do IBGE

Os principais deveres do técnico em informações geográficas e estatísticas são: coletar dados em diversas fontes, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade; realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa; realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios; proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas; executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE; atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários; entre outros.

Fonte: Jornal dos Concursos

CONCURSO INSS: SALÁRIOS E BENEFÍCIOS SERÃO REAJUSTADOS EM 2016

Olá leitores!

Por meio de um acordo realizado entre o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef),foi estabelecido que os valores das remunerações e dos benefícios dos cargos de técnico e analista do INSS subirão no próximo ano.

Os salários vigentes estão em R$ 4.614,87 para o posto de técnico do seguro social, e em R$ 6.832,39 para a função deanalista do seguro social, no caso de Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social (GDASS) de 80 pontos. Entretanto, quando somados 100 pontos, esses valores podem chegar a R$ 5.259,87 e a R$ 7.869,09, respectivamente.Nestes vencimentos já está incluso o auxílio-alimentação de R$ 373,00.

Lembrando que o GDASS é um benefício concedido por desempenho, sendo dividido em duas partes: avaliação de desempenho institucional, que vale 80 pontos, e avaliação de desempenho individual, com validade de 20 pontos. Sendo assim, a remuneração varia conforme a pontuação do indivíduo nessas avaliações.

Para o cargo de técnico, o vencimento básico (VB) corresponde a R$ 639,18, a Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social (GDASS) compreende em R$ 3.225,00 e a Gratificação de Atividade Executiva (GAE) está em R$ 1.022,69, no caso de 100 pontos.Já os valores do posto de analista constituem-se de R$ 890,42 de vencimento básico, R$ 5.181 de Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social e R$ 1.424,67 de Gratificação de Atividade Executiva.

Sobre os novos valores dos benefícios, a assistência à saúde passará de R$ 117,78 para R$ 145,00; o auxílio-alimentação que corresponde a R$ 373,00 será modificado para R$ 458,00;e o auxílio-creche que, atualmente, é de R$ 73,00 será reajustado para R$ 321,00. Os benefícios VB e GAE sofrerão um aumento de 5,5%, enquanto o aumento d oGDASS ainda não foi informado. Com o aumento dos 5,5%, as remunerações, incluindo o GDASS de 100% e o novovale-alimentação, chegarão em R$ 5.436,27 para o cargo de técnico e a R$ 8.081,42 para analista. Esses valores não incluem o reajuste no GDASS, uma vez que a porcentagem não foi divulgada.

Do total das 950 vagas autorizadas, o concurso do INSS oferecerá 800 oportunidadespara a carreira de técnico do INSS, que exige dos candidatos formação de nível médio. As demais 150 vagas serão para o cargo de analista do INSS, que exige formação em curso de nível superior na área de serviço social.

Sob a responsabilidade da banca Cespe/UnB, o edital do concurso do INSS será divulgado até o dia 29 de dezembro deste ano, sendo importante estudar com base nas provas anteriores do concurso do órgão. O IOB Concursos oferece simulados online gratuitos para os cargos de técnico e analista, além dos cursos preparatórios online totalmente estruturados para auxiliar na sua preparação. Assista às aulas, gratuitamente.

Até logo!

Fonte: Canal do Ensino.