PREMIAÇÃO, ZEBRA, RISADAS: CONFIRA O PACOTÃO DO 5º DIA DE MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO

Troféu Luís da Câmara Cascudo foi entregue a quatro categorias, com isso Mostra chega ao fim da sua terceira edição com plateia saindo às gargalhadas.

POR AILTON RODRIGUES
PRAIA DO MACEIÓ, S.M. DO GOSTOSO/RN.

Coletivo Nós do Audiovisual.jpg
Coletivo Nós do Audiovisual em noite de encerramento da Mostra.

A Mostra de Cinema de Gostoso chegou ao fim da sua terceira edição na noite desta terça-feira (17) com uma Praia do Maceió lotada com mais de 1200 espectadores.

Além dos troféus, ainda houve reexibição dos curtas gostosenses e a Sessão de Encerramento com o divertido documentário “Piadeiros”. O Contador descreve tudo o que rolou ontem para você.

PRAIA CHEIA

Mais de 1200 pessoas nas areias da Praia, contando inclusive com personalidades da política como o deputado Hermano Morais. Contudo, as grandes estrelas da noite eram do Coletivo Nós do Audiovisual que com simplicidade e muito trabalho conseguiram trazer mais de 500 pessoas dos distritos de São Miguel do Gostoso.

VALE A PENA VER DE NOVO

Antes da Cerimônia de Encerramento foi feita a reexibição dos curtas gostosenses (“O Menino e a Caixa Misteriosa”, “O Pai da Noite”, “Flôzinha” e “À Procura do Sol”). Todos foram ovacionados pelo público, que pôde mais uma vez assistir sua cultura e personalidade retratada no telão por meio das histórias contadas pelo coletivo.

1º PRÊMIO: A SIMPLICIDADE QUE CONQUISTA

Melhor Curta Gostosense.jpg
À Procura do Sol foi o melhor curta gostosense.

O primeiro prêmio da noite foi na categoria Melhor Curta Gostosense que foi dado para “À Procura do Sol” dirigido por Rozângela Modesto. Na trama a simplicidade de duas irmãs que estavam “adolescendo” e viviam dualidades, enquanto uma focava nos estudos a outra se encantava com os turistas.

Os planos de fundo eram as Praias do Tourinho e da Xêpa, pelo jeito a história envolveu o público pelo roteiro leve e sem nenhuma carga apelativa para o clichê. O curta era o mais “fresquinho” na memória, pois havia sido o último dos quatro a ser mostrado ao público.

2º PRÊMIO: FAVORITISMO CONFIRMADO

Melhor Curta.jpg
“Sêo Inácio” foi o melhor curta, Helio Ronyvon recebeu o prêmio

Melhor Curta Nacional foi para o favorito “Sêo Inácio (Ou o Cinema do Imaginário)” do diretor potiguar Helio Ronyvon. Na história um cinéfilo de 77 anos com uma sabedoria riquíssima é mostrado por 13 minutos.

Já havia a expectativa da vitória pelos comentários nas ruas e pela “legião de fãs” que Sêo Inácio conseguiu na cidade.

3º PRÊMIO: A ZEBRA

Melhor longa.jpg
Alan Minas recebe prêmio de melhor longa por “A Família Dionti”

Com todo respeito ao diretor Alan Minas e sua obra, mas ninguém imaginou que “A Família Dionti” ganharia o troféu de Melhor Longa Nacional, não porque a história altamente poética falava de uma família cheia de características fantásticas onde o filho e a mãe derreteram de amor e outro por ser seco chorava grãos de areia, mas pelo simples motivo dele não ser tão badalado nas ruas.

Parabéns a equipe, inclusive foi bem tocante a emoção do diretor Alan ao receber o prêmio.

4º PRÊMIO: A JUSTIÇA FOI FEITA

Menção Honrosa.jpg
Sandra Kogut recebe menção honrosa por “Campo Grande”

Se havia um filme que não deveria sair de São Miguel do Gostoso sem receber algum tipo de homenagem ou prêmio este era “Campo Grande” da diretora carioca Sandra Kogut. Desta vez a categoria Menção Honrosa, tratou da emoção no seu mais elevado grau, o abandono e a separação de duas crianças foram sendo mostrados de uma forma tão tocante que a diretora acabou sendo a alvejada de perguntas no último debate desta Mostra.

PRA TERMINAR DE BOM HUMOR

Apresentação Piadeiros.jpg
Gustavo Rosa de Moura apresenta o seu longa: “Piadeiros”

A Sessão de Encerramento foi com o documentário “Piadeiros” de Gustavo Rosa de Moura, onde uma equipe de filmagem viaja pelo país em busca de pessoas que contam piadas. Não faltaram risadas desses artistas “anônimos” do humor nacional.

Assim terminou mais uma Mostra, com muita alegria e, já pode dizer saudades!

O Contador de Causos encerra sua cobertura oficial dos eventos oficiais da Mostra de Cinema, foram 25 matérias nos últimos cinco meses trazendo desde o pré até o pós evento. Ano que vem estaremos juntos novamente.

Estamos acompanhando os últimos desfechos e contamos tudo para você. Até qualquer hora!

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.