CONCURSO IBGE: BANCA DEVE SAIR NAS PRÓXIMAS SEMANAS

Resultado de imagem para ibge

O concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística terá 600 vagas de níveis médio e superior. As remunerações serão de até R$ 9,1 mil.

 

No decorrer das próximas semanas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve divulgar o nome da banca organizadora do seu próximo concurso. Acontece que a assessoria de imprensa do instituto afirmou que a intenção é que o edital seja lançado até o final de dezembro.

Ao todo, o processo seletivo contemplará 600 vagas, sendo 460 para técnico em informações geográficas e estatísticas; 90 para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas; e 50 para tecnologista em informações geográficas e estatísticas. O cargo de técnico será destinado aos candidatos com ensino médio completo, enquanto os outros dois empregos exigirão formação superior em áreas específicas.

Lotação do concurso IBGE

Com relação à distribuição das vagas, o departamento de comunicação do instituto disse que ela ainda não foi definida, mas a probabilidade é de que o cargo de nível médio seja lotado em unidades de todo o Brasil e as chances de nível superior fiquem concentradas no Estado do Rio Janeiro.

A assessoria de imprensa do IBGE também informou que o que foi enviado às empresas candidatas à organização do certame é um projeto básico, para que, com base nessas informações, as instituições possam apresentar suas propostas. Ou seja, a distribuição das vagas que consta no documento pode sofrer alterações até a publicação do edital.

Consta no projeto que a maior parte das oportunidades de nível superior será para o Rio de Janeiro (118). As demais chances podem ficar para os Estados de São Paulo (3), Amazonas (1), Amapá (2), Bahia (1), Espírito Santo (1), Goiás (1), Minas Gerais (3), Mato Grosso (1), Pará (2), Pernambuco (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (1) e Santa Catarina (2), além do Distrito Federal (1).

Para o posto com exigência de ensino médio, deve haver ofertas para todos os Estados, exceto para Roraima e Amapá. Portanto, a previsão é de que as chances fiquem para as regiões de São Paulo (56), Acre (5), Alagoas (8), Amazonas (7), Bahia (39), Ceará (24), Distrito Federal (20), Espírito Santo (9), Goiás (18), Maranhão (12), Minas Gerais (46), Mato Grosso do Sul (6), Mato Grosso (8), Pará (18), Paraíba (8), Pernambuco (25), Piauí (10), Paraná (31), Rio de Janeiro (36), Rio Grande do Norte (9), Rondônia (5), Rio Grande do Sul (30), Santa Catarina (17), Sergipe (8) e Tocantins (5).

Para São Paulo, estima-se que a distribuição das vagas de técnico ocorra nos seguintes 24 municípios: Araraquara (1), Avaré (1), Barretos (1), Bauru (2), Botucatu (1), Catanduva (1), Guaratinguetá (1), Itu (1), Limeira (1), Lins (1), Marília (1), Mauá (1), Ourinhos (1), Presidente Venceslau (1), Registro (1), Santos (2), São José do Rio Pardo (1), São Paulo (31), São Sebastião (1), Sumaré (1), Suzano (1), Tatuí (1), Taubaté (1) e Tupã (1).

Atribuições do técnico do IBGE

Os principais deveres do técnico em informações geográficas e estatísticas são: coletar dados em diversas fontes, organizar, criticar, corrigir, lançar, tratar e manter os dados garantindo a sua integridade, confidencialidade, disponibilidade, atualização e fidedignidade; realizar entrevistas em domicílios e estabelecimentos informantes para obtenção de dados conforme metodologia e plano de supervisão da pesquisa; realizar levantamentos topográficos/geográficos/cartográficos com vistas a manter atualizada a base territorial dos municípios; proceder à compilação, montagem e organização dos elementos cartográficos, segundo as especificações e normas adotadas; executar e apoiar as tarefas ligadas à manutenção e atualização da rede física dos marcos geodésicos do IBGE; atuar nas diversas modalidades de disseminação de dados e informações, prestando suporte e orientações aos usuários; entre outros.

Fonte: Jornal dos Concursos

Autor: P. Eduardo

Licenciado em Matemática pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Pós-Graduando em Português e Matemática Numa Abordagem Transdisciplinar pelo Instituto Federal de Ciência e Educação Tecnológica (IFRN). Professor/Tutor Formador do (Programa de Iniciação Tecnológica e Científica PROITEC para o IFRN. Professor da Rede Pública e Agente Administrativo da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso/RN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.