Arquivo da tag: Paróquia de São Miguel Arcanjo

#SãoMiguelArcanjo2019: FESTA DO PADROEIRO DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO INICIA COM GRANDE PÚBLICO

As solenidades da Festa de Padroeiro de São Miguel Arcanjo tiveram início nessa quinta-feira (19) e seguem até o dia do Padroeiro, 29 de setembro, dia que a Igreja Católica dedica ao Arcanjo Miguel que teria derrotado o Serafim Lúcifer que tentou se igualar a Deus, conforme conta a tradição cristã.

WhatsApp Image 2019-09-20 at 09.27.42
Foto: Karla Cardoso.

A abertura da festa contou com dois momentos importantes, uma carreata que saiu da comunidade Monte Alegre e o hasteamento das bandeiras, atividades tradicionais da abertura da festa. A missa dessa última sexta foi presidida pelo Pe. Gilvan Bezerra da Silva da cidade de Canguarema/RN, que na sua pregação lembrou a necessidade de acolher a todos sem distinção.

WhatsApp Image 2019-09-20 at 09.27.40
Foto: Karla Cardoso.

O tema da festa desse ano é “Com São Miguel, escolhidos e enviados em missão” e conta com uma programação diária de missas e encontros de oração, além de uma variada programação Cultural. E o Contador vai te informar diariamente a programação da festa.

WhatsApp Image 2019-09-20 at 09.27.54
Foto: Karla Cardoso.

GALERIA DO CONTADOR: APESAR DE POLÊMICA, IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO É DEMOLIDA

Mesmo com polêmica nas redes sociais sobre a demolição, nossos fotógrafos registraram belas imagens.

POR AILTON RODRIGUES
FOTOS: ARICLENES SILVA E KARLA CARDOSO

MAQUETE DIGITAL IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO
Maquete digital da nova paróquia em construção.

A Igreja de São Miguel Arcanjo em São Miguel do Gostoso foi demolida no final do mês de agosto o que causou uma certa repercussão por meio das redes sociais, o jornalista Emanuel Neri chegou a chamar o caso de “vexame cultural”.

O Contador já havia mostrado em uma entrevista com o Padre Jecione, que a intenção da reconstrução da igreja era porque a parte estrutural estava deteriorada o que poderia causar acidentes. Todavia, apenas uma das paredes era original da época em que ainda se era uma capela.

Veja o trecho da entrevista ao qual o Padre fala sobre este ponto:

Contador – Existe um debate antigo sobre a questão histórica cultural da igreja de São Miguel Arcanjo para fundação do município, na história da cidade. Aqui dentro da Igreja, na imagem do Padroeiro, que é considerado patrimônio cultural do nosso município. A Matriz passou por uma série de mudanças que foram tantas que a descaracterizaram, como o senhor encara essa perspectiva de algumas pessoas, que ainda veem essa mudança como uma perda?

Pe Jecione – Eu encaro da forma mais tranquila possível, porque eu cheguei aqui e procurei as informações. Me passaram esta realidade de que a população, os fiéis, os paroquianos anseiam por uma nova matriz. Eu, graças a Deus, se tivesse aqui uma igreja totalmente primitiva, com uma igreja que apresentasse algum traço do seu tempo, da sua época, eu seria o primeiro a tentar restaurar, deixar como era, mas fazendo o estudo ouvindo as pessoas, ouvindo os mais velhos cheguei à conclusão, e claro, não sozinho, de que o original aqui da igreja como você falou é justamente a imagem do nosso padroeiro e o lado esquerdo da nossa Igreja Matriz.  

Tirando esses dois aspectos, a imagem e uma parede lateral, todo o restante já foi modificado por padres que passaram […]. Algumas pessoas se posicionam “contra”, dizem que vai apagar um pouco da história da cidade, da memória da igreja, mas na verdade, não. Não vamos fazer isso e também a intenção não é essa, a intenção é justamente ao contrário de fazer com que os fiéis, os católicos, os paroquianos, aqui desta Paróquia tenham um Templo maior, um templo que possa comportar um número maior do fiéis, mais aconchegante e bonito, novo, para melhor acomodação os fiéis.

Com relação as opiniões, eu vejo que a grande maioria pensa e está comigo, pois muitos desejam, incentivam e querem este trabalho, então eu vejo que a grande maioria dos fiéis pensam sim em uma nova Matriz. Nós precisamos, a cidade precisa. A cidade é uma cidade turística e precisamos também fazer com que a igreja possa se adequar à realidade que ora se apresenta na cidade de São Miguel do Gostoso.

Apesar disso, os fotógrafos, Ariclenes Silva e Karla Cardoso, a pedido do Contador, registraram algumas imagens sobre este momento emblemático em São Miguel do Gostoso. As fotografias em preto e branco são de Ari enquanto as coloridas são de autoria de Karla, veja:

WhatsApp Image 2018-08-28 at 10.29.01

WhatsApp Image 2018-08-28 at 10.29.02

WhatsApp Image 2018-08-28 at 10.29.03

OH0H8552-Editar

OH0H8520-Editar

OH0H7860-Editar

OH0H6102-Editar

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

ENTREVISTA: PADRE JECIONE FALA SOBRE A CONSTRUÇÃO DA NOVA IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO

Chegado a pouco mais de 7 meses o novo Pároco de São Miguel do Gostoso deu segmento a missão da construção da nova Igreja Matriz, e já colhe resultados.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Na última quinta-feira (02) foi realizada a última missa no prédio da antiga Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo. Foi uma celebração semanal de cura e libertação, e as ofertas do dia foram alimentos não perecíveis, que serão destinadas a famílias carentes, além disso foi um momento histórico na cidade e os fiéis aproveitaram para bater as últimas fotos.

OFERTORIO ALIMENTOS
Ofertório de alimentos na Missa de Cura e Libertação da última quinta (02)

O Padre Jecione da Silva Melo, natural de Ielmo Marinho/RN é o atual pároco da Paróquia de São Miguel Arcanjo em São Miguel do Gostoso e conversou com a gente sobre a construção da Nova Igreja Matriz.

Contador – Padre você chegou na paróquia faz algum tempo e  já é muito claro que a sua primeira missão aqui foi a construção da paróquia  – uma coisa que Dom Jaime já cobrava dos outros párocos – e estamos vendo que vamos ter um primeiro passo concreto nesta construção.

Pe Jecione – Eu estou aqui precisamente a 7 meses e com a graça de Deus, dando continuidade aos trabalhos já iniciados pelos padres que aqui passaram, e eu também estou nessa perspectiva. A realidade exige, e é visível aos nossos olhos, não é mistério para ninguém, também é um fato já conhecedor de todos, de que a igreja matriz de São Miguel Arcanjo em São Miguel do Gostoso está na situação que não temos mais o que fazer muito por ela (estruturalmente). De nossa parte precisamos unir forças dar as mãos e trabalhar para que com a graça de Deus, possamos construir uma nova Matriz dedicada a São Miguel Arcanjo aqui na nossa cidade

Contador – Padre, nesse meio tempo que a igreja vai estar sendo construída, aonde iram ser as missas de domingo e também onde vai funcionar a secretaria paroquial?

Pe Jecione – Veja bem é um ponto importante esta questão, pois avaliamos, olhamos para a estrutura da cidade e não vimos nenhum ponto, ou um local tão próximo aqui da Igreja Matriz, sendo assim levando em consideração esses fatores a nossa Matriz funcionará de forma provisória na Capela de Santa Luzia que também é dentro aqui da cidade apenas um pouco mais afastada, mas a matriz funcionará do lá, não sei por quanto tempo pois não tem como precisar o tempo que levará esta construção. A Secretaria Paroquial irá funcionar um pouco mais próximo,  aqui no centro no espaço da vereadora Clésia, ela disponibilizou uma sala para que pudéssemos ficar e funcionar a secretaria, próximo ao Conselho Tutelar. Graças a Deus ficou aqui um pouco perto porque tem a procura para devolver o dízimo, para marcar alguma missa, fazer alguma reunião, os atendimentos, então para funcionará aqui mais próximo onde fica a Igreja Matriz.

MAQUETE DIGITAL IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO
Maquete digital da nova Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo

Contador – Sabemos que um ponto inicial desse trabalho da construção da Matriz nesse ano 2018 foi o Bingo, que foi um sucesso. Eu acho que esse foi o grande destaque dessa campanha, mas e agora?  Como vai ficar a situação desse start? Qual a estratégia da igreja neste momento para dar continuidade nesse projeto.

Pe Jecione – É verdade, o bingo que nós realizamos no início de Maio graças a Deus foi uma benção. Foi um sucesso e foi assim o pontapé inicial na arrecadação para fortalecer o nosso espírito e o nosso animo, a comunidade chegou junto, participou, fez bonito mas como disse é o pontapé inicial, precisamos trabalhar ainda mais. Estamos neste exato momento com a campanha de arrecadação, algumas equipes aqui da igreja, os paroquianos,  o CPP (Conselho Pastoral Paroquial) se reuniram e passaram nas ruas da cidade deixando um envelope, essa campanha se dará durante dois meses, no mês agora de Julho que foi o primeiro mês e no mês seguinte, mês de agosto, também teremos uma outra arrecadação e aí futuramente em setembro vem a festa do nosso Padroeiro São Miguel Arcanjo e também nós vamos fazer lá vamos trabalhar nessa perspectiva de construção da Igreja de São Miguel Arcanjo. Temos o final do ano e possivelmente iremos realizar um outro Festival de Prêmios, ainda estamos vendo a possibilidade. Algumas pessoas já se colocaram à disposição e com a graça de Deus possivelmente vamos fechar o ano realizando mais um Festival de Prêmios em prol da construção da nova igreja matriz de São Miguel.

Contador – Existe um debate antigo sobre a questão histórica cultural da igreja de São Miguel Arcanjo para fundação do município, na história da cidade. Aqui dentro da Igreja, na imagem do Padroeiro, que é considerado patrimônio cultural do nosso município. A Matriz passou por uma série de mudanças que foram tantas que a descaracterizaram, como o senhor encara essa perspectiva de algumas pessoas, que ainda veem essa mudança como uma perda?

Pe Jecione – Eu encaro da forma mais tranquila possível, porque eu cheguei aqui procurei as informações, me passaram esta realidade de que a população, os fiéis, os paroquianos anseiam por uma nova matriz. Eu, graças a Deus, se tivesse aqui uma igreja totalmente primitiva, com uma igreja que apresentasse algum traço do seu tempo, da sua época, eu seria o primeiro a tentar restaurar, deixar como era, mas fazendo o estudo ouvindo as pessoas, ouvindo os mais velhos cheguei à conclusão, e claro, não sozinho, mas chegamos a conclusão de que o original aqui da igreja como você falou é justamente a imagem do nosso padroeiro e o lado esquerdo da nossa Igreja Matriz;  tirando esses dois aspectos, a imagem e uma parede lateral todo o restante já foi modificado por padres que passaram […]. Algumas pessoas se posicionam “contra”, dizem que vai apagar um pouco da história da cidade, da memória da igreja, mas na verdade, não. Não vamos fazer isso e também a intenção não é essa, a intenção é justamente ao contrário de fazer com que os fiéis os católicos os paroquianos aqui desta Paróquia tenham um Templo maior, um templo que possa comportar um número maior do fiéis, mais aconchegante e bonito, novo, para melhor acomodação os fiéis. Com relação as opiniões, eu vejo que a grande maioria pensa e está comigo, pois muitos desejam, incentivam e querem este trabalho, então eu vejo que a grande maioria dos fiéis pensam sim em uma novidade Matriz. Nós precisamos, a cidade precisa, a cidade é uma cidade turística e precisamos também fazer com que a igreja possa se adequar à realidade que ora se apresenta na cidade de São Miguel do Gostoso.

PE JECIONE
Padre Jecione

O Contador parabeniza o Pe. Jecione Melo, pelo seu aniversário natalício na última segunda (30) e pelo Dia do Padre.

Serviço:

Missa Dominical às 8h e as 19h na Capela de Santa Luzia, próximo ao condomínio Shambala.

Secretaria Paroquial – (84) 99459-2073

VIA SACRA É ENCENADA EM GOSTOSO ACOMPANHADA COM CORTEJO DE CENTENAS DE PESSOAS

Espetáculo durou cerca de 100 minutos e foi acompanhada por multidão que se encantou com a história da Via Sacra.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

A 5ª edição da Via Sacra foi encenada na noite desta sexta-feira (30) em São Miguel do Gostoso, o trajeto de quase um quilômetro foi percorrido por centenas de pessoas que acompanhavam o lindo espetáculo que durou cerca de 100 minutos.

Com saída do Espaço TEAR e chegada na Igreja Matriz, a Via Sacra reuniu cerca de 60 atores na encenação das 14 estações que contam a história da crucificação e ressurreição de Jesus. A chuva desta vez não veio e o público também acompanhou respeitando os espaços demarcados pela produção, que foi conduzida pela direção de Jhonny Ribeiro.

OH0H8192

Destaques especiais para as atuações de Fernando Miranda (Jesus) e Ana Luiza (Maria) que emocionaram o público com tamanha paixão e entrosamento nas cenas. A jovem atriz ainda teve um pequeno mal estar durante a encenação, mas logo foi socorrida e conseguiu terminar o espetáculo bem.

A realização da Via Sacra 2018 foi do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), Espaço Tear e Paróquia de São Miguel Arcanjo.

OPINIÃO: UM INCÔMODO QUE MARCA

A Via Sacra por si só já é visceral. Um enredo que envolve a trama de traição, morte, julgamento e uma reviravolta que culmina com a ressurreição pode ser contada de muitas maneiras, mas poucas conseguem prender os espectadores como a de Gostoso, aliás a encenação desta noite foi além disso: ela incomodou!

Ver os jovens e talentosos gostosenses vivendo cada uma das estações no percurso daquela rua cheia de paralelepípedos, em consonância com uma trilha sonora que apesar de arrastada e melancólica cria uma intimidade com os personagens vívidos ali chega a fazer você mastigar aqueles momentos por um tempinho. Não há como não se emocionar e talvez isso justifique a forte adesão das pessoas ao acompanhar o cortejo. Interessante falar também que muitas pessoas que percorriam este trajeto, fizeram uma corrente para evitar uma invasão ao cenário, ou seja uma atitude nobre e elogiável.

OH0H8768

As atuações firmes de alguns atores empurram a obra para um patamar além do esperado. O que falar do Jesus interpretado por Fernando Miranda? O primeiro ato impecável com gestuais que percorrem todo um espaço, roubando a atenção de uma plateia inteira e olha que estamos falando de teatro de rua! Além disso, o trajeto doloroso e sofrido são bem desenhados pelo ator, cada reação e queda foram meticulosamente penetrantes na nossa alma, realmente aquela cruz aparentava estar pesada.

Ana Luiza, já vem em uma ascensão desde suas últimas atuações nos Autos que acompanhamos nos anos anteriores aqui mesmo no Contador. Ela, nesta Via Sacra, foi emotiva, foi forte, foi uma Maria imponente que sofreu de uma forma tão comovente que nos fazia querer sair e lhe dar um abraço.

Posso citar aqui outros atores como Renato Júnior (Pilatos) que mostrou empoderamento e muita firmeza no seu personagem, Lucas Ribeiro e Djair Cardoso foram os responsáveis por chicotear o filho de Deus de maneira muito verídica, as expressões deles arrancaram muitas reações do público. Para não ser injusto, gostaria de destacar Jhennifer Lima que se esforçou para alavancar os gritos furiosos da população que insistia na crucificação, em alguns momentos sua voz chegava a superar o carro de som! Todavia não houveram más interpretações, o “problema” é que estes citados se sobressaíram das suas zonas de conforto.

Único ponto negativo foi a falta de educação de alguns motoristas turistas e nativos que simplesmente não respeitavam o bloqueio para o trânsito no trecho percorrido pelo espetáculo. Uma falta de bom senso e caráter que chega a ser repudiável.

Que venha o próximo show!

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

AUTO DE SÃO MIGUEL ARCANJO GANHA GRAVAÇÃO POR DRONE, CONFIRA

Cinegrafista Rennan Castro registrou todo o espetáculo no seu drone e publicou as imagens em seu canal no Youtube.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

Imagem drone auto 01
Auto de São Miguel visto de cima

O Auto de São Miguel Arcanjo que aconteceu nos dias 29 e 30 de setembro foi um sucesso de público e crítica, como você pode acompanhar aqui no Contador, mas ainda havia uma surpresa que só foi revelada nesta sexta-feira (13): o espetáculo foi todo registrado por meio de um drone do cinegrafista Rennan Castro.

Nas suas redes sociais e pelo canal RC Drone no Youtube, Rennan divulgou os 41 minutos de imagens que registrou lá de cima pelo seu equipamento. Com alta qualidade de som e vídeo, foram captados todos os cinco atos do espetáculo, em especial os momentos da luta dos anjos e da vila dos pescadores que proporcionou fotografias com cores belíssimas.

Você pode conferir toda a gravação abaixo:

O cinegrafista Rennan Castro além de fazer fotografias e vídeos com seu drone oferece também os serviços de aeroinspeção, fotos georreferenciadas e soluções em mapeamentos com drones. Para ver mais do seu trabalho clique aqui.

WhatsApp Image 2017-10-13 at 09.04.54

Inclusive a imagem que ilustra nossa página no Facebook atualmente também é de autoria do Rennan. Nós continuamos de olho e apreciando o trabalho deste grande e sensível artista de São Miguel do Gostoso.

Até qualquer hora!

EM NOITE MÁGICA, AUTO DE SÃO MIGUEL ARCANJO REÚNE CENTENAS DE PESSOAS NA PRAIA DA XÊPA

Espetáculo emocionou o público que prestigiou o evento, enredo misturou didaticamente a história do padroeiro da cidade com a origem do próprio município.

POR AILTON RODRIGUES
PRAIA DA XÊPA, S.M. DO GOSTOSO/RN

OH0H7581

Encantamento. Com essa palavra podemos definir como foi o Auto de São Miguel Arcanjo que foi apresentado para cerca de 1500 pessoas nesta última sexta-feira (29) na Praia da Xêpa em São Miguel do Gostoso.

Contando com aproximadamente 100 envolvidos, dentre eles 40 atores, o espetáculo que durou cerca de 1 hora e meia, trouxe grandes atuações, além de dança e efeitos visuais que apesar de simples encheram os olhos das pessoas que prestigiaram todo o Auto. Este evento encerrou a programação de comemoração as festividades do padroeiro da cidade e de quebra brindou a união dos 10 anos entre o Espaço TEAR/CDHEC com a Paróquia de São Miguel Arcanjo.

O Contador acompanhou todo o dia de expectativas que girou em torno desta apresentação, confira:

DIA DE SUSTOS E NERVOSISMO

Durante todo o dia a equipe do Auto de São Miguel Arcanjo estava apreensiva para que o equipamento estivesse funcionando 100% durante todo o evento, mas um pequeno susto foi o destaque do dia.

Em meio aos testes, o forte vento acabou atrapalhando e uma parte do equipamento de luz desabou, além disso, uma das pessoas que estavam trabalhando no espaço acabou se ferindo com arranhões no braço. Ele foi atendido no posto de saúde local e passa bem. Após isso, tudo foi recolocado no lugar e preso em outro tipo de estrutura mais segura.

ATRASO PARA ‘RESPIRAR’

OH0H6444

No fim da tarde, quase início de noite, a missa solene começou a ser ministrada pelo Pe. João Maria, pároco de Gostoso, e foi conduzindo até o momento da procissão de luzes que contou com a participação especial do Pe. Rodrigo Paiva, pároco de Touros.

A procissão acabou começando bem próxima a hora do espetáculo o que atrasou o evento em 45 minutos. Apesar disso, a demora ajudou na articulação do público e na diminuição da expectativa dos atores já estavam apreensivos.

PRIMEIRO ATO: SURPRESA!

OH0H6699

No início do Auto, uma surpresa acabou pegando de jeito as diretoras gerais do evento: Maria Auxiliadora, Airis Vital e Rozangela Modesto. O grupo Café com Leite havia sido contemplado com a XI edição do Prêmio Ponta do Santo Cristo, prêmio este que reconhece medidas individuais de protagonismo. Este reconhecimento aos protagonistas foi idealizado em memória de Wolfgang Losch, marido da nossa querida parceira Dominique Pastore que por meio deste mimo o homenageia todos os anos.

OH0H6724

O anúncio foi proferido por Ricardo André em um texto escrito por outro contador, Ailton Rodrigues. Elas até tentaram resistir, mas acabaram indo às lágrimas após receber a premiação.

IDENTIDADE NA TELA

Antes da encenação acontecer de fato, foi exibido um curta metragem chamado “Identidade” com direção de Rozângela Modesto (também dirigiu o curta À Procura do Sol) e produzido pelo grupo Nós do Audiovisual. A obra contou por meio de depoimentos e belas imagens da cidade de São Miguel do Gostoso, toda a tradição e as histórias que foram passadas de geração em geração.

COMEÇOU O SHOW

OH0H6990

Depois da cerimônia de abertura, o Auto de São Miguel Arcanjo começou a ser encenado. Todo o trabalho da sonoplastia e cenografia pareciam fluir musicalmente, no andar da carruagem começava a trama escrita por Maria Auxiliadora que contava nos primeiros atos como se deu a formação do céu e o início de toda a revolta de Lúcifer contra Deus.

OH0H7318

Apesar de todas as atuações terem sido incríveis, os grandes destaques foram as atuações dos protagonistas, uma vez que ambos faziam suas estreias em espetáculos, primeiramente o Arcanjo Miguel interpretado por Miquéias Mattos e o anjo Lúcifer interpretado por Alex Barbosa, que protagonizaram a batalha que de acordo com a trama abalou os céus, enquanto isso arrancou aplausos ‘fora de hora’ da plateia.

OH0H7452

O segundo momento mais emblemático, foi a montagem da história em que relatava a formação da cidade de Gostoso com a promessa feita por Miguel Felix em meados de 1899 que acabou dando origem a capelinha onde hoje se encontra a igreja. Quem interpretou o pescador foi Mateus Eduardo que além de ator foi um dos responsáveis pela sonoplastia do evento, inclusive ministrando uma das oficinas de formação.

O ponto principal do roteiro, que teve base nos livros História do Mundo dos Anjos (escrito por José Antônio Fontea) e São Miguel Arcanjo: A Batalha Final (escrito por Sérgio Roberto de Farias), foi a forma didática e plural que foi tratado a trama. Enquanto a dança permeava o espaço cênico, as atuações firmes dos atores, até então inexperientes, acabaram segurando o ritmo.

OH0H7506

Os pontos mais altos, foram sem dúvida a batalha dos anjos e a transição para a parte da vila. Ambas as cenas causaram fortes reações no público e provocou um despertar histórico e cultural sobre a cidade dando um cartão de visitas para quem veio à Gostoso passear e por acaso assistiu ao espetáculo.

FIGURINO E MAQUIAGEM ESPETACULARES

OH0H7378

Os detalhes de figurino e maquiagem fizeram toda a diferença no Auto. Os efeitos nas chagas de Jesus, o belíssimo figurino de Nossa Senhora Aparecida e os acessórios na montagem do Arcanjo Miguel foram destaque de comentários entre os espectadores.

Coincidência ou não, eles acabaram sendo os mais tietados após o evento e foram ‘alvos’ de várias fotos e selfies.

A oficina de noções de maquiagem foi ministrada por Patrícia Tenório, enquanto a de figurino foi executada por Dennis Amaro, Ana Luiza e Jennifer

ABRE ASPAS

OH0H6684

Algumas personalidades gostosenses estavam presentes no evento, além dos padres de Touros e Gostoso, estavam os secretários de Turismo e Comunicação, Janielle Linhares, o de Educação e Cultura, Nivaldo Batista, além da primeira dama, Geovânia Santana.

Alguns deles deram umas palavrinhas para nós, veja os destaques:

Geovânia Santana:

 “Eu gostei muito do espetáculo. Foi tudo maravilhoso, a equipe está de parabéns e os nossos artistas da cidade merecem ser aplaudidos”.

Padre João Maria:

“A festa religiosa de São Miguel Arcanjo saiu perfeitamente como o planejado, com a participação maciça do povo nas celebrações e terminar com um espetáculo como esse e com uma produção como essa é de encher os olhos e nos encher de orgulho pelo trabalho realizado. O mérito todo é do Café com Leite e do Espaço TEAR/CDHEC por retratarem tudo o que foi pensado pela Paróquia.

As meninas atenderam as minhas expectativas. Eu não quis fazer nenhuma revisão teológica do texto, apenas li o texto de Auxiliadora e dei uma sugestão na trilha sonora, onde inclusive uma das músicas saiu. Mas foi tudo muito perfeito, elas compraram a ideia e colocaram em prática o que foi pensado”.

Padre Rodrigo Paiva:

“O grito fiel de Miguel me fez voltar a infância e responder algumas daquelas dúvidas por meio da arte: ‘Como era o céu antes da gente ser criado?’ e ‘qual a relação de Deus com os anjos?’, pode ter certeza que minha passagem por São Miguel foi de muita fé, recebi de Deus a fé do povo de São Miguel do Gostoso e a fé diluída na arte.

Que trabalho bonito, de parceria, de mãos dadas, de educação, de incentivo a juventude. Que coisa linda e que prova do quanto a juventude tem um potencial a ser explorado. Volto pra Touros hoje cheio de ideias para provocar minha sociedade tourense e mostrar o quanto somos capazes de investir em cultura e em arte. Agradeço ao Pe. João pela oportunidade de vir celebrar e assistir ao Auto de São Miguel”.

Maria Auxiliadora:

“É um Auto feito a muitas mãos! Sem as equipes de figurino, maquiagem, cenário, iluminação, sonoplastia, arrecadação, burocrática, facilitadores e os respectivos ajudantes de cada equipe esse espetáculo não seria possível. Obrigada a todos, sem vocês não conseguiríamos.

Janielle Linhares:

“Fico sem palavras para descrever o quanto fiquei emocionada durante o espetáculo, me arrepiei, chorei, uma mistura de orgulho por morar em São Miguel do Gostoso e por poder vivenciar momentos como o de ontem. São muitos talentos, a história contada por muitos que fazem parte da história. Com certeza os familiares e amigos que ali estavam e que puderam ver assim como eu um belíssimo e inesquecível espetáculo com certeza estavam muito emocionados”.

O Auto de São Miguel Arcanjo terá uma reexibição neste sábado (30) no mesmo local e horário. Nós continuamos de olho.

Até qualquer hora!

5 MOTIVOS PARA NÃO PERDER O AUTO DE SÃO MIGUEL ARCANJO

Espetáculo será o encerramento das festividades do padroeiro de São Miguel do Gostoso e acontece nesta sexta-feira (29).

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

wp-image-562283509

Nesta sexta-feira (29) a Praia da Xêpa será o palco do encerramento das comemorações ao padroeiro do município de São Miguel do Gostoso e o grande evento pensado para este dia será o Auto de São Miguel Arcanjo, um espetáculo ao ar livre produzido e encenado por gostosenses.

Ao longo de todo o dia também acontecerão outros momentos, a paróquia divulgou os horários das atividades programadas, veja:

  • 5h – Caminhada Penitencial com café compartilhado;
  • 11h – Coroação de São Miguel Arcanjo;
  • 12h – ‘Pipocaço’ e repicar dos sinos;
  • 17h – Missa solene e em seguida procissão luminosa pelas ruas da cidade, que será presidido pelo Pe. Rodrigo Paiva (Touros);

O Contador que está acompanhando os preparativos do Auto desde o início do ano vai te dar 5 motivos para você vir prestigiar:

1 – SERÁ INÉDITO (E ÚNICO)

O Auto de São Miguel Arcanjo foi totalmente feito do zero, por isso será absolutamente inédito. Fruto da parceria do CDHEC com a Paróquia de São Miguel Arcanjo, o evento celebra justamente os 10 anos dessa união, por isso não foram poupados esforços das diretoras Airis Vital, Auxiliadora Ribeiro e Rozangela Modesto que juntas formam o grupo de entretenimento cultural Café com Leite.

Será a primeira vez na história que um espetáculo teatral será totalmente voltado para contar a história do padroeiro da cidade.

2 – 100% GOSTOSO

IMG-20170710-WA0002

Já foi dito acima que o espetáculo era inédito, mas outro grande detalhe é que os mais de 40 atores envolvidos no espetáculo são gostosenses. Será gente do município contando a história do padroeiro que se entrelaça com a própria cultura. Um misto de fé e história que com certeza emocionará os presentes.

“Os novos rostos que estão neste espetáculo são os pontos mais positivos nesse percurso”, declarou Airis Vital.

3 – VOCÊ AJUDOU A FAZER

Não foi um projeto barato e nem fácil, mas graças as doações de pessoas generosas e organizações o Auto está conseguindo sair do papel após dois anos de planejamento. Então não custa nada você vir prestigiar, aliás quem ainda quiser ajudar pode fazer doações de qualquer quantia pela conta:

  • Banco do Brasil 001 // Agência: 3525-4 // Conta Corrente: 27.021-0

4 – A UNIÃO FAZ A FORÇA

Os grupos sociais de São Miguel do Gostoso estão praticamente todos reunidos nesse espetáculo, só o CDHEC trouxe consigo o pessoal do teatro de rua, audiovisual (Nós do Audiovisual) e da comunicação (O Contador de Causos). Além disso os grupos da igreja também estão mobilizados, ou seja, são dezenas de pessoas trabalhando para dar um verdadeiro show aos que vierem assistir.

5 – É DE GRAÇA E PARA TODOS OS CREDOS

O evento começará às 19 horas na Praia da Xêpa em um espaço aberto ao público e como já foi abordado anteriormente: todos podem ver, afinal não é um espetáculo religioso e sim de cunho sócio-artístico-cultural que mostra a história do padroeiro, mas resgata a cultura do município nas suas mais diferentes e belas formas.

Portanto, programe na sua agenda e venha assistir ao Auto de São Miguel Arcanjo, será um espetáculo que promete ficar na história do município. Nós estaremos de olho em tudo e, claro, que contamos pra você aqui.

Até qualquer hora!

EQUIPE DO AUTO DE SÃO MIGUEL ARCANJO COMEÇA ENSAIOS GERAIS E COMEMORA 10 MESES DE ORGANIZAÇÃO

São 40 atores e cerca de 100 envolvidos desde a pré-produção até a pós-produção geral do espetáculo.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

São Miguel do Gostoso felizmente já está acostumada a grandes espetáculos culturais como a Paixão de Cristo e o Auto de Natal, mas a grande expectativa para o mês de setembro será a primeira edição do Auto de São Miguel Arcanjo que acontecerá nos dias 29 e 30.

A organização do evento estimou o envolvimento de cerca de 100 pessoas que estarão ligadas ao espetáculo desde a pré até a pós-produção, 40 destes serão os atores que darão vida aos personagens que contarão a história do município e do seu padroeiro.

Neste mês de agosto as diretoras do espetáculo que formam o grupo de entretenimento Café com Leite comemoraram a quebra da barreira dos 10 meses de organização e planejamento do Auto e de quebra começaram os ensaios gerais.

IMG_20170812_103847739
Ensaios com o texto começaram em agosto.

“Os novos rostos que estão nesse espetáculo são os pontos mais positivos nesse percurso. Estamos conseguindo fazer um bom trabalho que será mostrado no dia do Auto. Os desafios são muitos, como o tempo com a nossa rotina, mas com isso descobrimos grandes parceiros que são destaque nas equipes e estão mobilizando tudo. Definitivamente é um dos maiores projetos que fizemos na história do CDHEC e do Café com Leite”, declarou Airis Vital, uma das diretoras.

O evento tem a organização do CDHEC em conjunto com a Paróquia de São Miguel Arcanjo e o texto é uma inspiração escrita por Auxiliadora Ribeiro que se baseou nos livros História do Mundo dos Anjos (escrito por José Antônio Fontea) e São Miguel Arcanjo: A Batalha Final (escrito por Sérgio Roberto de Farias) para compor os cinco atos do espetáculo.

SOBRE A PREPARAÇÃO ARTÍSTICA

DSCN3135
Oficina de expressão corporal.

Os atores que participarão do Auto de São Miguel Arcanjo receberam várias aulas de preparação para o evento. Todo o elenco e equipe de produção passou por três módulos que se dividiram em pequenas oficinas ministradas por voluntários e especialistas das áreas de teatro, sonoplastia e técnica que auxiliaram na interpretação e produção do Auto.

Como está explicitado no quadro abaixo, veja:

Módulos

Oficinas

Módulo I

(Básico)

Maio a junho.

Alongamento

Aquecimento

Preparação Vocal

Texto

Técnicas de Memorização e Improviso

Módulo II

(Intermediário)

Julho a agosto

Interpretação Cênica

Maquiagem

Figurino

Cenografia

Sonoplastia

Pré-produção

Módulo III

(Avançado)

Agosto a setembro

Gravação do texto

Ensaios gerais

Produção técnica

DETALHES E CURIOSIDADES

IMG-20170710-WA0002
Caras novas não faltam no Auto de São Miguel Arcanjo.

A proposta do Auto de São Miguel Arcanjo, segundo as diretoras é de envolver não só o público religioso, mas todos que desejam conhecer como nasceu de fato o município, por isso a mistura de fé e história estará implícita em todo o espetáculo.

Para isso foram envolvidos também o grupo Nós do Audiovisual que trabalha na elaboração de um minidocumentário com depoimentos de moradores locais que contam a história de Gostoso, além disso foram meses de planejamento para elaboração de toda a parte técnica do Auto, só de trilhas sonoras ouvidas, por exemplo, foram mais de 100 para compor toda a trama musical.

“Este espetáculo não é um mero espetáculo, e sim um projeto de cunho sócio-artístico-cultural através da versão religiosa da identidade histórica deste município. Nada melhor como comemorar os 10 anos de parceria entre o CDHEC e a Paróquia de São Miguel Arcanjo, com o grito fiel de Miguel”, diz as diretoras.

VOCÊ PODE AJUDAR!

A barreira financeira é um fator preocupante para a realização do Auto de São Miguel Arcanjo, são custos consideráveis para um espetáculo que será aberto ao público, por isso a equipe do espetáculo está realizando campanhas para arrecadar doações.

Além das equipes que estão batendo de porta a porta, há a possibilidade de doações via conta onde você pode dar a quantia que desejar. Basta usar estes dados abaixo:

Banco do Brasil (001)

Agência: 3525-4

Conta Corrente: 27.021-0

As estimativas de público também são positivas, por dia dão esperadas cerca de mil pessoas nas areias da Praia da Xêpa.

O Contador estará de olho no Auto de São Miguel Arcanjo. Até qualquer hora!