ENTREVISTA: PADRE JECIONE FALA SOBRE A CONSTRUÇÃO DA NOVA IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO

Chegado a pouco mais de 7 meses o novo Pároco de São Miguel do Gostoso deu segmento a missão da construção da nova Igreja Matriz, e já colhe resultados.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Na última quinta-feira (02) foi realizada a última missa no prédio da antiga Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo. Foi uma celebração semanal de cura e libertação, e as ofertas do dia foram alimentos não perecíveis, que serão destinadas a famílias carentes, além disso foi um momento histórico na cidade e os fiéis aproveitaram para bater as últimas fotos.

OFERTORIO ALIMENTOS
Ofertório de alimentos na Missa de Cura e Libertação da última quinta (02)

O Padre Jecione da Silva Melo, natural de Ielmo Marinho/RN é o atual pároco da Paróquia de São Miguel Arcanjo em São Miguel do Gostoso e conversou com a gente sobre a construção da Nova Igreja Matriz.

Contador – Padre você chegou na paróquia faz algum tempo e  já é muito claro que a sua primeira missão aqui foi a construção da paróquia  – uma coisa que Dom Jaime já cobrava dos outros párocos – e estamos vendo que vamos ter um primeiro passo concreto nesta construção.

Pe Jecione – Eu estou aqui precisamente a 7 meses e com a graça de Deus, dando continuidade aos trabalhos já iniciados pelos padres que aqui passaram, e eu também estou nessa perspectiva. A realidade exige, e é visível aos nossos olhos, não é mistério para ninguém, também é um fato já conhecedor de todos, de que a igreja matriz de São Miguel Arcanjo em São Miguel do Gostoso está na situação que não temos mais o que fazer muito por ela (estruturalmente). De nossa parte precisamos unir forças dar as mãos e trabalhar para que com a graça de Deus, possamos construir uma nova Matriz dedicada a São Miguel Arcanjo aqui na nossa cidade

Contador – Padre, nesse meio tempo que a igreja vai estar sendo construída, aonde iram ser as missas de domingo e também onde vai funcionar a secretaria paroquial?

Pe Jecione – Veja bem é um ponto importante esta questão, pois avaliamos, olhamos para a estrutura da cidade e não vimos nenhum ponto, ou um local tão próximo aqui da Igreja Matriz, sendo assim levando em consideração esses fatores a nossa Matriz funcionará de forma provisória na Capela de Santa Luzia que também é dentro aqui da cidade apenas um pouco mais afastada, mas a matriz funcionará do lá, não sei por quanto tempo pois não tem como precisar o tempo que levará esta construção. A Secretaria Paroquial irá funcionar um pouco mais próximo,  aqui no centro no espaço da vereadora Clésia, ela disponibilizou uma sala para que pudéssemos ficar e funcionar a secretaria, próximo ao Conselho Tutelar. Graças a Deus ficou aqui um pouco perto porque tem a procura para devolver o dízimo, para marcar alguma missa, fazer alguma reunião, os atendimentos, então para funcionará aqui mais próximo onde fica a Igreja Matriz.

MAQUETE DIGITAL IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO
Maquete digital da nova Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo

Contador – Sabemos que um ponto inicial desse trabalho da construção da Matriz nesse ano 2018 foi o Bingo, que foi um sucesso. Eu acho que esse foi o grande destaque dessa campanha, mas e agora?  Como vai ficar a situação desse start? Qual a estratégia da igreja neste momento para dar continuidade nesse projeto.

Pe Jecione – É verdade, o bingo que nós realizamos no início de Maio graças a Deus foi uma benção. Foi um sucesso e foi assim o pontapé inicial na arrecadação para fortalecer o nosso espírito e o nosso animo, a comunidade chegou junto, participou, fez bonito mas como disse é o pontapé inicial, precisamos trabalhar ainda mais. Estamos neste exato momento com a campanha de arrecadação, algumas equipes aqui da igreja, os paroquianos,  o CPP (Conselho Pastoral Paroquial) se reuniram e passaram nas ruas da cidade deixando um envelope, essa campanha se dará durante dois meses, no mês agora de Julho que foi o primeiro mês e no mês seguinte, mês de agosto, também teremos uma outra arrecadação e aí futuramente em setembro vem a festa do nosso Padroeiro São Miguel Arcanjo e também nós vamos fazer lá vamos trabalhar nessa perspectiva de construção da Igreja de São Miguel Arcanjo. Temos o final do ano e possivelmente iremos realizar um outro Festival de Prêmios, ainda estamos vendo a possibilidade. Algumas pessoas já se colocaram à disposição e com a graça de Deus possivelmente vamos fechar o ano realizando mais um Festival de Prêmios em prol da construção da nova igreja matriz de São Miguel.

Contador – Existe um debate antigo sobre a questão histórica cultural da igreja de São Miguel Arcanjo para fundação do município, na história da cidade. Aqui dentro da Igreja, na imagem do Padroeiro, que é considerado patrimônio cultural do nosso município. A Matriz passou por uma série de mudanças que foram tantas que a descaracterizaram, como o senhor encara essa perspectiva de algumas pessoas, que ainda veem essa mudança como uma perda?

Pe Jecione – Eu encaro da forma mais tranquila possível, porque eu cheguei aqui procurei as informações, me passaram esta realidade de que a população, os fiéis, os paroquianos anseiam por uma nova matriz. Eu, graças a Deus, se tivesse aqui uma igreja totalmente primitiva, com uma igreja que apresentasse algum traço do seu tempo, da sua época, eu seria o primeiro a tentar restaurar, deixar como era, mas fazendo o estudo ouvindo as pessoas, ouvindo os mais velhos cheguei à conclusão, e claro, não sozinho, mas chegamos a conclusão de que o original aqui da igreja como você falou é justamente a imagem do nosso padroeiro e o lado esquerdo da nossa Igreja Matriz;  tirando esses dois aspectos, a imagem e uma parede lateral todo o restante já foi modificado por padres que passaram […]. Algumas pessoas se posicionam “contra”, dizem que vai apagar um pouco da história da cidade, da memória da igreja, mas na verdade, não. Não vamos fazer isso e também a intenção não é essa, a intenção é justamente ao contrário de fazer com que os fiéis os católicos os paroquianos aqui desta Paróquia tenham um Templo maior, um templo que possa comportar um número maior do fiéis, mais aconchegante e bonito, novo, para melhor acomodação os fiéis. Com relação as opiniões, eu vejo que a grande maioria pensa e está comigo, pois muitos desejam, incentivam e querem este trabalho, então eu vejo que a grande maioria dos fiéis pensam sim em uma novidade Matriz. Nós precisamos, a cidade precisa, a cidade é uma cidade turística e precisamos também fazer com que a igreja possa se adequar à realidade que ora se apresenta na cidade de São Miguel do Gostoso.

PE JECIONE
Padre Jecione

O Contador parabeniza o Pe. Jecione Melo, pelo seu aniversário natalício na última segunda (30) e pelo Dia do Padre.

Serviço:

Missa Dominical às 8h e as 19h na Capela de Santa Luzia, próximo ao condomínio Shambala.

Secretaria Paroquial – (84) 99459-2073

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)