Arquivo da categoria: Cultura

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO SERÁ PALCO DO ESPETÁCULO “AUTO DE SANTIAGO: DISCÍPULO DA LIBERDADE

Peça teatral será apresentada dias 25 e 26 de julho na Praia da Xêpa

POR G7 COMUNICAÇÃO

São Miguel do Gostoso, no litoral norte do Rio Grande do Norte, além de belas praias e uma variada gastronomia reserva um fantástico repertório de espetáculos ao ar livre, tradicionais da cidade. O próximo será o Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade, que acontece nos dias 25 e 26 de julho na Praia da Xêpa, a partir das 20h.

Oficinas 3 - por Rubens dos Anjos
Reunião de formação de elenco

O espetáculo é baseado na história do discípulo e na experiência dos peregrinos que realizam o Caminho de Santiago na Espanha, descrito no livro O Diário de Um Mago, do escritor Paulo Coelho, Legenda Áurea de Tiago Voragine (1260) entre outros testemunhos. Os Caminhos de Santiago são os percursos dos peregrinos que afluem a Santiago de Compostela desde o século IX para venerar as relíquias do apóstolo Santiago Maior, cujo suposto sepulcro se encontra na catedral de Santiago de Compostela.

“É uma peça única, criada e produzida por jovens de São Miguel do Gostoso, que pretende mostrar a missão evangelizadora de libertação de São Tiago” – Ricardo André, produtor.

O evento tem a realização do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e da Guajirú Produções e é financiado por meio de doações em conta corrente especifica: BANCO DO BRASIL (001) – Conta Corrente: 27.021-0 – Ag. 3525-4.

SERVIÇO:
Auto de Santiago: Discípulo da Liberdade
Local: Praia da Xêpa – São Miguel do Gostoso/RN
Data: 25 e 26 de Julho
Horário: 20h

GLOBO LAB PROFISSÃO REPÓRTER SELECIONA GOSTOSENSES

Alunas gostosenses são selecionadas no Globo Lab Profissão Repórter para emersão de 5 dias na redação do Profissão Repórter.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

As gostosenses Clara Leal e Renata Alves foram selecionadas nessa quarta (15) no projeto Globo Lab do Globo Universidade, elas são membros dos Coletivo Nós do Audiovisual , alunas dos cursos de técnicos de audiovisual da Mostra de Cinema de Gostoso e alunas do ensino médio da E. E. Olímpia Teixeira em São Miguel do Gostoso/RN.

O Coletivo Nós do Audiovisual surgiu do projeto conduzido pelo Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC) e Heco Produções, e participou do Globo Lab com a produção de 03 (três) videorreportagens.

globolab

Foram 22 palestras em 16 cidades na terceira edição do Globo Lab Profissão Repórter. Cerca de 4 mil pessoas lotaram as plateias de norte a sul do país e 470 toparam o desafio de fazer uma videorreportagem, número recorde de inscrições. Dez duplas foram selecionadas para passar 5 dias em imersão na redação do Profissão Repórter.

Confira a lista:

  • Aline Azevedo Paula e Maria Eduarda Gouveia Martins Monteiro de Barros, estudantes da UFF;
  • Bruna Mariana Costa Justa e Ícaro César Carvalho Batista de Medeiros, alunos da UFRN;
  • Claudia Ferraz e Moisés Luiz da Silva, da Rede de Comunicadores Indígenas do Rio Negro;
  • Clarissa de Oliveira Pinto Levy e Manoela dos Santos Bonaldo, estudantes da UFSC;
  • Dana Carolina Niquele Serafim de Souza e Rafaela de Souza Cardoso, da UFSC;
  • Eduardo Garcia Alves e Luiz Gabriel Braun, da UFSC;
  • Felipe de Freitas Carneiro, da UERN, e Milena Andrade da Rocha, da Universidade Federal do Piauí;
  • José Alves dos Santos Neto e Lucas Lima da Silva, integrantes do Coletivo Canal Plá, de Nova Iguaçu;
  • Lorena Pires Dias Lopes e Gabrielly Coelho dos Santos, do Coletivo Voz da Baixada, de Duque de Caxias – RJ;
  • Renata Alves dos Santos e Maria Clara Teixeira Leal Estevam da Silva, do Coletivo Nós do Audiovisual, de São Miguel do Gostoso – RN.

Durante a imersão, as duplas vão reeditar os trabalhos com a mentoria de Caco Barcellos e equipe. Ao final, os vídeos serão publicados na página do Profissão Repórter na internet.

Além das 10 reportagens selecionadas para a imersão, outras 14 receberam menção honrosa e também serão publicadas nas redes do Profissão Repórter.

Fonte: https://g1.globo.com/profissao-reporter/globo-lab/noticia/2019/05/15/globo-lab-profissao-reporter-2019-selecionados-para-a-imersao.ghtml

BAGAGEM, DE ADÉLIA PRADO

Olá, Amigos do Contador de Causos!

Hoje trago uma dica de leitura do livro estreia dessa poetisa mineira Adélia Prado!

Recomendo.

Bagagem, Adélia Prado

A obra é repleta de poemas que despertam emoções nos leitores e que, segundo a própria autora, nasceram não só de um processo criativo, mas também de experiências pessoais regadas de tristeza, sofrimento e angústia. Além disso, a temática religiosa é muito recorrente no livro, já que a poetisa retrata a fé como um pilar da vida e das sociedades humanas. Essa relação com a religiosidade não está restrita a questões de sagrado e de divindades, mas se estende para uma análise do bem e do mal, do lado bom e do lado ruim das coisas.

AS MORTES SUCESSIVAS

Quando minha irmã morreu eu chorei muito
e me consolei depressa. Tinha um vestido novo
e moitas no quintal onde eu ia existir.
Quando minha mãe morreu, me consolei mais lento.
Tinha uma perturbação recém-achada:
meus seios conformavam dois montículos
e eu fiquei muito nua,
cruzando os braços sobre eles é que eu chorava.
Quando meu pai morreu, nunca mais me consolei.
Busquei retratos antigos, procurei conhecidos,
parentes, que me lembrassem sua fala,
seu modo de apertar os lábios e ter certeza.
Reproduzi o encolhido do seu corpo
em seu último sono e repeti as palavras
que ele disse quando toquei seus pés:
‘deixa, tá bom assim’.
Quem me consolará desta lembrança?
Meus seios se cumpriram
e as moitas onde existo
são pura sarça ardente de memória.

                                                                                                                                                           Fonte: Canal do Ensino

QUADRINHOS COMO FONTE DE INFORMAÇÃO E INCENTIVO À LEITURA

Por Kibson Rodrigo Santos da Silva
Centro Acadêmico Zila Mamede, Natal/RN

Durante a realização da II Feira de Ciências, Arte e Tecnologia da Escola Estadual Olímpia Teixeira, na qual sou professor de Filosofia, surgiu a possibilidade de associar a disseminação da leitura à literatura de quadrinhos, e mostrar aos alunos a importância dessa fonte de informação na criação do apreço pela leitura.

kibson

O objetivo desse evento é trabalhar de forma prática o que é ensinado na sala de aula, de maneira que haja a promoção do conhecimento através da elaboração dos conteúdos para a feira, sendo ela aberta, principalmente, a comunidade escolar da cidade, como também à toda a comunidade de São Miguel do Gostoso. A importância desse tipo de ação vai desde a possibilidade de fomentar a participatividade dos alunos em sala de aula, à viabilização da autonomia na busca do conhecimento individual, entre outros benefícios.

Nessa perspectiva, escolhi trabalhar com o tema “Filosofia em Quadrinhos”, em que fui responsável por uma sala com diversos elementos voltados à temática. Tendo em vista uma maior imersão nos conteúdos propostos, busquei outras fontes de informação para complementar os materiais abordados, dentre elas a literatura de HQs, em que seu uso pode variar, desde uma leitura despretensiosa (entretenimento), ou até mesmo, ir de encontro a leituras mais críticas, que permeiam até reflexões sobre a vida.

O evento, apesar de também ser voltado à obtenção da nota dos alunos, transcende a necessidade de números avaliativos sobre o conhecimento assimilado e torna-se um momento de aprendizado através de uma didática diferenciada. O incentivo a leitura é essencial para todas as áreas do conhecimento, obviamente, a leitura de quadrinhos não pretende substituir a leitura livros, mas sim, apresentar ao leitor uma dinâmica distinta de leitura e literatura visual, em que eles poderão aprender através da visualização de ações e falas.

Contudo, podemos concluir que o incentivo à leitura as crianças, jovens e adultos é essencial, e que a porta de entrada desse estímulo pode ser através da literatura de quadrinhos. Enfim, acredito que a leitura de quadrinhos possa fazer com que os estudantes desde a pré-escola até o nível superior possam se tornar cidadãos mais críticos e reflexivos na sociedade em que vivemos.

Fonte: https://cazma.blogspot.com/2019/01/quadrinhos-como-fonte-de-informacao-e.html?m=1

O QUE ROLOU NA SEXTA DA 5ª MOSTRA DE CINEMA DE GOSTOSO

POR IASLAN NASCIMENTO

A mostra de cinema de gostoso já começou, mas se você não foi na sexta  eu te mostro o que rolou. 

Nessa matéria vou focar nos filmes exibidos na primeira noite

5-mostra-cinema-smdg-2018-banner-home-4

Começamos a noite com o curta produzido pelo Coletivo Nós do Audiovisual grupo local de cinema que abrilhanta a noite com  O Derradeiro.

Segundo Ricardo André a nova safra do coletivo Nós do Audiovisual não decepcionou entregou um curta com  a identidade de São Miguel do Gostoso com um roteiro bem amarrado e uma fotografia muito boa. O curta aborda uma pratica muito comum na região, aproximando assim, ainda mais o público da história contada na telona. Ricardo diz que em sua opinião o roteiro  desse filme foi um dos melhores feitos pelo coletivo Nós do Audiovisual. Ricardo finaliza suas impressões dizendo: “É um filme bom e bonito”. Ariclenes Silva grande fotografo da cidade, ressalta a fotográfica do filme e complementa dizendo que o filme é poético

Sinopse “Seu Luiz navega no oceano de suas memórias deixando as lembranças falarem mais alto do que a realidade.”

Iniciando a mostra competitiva da sexta feira temos o curta Guaxúma. O filme é uma animação que mistura diferentes técnicas de stopmotion com três diferentes tipos de expressões artisticas envolvendo areia, o filme vai te envolver pela estética e pela história, um verdadeiro deleite o curta.

Sinopse “Eu e Tayra crescemos juntas na praia de Guaxuma. A gente era inseparável. O sopro do mar me traz boas lembranças.”

290359,930,80,0,0,930,560,0,0,0,0
Uma das animações utilizadas no filme

Codinome Breno o segundo curta da noite, é um curta do Rio Grande do Norte conta com registros antigos e novos um pouco da história da família de Breno e os motivos que o levaram a ter esse nome. Monoel Batista diretor e irmão de Breno faz  um filme que busca o resgate histórico de períodos sombrios onde o Brasil enfrentava uma ditadura militar. O filme conta com o depoimento da ex-presidenta Dilma Rouseff amiga da família.

capa
Codinome Breno: registro de um dos momentos contra a ditadura 

O longa da noite Sócrates trás uma grande crítica social e afunda os expectadores e reflexão.

O longa tem uma história densa e complexa. mostra as dificuldades enfrentadas por Sócrates jovem humilde que perde sua mãe e não consegue se manter. A jornada do jovem é árdua e triste. O filme tem a incrível capacidade de te fazer sofrer cada “derrota” ou porta fechada na cara junto com o protagonista, confesso que sai da sessão abalado pela história contada.

O longa  ganhou três indicações ao Independent Spirit Awards, considerado o Oscar do cinema independente. O longa brasileiro disputa nas categorias John Cassavetes (melhor filme com orçamento inferior a US$ 500 mil), diretor revelação e melhor ator, para Christian Malheiros.

Na última, o ator vai enfrentar atores celebrados, como Joaquin Phoenix (“Você nunca esteve realmente aqui”) e Ethan Hawke (“First reformed”) — John Cho (“Buscando…”) e Daveed Diggs (“Ponto cego”) completam a lista.

Sinopse “Após a morte de sua mãe, Sócrates encontra-se sozinho, aos 15 anos. Sua jornada pela sobrevivência enfrenta situações de pobreza, violência, racismo e homofobia, que testam sua coragem para continuar vivendo. SÓCRATES retrata os desafios vividos por milhares de jovens expostos a riscos no Brasil. Esse filme foi produzido por jovens capacitados pelo Instituto Querô, organização não governamental de Santos, litoral de São Paulo, reconhecida pelo UNICEF, que utiliza o audiovisual como ferramenta de inclusão para jovens em situação de risco social.”

1085203.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx

O tema recorrente na primeira noite foi a praia apesar de não ser um dos personagens no filme Sócrates que finalizou a noite o filme trás diversas aparições dela.

 

Continuem ligados na mostra de cinema e no contador, até a próxima!

APÓS TROCA DE VERSÕES, PREFEITO E VICE DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO OPTAM POR APOIAR CARLOS EDUARDO

Em rede social, vice prefeito de São Miguel do Gostoso postou imagem onde ele e o prefeito estão abraçados com o candidato Carlos Eduardo.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

A mudança foi rápida, menos de 24 horas após publicar uma nota negando o apoio a candidata Fátima Bezerra (PT) para a corrida ao Governo do Estado, o prefeito de São Miguel do Gostoso e seu vice, Azenate Câmara, declararam apoiar o outro candidato, Carlos Eduardo (PDT).

44445862_1374300106034158_7331965016330993664_n

Por meio deste compartilhamento acima, a população teve a confirmação que os representantes políticos gostosenses, vão apoiar também Bolsonaro (PSL) como candidato a presidência da república.

A polêmica desse apoio surgiu após uma foto ser publicada por um blog comunicando que o prefeito Renato estaria fechado o apoio para a candidata do PT, ao longo do dia uma nota foi publicada negando o ocorrido. Todavia, de acordo com fontes próximas a assessorias dos prefeitos participantes do encontro com a senadora, foi sim oficializada uma conversa no intuito de fechar a parceria.

Nós continuamos de olho.

LITERATURA DE CORDEL RECEBE TÍTULO DE PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL BRASILEIRO

Reconhecimento foi feito nesta quarta-feira (19), pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

POR G1 PE

A literatura de cordel foi reconhecida, nesta quarta-feira (19), como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro. O título foi concedido por unanimidade pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A reunião ocorreu no Rio de Janeiro, com presença de representantes do Ministério da Cultura e da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.

De acordo com a pesquisadora e escritora Maria Alice Amorim, que estudou a literatura de cordel no mestrado e doutorado, o título é uma forma de reconhecer um gênero que já sofreu preconceitos.

“Embora seja uma tradição reconhecida e admirada, ela também sofre uma série de preconceitos e, consequentemente, exclusões de alguns nichos literários devido ao caráter popular”, explica.

Literatura de cordel é comumente exibida em cordões em feiras e editoras — Foto: Oton Veiga/TV Globo

Literatura de cordel é comumente exibida em cordões em feiras e editoras — Foto: Oton Veiga/TV Globo.

Maria Alice, no entanto, acredita que a riqueza do gênero supera as discriminações já sofridas pelas produções e pelos escritores.

“Por ter esse caráter de uma tradição popular, de livros que são feitos de uma forma mais artesanal, com materiais mais baratos, existe esse preconceito. Só que na verdade, enquanto discurso poético, o cordel é muito rico e refinado, porque necessita de uma técnica de métrica e rima”, observa

Com o título, a pesquisadora acredita que a literatura de cordel ganha força para ser perpetuada. “Essa salvaguarda vai garantir que a tradição permaneça viva e que outras pessoas possam desenvolver o talento poético pra poesia de cordel”, afirma.

Estilo

Em texto postado no site, o Iphan informa que a literatura de cordel teve início no Norte e no Nordeste e o estilo se espalhou por todo o Brasil, principalmente por causa do processo de migração populacional.

Hoje, de acordo com o Instituto, o gênero circula com maior intensidade na Paraíba, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Pará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo.

A expressão cultural retrata o imaginário coletivo, a memória social e o ponto de vista dos poetas a respeito de acontecimentos vividos ou imaginados.

Original: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2018/09/19/literatura-de-cordel-recebe-titulo-de-patrimonio-cultural-imaterial-brasileiro.ghtml

8ª FLIQ DE 31 À 04 DE SETEMBRO

logomarca-2018

POR IASLAN NASCIMENTO

A 8ª Feira de Livros e Quadrinhos de Natal muda de palco. A edição 2018 será realizada no Arena das Dunas, no período de 31 de agosto a 04 de setembro. Durante cinco dias, serão desenvolvidas mais de 100 horas de atividades culturais gratuitas. São palestras, debates, cordel, oficinas, lançamentos de livros, quadrinhos, games culturais, sessões de autógrafos e apresentações culturais.

Consolidada como um dos principais eventos de Quadrinhos do Nordeste, a FLiQ Natal vem atingindo, a cada edição, uma marca de mais de 20 mil visitantes, entre escolas públicas e privadas, universidades e a sociedade civil. Tendo como principal objetivo estimular os quadrinhos, a leitura e a produção literária – a Feira  tem diversificado sua atuação na área cultural, registrando novas formas de potencializar a educação e a arte no Rio Grande do Norte.

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO:

Clique para acessar o programacao-ago2018.pdf

LISTA DE CONVIDADOS:

http://www.fliqnatal.com.br/programacao-convidados

O evento começa hoje e temos já uma das a atrações mais bacanas com Fabio Brazza começando às 19:30 no Palco com Rap, poesia e bate-papo.

E o evento finaliza com um bate-papo no na terça dia 4 com Eduardo Spohr famoso escritor de literatura fantastica do Brasil autor de livros como: A batalha do apocalipse, e a trilogia filhos do éden.

Espero vocês lá!

O CONTADOR VIU: VINGADORES:GUERRA INFINITA (SEM SPOILERS)

VINGADORES GUERRA INFINITA COLOCA OS FILMES DE HERÓI EM UM NOVO PATAMAR (SEM SPOILERS)

POR IASLAN NASCIMENTO

10 anos, para alguns longos 10 anos para outros nem tanto. Um universo que começou lá em 2008 com o homem de ferro, trazendo uma coisa pouquíssima utilizada para conectar seus filmes, as famosas cenas pós-créditos que fazem metade dos espetadores verem todos os créditos para ver a conexão com o próximo filme, uma ideia simplesmente genial.

10 anos, 18 filmes, mais de 20 heróis apresentados, vilões bons, ruins, fracos, fortes, péssimos e maravilhosos. Diversos conceitos de heróis, o amigo da vizinhança, o capitão certinho, o playboy milionário, o doutor arrogante, o sabichão das galáxias, o deus galã, o de uma frase só, uma ex-espiã, um verdão irritadinho, muitos, muitos tipos de heróis foram nos apresentados.

10 anos de uma renovação do gênero de heróis que por algum momento durante esses 10 anos começou a ficar enjoativa e eles se reinventaram do nada, de filmes sempre seguindo a mesma formula para filmes com estilos de narrativas diferentes como Homem formiga, Homem Aranha de volta ao lar, Thor Ragnarok e principalmente Pantera Negra, dando um novo gás para o universo cinematográfico da Marvel. Até esse momento o grande momento do estúdio no cinema.

10 Anos foi o tempo que esperamos para vermos o maior crossover de heróis do cinema. Se já tínhamos ficados empolgados com os principais heróis se reunindo em 2012 e em vingadores a era de Ultron em 2015, imagina agora. E posso dizer amigo nós fomos recompensados com um filme FANTÁSTICO. Esse filme é tudo e mais um pouco.

vingadores-guerra-infinita-1-1-750x380

Quando chegou a semana de estreia do filme confesso não estava conseguindo dormir direito, só pensava no filme, pensava coisas do tipo “Como eles vão se encontrar? ” “Quais serão os grupos que vão se formar? ” “Quem vai morrer? ” “ O Thanos vai vencer? ” Quando chegou a Quarta-feira às 10 horas da noite me desconectei do Facebook, Twitter, Instagram e tudo que pudesse me qualquer spoiler, queria me surpreender com tudo que os irmãos Russos (diretores do filme, que também foram diretores de Capitão América 2: soldado invernal e Capitão América 3: Guerra Civil)  queriam me mostram, mas antes que eu me desconectasse em um dos grupos do Facebook alguém escreveu isso: “Guerra infinita tem um pouco do DNA épico de O Retorno do Rei, o ritmo incansável de Mad Max: Estrada da Fúria  e o impacto emocional de O Império contra ataca.” Seguido pelo titulo da matéria escrita por ele “Vingadores: Guerra Infinita não é nada disso que você espera: É MELHOR.” Bastou eu que estava sofrendo de ansiedade pirasse, mas verdade seja dita vingadores: Guerra Infinita é muito melhor do que eu esperava.

O filme não para o ritmo é frenético, você sempre será surpreendido pelas as decisões do roteiro, vai ter momentos que você vai ficar sem ar, que você vai rir muito e tem momentos que você vai chorar, é isso o filme é essa montanha russa de sentimentos, portanto vá muito bem preparado emocionalmente porque esse filme vai mexer com você.

2019826

O filme é corajoso nas suas decisões, mais do que tudo na escolha do personagem central da história que é o Thanos, sim você não leu errado, o Thanos é o personagem central da história, e um ótimo personagem, vou usar palavras do Thiago Romariz do omelete para ilustrar o Thanos do filme “Vingadores: Guerra Infinita é um filme carregado pelo inesperado carisma do antagonista, que tem motivações contextualizadas, críveis e se encaixa perfeitamente no universo apresentado – ele é cruel, misericordioso, tem senso de humor e é amável.”

avengers-infinity-war-trailer-breakdown-analysis-thanos-infinity-gauntlet_106

Já assisti o filme duas vezes e é incrível como o filme é surpreendente em toda a sua essência, os heróis estão em sua melhor forma cada um com sua essência preservada, os diálogos são ótimos (inclusive os diálogos dos guardiões da galáxia foram escritos pelo próprio James Gunn o diretor dos dois longas dos heróis) O vilão não tenho mais o que falar é fantástico, as batalhas são muito bem gravadas é tudo bem-feitinho. Depois de 10 anos eu só tenho uma coisa a dizer a Marvel, obrigado por esse filme, é muito melhor do que eu esperava.

E lembrem-se a continuação desse filme será lançado em maio de 2019. E acho bem importante você não perder os próximos lançamentos da Marvel antes do 4º filme da Marvel que são: Homem Formiga e Vespa e Capitã Marvel.

É isso pessoal até a próxima. Tão esperando o que para ir ver esse filme no Cinema, corre lá!!

CAMPUS PARTY NATAL

 

POR IASLAN NASCIMENTO

O que é a Campus Party?

O Instituto Campus Party é uma associação civil sem fins lucrativos fundada em 2009, com o objetivo de incentivar e promover atividades e projetos nas áreas, cultural, educacional gratuita, de inclusão digital, do desenvolvimento tecnológico e econômico, dos direitos estabelecidos, da assistência social e da cidadania.

CAMPUSPARTY_BLUE_LOGO_2018

Missão:
“Ajudar a criar espaços para que a energia das novas gerações encontre um lugar para reescrever o código fonte do mundo. ”

A Campus Party é uma realização do Instituto Campus Party

O Instituto Campus Party realiza a Campus Party Brasil, principal evento de internet e tecnologia do país. É responsável pelo conteúdo e pela construção de ambientes favoráveis para divulgar as tecnologias mais avançadas, assim como suas aplicações nos campos da Educação, da Economia, do Trabalho e da Cultura Digital.

A Campus Party acontece no Brasil desde 2008.
Atrai anualmente geeks, empreendedores, gamers, cientistas e muitos outros criativos que reúnem-se para acompanhar centenas de atividades sobre Inovação, Ciência, Cultura, Universo Digital e Empreendedorismo

campus

 

Ao longo do evento, palestras, debates e oficinas fazem da Campus Party uma experiência única: neste período, ela se transforma no principal ponto de encontro das mais importantes comunidades digitais do país. É um ecossistema que permite que os frequentadores consigam interagir, compartilhar conhecimento, produzir novidades e acompanhar as principais tendências de um universo onde inovar é a palavra chave. a troca e o aprendizado mútuo.

Fonte : http://brasil.campus-party.org/sobre-nos/

Agora que sabemos um pouco mais sobre o que é a Campus vamos falar sobre a edição que vai acontecer em Natal nesse mês de Abril de 11 à 15  no centro de convenções, serão 5 dias de evento 24 horas non-stop (sem parar), são aproximadamente 250 horas de conteúdo e de quebra são 20 GB de internet liberado.

O público Alvo da campus não se limita aos alunos de cursos voltados para alunos ou profissionais da área da TI e suas agregadas, mas sim para todo o público que tem interesse em novas tecnologias, empreendedorismo e mesmo curiosos que podem ver novas possibilidades de negócio. A campus é sem dúvidas um dos melhores locais para conhecer coisas novas.

cp-executive-18
Palestras não vão faltar

Os Ingressos vão sofrer uma alteração de preço provavelmente no dia 27/03 onde vão para o terceiro lote. Mas ainda no primeiro lote os preços são os seguintes: 90 R$ sem o camping ( Nessa edição eles disponibilizarão o camping uma barraquinha para você descansar) por 170 R$ com o camping para 1 pessoa e por 180 R$ camping duplo (porém a sua dupla tem que ter um ingresso exemplo você compra o ingresso do camping duplo e a outra pessoa compra o ingresso sem o camping).

 

campus_party8
Área de camping em São Paulo

Em 2016 fui para a Campus Party Recife, na ocasião foram dois dias, e algumas coisas posso te garantir: você sempre terá uma palestra para ver, seja de 6 da manhã ou 3 da madrugada, realmente não para. Você terá CAFÉ, sim café a todo momento e de graça basta ir ao balcão e se servir, além do café para manter todos acordados eles ainda distribuem chocolates, na ocasião da Campus Party Recife era detone o equivalente ao Bis rsrs. O evento é maravilho, vale muito a pena participar, mesmo que você não seja da área da informática, mas a quantidade de conteúdo e de ideias que você verá com certeza valerá a pena, assim como valeu para mim. Aqui em baixo disponibiizo dois momentos que pude viver na Campus, o encontro com Jovem Nerd e Azaghâl e com o Beackman do Mundo de Beakman.

Jovem nerd
Jovem Nerd e Azaghâl
Beackman
Beakman

 

 

É isso pessoal, espero ver vocês na Campus Party Natal!! #CPNatal #CPJerimum