PEDIDO DE RESPOSTA: FLAUBER DE SOUZA TEIXEIRA

Citado pela matéria escrita por Cibele Ambrósio pediu direito de resposta que foi atendido pelo Contador.

POR AILTON RODRIGUES

Na manhã deste sábado (04) um pedido de resposta chegou a redação do Contador de Causos sobre a matéria escrita por Cibele Ambrósio e veiculada na última sexta-feira sobre a efetivação de um funcionário em São Miguel do Gostoso sem haver concurso público.

O texto escrito por Flauber de Souza Teixeira traz a sua versão do fato noticiado. Veja:

Caros escritores e leitores do blog O Contador de Causos,

Quero iniciar dizendo que sou leitor assíduo deste veículo de comunicação, que muito me chama atenção pelo visual descolado e linguagem acessível na abordagem dos temas atuais, notadamente, as matérias que noticiam o dia a dia da comunidade de São Miguel do Gostoso.

Mas, o motivo que me traz aqui, é a publicação da Sra. Cibele Ambrósio, que dá conta de que eu seria funcionário público efetivo da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso, sem que haja me submetido a concurso público para o cargo que ocupo.

Tenho a esclarecer que:

  1. Sou funcionário público municipal concursado no município de Pedra Preta, para o cargo de Contador;
  2. Estou à disposição da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso, mediante Termo de Cessão, a pedido deste município;

Desempenho minhas funções com zelo e assiduidade, honrando o compromisso assumido com os gestores municipais.

Não há na minha investidura ao cargo público de Contador e na cessão administrativa, quaisquer atos que possam ser eivados de ilegalidade.

Diante disto, solicito a retratação imediata, corrigindo as inverdades contidas na matéria.

Flauber de Souza Teixeira

O Contador de Causos deixa claro que todos as pessoas que desejam escrever algum texto para ser veiculado no blog, são analisados e os citados podem ter direito de resposta, como aconteceu neste caso e está explícito nos PRINCÍPIOS EDITORIAIS do Contador localizado nos tópicos acima, no cabeçalho.

Também reforçamos que todas as informações do texto foram averiguadas por dados do Portal da Transparência e que não há lá menção do Termo de Cessão. Apesar que também foi explicado que os municípios devem, mas não são obrigados a divulgar este termo.

Em nenhum momento O Contador de Causos teve a intenção de desabonar a conduta do Sr. Flauber de Souza. Todavia esperamos que não haja mais nenhum desentendimento.

Até qualquer hora!