COVID-19: BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO DO SESAP DIZ QUE GOSTOSO TEM UM CASO SUSPEITO, PREFEITURA NEGA

Boletim divulgado nesta última quarta-feira (18) aponta que a cidade tem um caso suspeito, prefeitura diz que houve equívoco e pede correção dos dados.

POR AILTON RODRIGUES

sesap-rn-1

O Boletim Epidemiológico Nº10 da Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (SESAP) divulgado nesta quarta-feira (18) trouxe a informação que São Miguel do Gostoso teria um caso suspeito de Covid-19, nome científico do novo coronavírus.

A notícia que logo circulou pelas redes sociais foi sendo compartilhada, mas a prefeitura nega que tenha notificado qualquer caso. De acordo com fontes ouvidas pelo Contador de Causos foi feito um pedido formal para que houvesse uma retificação do SESAP onde o caso registrado teria sido de outro município, que seria São Miguel do Oeste.

Conseguimos uma fonte dentro da própria SESAP que alega ser muito difícil as informações terem sido publicadas de forma equivocada, pois elas se baseiam em dados registrados pelo sistema de informações que são alimentados pelos próprios municípios.

Ainda de acordo com nossa fonte, há a possibilidade do caso ter sido notificado em São Miguel do Gostoso, mas que o enfermo tenha saído da cidade e por isso a prefeitura tenha alegado que o caso não esteja alocado em Gostoso. Todavia a própria SESAP enviou uma notificação ao centro de dados para revisar os 75 casos suspeitos.

Ainda não foi publicada nenhuma nota oficial por parte da prefeitura, nem do SESAP. Tentamos contato com a Secretária de Saúde, Rosemar Vicente, mas ela não nos atendeu até o momento.

Como medidas, a prefeitura municipal divulgou um decreto para combater a pandemia do Covid-19 no município onde suspendia atendimentos presenciais de serviços públicos e cancelamentos de eventos públicos e privados com aglomerações acima de 30 pessoas por 60 dias.

A Secretaria de Saúde recomendou aos munícipes que procurem o sistema de saúde apenas em casos de extrema necessidade e que de preferência os enfermos venham acompanhados apenas por uma pessoa.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

PREFEITURA DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO DIVULGA DECRETO DE ORIENTAÇÕES CONTRA O NOVO CORONAVÍRUS

Suspensão de serviços públicos por 30 dias, além de cancelamento de eventos e shows públicos e privados por 60 dias estão no decreto.

POR AILTON RODRIGUES 

coronavirusimagem

A Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso divulgou nesta quarta-feira (18) um decreto de medidas de prevenção ao Covid-19 para que os munícipes sigam previamente pelos próximos 60 dias.

O decreto 073/2020 traz 15 artigos com orientações para todos os setores públicos, bem como a população em geral. Dentre os principais pontos estão a suspensão dos serviços públicos pelos próximos 30 dias, podendo haver resoluções de problemas por meio de telefonemas ou home office.

As secretarias de saúde, educação e assistência social estão liberadas a realizarem outras medidas que não estejam contempladas no decreto, além disso também está decretada a suspensão de eventos públicos ou privados pelos próximos 60 dias.

As aulas que já haviam sido suspensas pelos próximos 18 dias por meio do decreto governamental, ganhou o adendo que a Secretaria de Educação Municipal traçará mecanismos para garantir os 200 dias letivos.

Um outro ponto importante é que todos os servidores públicos devem prestar informações que ajudem na identificação de pessoas infectadas ou com suspeita para evitar a propagação. Caso não cumpram, podem ser acusados pelo crime de Omissão de notificação de doença previsto no artigo 269, do Código Penal.

O desrespeito às determinações do Decreto poderá configurar o crime de Infração de medida sanitária preventiva previsto no artigo 268:

“Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa:”, do Código Penal.

Nós continuamos de olho.

NOVO CORONAVÍRUS: COMO PREVENIR? QUAIS OS SINTOMAS? VEJA INFORMAÇÕES IMPORTANTES

O Contador juntou algumas informações importantes para que você use como seu maior aliado no combate ao Covid-19.

POR AILTON RODRIGUES

coronavirus-1-e1581522294646

O Contador de Causos está junto com você no combate ao Covid-19, para isso usamos da informação para lhe deixar seguro e preparado para combater ao vírus que está assustando o mundo.

Todas as informações coletadas aqui foram baseadas em especialistas ouvidos pelos canais de comunicação mais gabaritados da imprensa brasileira, além da OMS e do Ministério da Saúde. Confira:

O QUE É O CORONAVÍRUS?

Coronavírus é o nome de uma grande família de vírus que tem uma estrutura em formato de coroa, conhecida desde 1960. Eles causam infecções respiratórias e já provocaram outras doenças, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

A doença causada pelo novo coronavírus recebeu o nome de Covid-19. Ela foi descoberta no final de dezembro de 2019, na China. A primeira morte foi registrada em 9 de janeiro.

Os estudos ainda não determinaram a origem deste novo coronavírus. Sabe-se que o vírus responsável pelo Covid-19 é uma variação da família coronavírus. Outras variações mais antigas de coronavírus, como SARS-CoV e MERS-CoV, já eram conhecidas pelos cientistas.

O surto inicial da doença atingiu pessoas que tiveram alguma associação a um mercado de frutos do mar em Wuhan. Uma das hipóteses é que a origem tenha relação com o consumo de carne de pangolim, um mamífero em extinção.

 

COMO O CORONAVÍRUS É TRANSMITIDO?

imagem-de-pessoas-espirrando

Por meio de três formas:

Por vias respiratórias, pelo ar e por gotículas provenientes de espirros e da fala de indivíduos infectados;

Por contato físico, quando essas gotículas com o vírus alcançam mucosas do olho, nariz e boca por meio de beijos e abraços;

Por meio do contato de superfícies contaminadas, quando essas gotículas com o vírus ficam depositadas em locais como um corrimão ou uma maçaneta, e depois entram em contato com mucosas do olho, nariz e boca.

 

QUAIS OS SINTOMAS DO CORONAVÍRUS?

coronavirus

Tosse seca, febre e cansaço são os principais sintomas, mas alguns pacientes podem sentir dores no corpo, congestionamento nasal, inflamação na garganta ou diarreia.

Nos casos mais graves, que geralmente ocorrem em pessoas que já apresentam outras doenças associadas, há síndrome respiratória aguda e insuficiência renal.

 

COMO PREVENIR?

istock-177257849

Higienizar as mãos e superfícies, como móveis e corrimão, são as principais formas de se prevenir contra o novo coronavírus. Mesmo com as mãos limpas, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca. Além disso, é preciso limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

O uso de máscaras é recomendado somente para os casos abaixo:

  • Para quem está saudável, usar a máscara apenas se estiver cuidando de alguém que tenha suspeita de coronavírus
  • A máscara também deve ser usada por quem está tossindo ou com o nariz escorrendo

Nos casos em que se fizer necessária (citados acima), o uso da máscara deve ser combinado com a frequente higiene das mãos, com água e sabão ou utilizando álcool gel. Além disso, é preciso saber como utilizá-la da forma correta.

O Ministério da Saúde alerta também para que não seja feito o compartilhamento de itens pessoais, como talheres e toalhas. Também é recomendável manter a uma distância mínima de um metro de pessoas que estejam espirrando ou tossindo.

Limpar celulares e itens pessoais com álcool 70 também são importantes na prevenção.

 

QUE PRODUTOS DE LIMPEZA MATAM O CORONAVIRUS?

agua-sanitaria

O novo coronavírus pode ser morto por produtos de limpeza desinfetantes de fácil acesso, como álcool 70%, água sanitária e até com a combinação de água e sabão.

“O vírus possui uma cápsula de gordura protetora, e a limpeza com estes produtos retira essa cápsula e mata o vírus”, afirma Wladimir Queiroz, infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, especialista em doenças infecciosas e parasitárias e membro da Sociedade Brasileira de Infectologia.

A boa notícia é que o coronavírus “não é um vírus muito complicado de matar, pois ele não é resistente no ambiente”, afirma Rosana Richtmann, infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

 

ESTOU COM SUSPEITA DE INFECÇÃO POR CORONAVÍRUS. COMO DEVO PROCEDER?

Em 80% dos casos, os sintomas de coronavírus são leves, semelhantes a uma gripe. Nestes casos, o essencial, segundo a Organização Mundial da Saúde, é evitar sair de casa. O Ministério da Saúde recomenda ficar em repouso e tomar bastante água.

Se precisar sair, deve-se evitar circular em lugares fechados, com muitas pessoas e com pouca ventilação. É preciso entender que ir ao trabalho ou à escola com sintomas de gripe implica expor potencialmente outras pessoas à doença. Além disso:

  • Ao espirrar, deve-se colocar o antebraço ou um lenço na frente do nariz e boca;
  • Utilize lenço descartável para higiene nasal;
  • Não compartilhe talheres, copos, toalhas e demais objetos pessoais;
  • Mantenha uma distância mínima de um metro de qualquer pessoa.

 

O QUE TOMAR?

remedios-para-gripe-e-resfriado-1280x720-1

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou, em 17 de março, que as pessoas não usem ibuprofeno, substância encontrada em anti-inflamatórios, para tratar possíveis sintomas de Covid-19. Segundo a organização, o paracetamol é recomendado em casos suspeitos.

Especialistas ouvidos pelo G1 orientam que, por precaução, além do ibuprofeno, corticoides e aspirina também não devem ser usados por quem estiver infectado pelo novo coronavírus.

No caso dos corticoides, José David Urbaéz, da Sociedade Brasileira de Infectologia no Distrito Federal, explica que já foi “demonstrado que ele piora a evolução do quadro pulmonar”. “E ele promove que você fique com o vírus por muito mais tempo [no corpo] – se era para ficar duas semanas, com o corticoide fica 6”, afirma.

Já a aspirina inibe algumas das reações de defesa que o corpo tem ao novo coronavírus.

Nós atualizaremos esta matéria sempre que a OMS ou o Ministério da Saúde atualizar alguma informação relevante pra você.

Até qualquer hora!

 

  • Fonte utilizada para esta matéria:

https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/02/27/coronavirus-veja-perguntas-e-respostas.ghtml