URBANIZAÇÃO DO TOURINHOS VOLTA A SER ASSUNTO NA CÂMARA DOS VEREADORES

Dois requerimentos foram apresentados nesta última segunda-feira (09) e reacendeu o assunto.

POR AILTON RODRIGUES

vista-da-praia-de-tourinhos
Praia do Tourinhos em São Miguel do Gostoso.

Dois requerimentos apresentados pela vereadora Micarla Catarina (PSB) cujo tema central era a Praia do Tourinhos foram aprovados nesta última segunda-feira (09) na sessão da Câmara dos Vereadores em São Miguel do Gostoso e levantou a bola para um assunto antigo, mas que continua sem ações efetivas.

Nos dois documentos aprovados, foi tocado uma pauta recorrente quando se fala de um dos principais pontos turísticos da cidade que é justamente a urbanização daquela praia. A desorganização na receptividade do turista e as garantias de uma boa estadia por lá já foi um grande ponto de discussão debatido entre os vereadores, onde alguns defendem que haja uma legalização dos barraqueiros e que o local seja urbanizado para poder expandir a atividade.

A urbanização, inclusive, foi o primeiro requerimento aprovado que foi construído pelos vereadores da oposição e aprovado sem discordâncias. O segundo destes requerimentos foi o pedido da instalação da rede de água e da rede elétrica, o que facilitaria o comércio e a higienização dos pontos de venda.

Este último foi proposto individualmente pela vereadora Micarla e também teve aprovação fácil pelos outros colegas de bancada.

ASSUNTO É ANTIGO E SEGUE SEM SOLUÇÃO

 

whatsapp-image-2019-10-16-at-17.19.46
Reunião em 2019 discutiu soluções para os barraqueiros.

O impasse do Tourinho é antigo e desde 2014 são prometidas ações para urbanização ou pelo menos adequação do comercio local, projetos não faltaram e não faltam, mas nenhuma ação foi tomada.

Em 2018, os próprios barraqueiros montaram uma associação chamada ABASAM/RN buscando ter mais representatividade política na obtenção de melhorias para o seu seguimento.

Já em 2019 os barraqueiros, vereadores e o executivo se reuniram buscando soluções para evitar a expulsão destes comerciantes da área da praia, mas o problema segue apenas amenizado, pois não há registro de avanço na legalização dos mesmos.

Em uma  outra sessão da Câmara de Vereadores, ocorrida no dia 10 de dezembro de 2019, foi aprovada uma lei de autoria da Prefeitura Municipal que expandiu o perímetro urbano (Lei nº 319/2018) incluindo assim a Praia do Tourinhos. O projeto chegou a casa com a promessa de que com a nova lei medidas concretas poderiam ser tomadas. Por enquanto, apesar da importância turística, a praia continua sem água, iluminação pública ou qualquer instalação sanitária.

Nós continuamos de olho.