‘A FORMA DA ÁGUA’ LEVA 4 ESTATUETAS, MAS DIVERSIDADE É O MAIOR VENCEDOR DO OSCAR 2018

A cerimônia teve vários tons de discursos com a busca pela igualdade de direitos das minorias.

POR AILTON RODRIGUES
LOS ANGELES (EUA)

oscar-20180305-84
Guillermo Del Toro comemora Oscar de melhor filme (foto: Lucas Jackson / Reuters)

Que tinha sido um ano bem conturbado para a indústria cinematográfica pelas manifestações contra os abusos sexuais e apelos por igualdade, isso nós já sabíamos, mas foi exatamente essa chuva de debates que tomaram conta da cerimônia do Oscar neste último domingo (04).

O filme ‘A Forma da Água’ saiu como o maior vencedor da noite com 4 estatuetas (direção, filme, design de produção e trilha sonora), mas este ano foi uma das edições mais equilibradas dos últimos tempos, tanto que não havia favoritos para a categoria de Melhor Filme.

Com a pauta cheia de homenagens e referências aos 90 anos do evento, vimos filmes cheio de representatividade tomarem conta dos holofotes. Como por exemplo, ‘Pantera Negra’ e ‘Mulher Maravilha’, sucessos absolutos de bilheteria, foram amplamente lembrados pelos clipes de homenagens da Academia (lembrando que Pantera só havia estreado duas semanas atrás!).

Aliado a isso, algumas premiações também foram sinais de que é hora de incluir de verdade. Como na vitória chilena da obra “Uma Mulher Fantástica” na categoria de melhor filme de língua estrangeira onde a protagonista é transexual. Outro exemplo, foi o Oscar de Melhor Animação com “Viva: a Vida é Uma Festa” cujos diretores são gays.

MOMENTOS MARCANTES

Dentre os acontecimentos já mencionados acima, pelo menos três grandes momentos podem ser destacados nessa cerimônia do Oscar.

Primeiramente, o discurso de Frances McDormand quando recebeu a estatueta de melhor atriz bradou por mais espaço para as mulheres:

“Na festa não falem conosco, nos convidem para seus escritórios. Temos projetos que precisam de financiamento”, declarou a atriz.

oscar-20180304-82
Frances McDormand faz discurso forte após ganhar Oscar.

O segundo destaque, foram as vitórias de Guillermo Del Toro (direção) e James Ivory (roteiro adaptado). Del Toro destacou em seu discurso o fato de ser imigrante e assim fechar a trinca de diretores mexicanos a levar o Oscar nos últimos anos (Alfonso Cuaron e Alejandro G. Iñarritu também ganharam). Ivory, por sua vez, foi a pessoa mais velha a levar um Oscar, aos 89 anos, e contando a história de um jovem que está despertando sua sexualidade.

oscar-20180304-76
James Ivory ganha seu Oscar aos 89 anos.

Por último, o momento cômico da noite que foi a repetição dos apresentadores para entrega no prêmio de Melhor Filme. Antes disso, o próprio Jimmy Kimmel, que foi o anfitrião da noite, já havia nos adiantado que “nada daria errado desta vez”. Em 2017 a gafe na troca dos envelopes da categoria foi assunto no mundo inteiro, mas desta vez a Academia mudou até a empresa que fabrica os envelopes. Por fim, deu tudo certo, mas o Del Toro conferiu pra ver se o filme dele tinha ganhado mesmo!

OS VENCEDORES

Veja abaixo a lista dos vencedores da noite:

Melhor Filme

Melhor Direção

Melhor Atriz

Melhor Ator

Melhor Ator Coadjuvante

Melhor Atriz Coadjuvante

Melhor Roteiro Original

Melhor Roteiro Adaptado

Melhor Animação

Melhor Documentário em Curta-Metragem

Melhor Documentário em Longa-Metragem

Melhor Filme Estrangeiro

Melhor Curta-Metragem

Melhor Curta em Animação

Melhor Canção Original

Melhor Fotografia

Melhor Figurino

Melhor Maquiagem e Cabelo

Melhor Mixagem de Som

Melhor Edição de Som

Melhores Efeitos Visuais

Melhor Design de Produção

Melhor Montagem

Melhor Trilha Sonora Original

O Contador continua de olho. Até qualquer hora!

Fonte consultada: https://omelete.com.br/filmes/noticia/oscar-2018-conheca-os-vencedores/

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).