EM MEIO A POLÊMICA SOBRE RÉVEILLON, AEGOSTOSO EMITE NOTA NAS REDES SOCIAIS: “É HORA DE UNIÃO”

Presidente da Associação de Empresários de São Miguel do Gostoso pede apoio da população para realização do evento na cidade.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

odogoa7do1

Na manhã desta quinta-feira (15) o presidente da Associação dos Empresários de São Miguel do Gostoso (AEGOSTOSO), João Roberto Scomparim, emitiu nota nas redes oficiais pedindo apoio e retrucando as críticas feitas por parte da população ao Réveillon de Gostoso.

Toda a discussão foi gerada depois que o jornalista Emanuel Neri publicou em seu blog um artigo relatando todos os prováveis benefícios que o badalado réveillon de São Miguel do Gostoso trará aos seus munícipes. Em resposta ao artigo, vários moradores comentaram questionando quais eram os reais benefícios para a população se, por exemplo, os ingressos do evento são demasiadamente caros para a realidade do município. O tal benefício seria apenas para pousadeiros e comerciantes?

Com o intuito de acalmar os ânimos, a nota do presidente da AEGOSTOSO começa com um pedido para que todos se unam na realização do evento. Ainda há um comentário sobre a atual gestão ao qual ele descreve que passa por um “final melancólico”.

Confira a íntegra da nota:

Estamos a poucos dias de receber o maior número de turistas que esta cidade já teve. Por isto, agora não é hora de discutirmos, teses, direitos, deveres, obrigações, etc.

É hora de união, parceria, comprometimento, ajuda, contribuição, etc. A limpeza da cidade, só não está um caos, porque Nenê de Lala, esta guerreira, tem feito o possível e o impossível.

Neste final melancólico de uma gestão, ela, a cidade, todos nós estamos abandonados, e pior com perspectivas de piorar até os últimos dias deste nefasto ano de 2016. Apelar a quem? A Administração atual? Impossível? A futura? Sim, mas precisamos todos pedir seu engajamento, pois o futuro pode ajudar o presente para não receber um caos instalado neste setor na cidade.

Aos cidadãos, que podem ajudar, segurando parte de seus lixos e colocando apenas os necessários para coleta. Evitar as podas de arvores até o final do ano.

Se todos ajudarem, poderemos sim mostrar uma cidade limpa a nossa turista, ainda mais sabendo que a maioria é feminina. Pense, reflita, converse. É seu hospede, é nosso visitante. Não podemos dar desculpas, e sim agir para bem atendê-los

João Roberto Scomparim
Presidente da AeGostoso.

O Réveillon de Gostoso acontece de 27 a 31 de dezembro e já tem expectativas de ser um dos maiores do país. Nós continuamos de olho.

Até qualquer hora!

QUEM INVENTOU O FIM DE SEMANA?

POR SUPERINTERESSANTE

happy little boy yelling and playing water guns in the park

“Ó, incansável: quem inventou o fim de semana?”, Roberta Campos, Campinas, SP

Incansável nada! Fim de semana é tão sagrado para mim como para judeus e romanos, que folgavam no sábado desde a Antiguidade.

O domingo livre é medieval: é o dia da missa católica, portanto um descanso para todos irem ao culto. Mas um par de dias para relaxar é consequência de reivindicações operárias na época da Revolução Industrial, no século 19.

Atualmente, cada país tem o seu modelo. A maioria adota nosso conhecido sábado e domingo como dias de folga. Entre os países islâmicos, porém, o mais comum é o fim de semana cair na sexta e no sábado.

FONTE: José Luciano de Cerqueira, historiador da UFPE e Fabiane Popinigis, historiadora da UFRJ.

DISPONÍVEL EM: http://super.abril.com.br/blogs/oraculo/quem-inventou-o-fim-de-semana/?0&utm_source=redesabril_jovem&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_super

JOGADOR ADALBERTO AGRADECE APOIO POR EVENTOS E DISTRIBUI CESTAS BÁSICAS PARA FAMÍLIAS CARENTES

Renda obtida durante eventos realizados pelo jogador foram revertidos em cestas básicas que foram distribuídas para famílias carentes.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

adalberto-02-futevolei
Torneio de Futevôlei na Praia da Xêpa

Com o sucesso obtido durante os eventos no último final de semana, o jogador Adalberto reverteu toda a renda de pouco mais de 5 mil reais em cestas básicas para ajudar famílias carentes de São Miguel do Gostoso, tanto da sede como nos distritos.

Nas redes sociais o jogador postou fotos e prestou um agradecimento a todos que puderam fazer do Torneio de Futevôlei e da rifa das camisas dois grandes eventos que mobilizaram centenas de pessoas na Praia da Xêpa.

adalberto-03-rifa-das-camisas
Rifa das camisas também foi sucesso.

Veja a postagem de agradecimento feita por Adalberto:

adalberto-01

Adalberto está atualmente no Náutico e passa suas férias em São Miguel do Gostoso, diferente de anos anteriores não realizou sua tradicional pelada de fim de ano, mas colocou seus esforços na realização dos eventos citados acima e fez com que 120 famílias tenham um natal mais feliz.

REPERCUSSÃO NA WEB

Alguns internautas parabenizaram o atleta pela iniciativa e destacaram o ato de generosidade que não vem de hoje.

Agenilson Castro, por exemplo, desejou que Adalberto continue nesse caminho de ajudar as pessoas:

adalberto-04-repercussao-1

Raimundo Nonato fez a locução do evento e também se solidarizou com o jogador:

adalberto-05-repercussao-2

Cláudio Letícia, por sua vez, além de fazer um belo discurso deu uma lição de moral as autoridades que deveriam ser mais competentes:

adalberto-06-repercussao-3

Pedro Hugo apenas elogiou:

adalberto-07-repercussao-4

O Contador também parabeniza o atleta pela iniciativa e que cada vez mais essas atitudes sejam perpetuadas pelo mundo. Até qualquer hora!