FESTIVAL DE GRAMADO: ‘BARATA RIBEIRO, 716’ GANHA O PRÊMIO DE MELHOR FILME

Favorito, Elis fica com o prêmio do júri popular.

POR RODRIGO FONSECA
DO OMELETE.

1_9q4jjjy

Num gesto de ousadia capaz de referendar o mais popular dos gêneros do cinema nacional, a comédia, o júri do 44º Festival de Gramado rompeu com toda e qualquer expectativa – a começar pelo favoritismo em prol do musical de tintas trágicas Elis – ao conceder o troféu Kikito de melhor filme e o de melhor direção a um mestre do humor: Domingos Oliveira venceu a disputa com Barata Ribeiro, 716. Láureas de melhor trilha sonora e melhor atriz coadjuvante (para Glauce Guima) coroaram ainda mais esta trama sobre álcool, amigos e amores ambientada nos anos 1960, com base nas memórias do cineasta de um apartamento que teve na Zona Sul do Rio de Janeiro, em Copacabana. Caio Blat encarna um alter ego do cineasta, já premiado na Serra Gaúcha antes com Infância (2014), Juventude (2008), Separações (2002) eAmores (1998).

Caio foi meu ego neste filme e eu fui o outro“, brinca Domingos, único diretor com status de mestre em concurso este ano, em que a toada cômica conquistou o júri também em O Roubo da Taça.

Defenestrado pela ala mais velha da crítica, por seu tom de chanchada avesso à correção política, o longa de Caíto Ortiz, sobre o sumiço da Jules Rimet, em 1983, ganhou Kikitos de roteiro, direção de arte, fotografia e ator, coroando a genial atuação de Paulo Tiefenthaler. De Elis, do qual muito se esperava, veio o prêmio de júri popular, o de montagem e o merecidíssimo troféu de melhor atriz para Andréia Horta, por uma genial recriação da vida da cantora Elis Regina.

Falado em espanhol e todo rodado no Uruguai, mas com verba brasileira, O Silêncio do Céu, de Marco Dutra, papou o Prêmio Especial do Juri e o prêmio da crítica, além de um Kikito de som. O melhor longa hispânico foi o paraguaio Guaraní. O melhor curta foi Rosinha.

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: “Barata Ribeiro, 716”, de Domingos Oliveira

Melhor Direção: Domingos Oliveira (“Barata Ribeiro, 716”)

Melhor Atriz: Andréia Horta (“Elis”)

Melhor Ator: Paulo Tiefenthaler (“O Roubo da Taça”)

Melhor Atriz Coadjuvante: Glauce Guima (“Barata Ribeiro, 716”)

Melhor Ator Coadjuvante: Bruno Kott (“El Mate”)

Melhor Roteiro: Lucas Silvestre e Caíto Ortiz (“O Roubo da Taça”)

Melhor Fotografia: Ralph Strelow (“O Roubo da Taça”)

Melhor Montagem: Tiago Feliciano (“Elis”)

Melhor Trilha Musical: Domingos Oliveira (“Barata Ribeiro, 716”)

Melhor Direção de Arte: Fábio Goldfarb (“O Roubo da Taça”)

Melhor Desenho de Som: Daniel Turini, Fernando Henna, Armando Torres Jr. e Fernando Oliver (“O Silêncio do Céu”)

Melhor Filme – Júri Popular: “Elis”, de Hugo Prata

Melhor Filme – Júri da Crítica: “O Silêncio do Céu”, de Marco Dutra

Prêmio Especial do Júri: “O Silêncio do Céu”, pelo domínio da construção narrativa e da linguagem cinematográfica.

VINGADORES: STEVE ROGERS NÃO SERÁ O CAPITÃO AMÉRICA NOS CINEMAS

POR 42 BITS

1-13

Steve Rogers não é mais o Capitão América no Universo Cinematográfico da Marvel e no próximo Vingadores. Embora muitos assumissem que esse seria o caso depois que o personagem decidiu deixar seu escudo e traje para trás após a luta brutal com Tony Stark no final de Capitão América: Guerra Civil, os diretores do filme (bem, um deles) já oficializou essa partida.

“Eu acho que ele deixar cair o escudo é ele deixar também a identidade de Capitão América para trás”, disse Joe Russo quando solicitado a esclarecer a posição de Rogers durante uma entrevista com o The Huffington Post. “[É] ele admitindo que, certamente, a identidade do Capitão América estava em conflito com a escolha muito pessoal que ele estava fazendo.”

É claro que Steve Rogers voltará em Vingadores: Guerra do Infinito, mas é possível que vamos encontrá-lo vivendo sua vida como um simples civl – ou ele poderemos vê-lo usando uma nova identidade, nos quadrinhos quando isso aconteceu ele usou o codinome de Nômade (e um novo e horrível uniforme) – Isso também abre pano para um outro personagem aparecer nas telas : O Agente Americano, na falta de um Capitão América nos Vingadores seria ótimo ver John Walker ser introduzido nos cinemas como o substituto de Steve Rogers.

2º COMÍCIO DOS CANDIDATOS A PREFEITO DE GOSTOSO TEM REDES SOCIAIS COMO PONTO DE DEBATE

Troca de acusações que aconteceram nas redes sociais por aliados foram debatidos nos comícios.

POR AILTON RODRIGUES
TABUA, S. M. DO GOSTOSO/RN.

eleic3a7c3b5es-2016

O segundo comício dos candidatos a prefeito de São Miguel do Gostoso aconteceu de forma simultânea neste último sábado (03) e um dos assuntos debatidos por ambos foi a influência que as redes sociais estão tendo nas campanhas.

Depois que a justiça eleitoral deixou claro que a campanha via redes sociais estaria liberada ficou evidente que as manifestações por estes meios seriam algo até preocupante, se levarmos em consideração o aumento da dimensão do acesso a internet desde a campanha de 2012.

Lembrando que a única ressalva do TSE sobre o uso da internet foi da proibição do patrocínio de outras pessoas para ofender os adversários.

  • Veja o que pode e o que não pode nesta campanha, clicando AQUI.

Cruzando a barreira dos 19 dias de campanha, cerca de 15 quilômetros separavam os comícios: Renato de Doquinha da coligação “Mudando Para Melhor” foi para os Morros dos Martins, enquanto Miguel Teixeira da coligação “A Força do Povo” realizou seu evento no distrito do Antônio Conselheiro.

Nos Morros dos Martins, a esposa de Azenate Câmara, candidato a vice-prefeito, demonstrou insatisfação em seu discurso. O motivo declarado por Eliane Câmara foi a veiculação de uma imagem onde aparecia seu marido e Renato segurando um litro de bebida alcoólica. De acordo com ela, essa imagem não mancha a capacidade de gestão, nem o compromisso de Renato.

Pelo outro lado, no Antônio Conselheiro, Miguel Teixeira também desabafou sobre as acusações de ficha suja feitas nas redes. De acordo com Miguel, a tentativa de ferir a sua moral não deu certo, já que nesta última quinta-feira (01) o Tribunal de Justiça (TJ/RN) o retirou da lista divulgada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e validou sua candidatura.

Troca de farpas à parte, o Contador mostra algumas imagens dos comícios, confira:

  • A FORÇA DO POVO (ANTÔNIO CONSELHEIRO).
14215600_1096874107049173_702384420_o
Miguel Teixeira antes do discurso. (Foto: Priciano Barbosa)
14247958_1096871507049433_936848921_o
Público presente no comício. (Foto: Priciano Barbosa).
DSC_0237.NEF
Momento de corrente antes do discurso (Foto: Karla Cardoso).
  • MUDANDO PARA MELHOR (MORROS DOS MARTINS).
14241552_1173234182736043_6238467191946319064_o
Comício nos Morros dos Martins. (Foto: Francisco Anjos)
14241555_1173234796069315_565792897331082622_o
Público presente nos Morros dos Martins. (Foto: Francisco Anjos)
14264080_893018930802882_2258471431215879947_n
Renato de Doquinha em seu discurso. (Foto: Renato de Doquinha).

Os próximos comícios dos candidatos, pela primeira vez nesta campanha, não acontecerão no mesmo dia: na sexta-feira (09) Miguel fará seu evento na Baixinha dos Franças, enquanto Renato realizará o seu na sede do município no próximo sábado (10).

Nós continuamos de olho nas eleições 2016. Até qualquer hora!