OPINIÃO: FAKE NEWS É CRIME, MAS SERVIDORES MUNICIPAIS ABREM MARGEM AO ERRO

POR RICARDO ANDRÉ

Nesse domingo (31), a Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso publicou na sua pagina no Facebook uma nota de repúdio contra um mensagem de Whastapp distribuída no último sábado (30). A redação desse blog já discutia a veracidade dessa mensagem na manhã de ontem. A Nota de Repúdio da Prefeitura vem sem surpresa, pois suas próprias secretarias tem dado margem para disseminação de notícias falsas.

Porém, a Nota de Repúdio por parte da Secretaria Municipal de Saúde e Prefeitura Municipal que vem em tom de tristeza e ameaça, perde seu sentido quando se observa que as mensagens e áudios de Whatsapp prevalecem na comunicação de um órgão oficial. Secretários, assessores e coordenadores vem a todo momento com informações ditas oficiais. Um momento ou outro iriam usar disso para disseminar informações falsas, era bola cantada.

Algumas horas (ou muitas) depois veem os comunicados através dos canais oficiais, nesse meio tempo o tema já foi discutido e rediscutido, compartilhado e recompartilhado pelos gostosenses. Servidores distribuem dados e justificativas em grupos nas redes sociais ou nas suas páginas pessoais. Uma bagunça que nada ajuda a população em uma momento tão delicado em que vivemos.

Compartilhar Fake News é crime e todos os colunistas deste blog também repudiam o ato de desinformação mediante a pandemia, mas como o cidadão comum vai saber que uma mensagem da Prefeitura ou dos seus Secretários é verídica se a comunicação NÃO OFICIAL se tornou o padrão?

A população de São Miguel do Gostoso, tem cooperado com as medidas do município, mas antes de cobrar é necessário organizar a própria bagunça.

Nossas notícias, por exemplo, para serem publicadas são primeiramente verificadas com fontes oficiais usando inclusive os vídeos e notas da própria SMS. Nosso compromisso é com a informação e fazer o melhor trabalho para que você, caro leitor, use os fatos e a precaução como melhores.

Até qualquer hora!