O CONTADOR LEU: MINHA VIDA FORA DOS TRILHOS de Clare Vanderpool

           por AÍRIS VITAL

       Essa obra faz invertermos o ditado popular para “Julgue o livro pela capa” e neste caso p.o.s.i.t.i.v.a.m.e.n.t.e, quando peguei, fiz o julgamento certeiro, tudo culpa dos detalhes, nos selos dos postais na capa, as ilustrações de cartas e jornais dentro do livro. Nem preciso falar que a DarkSide sempre capricha nas edições, você sente aquele desejo insaciável de colecionar só pela beleza do livro.kkkk

minha-vida-fora-dos-trilhos-clare-vanderpool.png

       Abilene é uma criança de 12 anos, sua mãe morreu assim que ela nasceu e precisou se despedir de seu pai quando este vai trabalhar. Pega um trem e segue então para cidade onde seu pai cresceu, de lá nada sabe, só lembra com admiração das historias narrada pelo seu pai sobre os lugares, as pessoas que constitui o lugar. Surge então a decepção, longe dos seus e perto de pessoas que ela chama de “universais”, onde em todo lugar têm… assim que põem os pés no chão de Manifest se entedia ao vê que nada que o pai narrou estava ali. Tudo se transforma quando ela encontra uma caixinha de charuto repleta de lembranças e segredos, é aí que sua vida segue um rumo surpreendente, assim como toda a cidade.

      O que mais me fascinou é a chegada dos personagens na historia. Eles são apresentados ao leitor um por um, nas páginas que antecede toda a narrativa, no decorrer da leitura eles são descritos lentamente em meio a descrição de duas historias paralelas, a vivenciada por Abilene e a da caixa que ela encontrou. É aqui que você vai se emocionar e apreender sobre a jornada de emigrantes esperançosos que enfrenta os riscos e desafios para alcançar de seus sonhos, longe de seus pais e sua nação.

       Essa foi uma leitura muito comovente para mim. Este foi um livro que botei 100% do meu coração em cada palavra que era revelada, Abilene me comoveu muitíssimo. Tudo isso, por que o título descreve meu estado atual, sua descrição na capa contextualiza minha situação pessoal. Escutar o convite da estrada e partir em uma jornada pessoal é necessário está ciente dos riscos, desafios e ensinamentos que você vai se deparar.

“Eu achava que sabia algumas coisas sobre as pessoas. Tinha até minha lista de universais. Mas agora estava em dúvida. Talvez o mundo não fosse feito de universais que podiam ser arrumados em pacotinhos perfeitos. Talvez só tivesse pessoas. Pessoas que estavam cansadas, magoadas e sozinhas, da sua própria maneira e no seu próprio tempo.” – pág 134

[A parte que mais me tocou das palavras de Abilene]

      Ele me ajudou a olhar o motivo maior dos fatos para me estabelecer nos trilhos da vida novamente, já que sempre encontraremos amigos, construiremos historias, encontraremos segredos e lembranças, seremos mais fortes. Larysse Savanna, mais uma dúzia de vezes O.B.R.I.G.A.D.A pelo presente. Entendo plenamente o “se não gostar, tu me dá de volta” kkkkkk. Ah, ela é uma dessas amizades que torna a minha jornada surpreendente. Inclusive ao presentear a amiguinha com um livro em um dia aleatório do ano.

 

O contador, Indica! 😉

 

Livro: Minha Vida Fora dos Trilhos Editora: DarkSide Titulo Original: Moon Over Manifest Ano de Publicação: 2017 ISBN: 978-85-945-4031-7 Páginas: 320

 

PESQUISA SÍSMICA ABRANGE 18 MUNICÍPIOS, INCLUINDO SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

Empresa PGS Investigação Petrolífera diz que pesquisa é para reconhecer os melhores locais para perfuração de poços de petróleo e gás.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

gostoso
São Miguel do Gostoso será um dos municípios com sua orla pesquisada para prováveis fontes de recursos naturais.

18 municípios entre os estados do Ceará e do Rio Grande do Norte foram notificados pela empresa PGS Investigação Petrolífera Ltda. sobre um processo de pesquisa sísmica que começou no dia 09 de novembro e se estenderá até meados de março de 2018.

Dentre os 11 municípios potiguares notificados está São Miguel do Gostoso, além disso também estão envolvidos na pesquisa: Areia Branca, Caiçara do Norte, Galinhos, Grossos, Guamaré, Macau, Pedra Grande, Porto do Mangue, São Bento do Norte e Tibau. Os outros sete municípios são do estado do Ceará.

A atividade de levantamento sísmico se constitui do uso de equipamentos e análises para que se possa identificar a existência de recursos minerais, água ou petróleo no subsolo.

Para isso são utilizados aparelhos específicos capazes de fazer uma espécie de “ultrassonografia” do subsolo. Para tanto, são usados equipamentos conhecidos como airguns, que produzem ondas sísmicas, as quais penetram o subsolo marinho, são refletidas de volta e captadas por receptores conhecidos como hidrofones — comumente posicionados próximos à superfície da água, presos por cabos e rebocados pelos navios sísmicos. Estes sinais são depois processados em computadores, resultando em imagens representativas das estruturas existentes na subsuperfície da Terra.

BACIA SEDIMENTAR POTIGUAR
Mapa mostra área de atuação da pesquisa.

Após análise das imagens por profissionais especializados, é possível verificar se as rochas têm possibilidade de conter recursos minerais importantes, como reservatórios de petróleo e gás natural, por exemplo.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

 

FONTES CONSULTADAS: