TEC DOMINA O JOGO, MAS CEDE EMPATE NO FINZINHO E SE COMPLICA NA COPA DO INTERIOR

Pelo juvenil clube tabuense praticamente deu adeus, no titular o clube torce para um tropeço do Palmeiras neste domingo (30).

POR AILTON RODRIGUES
TABUA, S.M. DO GOSTOSO/RN

O jogo era essencial para o TEC neste sábado (29) na Tabua, mas acabou agradando apenas ao visitante Bahia que ficou feliz com o empate em 1 a 1 pela Copa do Interior.

WhatsApp Image 2017-04-29 at 9.21.38 PM

Apesar da tensão envolvida, o clube da Tabua jogou mais na categoria titular, teve mais posse de bola, mais chances de gol e saiu na frente com um rebote de goleiro ao qual Priciano não desperdiçou. 1 a 0.

O resultado foi segurado até os 37 do segundo tempo quando um escanteio bem fechadinho fez com que Josivaldo desviasse a bola contra o seu próprio gol, decretando assim o primeiro gol contra desta competição. 1 a 1.

O jacaré ainda poderia ter vencido, mas Giliarde desperdiçou o contra-ataque e bateu a bola nas mãos do goleiro. Resta agora torcer pelo São Caetano para que vença o Palmeiras e assim o grupo fique aberto de novo.

WhatsApp Image 2017-04-29 at 9.21.40 PM

Na categoria juvenil, o tropeço foi fatal. O TEC perdeu por 2 a 0 e praticamente deu adeus a competição. A única esperança é que o São Caetano vença o Palmeiras e mesmo assim ainda terá que fazer muitas contas na última rodada.

O primeiro gol baiano foi marcado por Luiz em um belo chute de fora da área, no segundo arremate o goleiro do TEC, Rômulo, saiu mal e Alisson em uma falta cobrada de longe conseguiu estufar as redes.

O GRITO FIEL DE MIGUEL – AUTO DE SÃO MIGUEL ARCANJO

Com a direção do empreendimento Café com Leite e mais uma realização do espaço TEAR e a Paróquia de São Miguel do Arcanjo. Este ano os gostosenses, apreciarão a história do Arcanjo padroeiro da cidade e que da nome ao município.

 por AUXILIADORA RIBEIRO e AIRIS VITAL

     14556510_10202091437165095_8958368846339984323_o

     A Paixão de Cristo e o Auto de Natal já são eventos carimbados no calendário do município, este ano insere-se mais um, o Auto de São Miguel Arcanjo para ajudar abrilhantar a festa do padroeiro da cidade que ocorrerá no dia 29 e 30 de setembro, daqui exatamente a 5 meses. Estimasse a participação aproximada de 100 pessoas envolvidas, desde o processo de pré-produção até a pós-produção. A proposta do auto foi induzida pelo Pároco João Maria dos Anjos para a jovem Auxiliadora Ribeiro, que depois de lê os dois livros História do Mundo dos Anjos e São Miguel Arcanjo a Batalha Final, presente do próprio. Redigiu as primeiras versões do roteiro e desde então, vem junto a equipe do Café com Leite aprimorando um projeto de engajamento social, focando principalmente no público jovem.

      Pretende-se dá continuidade ao trabalho iniciado em 2007 pelo Pe. Fabio dos Santos, durante o processo de criação da paróquia, através de atividades sociais voltadas para a restauração da imagem de São Miguel Arcanjo (séculos XIX) – reconhecendo a imagem como patrimônio histórico cultural – trabalhando a memória e a identidade do lugar. Visando resgatar o legado histórico do lugar, o projeto quer identificar e formar novos atores sociais e protagonistas juvenis para que disseminem, inovem, movam a identidade histórica cultural do município de São Miguel do Gostoso e Região – Mato Grande. Efetivando direitos e prevenindo através da arte a inação de uma faixa-etária que carrega em si muita energia, e tal energia precisa ser canalizada em ações produtivas para si e para a comunidade.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e texto
Equipe Café com Leite: Auxiliadora Ribeiro, Rozangela Modesto e Airis Vital.da

“Este espetáculo não é um mero espetáculo, e sim um projeto de cunho sócio-artístico-cultural através da versão religiosa da identidade histórica deste município. Nada melhor como comemorar os 10 anos de parceria entre o CDHEC e a Paróquia de São Miguel Arcanjo, como o GRITO FIEL DE MIGUEL”, diz as diretoras.

     As inscrições são gratuitas, começa nesta terça-feira (02) na Secretária da Paróquia de São Miguel Arcanjo, que poderão ser realizadas no local da oficina – lembrando que essas serão limitadas. As oficinas serão realizadas nos sábados e domingos, a partir do dia 13 de maio nos turnos: matutino (09h) e vespertino (15h).

      Porém como todo trabalho envolve recurso, eles começaram uma campanha em uma plataforma colaborativa, você pode acessar para contribuir  https://www.catarse.me/auto_de_sao_miguel_arcanjo_78e4?ref=project_link. Lá você encontra diversos modos para ajudar no projeto, como forma de agradecimento eles darão brindes conforme a doação. Dentre eles têm botton, pôster, chaveiro, xicara e camisa, corre lá e contribua com mais um projeto de incentivo social. Além do mais, você poderá acompanhar todo o desenvolvimento do projeto na página do Facebook  https://www.facebook.com/autodesaomiguelarcanjo/ .

Fotos: Ariclenes Silva

O Contador acompanha tudo e conta para você!

GRUPO B: MANDANTES TEM OBRIGAÇÃO DE VENCER PARA SE MANTEREM VIVOS

Segunda rodada do grupo B será crucial para TEC e São Caetano, ambos jogam em casa.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

A Copa do Interior terá mais uma rodada eletrizante neste fim de semana, desta vez o grupo B chega a segunda rodada com missões iguais para os dois mandantes: vencer a todo custo!

18195683_1323018894434692_1726909230_o

Neste sábado (29) o TEC recebe o Bahia e precisa vencer, já que acabou perdendo na primeira rodada por 2 a 0. Pelo lado do Bahia a vitória dará a classificação antecipada para as semifinais.

18109475_1323018897768025_1268604869_n

No outro confronto, no domingo (30) a reedição da final da Copa do Interior de 2015 será no Antônio Conselheiro e tem contornos dramáticos para o Azulão que perdeu para o Bahia por 2 a 1 na primeira rodada. O badalado Palmeiras vem em busca da classificação antecipada no caso da vitória.

A situação da categoria juvenil é absolutamente igual, tanto TEC como São Caetano estão na mesma situação e as contas para todos os quatro clubes do grupo é igual ao da categoria titular.

O Contador estará de olho em todas as emoções. Até qualquer hora!

GRUPO DE JOVENS DO MORRO DOS MARTINS FAZ ANIVERSÁRIO

RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O Grupo de Jovens Fênix da comunidade de Morro de Martins comemora nesse final de semana seu sexto aniversário com o evento “Jovens, despertais para o chamado de Deus” com momentos de louvor, pregação, oração, apresentações culturais e testemunhos . O evento acontece nesse domingo (30), a partir das 8h na Escola Municipal João Tomaz de Oliveira, e a animação ficará por conta do Ministério Vida em Cristo.

Será oferecido almoço no valor de R$ 3,00, e além disso os participantes do evento poderão concorrer a um pequeno festival de prêmios ao valor de R$ 2,00.

TRADIÇÃO CONTINUA

Os grupos de jovens são marcas do município de São Miguel do Gostoso a muitos anos. Neles os jovens, geralmente ligados à igrejas católicas, promovem ações e festas para arrecadação de fundos para suas capelas.

Os mais famosos grupos de jovens que existiram (e existem) são dos distritos da Tabua (JUSC) e do Antônio Conselheiro (SHALOM).

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

O QUE OS “ESPECIALISTAS” DIZEM

POR FÁBIO CHAP

digitalizar0003

Bora falar um pouco de realidade? Pois vamos lá.

Os ‘especialistas’ dirão que essa greve é errada, ‘coisa de gente que não entende nada’, coisa de ‘massa de manobra’. Que ‘o Brasil precisa dessas reformas ou vai quebrar’.

“Se não mexermos na aposentadoria agora, depois não reclamem quando o corte vier na saúde e na educação” é a frase clichê deles.

Perceba que eles não conseguem pensar nenhuma possibilidade pra além de descer o cacete no ombro do trabalhador. A mente deles – os especialistas – não é tão criativa assim, afinal, é o tipo de gente que, em sua maioria, nunca precisou se virar muito na vida, se reinventar pra continuar a sobreviver.

– Cobrarem as dívidas dos bancos e das megaempresas? Té parece, né?- Aumentar IPTU em bairro de elite? Nunca.

– Criar IPVA pra jatinho, helicóptero e iate? Acorda, mané.

– Fazer auditoria da dívida pública pra ver se tem ricasso ganhando mais do que devia? – Nem sonha com isso.

– Extinguir pensão de filha de militar? – Não, senhor.

– Diminuir benefícios de juiz, procurador e desembargador aposentado? – Não brinca com isso.

É melhor deixar essa gente em paz, entende?

Sempre que leio/ouço/assisto especialistas dizendo que ou se aprovam essas reformas ou o país quebra, eu penso:

– Será que esse cara já trabalhou, 6 meses que seja, empilhando tijolo?

– Será que essa mulher, quando tava grávida, trabalhou 1 semana que seja, num ambiente tóxico, sujo e perigoso?

– Será que esse senhor especialista já teve meia hora de almoço após trabalhar 4 horas seguidas de pé montando carros num chão de fábrica?

– Será que esse economista – que fala tão bem – já entregou panfleto no farol por um diazinho que seja?

É claro que não. Essa gente não passou nem meia semana num trabalho duro de verdade, que dirá 20/30/40 anos.

E esse é o mesmo tipo de gente que fala que ou o país aprova essas reformas, ou quebra. Simplesmente não conseguem perceber que, na vida real o que quebra mesmo é a coluna do peão, é a mão da costureira, é a perna do lixeiro, é o pulmão do pedreiro.

Especialista costuma ser aquele tipo de pessoa que liga pro seguro trocar o pneu do carro que é pra não ter que botar a mão no macaco e numas gotinhas de graxa e óleo. Essa é a gente que é incapaz de passar uma bucha na própria privada, de retirar os papel sujo com a própria merda do cesto de lixo. Pra resolver isso, constroem um quartinho nos fundos e dão o celular usado pra empregada.

Como levá-los a sério quando são eles que querem dizer o que o trabalhador aguenta ou não por 20/30/40 anos?

E essa não é necessariamente uma crítica às pessoas que nunca fizeram trabalho braçal. Tem muita gente que nunca teve trabalho do tipo e consegue se solidarizar com quem o faz. Consegue respeitar a tristeza e a revolta de quem tem pouco e vai ter menos ainda. Esse texto é um desabafo, uma crítica à uma elite sabida de tudo, mas, no fundo no fundo, o que eles sabem mesmo é fazer de tudo pra que, no fim, eles não percam nada. E a gente, que trabalha e rala, que se foda.

517 anos se passaram e a gente segue no mesmo sufoco enquanto eles brindam à vida deles e decidem a nossa.

**

SÃO MIGUEL DO GOSTOSO TAMBÉM PROMOVE ATO A FAVOR DA GREVE GERAL

Sindicatos promoverão ato nesta sexta-feira (28) e na sequência se juntam aos demais que estarão no movimento em Natal.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

greve-geral-aposentadoria-1

Alguns sindicatos de São Miguel do Gostoso estão preparando um ato a favor da Greve Geral desta sexta-feira (28) contra as propostas da reforma trabalhista e da Previdência.

A convocação para o movimento, que será realizado a partir das 8h no Posto BR, teve intermédio do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (SINTRAF), Sindicato dos Trabalhadores de Agentes de Saúde e Endemias (SINTASE) e Marcha Mundial das Mulheres (MMM).

Na sequência, está agendada a saída dos manifestantes de Gostoso para Natal onde pretendem participar da grande concentração em frente ao Shopping Midway Mall às 15h.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

O CONTADOR LEU: A DITADURA DA BELEZA e a evolução das mulheres, de Augusto Cury

por AIRIS VITAL

                Organizando meus livros me envolvi com a incisão do título ‘A DITADURA DA BELEZA’. Vindo de Cury só podia ser um daqueles conteúdos de alimentar minha identidade social, ainda mais tive um pouco de resistência, pois não se enquadrava tanto ao meu estado de espirito lê algo sobre ‘beleza’, tolamente pensei. Mas como se tratava de um empréstimo, resolvi folheá-lo e então os próximos quatro dias foram o suficiente para conhecer todo o romance.

A narrativa começa em um quadro muito delicado da jovem Sarah de 16 anos que tentou contra a própria vida e sua mãe Elizabeth, gerente editorial de uma revista feminina aos 42 e divorciada a três, busca o psiquiatra Marco Polo para salvar a filha. Já que ela não sabe mais qual estratégia usar para ajudar a filha. É quando ambas deparam com a síndrome PIB – Padrão Inatingível de Beleza, que não só tinha massacrado as duas, como era frequente e intensa na humanidade.

S.I.M. o convite é certo, que tal se apaixonar por si mesmo?!

Uma verdadeira revolução dentro de mim se instalou, até agora estou me questionando tanta coisa, inclusive feridas instaladas em mim… busco urgentemente uma visão multifocal do mundo por mais difícil que seja! Até por que a preocupação de Augusto Cury é exatamente se opor a ditadura massacrante que as mulheres vivem em silêncio, apresentando a realidade do século XXI de forma transparente e da melhor maneira possível. Inclusive de que é possível sim, contornar o quadro catastrófico da prisão que permitimos ficar.

Quantas vezes não somos rejeitadas pelo o tipo de cabelo, sorriso, nossas curvas, cor de pele, um padrão inatingível de beleza?! Desta forma somos excluídas e aceitamos com um aperto no coração e na existência, por não ter o perfil. E maltratamos a nós mesmo, ressaltando pouco nossas qualidades, transferindo toda atenção para nossos defeitos e muitas vezes isso é, um incentivo a criar um verdadeiro ‘horror’ dentro de nós e um momento outro, precisamos externar e isso tem consequências.

“Hitler queria ser um artista plástico e procurou a Escola de Belas-Artes de Berlim, mais foi rejeitado. Se o professor dessa escola tivesse acolhido, talvez o mundo tivesse tido mais um pintor medíocre, mas certamente não um dos maiores psicopatas da história”. – Página 137

Precisamos valorizar nossas qualidades e de quem nós amamos. A nossa beleza está além do nosso corpo está em nosso ser. Elogiar nossos pré-adolescentes/adolescente já é um passo, pois é nessa fase onde a estipulação de perfeição é maior.

Assim diz o personagem Falcão que tenta alertar executivos sobre essa a instalação dessa problemática. Para quem acompanha as obras singularidades de Cury, percebe as conexões entre elas e essa não é diferente, o personagem pertence o livro ‘O futuro da humanidade’, assim como Marco.

Uma das citações que mais me incentivou a conhecer a cultura e os problemas psicológicos da sociedade em relação ao padrão imposto de beleza em sua diversidade cultural, foi a colocação de uma das personagens, jornalista Chen:

“Estou preocupadíssima com a china. O câncer da ditadura da beleza esta atingindo frontalmente meu povo. Sempre valorizamos nosso passado e nossa características físicas, mas o inacreditável está ocorrendo. As mulheres chinesas estão rejeitando seus traços, querem ter a silhueta das atrizes de Hollywood e das modelos ocidentais. Elas querem ser “Barbies”. ” Página – 154

Então sim, indico esse livro para homens e mulheres, revendedoras de cosmético e roupas, consumidoras, a toda adolescente que queira se apaixonar por si mesma, o ser humano que queira ser livre dos padrões inatingíveis.  Até por que, nos agradecimentos Cury parabeniza algumas empresas que se levantaram quanto essa causa, entre elas está o grupo Unilever (marca Dove), Natura e Avon. A mensagem que para mim foi perfume para o ego, foi o relato de Marco Polo e com ela encerro minha opinião:

“Não há relatos na história de mulheres torturando homens, mas há inúmeros relatos de homens torturando mulheres. Não há relatos na história de mulheres controlando, silenciando, apedrejando, queimando e mutilando homens, mas há milhares de relatos de homens cometendo as maiores atrocidades contra as mulheres em quase todas as sociedades. Os homens é que são sexo frágil, pois só os fracos controlam e ferem os outros. A biografia masculina tem uma dadiva incalculável com as mulheres.

[…]

Queridas mulheres, vocês honraram muito mais a espécie humana do que os homens. Eles falharam historicamente em lidera-la. Se vocês dominassem o mundo, a humanidade seria mais feliz. Se vocês fossem generais, não haveria guerras, pois vocês não teriam coragem de enviar seus filhos para campos de batalhas. Mas o homem por muito pouco, os enviam”. – Página 204

O Contador indica!

Livro: A DITADURA DA BELEZA e a revolução das mulheres Editora: Sextante Ano de Publicação: 2005 Edição: 2ª Edição Registro no ISBN: 85-7542-198-0 Páginas: 208

 

 

 

 

 

 

 

DEIXA EU TE CONTAR UMA COISA: EU GOSTO DE VOCÊ

POR FÁBIO CHAP

Deixa eu te contar uma coisa: eu gosto de você. E gosto de um jeito novo, sabe? Na minha vida, tudo antes era complicado. Sabe quando parece que é tormenta após tormenta? Assim eu definiria todos relacionamentos pelos quais passei.

Eu não sei explicar bem, mas eu olho pra você e vejo tudo simples. Parece que tudo tem jeito e o que não tiver, não tem problema. Parece que até seu tempo ruim é, no máximo, uma garoa pra refrescar.

E tô te contando porque isso tava preso há um certo tempo. Não muito. Não dez anos. Mas faz algum tempo. De certo você identificou meu olhar em algum momento, se não, peço perdão por não ter sido direto. Sou discreto no amor. Sabe quando a pessoa cansou de se machucar e prefere analisar a coisa toda? Fiz isso com você e o resultado foi um só: paixão.

Não vou falar que estou louco, jogado aos pés; como fez Cazuza. Seria exagero. Eu ainda sequer sei o gosto do seu beijo. Mas, puta que o pariu, haja desejo. Dizem que vontade dá e passa, mas ô passagem demorada essa.

Acho que você faz curso de hipnose, porque, sinceramente, acho que gosto de tudo em você. Do seu cabelo ao seu cheiro. Da sua mão pequenininha e da sainha que você escolhe pras noites de verão. Gosto do seu tom de voz e do que você diz. Faz tanto sentido defender quem tá oprimido pelos podres da vida.

Na boa, você é linda e não tô falando só de estética, da sua cintura ou da sua boca. Falo de você toda. Do que pensa e como age. Do que faz na frente e atrás da cortina. Não tem falsidade, não tem algo dito pela metade. A firmeza e o pulso, o olhar, o caminhar, a alma. A calma com que lida com a vida.

Por falar em vida, vem pra minha. Agora cê já sabe o que sinto. É um sentimento tão do bem e, na boa, eu precisava. Eu merecia você surgir um dia.

A real é que eu andava cansado de tempestades, agora me vejo aqui querendo tomar banho de chuva, de paz. Dessas pra lavar a alma.

Vem se molhar comigo. O único perigo é chover vontade demais e a gente não querer sair desse banho nunca mais.

**

O JEITO CERTO DE DISCIPLINAR

Nem rigidez nem permissividade. Segundo especialista, a solução é o equilíbrio.

POR NOVA ESCOLA

nazarena-de-point-loma
Foto: Mariana Pekin

A Nova Escola ouviu a Fernanda Lee que é Mestre em Psicologia Escolar pela Universidade Nazarena de Point Loma, nos Estados Unidos, além disso, ministra cursos sobre disciplina positiva para pais e professores no Brasil e nos EUA.

Nesse bate-papo ela fala sobre a disciplina em sala de aula. Veja:

Um mundo sem punições é um mundo em que as ações não têm consequências?

FERNANDA Existe uma diferença entre punição e consequência lógica. E elas são sempre confundidas. Quando um estudante risca a mesa, é comum deixá-lo sem recreio. O que isso tem a ver com o que ele fez? Nada. Trata-se apenas de uma punição. A consequência lógica deve atender a três princípios: ser relacionada (seria justo que ele limpasse a própria mesa), razoável (limpar a mesa de todos os colegas não faria sentido) e, se possível, antecipada (o aluno pensa no que fazer para resistir à vontade de riscar a mesa).

O que molda essa mentalidade?

É o conceito de disciplina positiva, criado pela pesquisadora e psicóloga americana Jane Nelsen. Normalmente, disciplinamos as crianças de maneira rígida ou permissiva. Quando os professores são muito rígidos, acabam sendo autoritários e o aluno sente que teve sua dignidade roubada. Quando são permissivos, deixam que tudo aconteça para não afetar a autoestima da turma. Nelsen propõe que o docente seja firme, mas também gentil para manter a dignidade da criança.

Por que agir assim, se no passado a rigidez parecia funcionar?

A mudança de gerações transformou as relações de poder tanto entre adultos (no trabalho e na família) como entre adultos, crianças e jovens. A garotada hoje quer direito a igualdade, quer ser ouvida. O professor tende a acreditar que, no momento que ele deixa o aluno decidir, está perdendo poder. Isso é um equívoco. O adulto ainda é o capitão do barco, mas, ao se mostrar disposto a ouvir e considerar também os estudantes, deixa que todos ajudem a remar.

E se o aluno não estiver disposto a cooperar?

As crianças observam os adultos a todo o momento e, às vezes, os desafiam. Se o docente usa uma bronca para exigir bom comportamento, o aluno pode recuar por se sentir acuado e com medo. A alternativa é validar o sentimento da criança. O professor diz: “Eu entendo que você quer brincar, mas sua turma quer estudar agora. O que podemos fazer para todo mundo se sentir bem?”. Com isso, o aluno pensa: “Poxa, ele me viu. Me escutou”. Tudo o que a criança sente é válido, ainda que nem tudo o que ela faça seja.

Como agir quando as famílias são permissivas ou rígidas demais?

A escola não deve ser dependente da família para adotar as práticas da disciplina positiva. As crianças são capazes de perceber a diferença entre o ambiente familiar e o escolar. Um exemplo interessante são crianças que têm dois pares de avós e na casa de um é liberado comer doce, mas na do outro não. Elas não confundem as regras, sabem como agir em ambos ambientes. Ainda assim, é essencial informar as famílias sobre a postura adotada. Vale fazer uma reunião, explicar a proposta e se dispor a dar mais detalhes.

ORIGINAL: https://novaescola.org.br/conteudo/4880/o-jeito-certo-de-disciplinar?utm_source=tag_novaescola&utm_medium=facebook&utm_campaign=mat%C3%A9ria&utm_content=link

IBGE abre Processo Seletivo com 24.984 vagas para Censo Agropecuário 2017

IBGE abre Processo Seletivo com 24.984 vagas para Censo Agropecuário 2017

A Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo voltado à contratação de profissionais temporários para a realização do Censo Agropecuário 2017.

Executado pela Fundação Getulio Vargas, a seleção visa o preenchimento de 24.984 vagas, distribuídas entre todos os Estados brasileiros, para as funções de Agente Censitário Municipal (1.272) e Agente Censitário Supervisor (4.867), ambas de Nível Médio e com duração de contrato de 7 meses; e Recenseador (18.845), de Nível Fundamental, com duração de contrato de até 5 meses.

Os profissionais contratados farão jus à remunerações de R$ 1.600,00 e 1.900,00. A jornada de trabalho para os cargos de Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor será de oito horas diárias, enquanto a carga horária para o cargo de Recenseador será de, no mínimo, 25 horas semanais.

Os interessados devem se inscrever do dia 24 de abril ao dia 23 de maio de 2017, exclusivamente via internet, pelo site www.fgvprojetos.fgv.br. Na ocasião, os mesmos deverão preencher o requerimento de inscrição que será exibido e, em seguida, enviá-lo de acordo com as respectivas instruções. A taxa de inscrição será cobrada no valor de R$ 22,00 ou R$ 39,50.

A seleção dos concorrentes será composta de Prova Objetiva, prevista para o dia 16 de julho de 2017, no horário das 13h às 17h, sendo observado o horário oficial de Brasília – DF. Já para o cargo de Recenseador será realizado Treinamento, de caráter eliminatório e classificatório.

O Treinamento, a ser realizado pelo IBGE, terá a duração total de quatro dias, com carga horária de 8 horas diárias. Serão convocados os candidatos aprovados dentro do número de vagas, conforme a distribuição do Quadro de Vagas disponível e o resultado final da Prova Objetiva. Os locais para realização das provas serão divulgados no site www.fgvprojetos.fgv.br.

A validade do presente Processo Seletivo será de dois anos, contados a partir da data de divulgação do resultado final, conforme o edital completo já disponibilizado em nosso site para consulta.

Links

Fonte: PCI Concursos