SÃO MIGUEL DO GOSTOSO JÁ APRESENTOU TRÊS SECRETÁRIOS DE SAÚDE EM 10 DIAS

Apesar do nome de Cantuário Júnior ter sido anunciado durante a cerimônia de posse, ele não pode assumir a Secretaria Municipal de Saúde, diante disso mais dois nomes já foram anunciados.

POR AILTON RODRIGUES E RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

pasta-da-saude-smg

São Miguel do Gostoso vive momentos de indecisão e expectativas para as nomeações dos cargos e a pasta da saúde é um dos exemplos mais fortes no momento: em dez dias três nomes já rodaram na cadeira do setor.

Indicado para equipe de transição e anunciado como novo secretário de saúde o Sr. Cantuário do Nascimento Júnior, até a última sexta-feira (06) não havia assumido o cargo, nem um interino havia sido nomeado oficialmente. A saúde é um dos setores mais críticos no município, o descaso no setor já foi denunciado aqui no Contador em abril do ano passado, a realidade só se agravou durante o restante do ano, tendo suas ações minguadas totalmente em dezembro de 2016.

Outro obstáculo para nomeação de Cantuário Junior são seus vínculos junto ao setor público, já que ele é o atual vice-prefeito do município de Caiçara do Norte e servidor público estadual ocupando o cargo de agente penitenciário, o que já o impossibilitaria de ser nomeado por acumulo ilegal de cargo público conforme prevê a Constituição Federal (art. 37, XVI, “a” a “c”, XVII) e a Lei Orgânica Estadual (art. 26, XVI, “a” a “c”, XVII).

  • Confira a portaria de transição de Cantuário Júnior aqui.

A vereadora Micarla Catarina em conversa com Cantuário Junior, afirmou que o mesmo não deu qualquer indicativo de assumir o cargo, que também reclamou da interferência do vice-prefeito Azenate Câmara nas nomeações e indicações dos cargos do setor.

Surgem novos nomes

A sucessora de Cantuário fez com que ficássemos atentos ao Diário Oficial dos Municípios e rendeu várias indagações. O primeiro nome que surgiu foi o de Mariane Medeiros, ela foi nomeada na sexta-feira (06) e já exonerada na segunda-feira (09) com um mandato relâmpago de dois dias.

Na mesma segunda-feira outra portaria publicada o Diário Oficial dos Municípios nomeou Gabriela Mafra e por enquanto ela é a que está no comando da pasta no município.

Enquanto isso nas UBS’s

Na última quinta (05) o gabinete do prefeito publicou o Decreto nº 02/2017 reincidindo todos os contratos temporários do município o que atingiu diretamente o setor da saúde. Dessa forma todos admitidos nos processos seletivos de 2015 foram oficialmente dispensados, incluindo os profissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).

As unidades básicas de saúde (UBS) permanecem fora de funcionamento, concentrando todo atendimento na Unidade Mista de Saúde Ricardo Simione, que ainda sofre com a falta de materiais e medicamentos.

Durante a última reunião do Conselho Municipal de Saúde o Governo foi representado pela enfermeira Gabriela Assunção, que era na ocasião Coordenadora da Atenção Básica. Ela falou da necessidade da melhor aplicação dos recursos e da retomada das ações da Estratégia Saúde da Família a partir da segunda-feira (09), mas não esclareceu se todos os servidores demitidos seriam substituídos.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)