OSCAR 2016: COMO FUNCIONA O PROCESSO DE VOTAÇÃO DA ACADÊMIA?

Modelo de eleição do melhor filme é complexo e foi instaurado em 2009. Maior prêmio do cinema americano acontece neste domingo (28).

POR PORTAL G1
SÃO PAULO/SP

Neste domingo (28), Hollywood celebra os melhores trabalhos de 2015 durante sua maior premiação anual, o Oscar. Muitos artistas e celebridades serão prestigiados dentro de 24 categorias – e por enquanto a única certeza é que a grande maioria deles será branca. Entre indicações estranhas e ausências notáveis, o maior problema é entender como funciona o atual sistema de votação, responsável pela alegria de uns e revolta de outros.

O modelo implementado para a escolha do melhor filme pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em 2009 é bem mais complexo que o anterior, no qual o vencedor era aquele simplesmente com o maior número de votos.

  • COMO FUNCIONAM AS INDICAÇÕES

Com exceção do melhor filme, cujos indicados são escolhidos por todos os mais de 6 mil membros da Academia, cada categoria fica sob a responsabilidade dos profissionais que engloba. Ou seja, atores indicam seus favoritos nas áreas de atuação, diretores a direção, etc.

Os membros enviam uma lista que elenca seus escolhidos do preferido para o menos favorito. Na primeira etapa da contagem, são levados em conta apenas os primeiros votos e é estabelecido um número mínimo para que a produção entre para a lista final de indicados.

Tal número é a divisão do total de membros pela quantidade de filmes que podem ser indicados (10 melhores filmes, 5 ou 3 nas demais categorias).

Os votos que forem para longas com menos de 1% das escolhas são desconsiderados, e as segundas escolhas das cédulas da lista são contabilizados. Caso todas as vagas ainda não tenham sido preenchidas, os votos do filme menos lembrado também são anulados. Os votos vão então para a segunda escolha das cédulas.

Eddie Redmayne recebe o Oscar de melhor ator por 'A teoria de tudo' (Foto: REUTERS/Mike Blake)
Eddie Redmayne recebe o Oscar de melhor ator por ‘A teoria de tudo’ (Foto: REUTERS/Mike Blake)
A esta altura, provavelmente todos os indicados estão claros. Mas a categoria de melhor filme tem suas próprias características. Primeiro porque pode contar com um número de indicados entre cinco e dez. Segundo porque, em alguns casos, um membro pode acabar votando duas vezes.

Isso acontece quando sua primeira escolha já atingiu o número limite para ser indicado mais 10% dos votos. Nesse caso, sua segunda escolha também é contabilizada.

  • E QUEM VENCE?

Após a escolha dos indicados, os membros podem votar em todas as categorias, não apenas naquelas de suas classes. A data para o envio dos votos acabou na última terça-feira (23).

Em 23 categorias vence aquele com o maior número absoluto de votos, mas no caso do melhor filme mais uma vez há peculiaridades — um processo parecido ao das indicações toma conta.

Os membros da Academia elencam os indicados de melhor para pior. Para vencer, um filme tem que contar com 50% dos votos totais mais um. Ao final da contagem de todas as primeiras escolhas, se nenhum longa atingir a marca, o menos votado é desconsiderado.

São levadas em conta então as segundas escolhas de cada cédula. O processo se repete até que algum deles ultrapasse o limite e um vencedor seja escolhido.

Após cinco indicações, Julianne Moore finalmente recebeu o Oscar de melhor atriz pelo filme 'Para sempre Alice' (Foto: John Shearer/Invision/AP)
Após cinco indicações, Julianne Moore finalmente recebeu o Oscar de melhor atriz pelo filme ‘Para sempre Alice’ (Foto: John Shearer/Invision/AP)

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).