A “COISA” TÁ MELHORANDO

#DebateNaMostra: Segundo dia de debates tem um tema específico, gera discussão e coloca espectadores no verdadeiro mundo por trás das telonas. Otimismo pelo cinema nordestino também foi ressaltado.

Mesa do debate está repleta de grandes nomes do cinema. (Foto: Pedro Corso de Albuquerque)
Mesa do debate está repleta de grandes nomes do cinema. (Foto: Pedro Corso de Albuquerque)

O segundo dia de debates na Mostra de Cinema de Gostoso possuiu um tema definido neste sábado, 15, onde autores, diretores e produtores puderam discutir as diretrizes do cinema nacional com ênfase no nordeste.

“A Produção Audiovisual no Nordeste” foi o título da roda de conversas entre público e cineastas, porém antes disso foi aberto o evento com Júlio Cavani, diretor do curta “História Natural”, e com o pessoal do Coletivo Caboré de onde surgiu o “Abraço de Maré” dirigido pelo Victor Ciríaco.

E a partir daí vários temas vieram à tona junto com o acréscimo dos diretores Anderson Legal (“Quebramar”), Kennel Rógis (“Sophia”), além do Fábio de Silva, diretor do curso de cinema da UNP. Uma mistura nordestina de Pernambuco, Paraíba e do Rio Grande do Norte.

Ficou visível que o que tira mais o sono dos cineastas brasileiros é o incentivo comercial, que no Brasil são poucos. Destaca-se com algumas ressalvas a Lei Câmara Cascudo que apoia e financia os projetos culturais em variadas áreas.

Debate no  Centro de Cultura (Foto: Pedro Corso de Albuquerque)
Debate no Centro de Cultura (Foto: Pedro Corso de Albuquerque)

Voltando aos filmes, a realidade é que o nordeste evoluiu na Mostra de Cinema de Gostoso. Tirando as obras infantis, os maiores fornecedores para esta edição são nordestinos (19 obras) sendo nove do RN. Esse aspecto otimista de evolução também foi passado no debate o que deixa a todos esperançosos para o futuro próximo.

Esperamos que essa evolução do cinema nordestino continue, se propague e se difunda em festivais como a nossa Mostra de Cinema de Gostoso.

E você fique ligado no Contador de Causos. Até qualquer hora!

PENSANDO FORA DA CAIXINHA

SEGUNDO DIA: Mostra de Cinema é marcada no segundo dia por filmes que fogem do “padrão” na Mostra Competitiva e um polêmico filme de temas fortes na Mostra Panorama.

Julio Cavani comentou sobre a sua obra "Históri Natural" (Foto: Pedro Corso de Albuquerque)
Julio Cavani comentou sobre a sua obra “Históri Natural” (Foto: Pedro Corso de Albuquerque)

O segundo dia da Mostra de Cinema de Gostoso, nessa sexta-feira, 15, foi marcado por filmes que o público não é acostumado a ver. São linguagens novas desenvolvidas pelos cineastas das obras que causam até estranhamento em alguns espectadores, por isso a frase “não entendi quase nada” foi frequente, o que não quer dizer que alguns não caíssem no gosto do pessoal.

Começando pela Mostra Panorama, o grande destaque foi o filme “Praia do Futuro” que mostrou a relação de dois homens após um acidente que envolvia um destes. O filme tinha cenas fortes e chamou atenção pela história que envolvia não apenas homossexualismo, mas também o abandono familiar. Emocionou algumas pessoas inclusive.

A noite, na Praia do Maceió, o documentário “Dominguinhos” foi uma das belas surpresas da noite. A história do cantor mostrada em forma de música de alto nível e narrada por ele próprio foi de uma delicadeza e de experiências sensoriais.

“História Natural” foi um curta que não tinha palavras, apenas som. “Abraço de Maré” foi mais um curta, a obra potiguar contou a história de uma família ribeirinha que vive em uma casa de taipa as margens do Rio Potengi.

O longa “Rio Cigano” foi uma ficção que contava a história de duas meninas ciganas separadas na infância e prendeu os espectadores na gigantesca tela da praia. Para finalizar, o esperado “Sem Pena” do coordenador da Mostra, Eugênio Puppo, mostrou com muita clareza a realidade carcerária do país, provocando reflexões em quem assistiu.

O único detalhe negativo foi que o atraso na exibição na praia, influenciou na presença do público na última sessão que acabou se prolongando até a madrugada.

O Contador de Causos estará de olho na Mostra de Cinema e conta tudo para você, até à próxima!