Arquivo da tag: Vereadores

COM SEIS CANDIDATOS POR VAGA, GOSTOSO TERÁ MAIOR CORRIDA DA HISTÓRIA PELA CÂMARA

O Contador analisou os dados dos 54 candidatos que disputam o pleito de 2020 para o cargo de vereador e mostra o panorama pra você.

POR AILTON RODRIGUES

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

As nove cadeiras da Câmara dos Vereadores de São Miguel do Gostoso terão a maior concorrência da sua história, serão 54 candidatos na disputa o que deixa o páreo com a média de seis candidatos para cada vaga disputada.

Só no último pleito de 2016 foram apenas 32 candidatos o que dá um aumento de 68,75% se compararmos com 2020. Muito distante, aliás, do primeiro pleito gostosense em 1996 que só teve 13 candidatos a vereador e foi o de menor concorrência desde então.

O salário de R$ 5.064,45 (cinco mil, sessenta e quatro reais e quarenta e cinco centavos) pode ser até um chamariz, mas a responsabilidade de se tornar uma figura pública com papeis importantes para o município é maior e tem funções como:

  • Aprovar ou rejeitar projetos de lei;
  • Elaborar decretos legislativos, resoluções, indicações, pareceres, requerimentos;
  • Participar de comissões permanentes;
  • Convidar e/ou convocar o poder Executivo (secretários e prefeito) à Câmara, para prestar esclarecimentos aos parlamentares;

VETERANOS x INICIANTES

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

A campanha reserva uma certa expectativa pelo comportamento que o eleitorado terá, afinal são muitas opções e a grande maioria delas coloca seu nome a disposição pela primeira vez.

Só para termos uma noção, 37 candidatos (68,5%) estão em sua primeira campanha eleitoral, enquanto apenas 17 já tiveram a experiência de estar na linha de frente de uma disputa. Mesmo assim alguns nomes já participaram de campanhas com outras funções como, por exemplo, Azenate Câmara que já foi vice prefeito.

A mais jovem concorrendo é Clara Leal (PCdoB) com apenas 20 anos, já a professora Do Monte (MDB) traz para corrida eleitoral sua bagagem de 69 anos sendo assim a mais velha. Outro detalhe é que apenas seis tentam a reeleição, são eles: Adalpe (PSD), Beto de Agostinho (PSB), Micarla Catarina (PL), Nenem dos Morros (PSDB), Paulinho (PSD) e Zé de Luzenário (PCdoB).

MAIORIA É PARDA E MULHERES AUMENTAM REPRESENTATIVIDADE

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

As duas novas regras eleitorais que ajudaram a aumentar a participação feminina na política surtiram efeito em São Miguel do Gostoso. A primeira é uma lei que estabelece que no mínimo 30% das candidaturas devem ser femininas. A outra, fixada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), obriga os partidos a direcionarem 5% do Fundo Partidário para as campanhas de mulheres.

Na campanha deste ano, elas serão 20 disputando as vagas na câmara gostosense, o que equivale a 37%. Em 2016, apenas 11 mulheres disputaram as eleições.

O Contador de Causos já havia destacado que o eleitorado gostosense havia se equiparado em 2020, onde pela primeira vez na história a divisão foi de quase 50%, sendo a diferença em números exatos de apenas dois homens a mais.

Além disso, destaca-se que para os maiores cargos apenas uma mulher foi indicada a algum posto, que foi o de vice-prefeita com Beatriz Hailla (PTB).

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

Sobre a cor da pele, os pardos foram predominantes com 28 candidatos, somando o dobro de brancos. Não houve candidatos que se declararam amarelos e 12 se consideraram negros.

GRANDE PARTE TERMINOU O ENSINO MÉDIO E SÃO SOLTEIROS

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

A escolaridade dos candidatos também tem destaque, cerca de 57,4% ou em números brutos, 31 candidatos já concluíram pelo menos o Ensino Médio. Apenas um deles declarou ter grau de instrução inferior que seria o de apenas ler e escrever.

Logo abaixo veja o estado civil declarado pelos candidatos:

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

AFINAL, QUEM SÃO ELES E QUEM APOIAM?

Dados do TSE com concatenação das informações pelo Contador de Causos.

Oito partidos estão representados na corrida pela Câmara dos Vereadores de São Miguel do Gostoso e muitos estão com possibilidades de conseguirem cadeiras, afinal além da metodologia do voto proporcional para este ano, foi extinta as coligações e farão eles concorrerem dentro dos próprios partidos.

Sobre os nomes na disputa, a coligação encabeçada pelo atual prefeito Renato de Doquinha (PSD) foi a que mais apresentou nomes ao pleito 2020: foram 19 nomes das siglas PSD, PSDB e PT.

Logo na sequência, temos os 16 candidatos a vereador que estão na coligação do ex-prefeito Miguel Teixeira (PL). As siglas que compõem o grupo são o PSB, PL e PCdoB:

Pelo MDB são mais 10 nomes que vão disputar o pleito, todos são do mesmo partido que Tiquinho e apresentam chances de ter uma cadeira na próxima legislatura:

Fechando os nomes teremos os jovens candidatos do Solidariedade, guiados por Jubenick, os nove nomes são todos de primeira viagem, mas alguns já tinham experiência em campanhas anteriores como cabos eleitorais como era o caso de Cícero Garcia:

QUER ENTENDER COMO FUNCIONA A VOTAÇÃO PARA VEREADOR?

Entenda como funciona a votação para vereador.

O Contador continua de olho nas eleições 2020!

EM SESSÃO, VEREADORA GOSTOSENSE SOLICITA ‘NORMAS’ PARA FALAS E O TRABALHO DA IMPRENSA NA CÂMARA

Sessão com casa cheia realizada na última segunda-feira (06) teve declaração após pauta polêmica.

POR AILTON RODRIGUES

SESSÃO CÂMARA 06 MAI
Sessão da última segunda-feira (06) na Câmara dos Vereadores de Gostoso.

A 11ª sessão da Câmara dos Vereadores de São Miguel do Gostoso ocorrida na última segunda-feira (06) teve uma declaração polêmica da vereadora Clésia Cardoso (PSD) ao solicitar para o presidente da casa que fosse delimitada normas para as falas dos inscritos e o trabalho da imprensa.

Com uma pauta polêmica sobre a discussão do fornecimento da honraria de Cidadão Gostosense ao empresário Caio Fernandes apresentada na Câmara pela própria vereadora Clésia, foi contrariada pelo corretor imobiliário, José Ari Cardoso, um dos inscritos que fizeram pronunciamento na sessão, onde ele citou que a aprovação do projeto seria mediante formação partidária e composição de chapa, o que visivelmente incomodou a vereadora.

“Peço ao presidente que coloque normas nesse acesso [à parte interna Câmara] como também coloque as normas na fala dos inscritos, pois aquele cidadão que falou sobre o título de cidadão, respeito a opinião de todos, mas agora discurso político daquele nível que foi colocado hoje nessa casa, presidente, nós não aceitamos mais (…) A Tribuna Popular é livre para as pessoas falarem, mas a casa exige respeito e cumprimento do regimento. Se for aceitar que todo cidadão chegue aqui, fale o que quer, faça o discurso que queira, bata na mesa, brigue, se emocione. Daqui a uns dias eu não sei o que vai acontecer nessa casa não (…)”, declarou Clésia Cardoso.

Após a discussão o projeto foi aprovado por 5 a 4 e o detalhe é que o próprio Caio não compareceu a solenidade.

Nessa mesma fala, a ex-presidente da Câmara dos Vereadores também criticou o trabalho desenvolvido pelo youtuber Paulo Santana, que pratica jornalismo com vídeos abordando temas sócio-políticos dos municípios de Touros e São Miguel do Gostoso.

“É o livre acesso da mídia? É! Agora vamos ter respeito as entidades. Vem, só filma o que quer, não vem com interesse de divulgar o trabalho da casa (…) fica um entra e sai do plenário, então peço ao presidente que coloque normas nesse acesso”, disse.

Ouça a íntegra da declaração:

O Contador continua de olho. Até qualquer hora!

B.O, PRAIA DE ZUMBI, REDES SOCIAIS: OS BASTIDORES DO “DESAPARECIMENTO” DO VEREADOR PAULO

Familiares do vereador começaram buscas por meio das redes sociais, mas ele foi localizado na “casa dos colegas” em Muriú/RN.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

WhatsApp Image 2019-03-18 at 15.19.22
Cadeira vaga do vereador Paulinho na sessão desta segunda-feira (18).

O final da tarde desta segunda-feira (18) foi embalado com a notícia do desaparecimento do vereador Paulinho de Minininho (PSD) que de acordo com sua família havia saído de casa em direção ao município de João Câmara desde a última sexta-feira (15) e não havia dado mais notícias.

Com a ausência dele na Sessão da Câmara, que só acontece nas segundas-feiras, os familiares e amigos começaram uma verdadeira campanha de buscas nas redes sociais para que dessem informações do seu paradeiro. Ainda foi prestado um boletim de ocorrências na delegacia de São Miguel do Gostoso.

WhatsApp Image 2019-03-18 at 19.11.38
Imagens das redes sociais veiculadas no domingo (17) mostram o vereador e “colegas” se divertindo (Reprodução: Facebook)

Logo no início da noite, imagens das redes sociais veiculadas no domingo (17) em um perfil mostraram o vereador e algumas pessoas na Praia de Zumbi. Além disso, um áudio do próprio vereador foi veiculado relatando que ele estava bem e que se encontrava na “casa de colegas” onde seu celular estava descarregado. Ouça na íntegra:

O caso foi bem similar ao sumiço do vereador Adalpe durante o terceiro dia do Carnaval onde as pessoas se mobilizaram para salvá-lo de um provável afogamento, enquanto ele estava em casa.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

GUIA ESPECIAL: COMO UM VEREADOR É ELEITO? ENTENDA TUDO SOBRE AS ELEIÇÕES 2016

O Contador reuniu alguns vídeos do portal “Meu Município” que explicam qual seu dever como eleitor e cidadão nessas eleições 2016.

POR MEU MUNICÍPIO

como-um-vereador-e-eleito

Separamos algumas dicas importantes para você que quer fazer bonito no dia 02 de Outubro. Essa série com o Humberto Dantas ajuda a conhecer melhor como funcionam as eleições, o que faz o prefeito e o vereador e o que fazer depois que acabam as eleições. Aperte o play e saiba mais!

  • A ELEIÇÃO E OS POLÍTICOS

Já parou pra pensar qual é mesmo o trabalho de um(a) prefeito(a) ou de um(a) vereador(a)? E mais, será que você conhece mesmo o poder que seu voto carrega nesse processo complexo chamado eleição? Aqui te mostramos em pouco tempo qual a lógica das eleições e onde o seu voto entra para fazer a diferença. Assista e vote bem:

  • O DINHEIRO PÚBLICO

Já ouviu dizer que “o que é público não é de ninguém”? Mostramos de um jeito fácil e interessante porque essa frase está longe da realidade e como podemos agir para que o dinheiro público seja revertido em benefícios para o cidadão. Assista:

  • O PAPEL DO CIDADÃO

Neste ano, mais de 144 milhões de brasileiros vão para as urnas exercer seu direito democrático, e isso acontece a cada dois anos. Mas e depois? O que fazer para garantir que nossa participação nos rumos da nossa cidade não seja nula? Assista:

  • O NOSSO CONTROLE

Votamos! E agora? Nesse episódio da série “Eu voto, minha cidade muda” nós alertamos sobre o nosso papel de acompanhamento e participação ativa do governo da nossa cidade. Prefeitos e vereadores estão ao nosso serviço e, por isso, precisamos cobrar ações e medidas que tragam resultados práticos em nossa vida e na vida de nossas cidades.

  • Confira mais conteúdo no site

  • Veja a página especial do Contador aqui.

O Contador segue de olho nas eleições 2016! Até qualquer hora!