Arquivo da tag: Tiquinho dos Anjos

DOIS PRÉ CANDIDATOS A PREFEITO JÁ APRESENTARAM SEUS VICES, VEJA QUEM SÃO

Na manhã deste sábado (01) foi a vez de Tiquinho (MDB) apresentar sua vice.

POR AILTON RODRIGUES

Tiquinho e Beatriz de um lado, Renato e João Eudes de outro foram os que apresentaram vices até o momento.

Dois dos quatro pré candidatos a prefeito de São Miguel do Gostoso apresentaram seus nomes para compor a chapa como vice, a novidade foi revelada na manhã deste sábado (01) onde Tiquinho (MDB) apresentou Beatriz Hailla (PTB).

Em nota para imprensa, Tiquinho disse que sua candidata era uma novidade para a política gostosense, ela também tem afinidade com algumas comunidades rurais como Tabua, Paraíso e Antônio Conselheiro por ter atuado como pastora da Igreja Evangélica Assembleia de Deus.

Antes dele, Renato de Doquinha (PSD) também havia mostrado seu vice para a campanha. Aliás, o Partido dos Trabalhadores que anunciou em duas notas para a imprensa redigidas por seu presidente Hildemar Peixoto que João Eudes (PT) seria o nome escolhido.

Ainda não foram divulgados os vices das chapas de Miguel Teixeira (PR) e Jubenick (Solidariedade). Lembrando que as convenções tem previsão de serem iniciadas apenas em 31 de agosto que é período adotado pela justiça eleitoral e antes disso é proibido a ação de pedir votos virtualmente ou presencialmente.

Nos continuamos de olho.

APÓS NOTÍCIA DE DESATIVAÇÃO DO PARTIDO, TIQUINHO DOS ANJOS AFIRMA QUE CONTINUA CANDIDATO

Nesta segunda-feira (30) o partido renovou a comissão provisória no município, após um post ter afirmado que o pré-candidato não iria mais concorrer ao pleito.

POR AILTON RODRIGUES

equipe-tiquinho

Uma notícia política agitou São Miguel do Gostoso nesta última segunda-feira (30). O blog do jornalista e YouTuber, Paulo Santana, afirmou que o MDB local teria sido desativado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e isso inviabilizaria  a candidatura de Tiquinho dos Anjos.

Logo na sequência, uma outra matéria foi divulgada pelo mesmo Paulo Santana dizendo que o caso havia sido resolvido, mas ainda colocava pulgas atrás das orelhas dos seus leitores, indagando que a candidatura de Tiquinho dos Anjos continuaria como incerta.

O alegado pelo jornalista é que o prazo de reativação do partido terminaria antes das convenções o que deixaria todo o grupo de Tiquinho sem partido durante o período mais crucial das eleições. O fato é que ele tem até sábado (04) para aparar estas arestas.

Nós verificamos todos os dados oficiais alegados por Paulo Santana no TRE e confirmamos. Além disso, o Contador conversou com Tiquinho e alguns dos seus pré candidatos a vereador. A resposta foi uníssona: tudo continua da mesma forma e as pré candidaturas continuam.

“Continuo como pré-candidato a prefeito pelo MDB. O que aconteceu foi que a comissão provisória do MDB venceu na semana passada e eu já estava sabendo. Ficou tudo certo para renovar nesta segunda-feira e foi renovada”, disse Tiquinho ao Contador.

Até qualquer hora! Continuamos de olho!

 

EM ENTREVISTA, TIQUINHO DOS ANJOS SE DEFENDE DAS CRÍTICAS E JOGA APOIO DE JOÃO WILSON PARA RENATO DE DOQUINHA

Pré-candidato pelo MDB, Tiquinho dos Anjos foi leve nas indagações sobre seu papel em gestões anteriores e colocou apoio de João Wilson para o atual prefeito.

POR AILTON RODRIGUES

equipe tiquinho
Equipe de Tiquinho dos Anjos nos bastidores do programa Mesa Redonda.

O convidado desta quinta-feira (30) para o programa Mesa Redonda do canal do YouTube Fala Meu Povo foi Tiquinho dos Anjos (MDB) que pretende disputar o principal cargo do executivo gostosenses nestas eleições municipais.

Primeiramente a tônica da entrevista foi envolvida em defesas de Tiquinho sobre os cargos que ele assumiu durante os 18 anos ao qual ele esteve atuando em gestões anteriores, onde assumiu os postos de Instrutor do PETI na gestão João Wilson (2001 – 2004), Secretário da Assistência Social durante o mandato de Fafá (2012 – 2015) e foi nomeado Assessor de Gabinete / Agente de Desenvolvimento na gestão atual de Renato de Doquinha (2016 – 2019).

Sobre sua saída do lado de Renato ele apenas apontou dados que considerou como causas para a ruptura. O primeiro foi a disputa dos agricultores e pescadores na busca do Seguro Defeso e Garantia Safra que causou desgaste e o segundo ponto foi os resultados da educação municipal que até o momento são a principal dor de cabeça da gestão.

Só para contextualizar, as demandas de aprovação nos IFs caíram, o IDEB também teve sua primeira queda desde que o índice começou a ser medido no município e o próprio Tiquinho apontou um dado ao qual Gostoso aparece na última posição dentre os potiguares em um ranking de taxa de analfabetismo.

Sobre a composição da sua chapa, não há quase nada decidido. Foram mostrados alguns nomes para vereadores, ele disse que não há a certeza do vice, mas que já há nomes no páreo. Outro detalhe foi o apontamento que apenas um secretário da época de Fafá continua junto com Tiquinho, que é o conhecido Neto da Saúde.

Quanto aos pontos fracos dos seus adversários, Tiquinho se esquivou da resposta e disse que a população fará isso, mas foi nesse momento que ele rebateu a crítica que Jubenick o fez quando disse que ele era projeto do polêmico ex-prefeito João Wilson:

“Não sou projeto de João Wilson, tomei esta iniciativa [de se candidatar] com muita inteligência, pensando na população. Todos já sabem que João Wilson apoia hoje Renato de Doquinha”, declarou Tiquinho.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

ESPECULAÇÕES PARA AS ELEIÇÕES 2020 JÁ COMEÇAM EM GOSTOSO

Sucessão da atual gestão já tem alguns nomes no centro das rodas de conversa.

POR AILTON RODRIGUES
TABUA, S.M. DO GOSTOSO/RN

sao-miguel

As eleições municipais serão apenas em outubro de 2020, mas as especulações para o sucessor do atual gestor, Renato de Doquinha, já começaram. Nos últimos três meses alguns nomes surgiram como possíveis candidatos e o Contador fez um resumo destas especulações aqui.

O assunto ferveu depois que um site da região resolveu montar uma enquete pedindo a opinião dos internautas para os nomes que surgiram no cenário até o momento.

Primeiramente, vamos começar com o empresário Caio Fernandes que surgiu como um dos apoiadores de Renato em 2016 e muito se especulou que poderia ser o principal candidato para 2020. Porém, recentemente em nota oficial declarou que não é e não pretende concorrer ao pleito, pedindo inclusive para que seu nome fosse retirado da enquete. De acordo com ele, São Miguel do Gostoso surgiu como um refúgio para sua fuga do estresse da cidade e não gostaria de perder isso:

“Vou continuar ajudando, mas andando pelas ruas como um amigo de todos, sempre que possível, com novas ideias (…) Seguirei pisando descalço nas areias de Gostoso”, declarou o empresário em nota.

O segundo nome que despontou nos últimos dias como uma “chuva de verão” foi de Tiquinho dos Anjos. Uma nota que saiu em alguns blogs enfatizava que o MDB o indicaria para o pleito, mas após isso ele foi desligado do cargo público que ocupava e não houve mais nenhuma movimentação. A probabilidade é que talvez ele desponte como um vice-prefeito para alguma outra chapa, mas ainda permanece como pré-candidato.

Outra opção para os gostosenses seria Jubenick, que assumiu a presidência do partido Solidariedade na cidade. Ele já se declara como pré-candidato e tem como principal motivação ser uma válvula de escape para o cenário político onde ele considera dominado pelas mesma opções.

Continuando a lista, vem o ex-prefeito Miguel Teixeira. O nome dele é citado em todos os cenários possíveis para o pleito. Em uma entrevista cedida ao Blog de Assis no mês de agosto, ele não descartou nem confirmou a intenção de ser pré-candidato, mas que a decisão partirá do grupo, embora nós já poderíamos cravar que ele estará sim na corrida de 2020:

“Fico feliz em ver meu nome sendo lembrado (…) A decisão não será só minha, eu faço parte de um grupo político, formado por pessoas que assim como eu, querem retomar o desenvolvimento de São Miguel do Gostoso”, disse ele.

Um personagem que não poderia faltar nesta lista é Zé Ari (que se denomina de ‘O Bom’). Desde muito tempo que ele se coloca como pré-candidato, usando e abusando das redes sociais para criticar a gestão e divulgar suas propostas.

Por último, mas não menos importante, a ascensão de todos estes nomes fez com que o atual gestor, Renato de Doquinha, ensaiasse uma reação. Entre elas está o aumento de gratificações e das atividades sociais nos distritos, além de requerer um esforço de articulação para trazer novos aliados. Ou seja, nos bastidores já há a certeza de que ele é um pré-candidato.

O interessante é que acredita-se que o elevado número de pré-candidaturas se deve ao enfraquecimento político do atual prefeito que enfrenta problemas na maioria das pastas, em especial na da saúde e educação que são os seus “calcanhares de Aquiles”, além da substituição contínua de aliados.

Outros nomes também apareceram, todavia por enquanto estes são os mais lembrados pelos gostosenses. Nós continuaremos de olho.

Até qualquer hora!