Arquivo da tag: Natureza

TRILHA CONSTRUÍDA NA ORLA GOSTOSENSE DESRESPEITA LEI MUNICIPAL E ACENDE POLÊMICA

Desde a última sexta-feira (13) que as redes sociais repercutem a iniciativa de abertura de uma trilha na orla gostosense para tráfego de buggys e quadricíclos.

POR AILTON RODRIGUES

trilha na praia
Trilha aberta na orla gostosense abre polêmica

As redes sociais repercutiram um ato tomado desde a última sexta-feira (13) onde o maquinário da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso foi acionado para a abertura de uma trilha de 35 quilômetros na orla gostosense cujo objetivo seria de facilitar o tráfego de buggys e quadricíclos.

O trator construindo a trilha foi filmado e o vídeo foi jogado nas redes sociais (veja abaixo). De acordo com informações obtidas pelo Contador de Causos o ato foi liderado pelo arquiteto e Gestor da Orla, Fernando Castro e o principal problema seria a violação direta de uma Lei Municipal aprovada em abril de 2013 que proíbe o trânsito na orla.

Além disso, o gestor não haveria consultado nenhum dos comitês e conselhos municipais como a COMTUR, Comitê Orla, nem mesmo o Projeto Cetáceos que monitora os ninhos de tartaruga na região. O IDEMA já veio à cidade e notificou o responsável pelos atos pedindo esclarecimentos.

Em publicações nas redes sociais, Fernando diz que a iniciativa foi dele, isentando assim os demais da gestão municipal, ainda assim se defende dizendo que não cometeu nenhum crime ambiental e buscava ajudar na resolução do problema do tráfego desordenado de veículos nas praias. Além disso, ele afirma que coloca seu cargo à disposição e que responderá as notificações ao qual seja acionado.

Não foi divulgada nenhuma nota oficial por parte da Prefeitura Municipal até o momento que esta matéria estava sendo construída.

Nós continuamos de olho.

QUAL O FENÔNEMO QUE AMANHECEU NO CÉU GOSTOSENSE? O CONTADOR EXPLICA

O Halo solar é um imenso círculo de cores, semelhante ao arco-íris, que se forma ao redor do Sol em virtude da decomposição da luz ao passar por partículas de gelo na atmosfera.

POR MARIANE MENDES

halo solar em gostoso 02
Fenômeno no céu gostosense chamou atenção dos moradores nesta terça-feira (31).

O céu gostosense amanheceu nesta terça-feira (31) com um fenômeno atípico ao redor do sol, várias imagens e vídeos começaram a ser veiculados pelas redes sociais registrando o curioso circulo. O Contador explica pra você do que se trata.

Halo Solar é um fenômeno óptico caracterizado pelo surgimento de um círculo ao redor do sol. Ocorre na troposfera, a cerca de 17 quilômetros de altitude, quando a luz do sol é refletida e refratada por cristais de gelo presentes na atmosfera terrestre, causando assim a dispersão da luz. O formato circular está ligado à estrutura hexagonal desses cristais.

O fenômeno da refração consiste na mudança de direção e velocidade da luz ao passar de um meio para o outro. Os cristais de gelo presentes na atmosfera funcionam como pequenos prismas que decompõem a luz branca do sol nas cores primárias, formando assim o halo solar de forma semelhante ao que ocorre com o arco-íris.

Assim como acontece no sol, ao redor da lua também pode surgir o halo. A formação de um halo lunar ocorre da mesma forma que o solar, porém, a visualização das cores escuras é mais difícil, sendo possível observar melhor apenas as cores mais claras.

REFERÊNCIA CONSULTADA:

TEIXEIRA, Mariane Mendes. “Halo Solar”; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/fisica/halo-solar.htm. Acesso em 31 de dezembro de 2019.

PALESTRAS, BLITZ, MINICURSOS: VEJA PROGRAMAÇÃO DA SEMANA DO MEIO AMBIENTE DO ANA RIBEIRO

Escola realizará 1ª edição do evento de 03 a 10 de junho e conta com boas atrações.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

WhatsApp Image 2019-05-29 at 09.54.24 (1)

A Escola Municipal Professora Ana Ribeiro Barbosa realizará a 1ª edição da Semana do Meio Ambiente entre os dias 03 a 10 de junho. A divulgação da programação aconteceu nesta quarta-feira (29).

Apesar do foco da programação ser os alunos, o evento será aberto ao público que quiser prestigiar as palestras, oficinas e demais ações pensadas. O evento tem o patrocínio da AMJUS, Serveng e Planeta Gostoso e conta com o apoio da Secretaria de Educação de São Miguel do Gostoso.

Até qualquer hora:

  • Segunda Feira 03/06
    09:00 – 09:30 / Apresentação do Projeto Ações Sustentáveis
    10:00 – 11:30 / Palestra: Projeto Cetáceos da Costa Branca – UERN
    19:30 / Apresentação do Projeto Ações Sustentáveis
    20:00 / Exibição do Filme Wall.E
  • Terça Feira 04/06
    09:30 / Palestra: Energias Renováveis – CPFL /Sala 1
    09:30 / Palestra: Preservar para viver (Vaininha) / Sala 2
    09:30 / Horta Escolar (Profº José Americo – IFRN) / Sala 3
    19:30 / Minicursos com os Professores da Escola Mun. Profª Ana Ribeiro Barbosa.
  • Quarta Feira 05/06
    07:00 – 18:00 / Alunos do projeto Ações Sustentáveis irão representar o projeto no I ENCONTRO LIXO ZERO – Natal/RN
    08:00 – 11:30 / Mutirão de limpeza na escola
    19:30 – 20:30 / Palestra: Preservar para viver (Vaininha).
    20:30 – 21:30 / Ação de arborização na Escola
  • Quinta Feira 06/06
    08:30 – 09:30 / Palestra: Introdução a Coleta Seletiva (Rita Luziet) Ass. Planeta
    Gostoso
    10:00 – 11:30 / Minicursos com os Professores da Escola Mun. Profª Ana Ribeiro
    Barbosa.
    19:30 – 20:30 – Palestra: Introdução a Coleta Seletiva (Rita Luziet) Ass. Planeta
    Gostoso
    20:30 – 21:30 / Palestra: ONG Numar
  • Sexta Feira 07/06
    07:00 – 11:00 / Mutirão de limpeza na praia do Maceió, Xêpa, Cardeiro e Ponta do Santo Cristo.
  • Segunda 10/06
    07:00 – 10:00 / Blitz Ecológica. (Local: Ponto de apoio Centro de Cultura)

WhatsApp Image 2019-05-29 at 09.54.24

O Contador continua de olho. Até qualquer hora!

QUE HORAS POSSO VER O ECLIPSE LUNAR EM SÃO MIGUEL DO GOSTOSO?

O alinhamento da Terra com o Sol e a Lua vai causar um espetáculo raro que você precisa acompanhar.

POR FELIPE SALI DA SUPERINTERESSANTE
ADAPTAÇÃO: AILTON RODRIGUES

eclipse_home

Segundo a Nasa, haverão 230 eclipses lunares neste século, sendo que apenas 85 deles serão eclipses totais. O fenômeno que ocorrerá hoje, apelidado de “lua de sangue”, será o mais longo de todos os 230, com duração de 1 hora e 43 minutos e 35 segundos. E como o humano é apaixonado por coisas raras, as pessoas estão ansiosas pelo momento em que o sol, a Terra e Lua se alinharão perfeitamente.

No Brasil, será um pouco mais difícil de acompanhar. O eclipse total, onde a Lua estará completamente vermelha, acontecerá até às 18h30 do horário de Brasília, quando ainda estiver escurecendo. Por isso, a dica é já ficar de olho a partir do momento em que a Lua começar a nascer no céu da sua cidade, em São Miguel do Gostoso o fenômeno começa a partir das 17h22.

Você vai precisar de um horizonte limpo, sem muitos prédios para atrapalhar. Também é ideal encontrar o lugar menos iluminado possível, por isso, procurar parques e campos abertos é a uma boa opção. Por ser um eclipse lunar, está liberado observar sem óculos de proteção ou filtros especiais.

A Lua de sangue fica vermelha porque, com a Terra na frente, ela não está sendo iluminada integralmente pelo Sol, mas ainda recebe a luz filtrada refletida pela atmosfera terrestre, dando o visual. Se o nosso planeta não tivesse atmosfera, a Lua não receberia luz alguma e ficaria completamente preta durante o eclipse. Isso sem contar o fato de que não teria ninguém aqui para observar o fenômeno.

Original: https://super.abril.com.br/ciencia/como-quando-e-onde-ver-o-eclipse-lunar-de-hoje/

CPFL RENOVÁVEIS INAUGURA SISTEMA DE ABASTECIMENTO HÍDRICO NA COMUNIDADE DA UMBURANA

POR GABRIELA AMARAL

A CPFL Renováveis, uma das maiores geradoras de energia renovável no Brasil, por meio do Projeto Segurança Hídrica, vai inaugurar na quarta-feira (25) três sistemas produtores de água nas comunidades rurais de Umburana, Queimadas e Florêncio José, nos municípios de João Câmara e São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. A iniciativa visa a promover o acesso e uso sustentável da água, de modo a contribuir para a convivência com o semiárido a partir da sustentabilidade ambiental e social desses locais.

O objetivo do Projeto Segurança Hídrica é ampliar o acesso a água segura para consumo humano e também para a produção nas áreas rurais, com base em um modelo que integra inovação tecnológica, fortalecimento de capacidades e gestão comunitária do recurso natural mais precioso para a vida humana, que é a água.

Foto: Divulgação

“Iniciativas como essas transformam a vida de pessoas, porque oferecem mais qualidade de vida, retorno financeiro e autoestima. Mesmo em locais urbanos, muitas pessoas não conhecem ou convivem com essas inovações. Portanto, é motivo de satisfação para a CPFL Renováveis prover esse benefício”, afirma Christiana Costa, gerente de Sustentabilidade Corporativa, Responsabilidade Social e Relações Governamentais da companhia.

Foto: Divulgação

Milhares de beneficiados – Nesta etapa de inauguração, o foco será voltado para as três comunidades dos municípios de João Câmara e São Miguel do Gostoso, contemplando 273 famílias (1.365 pessoas). Se for considerada a abrangência completa, o projeto vai beneficiar 807 famílias, cerca de 3.230 pessoas ao todo, provenientes de nove comunidades.

Em Queimadas, por exemplo, o sistema será composto por uma rede de abastecimento com 9 km de extensão, recuperação de um poço profundo, um reservatório de 60 m3, uma microusina solar de 3,24 kwp e um dessalinizador que filtrará 500 litros de água por hora. Cerca de 200 famílias, num total de 1.000 pessoas, serão beneficiadas.

Em Umburana, por sua vez, o sistema é composto por uma rede de abastecimento com 6 km de extensão. Está prevista ainda a recuperação de um poço profundo, um reservatório de 30 m3, uma microusina solar de 3,24 kwp e um dessalinizador que filtrará 250 litros de água por hora. Com a tecnologia, 65 famílias (325 pessoas) serão beneficiadas.

Já em Florêncio José, o sistema implantado contempla a recuperação do poço da comunidade, a instalação de um kit de irrigação para dois hectares e de uma bomba de 7,5 cv. Além disso, conta com a implantação de microusina solar de 3,24 Kwp. Por meio dele, serão beneficiadas famílias que juntas somam 40 pessoas.

Investimento social – Além das infraestruturas implantadas nas comunidades, o Programa Raízes tem atuado na capacitação de famílias para a gestão eficiente e sustentável dos recursos hídricos. Os investimentos somam mais de R$ 1,7 milhão e buscam manter o atendimento atual e para as futuras demandas, diante do crescimento esperado para as próximas décadas.

As ações previstas no projeto colaboram para o fortalecimento de políticas públicas federais e do Estado do Rio Grande do Norte vinculadas à segurança hídrica. As ações contribuem diretamente para o Programa de Fomento à Inclusão Produtiva Rural e ao Programa Cisternas, ambos do governo federal, além de atender à Política Estadual dos Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte (Lei n.º 6.908) e demais regulamentações do Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (IGARN).

AGENDA

Agenda: Inauguração de sistemas de abastecimento de água

Quando: 25 de julho

Onde:

João Câmara (RN)

  • 9 horas – Comunidade de Queimadas
  • 11 horas – Comunidade de Florêncio José

São Miguel do Gostoso (RN)

  • 14 horas – Comunidade de Umburana

SOBRE O PROGRAMA RAÍZES

O Programa Raízes, um investimento social privado da CPFL Renováveis, contribuiu para o impacto positivo nas esferas: social, ambiental e econômico, nas comunidades do entorno onde estão localizados os empreendimentos da companhia. O Programa tem como foco três linhas temáticas: Segurança Hídrica, Compromisso com as Gerações Futuras, e Fortalecimento de Cadeias Produtivas. Em seu primeiro ciclo (2013-2015), o Programa Raízes investiu R$ 2,9 milhões para apoiar 36 projetos, enquanto que no segundo ciclo (2016 a 2018), a iniciativa investiu R$ 12,4 milhões, dos quais 37% dos recursos foram destinados para Gerações Futuras, 34% para Cadeia Produtiva, e 29% para Segurança Hídrica.

SOBRE A CPFL RENOVÁVEIS

Maior empresa do Brasil no segmento de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis, a CPFL Energias Renováveis S.A. (CPRE3) conta com um portfólio de 93 ativos de geração nas quatro fontes: eólica, pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), usinas termelétricas movidas a biomassa e solar, tecnologia em que foi pioneira no Estado de São Paulo. Atualmente, esses ativos totalizam uma capacidade instalada de 2,1 GW. A CPFL Renováveis tem ações listadas no Novo Mercado da B3 (antiga BM&FBovespa), o mais alto segmento de governança corporativa desde 2013.

ORIGINAL: http://surgiu.com.br/2018/07/20/cpfl-renovaveis-investe-r-17-milhao-e-inaugura-sistemas-de-abastecimento-de-agua-em-comunidades-do-rn/

BARRA QUE CIRCUNDA LAGOA DO CARDEIRO ROMPE NATURALMENTE, VEJA FOTOS

Após discussão entre órgãos e moradores a natureza resolveu o caso.

POR AILTON RODRIGUES

Desde as primeiras horas deste sábado (14) a natureza resolveu o problema que órgãos e moradores debateram durante a semana: a barra que circunda a Lagoa do Cardeiro rompeu naturalmente.

O ato foi comemorado pelos moradores que defendiam a espera da natureza para que a barra rompesse. Durante a semana, máquinas ainda foram acionadas, mas não houve a intervenção.

A Defesa Civil chegou a declarar que o volume da água na Lagoa do Cardeiro estava em níveis perigosos para os moradores das redondezas. De qualquer forma a solução veio de modo que agradou a todos.

Veja algumas imagens cedidas por Rennan Castro:

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!