OPINIÃO: A PERIGOSA SENSAÇÃO FALSA DE NORMALIDADE

Em algumas conversas com vizinhos e moradores da sede o discurso de “já abriu tudo, tá tudo bem” deixa o vírus perseverante.

POR AILTON RODRIGUES

A pandemia de Covid-19 ainda não passou. Isso é um fato, mesmo que os especialistas digam que a situação do estado do Rio Grande do Norte está melhorando, todavia o pior é o discurso mais perigoso que só agrada o próprio vírus: a sensação de que está tudo bem.

A reabertura gradual do turismo viria e já era esperada, mas o que surpreende é a falta de informação em relação aos cuidados da Covid-19. Os boletins que saem quase diariamente ainda apontam crescimento de contaminados, o último divulgado no dia 16 de julho registrou 100 casos confirmados com 08 mortos.

Você pode até me relatar: “Ailton, mas o número de curados é de 60%!” … Eu sei, o vírus apesar de estar assolando milhares de vida no Brasil não tem uma taxa de mortalidade alta em relação aos contaminados (IMAGINA SE TIVESSE, ESTARÍAMOS LASCADOS!!!). O que me preocupa é que os mais velhos e os que tem menos instrução acham que há uma normalidade. Ninguém me contou isso, eu vi e ouvi.

Dando uma volta aqui nos vizinhos e vendo o discurso de algumas pessoas pelas redes sociais eu ouvi frases como: “os casos já estão caindo”, “já está aberto para os gringos mesmo”, “isso tudo foi para ganhar dinheiro do governo”, “só vou colocar máscara quando chegar lá”… Olha só o nível de ignorância motivada 80% pela falta de informação.

Vivemos atualmente em um país onde o maior líder trata uma pandemia mundial como “gripezinha” e que seria “como uma chuva”. Faltou ele dizer que esta chuva teria a força de um tornado e assolou quase 80 mil vidas (1,5 mil delas só no RN, 8 em São Miguel do Gostoso)… Sim, eu sei que dos mais de 2 milhões de casos confirmados, mais de 1 milhão se curou. Isso não tira o LUTO das quase 80 MIL FAMÍLIAS.

Quem gosta de futebol, isso dá mais que o Maracanã lotado na final da Copa de 2014 (no estádio estavam cerca de 74 mil pessoas). Ou como se fosse 1.120 aviões com o número de vítimas do acidente da Chapecoense caindo.

Outro detalhe, além da Secretaria de Saúde você viu algum vídeo ou post de político ou pré-candidato dando orientações para que você fique em casa? De cuidados que você deve tomar? Imagino que não, mas com certeza você verá ou saberá relato deles circulando por distritos ou pela sede em busca de alianças. Talvez fazendo até alguma comemoração.

Eu estou cansado, a nossa equipe está cansada, estamos a mais de três meses dando números, analisando dados, mostrando a você que se cuidar é o melhor para salvar vidas. Queremos ter condição de entrar no novo normal, mas precisamos ser prudentes e responsáveis: você responsável por sua família, a Prefeitura Municipal por mais de 10 mil gostosenses.

Os cuidados são os mesmos: LAVE AS MÃOS, USE MÁSCARA, SÓ SAIA QUANDO FOR NECESSÁRIO… NÃO TEM VACINA AINDA OU REMÉDIO CIENTIFICAMENTE COMPROVADO PARA O TRATAMENTO.

Você pode até pegar a doença e se curar, mas e sua mãe? Sua avó? Seu tio? Não seja egoísta de pensar só no seu umbigo. Você tem certeza que se já se contaminou não pode contrair o vírus uma segunda vez? A LUTA NÃO ACABOU. Países já estão tendo novas ondas da doença, estados estão precisando voltar atrás em algumas medidas. Não queremos isso em Gostoso.

Vamos continuar batendo nesta tecla, sim. Vamos continuar a informar, sim. Mas você que está lendo este post: avise a sua mãe, avise seu pai, avise seu vizinho: A PANDEMIA NÃO ACABOU.

Nós continuamos de olho.