SÃO MIGUEL DO GOSTOSO PERDE EDIÇÃO 2018/2019 DO SEGURO SAFRA POR NÃO CUMPRIR PRAZOS

Município perdeu o prazo de vistoria para detecção da perca da safra e por isso agricultores não tiveram o benefício em 2019.

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

55602640_2035230043242881_7541251600069689344_n
Prefeito assina termo de adesão do Garantia Safra 2019/2020 (Foto: Facebook).

Na última quarta-feira (27) a Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso anunciou por meio das suas redes sociais que foi assinado o termo de adesão ao Programa Garantia Safra 2019/2020, junto ao Governo do Rio Grande do Norte na Coordenação da Agricultura Familiar.

Foi uma boa notícia, visto que por falta de cumprimento de prazos a edição 2018/2019 do programa não foi concedida ao município, enquanto Touros, João Câmara e Pureza conseguiram o benefício. O Contador entrou em contato com a Coordenadora Estadual do Programa Garantia Safra na Secretaria de Agricultura, da Pecuária e da Pesca-RN, Magnalda Fontoura, e ela explicou que o município de São Miguel do Gostoso não fez  o pedido da vistoria.

Segundo o site do programa, o benefício só é dado quando o município em que os aderidos ao programa moram, comprova a perda de, pelo menos, 50% do conjunto dessas produções, ou de outras a serem definidas pelo órgão gestor do Fundo Garantia-Safra, em razão de estiagem ou excesso hídrico.

“Após o plantio, o município tem até 60 dias para solicitar a vistoria e indicar o técnico vistoriador. Sempre oriento que o Conselho Municipal se reúna e discuta a situação de perdas da lavoura, ou por seca ou por enchente. O município de São Miguel do Gostoso  não fez essa solicitação”, declarou Magnalda ao Contador.

A coordenadora também forneceu o dado de que dos 55 municípios da Região Agreste, apenas 22 solicitaram a vistoria, com isso os demais, assim como Gostoso, perderam o prazo. Ela acredita que pelo inverno razoável que foi em 2018, muitos desses municípios podem não ter acreditado que haveria perca de lavoura.

Procuramos o Secretário de Agricultura de São Miguel do Gostoso, Lindemberg Gomes, para explicar porque o município não solicitou a vistoria, mas ele não atendeu nossos telefonemas, nem respondeu as mensagens enviadas pela nossa produção.

Nós continuamos de olho. Até qualquer hora!

FEMPTUR SE DESTACA COM SUCESSO E SÃO MIGUEL DO GOSTOSO CONQUISTA PRÊMIOS

Evento recebeu mais de 3 mil pessoas por dia e São Miguel do Gostoso levou título de Melhor Stand e de segundo Município Destaque de 2018.

POR G7 COMUNICAÇÃO
ADAPTAÇÃO AILTON RODRIGUES

55713657_2040931729339379_1301761869672873984_n
Gostoso recebe prêmio pela FEMPTUR 2019 (Foto: Facebook)

A capital potiguar foi sede do maior evento de turismo do Rio Grande do Norte no último final de semana (29 e 30 de março), no Centro de Convenções de Natal. O 10º Fórum de Turismo do RN e a 5ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN (Femptur) receberam uma média de 3 mil visitantes por dia, correspondendo as expectativas da organização, além de ter aumentado o número de expositores na edição.

São Miguel do Gostoso que esteve representado novamente no evento, faturou pela 5ª vez o prêmio de Melhor Stand. Além disso, o município também foi reconhecido como o segundo colocado no quesito destaque de 2018, ficando atrás apenas da capital, Natal. Houve até uma apresentação de um grupo de ballet da Assistência Social do município que foi bem vista pelos presentes.

5ª Femptur
FEMPTUR 2019 (Foto: Canindé Soares)

A circulação é reflexo do crescimento da atividade turística do estado e a aposta dos municípios nesse setor, considerada uma das que mais gera emprego rapidamente. Fato comprovado em pesquisa – realizada por alunos do curso Técnico em Evento, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) – de satisfação feita com os expositores, ao qual aponta que 93,8% classificou o evento como ótimo e bom. Desses, 81,3% tinham participado em anos anteriores e 18,8% estiveram com stands pela primeira vez, o que mostra fidelidade e aumento de interesse de novos investidores.

Quanto ao público, 95% avaliaram a Femptur como ótimo e bom. Sendo 48,1% de pessoas que já conheciam a feira e 51,9% estiveram pela primeira vez.

“Ficamos bastante satisfeitos com a renovação do público neste ano. O norte-riograndense está dando mais atenção ao turismo local, captando a ideia de fomentar a cultura das viagens internas e o propósito central de divulgar os atrativos turísticos e culturais dos nossos municípios”, aponta Gustavo Porpino, organizador do evento.

Abertura do 10º Fórum de Turismo do RN e da 5ª Femptur
Fórum da FEMPTUR 2019

Já no Fórum, temas importantes permearam os debates entre especialistas do setor. No painel de abertura, o presidente da Associação Brasileira de Empresas Aéreas (ABEAR), Eduardo Sanovicz, deu início a palestra sobre ‘Os gargalos da aviação comercial brasileira’, reconhecendo que no RN há, de fato, um problema e que objetiva melhorar a competitividade e ter tarifas mais viáveis. Enfatizou, também, a necessidade de dialogar com setores públicos e privados para começar a surgir soluções.

“Fomos muito felizes nas escolhas dos temas”, comenta satisfeito, o também organizador do evento, Antônio Roberto Rocha, e explica “Planejamos há alguns meses e não sabíamos que seria realizado em um período de maior crise da aviação comercial do RN. Trouxemos, justamente, o presidente da ABEAR. Um debate oportuno”, assinala. “Tivemos também a participação de Bruno Reis, gerente de Desenvolvimento do RIOgaleão, que mostrou como a concessionária  de um aeroporto pode ajudar na promoção de um destino turístico”. Antônio Rocha pontuou ainda a palestra do presidente da Unedestinos e do São Paulo Convention Bureau, Toni Sando, com dicas valiosas e motivadoras sobre licitações e gerenciamento de Centros de Convenções.

O evento correspondeu as expectativas de público e já se prepara para mais uma edição. Envolveu profissionais renomados, autoridades políticas do RN, empresários, estudantes e visitantes no geral para melhor debater e encontrar rotas para incrementar e desenvolver o turismo potiguar.

10º Fórum de Turismo do RN e 5ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN contaram com apoio da Prefeitura do Natal; Governo do Estado do Rio Grande do Norte, com recursos do Banco Mundial, através do Programa Governo Cidadão; SEBRAE-RN; Fecomércio-RN; Banco do Nordeste, DataShow; SERHS Natal Grand Hotel e InterTV.