SEMEC SACO DE PANCADAS, INTERNACIONAL GOLEADOR: OS NÚMEROS DA 1ª FASE DO MUNICIPAL

Competição chega ao final da primeira fase com destaque para o alto número de cartões da categoria titular e a péssima campanha do SEMEC.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

40940621_1762635097169045_3493863759657566208_n
Força Jovem e Internacional também se classificaram para as quartas de final.

A primeira fase do Campeonato Municipal chegou ao fim. Foram 22 partidas por categoria com destaque para as goleadas sofridas pelo SEMEC e a disputa intensa no grupo B que só teve a última vaga decidida no último jogo.

Contudo, as emoções foram até boas. A pausa dada para as eleições até desanimou um pouco, mas agora a partir do dia 10 começa uma nova fase de mata-mata com jogos exclusivos na sede onde apenas um avança e o outro fica pelo caminho. Em números gerais a categoria juvenil marcou 39 gols com destaque para Robson do Cruzeiro que fez 3 deles. Enquanto isso, os titulares balançaram as redes 52 vezes e teve como artilheiro o Marcos Antônio do Parma que fez 4 gols.

Vamos aos destaques:

SACO DE PANCADAS

Não bastou ser eliminado em ambas as categorias, o SEMEC conseguiu o feito de ser o clube com maior número de gols sofridos. No juvenil tomaram 6 gols, enquanto no titular foi nada menos que 14!

PAREDE RESISTENTE

41006953_1762634360502452_1507200252908666880_n
Clube do Parma, junto com Grêmio e São Caetano tiveram uma defesa sólida na primeira fase.

A categoria juvenil teve uma peculiaridade interessante: São Caetano, Grêmio e Parma não sofreram gols! Enquanto isso, o Cruzeiro só sofreu 1. Os quatro clubes vão para a segunda fase com essa estatística impressionante ao seu favor!

TITULARES “MAL EDUCADOS”

CARTÕES MUNICIPAL 1 FASE
Dados: Comissão Organizadora do Municipal.

A categoria titular teve mais cartões do que os juvenis, no contexto foram 87 cartões aplicados para os atletas, os garotos do juvenil receberam apenas 65. O Grêmio foi o clube mais indisciplinado entre os titulares: 11 cartões em 3 jogos. Pelo juvenil, o TEC teve 8 cartões e foram os mais “esquentados”.

QUEM SEGURA ESSE ATAQUE?

O Internacional fez nada mais, nada menos que 11 gols em 3 partidas da categoria titular, o que dá uma média de 3,4 gols por partida! O time é altamente perigoso e repetirá um duelo espetacular nas quartas de final contra o Força Jovem. Pelo juvenil o time mais perigoso ofensivamente é o Parma que marcou 7 gols em 3 jogos.

Agora é esperar pelas emoções das quartas de final e ver se esses números continuam sendo reflexo da postura dos clubes. Nós continuaremos de olho no Campeonato Municipal!

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).