GOSTOSO REALIZA A 6ª CONFERÊNCIA DAS CIDADES

A cidade de São Miguel do Gostoso realizou nessa terça (21) a etapa municipal da 6ª Conferencia das Cidades, reunindo cidadãos para discutir “a Cidade que Queremos”.

RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Dia de conferência é dia de trabalho. Para quem não conhece, o evento tem um ritual próprio, que se inicia com a abertura oficial – aquele clássico com a fala das autoridades – e em seguida a leitura – na integra – do regimento e sua aprovação pelos delegados – Sim, esse nome mesmo. São os cidadãos que terão direito a voz e voto. Na sequência temos as boas e velhas “palestras”.

abertura

A abertura foi dada pelo presidente do evento, o Secretário Municipal de Administração, Manuel Patrício de Assis, que convidou os gostosences a discutir “a Cidade que temos e a Cidade que queremos”. E os trabalhos foram iniciados pela conferencista Marina Lima que trouxe o tema dessa 6ª Conferencia das Cidade: “Função Social da Cidade e da Propriedade”, na sequência os representantes da UFRN, Altair Soares e Anna Emanuella, explanaram sobre o Plano Diretor Participativo de São Miguel do Gostoso, com uma ampla defesa da necessidade da participação popular na condução da política pública de desenvolvimento urbano, encerrando com o Engenheiro Fernando Castro que apresentou o tema “A Cidade que Temos”.

IMG-20160621-WA0000
Altair Soares e a Profª Anna Emanuella

Segundo Rubens Eduardo da comissão organizadora tivemos 51 delegados esse ano, menos que e 2013, quando tivemos 69, porém o delegados fizeram um excelente trabalho encerrando a conferência somente depois das 17h, com o mínimo de ausências, tivemos delegados comprometidos os trabalhos, afirmou.

“São Miguel do Gostoso é referência entre o municípios do Rio Grande do Norte. Além de possuir um Plano Diretor Participativo e um dos poucos Conselhos da Cidade do estado, participou de todas as seis conferencias, inclusive com uma representação na Conferência Nacional com o Sr. Ruy Mazurek” – Rubens Eduardo, membro da Comissão Organizadora.

morro
Encontro no Morro dos Martins – Eng. Fernando Castro (direita)
ANtonioC
Encontro no Assentamento Antônio Conselheiro (centro)

O momento sempre mais interessante são o dos grupos de trabalho, valorizado esse ano pelos encontros ocorridos nas localidades polo de Arizona, Antônio Conselheiro, Morro dos Martins e Baixinha dos Franças. Os encontros levaram o temário da 6ª Conferencia e colheram propostas das comunidade rurais e seus representantes, os encontros que foram conduzidos pelas conselheiras Maria Katiana e Maria Luziane Barbosa.

Ao final da apresentação dos grupos as principais propostas apontadas pelos delegados para conferência nacional foram (de forma reduzida):

  • Zoneamento (econômico, social e ambiental) do município;
  • Saneamento Básico;
  • Atualização dos estudos técnicos do Plano Diretor Participativo;

Não faltaram propostas de melhoria da qualidade de vida visando uma cidade mais justa e participativa. Da reestruturação de espaços púbicos como unidades de saúde, cemitérios, estradas, praças e quadras, até a instalação de novos equipamentos e políticas, como na área da inclusão digital e na agricultura. Os 51 delegados inscritos geraram mais de 25 propostas que atingem a esfera municipal, estadual e municipal, sendo na sua maioria propostas do âmbito municipal que serão aproveitadas na elaboração do Plano Plurianual (PPA) que ocorrerá em 2017.

gt4.jpg
Grupo de Trabalho: “A cidade que Queremos”.

As apresentações dos grupos de trabalho geraram momentos interessantes, com delegados exaltados na defesa de suas propostas, principalmente em questões polêmicas como a divisa de São Miguel do Gostoso e Touros, a coleta de lixo, e a sistemática do atendimento de saúde nas comunidades rurais.

“Embora o foco da Conferência das Cidades seja o planejamento urbano, é praticamente impossível conter a discussão de temas como saúde, educação, esporte, lazer, agricultura e segurança. É como se tivéssemos várias conferências ao mesmo tempo, o cidadão traz à pauta o que lhe preocupa.” – Ricardo André, membro do Conselho da Cidade.

Encerrando o dia foram indicados os representantes para a Conferencia Estadual, sendo apontados pelo poder público, Fernando Castro e Francisca Pinheiro, e pela sociedade civil, Maria Katiana (FOPP) e Maria Auxiliadora Ribeiro (CDHEC).

Ufa! Foi isso…

Pousada Gostoso Village banner

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.