Arquivo da tag: FliGostoso

SECRETÁRIA DE TURISMO COMENTA SOBRE SUCESSO DO FLIGOSTOSO: “O BALANÇO FOI POSITIVO”

Em depoimento ao Contador Janielle Linhares ainda comentou sobre o que ela espera da próxima edição, mas diante da corrida política que se aproxima ela comenta: “não posso afirmar”.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

_DSC4873
Cortejo do FliGostoso 2016 teve grupos culturais como o Boi de Reis.

A Secretária de Turismo de São Miguel do Gostoso fez um balanço sobre o Festivla Literário de Gostoso (FliGostoso) que aconteceu no último fim de semana no município e o resultado foi positivo na sua avaliação.

“O balanço foi positivo. Atingimos nossa meta que era atender o público infanto-juvenil e conseguimos ir até além com o envolvimento dos adultos nos três dias de evento. Pais e mães vieram com seus filhos e se encantaram com o que assistiram” – Disse Jane.

Questionada sobre uma próxima edição, Jane foi cautelosa e preferiu apenas sugerir mudanças admitindo não saber se estaria na próxima gestão:

“Se estivesse [na próxima gestão] iria buscar ampliar para o público adulto, para que assim pudéssemos trazer escritores, artistas e apresentações culturais voltadas para este público. Isso possibilitaria trazer mais turistas e movimentar a economia local”, declarou.

Mas foi evidente o sucesso do FliGostoso com a inserção de grandes atrações literárias o município viveu dias mágicos e brindado com o belíssimo cortejo de encerramento.

O Contador de Causos segue de olho. Até qualquer hora!!

FLIGOSTOSO: 3º DIA TEM PALESTRA A EDUCADORES E CORTEJO NAS RUAS DO MUNICÍPIO

POR AILTON RODRIGUES E AUXILIADORA RIBEIRO
FOTOS DE ARICLENES SILVA
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN.

_DSC5141
Cortejo do FliGostoso teve ponto de chegada no Centro de Cultura.

O FliGostoso chegou ao fim neste último sábado (30), foram mais de 50 horas de atrações para as crianças e adolescentes de São Miguel do Gostoso, além de uma parte da programação voltada aos educadores.

O evento cumpre seu papel de incentivar a leitura e promete voltar com um cardápio mais variado e abrangente no ano que vem.

Mas, enquanto o próximo FliGostoso não vem, confira os destaques deste terceiro dia de festival:

PALESTRA AOS EDUCADORES

_DSC4158
Palestra aos educadores com Cléo Busatto.

A autora Cléo Busatto de Santa Catarina, mostrou mais uma vez porque se tornou personagem principal desta edição do FliGostoso e conduziu a principal atividade matutina do evento que era a palestra com os educadores.

Durante três horas de exposição oral, declamação e debates a catarinense mostrou a importância da formação do professor enquanto incentivador e formador de novos leitores, mas que para isso seria necessário que este professor tenha a proatividade de ler por prazer.

Começando na vida literária desde os três anos e meio, Cléo abordou durante a palestra a história da literatura desde o século XIX até os dias atuais, classificando-a como a arte das palavras. Confira algumas citações:

“É impossível imaginar a uma criança quando lhe damos uma história (…) Uma boa história pode sensibilizar uma pessoa que pode vir a ser um leitor.” – Cléo Busatto.

ÚLTIMOS MOMENTOS

_DSC4750

Na tarde do sábado (30/04), já no finalzinho da programação houve o Cortejo FliGostoso, com saída da praça dos Anjos até o Centro de Cultura. Apesar de um chuva forte antes da saída do movimento, ela foi rápida e tudo aconteceu nos conformes. O cortejo teve participação da banda de música do Antônio Conselheiro, de algumas escolas, do Pastoril Cativantes do Tear, do Boi de Reis do Tear e do grupo de teatro Nóis na Rua.

A galera do Nóis na Rua contribuiu recitando poesias em uma parada estratégica, em frente à Igreja Matriz de São Miguel Arcanjo. Ao longo do percurso, notava-se a população saindo de suas casas para prestigiar o cortejo FliGostoso que movimentou o município. Como também, houve quem acompanhasse o cortejo até o seu destino final, principalmente crianças.  A chegada no Centro de Cultura foi bastante animada, onde o Nóis na Rua recitou mais poesias para fechar sua participação. Mas não termina por aí, os organizadores fizeram ciranda, e ainda o último assalta poético, escolhendo pessoas de surpresa para ir ao centro da roda recitar poesias.

Após o momento de poesias houve ainda uma palestra, e em seguida, para fechar com chave de ouro e festejar o 1º Festival Literário em São Miguel do Gostoso/RN a banda Rosa de Pedra de Natal comandou o momento com muito coco de roda e muita música nordestina. O público estava variado, mas em sua maioria adultos e adolescentes. E a prefeita Maria de Fátima também marcou presença no encerramento. Notava-se os organizadores muito feliz, curtindo a banda e já desarrumando o mundo literário que foi construído nesses três dias de FliGostoso, um mundo que mesmo não estando mais lá no Centro de Cultura ficou em cada pessoa que foi vivenciá-lo, ficou na memória do povo Gostosense.

Confira a galeria do terceiro dia:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Contador continua de olho.

FLIGOSTOSO: 2º DIA CONSAGRA EVENTO COM APRESENTAÇÕES MARCANTES

Segundo dia de FliGostoso tem autora “show-woman” e potiguar inspirado. Crianças dos distritos também comparecem.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN.

_DSC3413
Cléo Busatto: a autora fez sucesso no FliGostoso.

O Segundo dia do Festival Literário de Gostoso nesta sexta-feira (29) foi marcado pela interpretação da autora catarinense Cléo Busatto na narração das suas histórias. Com três performances durante todo o evento ficou evidente a paixão que ela sentia em estar declamando sua obra para os espectadores e isso foi cativante.

Entre oficinas, palestras e apresentações mais de 500 pessoas passaram pelo Centro de Cultura e entre eles professores de alguns distritos se mobilizaram para trazer seus alunos ao evento como foi o caso da Tabua.

O Contador preparou um resumo do que aconteceu, confira:

DE DIA…

_DSC3198
Espetáculo Cabe na Mala.

O espetáculo “Cabe na Mala” do grupo os Tapetes Contadores de Histórias do Rio de Janeiro abriu os trabalhos no segundo dia do FliGostoso e com muita criatividade e carisma contaram histórias com materiais diversos como tapetes, malas e aventais.

_DSC3698
Juliano Freire no FliGostoso.

A Oficina SESC Literatura trouxe o autor potiguar Juliano Freire que contou sobre sua história, destacando sua paixão pela literatura e enchendo de lições os corações das crianças e adolescentes que estavam assistindo. Todas as histórias dele tem como plano de fundo o Rio Grande do Norte,  sua obra que ainda está sendo criada se passa no seridó e recebeu o nome de “Gumercindo Mora no Castelo”.

Algumas das suas citações foram marcantes:

“Ninguém escreve bem se não for leitor. A escrita é alimentada pela leitura” – Juliano Freire.

“A criatividade é como um cavalo livre que passa na frente da gente, devemos pegá-lo e domá-lo” – Juliano Freire.

Para fechar a programação diurna com chave de ouro, a autora Cléo Busatto de Santa Catarina, que já tem mais de 20 obras publicadas, narrou de um de seus livros de forma intrigante e fascinante. A história contada na obra “Paiquerês: O Paraíso dos Caigangues” forneceu a todos uma verdadeira viagem. Confira um trecho:

DE NOITE…

Vai - Emanuel
Emanuel Neri e seu livro “Cabeças do Vento”.

Duas palestras foram programadas para noite, a primeira teve o jornalista Emanuel Neri falando do seu livro “Cabeças do Vento” que conta histórias de São Miguel do Gostoso pela ótica de relatos da sua família.

Na segunda, mais uma vez Cléo Busatto narrou uma obra para os ouvintes. Desta vez “A Fofa do Terceiro Andar” mostrou o tema do bullying na visão de Ana uma criança alegre, saudável e… fofa. Ao final, além de causar vários questionamentos, Cléo foi bastante aplaudida.

Confira as imagens de Ariclenes Silva sobre o segundo dia do FliGostoso:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Contador continua de olho no que acontece no FliGostoso. Até qualquer hora!

GALERIA DO CONTADOR: CONFIRA O 1º DIA DO FLIGOSTOSO

O Contador de Causos preparou uma galeria especial para você ver o que aconteceu no primeiro dia do Festival Literário.

POR AILTON RODRIGUES
FOTOS ARICLENES SILVA
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN.

O Festival Literário de Gostoso (FliGostoso) começou nesta última quinta-feira (28) e o Contador de Causos resolveu mostrar para você o que de mais relevante aconteceu por meio de imagens registradas por Ariclenes Silva.

O dia teve mais de 12 eventos com participação de várias crianças e adolescentes do município, foram cerca de 500 visitantes! Confira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nós continuamos de olho na FliGostoso. Até qualquer hora!

PROGRAMAÇÃO DO FLIGOSTOSO É DIVULGADA

Festival Literário acontece de 28 a 30 de abril na cidade de São Miguel do Gostoso.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

fligostoso3

Com uma extensa programação que envolve contação de histórias, oficinas e palestras, manifestações artísticas, dentre outras atrações o Festival Literário de Gostoso (FliGostoso) teve todo o seu cronograma divulgado pelo SESC.

Serão dois pavilhões mais o auditório do Centro de Cultura que vão abrigar todos os eventos programados, serão mais de 50 horas de festival dos dias 28 a 30 de abril. Confira a programação completa clicando na imagem abaixo:

O Contador vai acompanhar mais este evento. Até qualquer hora!

FESTIVAL LITERÁRIO, REVEILLON VIP E FEST BOSSA & JAZZ 2016

Reunião realizada na última quarta-feira no Centro de Cultura abordou todos esses temas, trazendo algumas discussões importantes.

POR AUXILIADORA RIBEIRO E “ZUNO” RIBEIRO
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Na última quarta-feira (06/04) foi realizado pela AeGostoso uma reunião no Centro de Cultura para tratar de eventos que virão acontecer no município, alguns bem próximos e outros visando o final de ano na cidade.

FliGostoso
Foto: Janielle Linhares

FLI Gostoso – Encantando a comunidade

A noite começou com as representantes do SESC apresentando a instituição e seu projeto de realizar o 1º Festival Literário de São Miguel do Gostoso, que diferente dos outros festivais que ocorrem em nosso estado, terá um foco no público infanto-juvenil. O evento ocorrerá de 28 a 30 deste mês, no Centro de Cultura.

 Após a apresentação da instituição, Carol, responsável pela organização do evento apresentou a proposta completa, incluindo a programação e os custos envolvidos na realização. A proposta é realizar atividades durante todos os três dias de evento, de forma que os estudantes do município sejam incluídos nas atividades. A ideia é que durante o dia sejam realizadas as mesmas atividades para os alunos dos turnos matutino e vespertino, e a noite promover atividades voltadas para todo o público da cidade.

O evento contará com a participação de vários escritores e artistas do país, onde haverão discussões com os mesmos sobre suas obras e motivações para escrever para o público infanto-juvenil. Intervenções poéticas acontecerão durante o evento, apresentações culturais e no último dia 30/04 será realizado um cortejo na cidade com a participação dos grupos culturais locais, presidido pelo grupo Rosa de Pedra que encerrará o evento com um show.

As representantes do Sesc deixaram claro que o objetivo é provocar um encantamento em toda a comunidade nesses três dias de evento. Que a comunidade possa se envolver, participar e respirar cultura e que os grupos locais se envolvam.

A proposta é sólida e muito interessante. Realmente um evento que devemos abraçar!

Réveillon VIP – Agitando os nervos

A reunião seguiu com a Secretária de Turismo do município, Janielle Linhares (Jane), explicando que desde o final do ano passado alguns empresários demonstraram interesse em realizar festas de réveillon privadas na cidade devido ao seu atual foco na mídia, sem excluir a festa de réveillon que é realizada tradicionalmente na Praia da Xêpa. A secretária apresentou a proposta da empresa Mates Entretenimento, que pretende realizar 4 dias de festa, visando um público de 1.200 pessoas das classes A e A+ nos 4 dias de vento.  De acordo com Jane membros da empresa estiveram no município e acabaram escolhendo a Praia do Santo Cristo como lugar ideal para realizar as festas.

Jane relatou que quando procurada indagou: “Por que Gostoso?” e a resposta foi: “Porque Gostoso é a menina dos olhos de ouro.”

Em seguida, o vereador e presidente da Câmara dos Vereadores de São Miguel do Gostoso, “Beto de Agostinho”, deu continuidade ao assunto, falando que ele foi procurado por um empresário renomado do estado, Júnior Fofão, para estudar a possibilidade de realizar uma festa de réveillon no município. O público esperado  é semelhante a proposta da Mates, mas o evento não seria realizado nas praias, e sim em terrenos (provavelmente privados) devido a dificuldade de ornamentação.

Pessoas presentes na reunião começaram a questionar o vereador e a secretária, perguntando quais seriam os benefícios de realizar eventos assim num período em que todas as pousadas estão lotadas, sem contar que devido ao público das classes A e A+ focado pelos empresários, uma parte das pousadas da cidade não seria adequada para acomodação dos visitantes.  Outro questionamento por parte dos donos de pousadas foi a possibilidade de realizar esses eventos em uma época de pouca movimentação turística.

Quando questionados se a vinda desses eventos causaria algum tipo de reação negativa por parte da população, como aconteceu com o Fest Bossa & Jazz ano passado, em que os ambulantes ficaram afastados do evento, o vereador Beto citou que os pacotes desses eventos custam em torno de R$ 15.000,00 por pessoa, ou seja, ele estava fora e a secretária complementou dizendo que “É uma festa pra quem puder comprar.”

Um comentário de um dos presentes é bem interessante:

Essa empresa que vai ganhar, que vai ser escolhida pela população, todo mundo aqui, que vem pra cá, que vai trazer entre 700 a 1.200 pessoas como foi dito aqui hoje, que chega na casa de 70% até 100% dos leitos formais, simplesmente vai substituir esse público que Gostoso já tem? Como é que fica? Mais outra questão, foi o que eu ouvi vocês falarem, eles querem Gostoso porque está na mídia, isso tem um prazo, certo? Eles já vêm migrado de outros lugares para cá porque o lugar estava em evidência, aconteceu, e chegou um ponto que não deu mais. Como a gente vai ficar daqui a cinco anos?

A principal questão girou em torno de hospedagem, de estrutura para sediar um evento assim e de possíveis consequências pós realização. A discussão só se encerrou quando João Roberto, presidente da AeGostoso explicitou que muitos dos questionamentos só poderiam ser respondidos pelos próprios empresários, e naquele momento só haviam oito representantes presentes. Portanto, o mais adequado seria encerrar a pauta.

Mas, a secretária Jane ainda relatou: “Enquanto a gente não definir junto o perfil do nosso turista, fica difícil para mim ir atrás de eventos para São Miguel do Gostoso. As pessoas perguntam, qual é o público de vocês, a claro, o esporte, é o Kit surf, tal, mas gente, o problema é que o que nós vendemos de São Miguel do Gostoso não atende só mais a isso. Eu acho esse momento bacana, eu acho que deve ser assim, diferentemente de outros lugares, como eles (os empresários) perguntaram, mas por que vocês tem que consultar? Porque nós somos diferentes, é por isso que Gostoso é como é, a gente tem que consultar porque o evento é da cidade, vai atingir todo mundo. Então se todo mundo não tiver aceitando o evento a gente precisa conversar, com calma, sem os nervos se agitando.”

Ela completou dizendo que haveria uma reunião hoje (08/04) às 14h, no Centro de Cultura, que contaria com a presença dos empresários. A secretária Jane encerrou essa parte da reunião dizendo que uma terceira empresa havia entrado em contato também interessada no Réveillon da cidade, e que eles também estariam presentes na reunião de hoje.

É importante saber, que essa é uma pauta complexa e não pode, não deve de forma alguma ser tratada superficialmente, visando apenas alguns pontos. O potencial turístico de Gostoso é ótimo, mas se mal administrado pode gerar grandes consequências negativas. O ideal é isso mesmo, consultar os empresários locais, a população, e analisar com calma ponto a ponto.

 Fest Bossa & Jazz 2016 – Corrigindo o que passou

A pauta surgiu a partir do questionamento se os ambulantes nesse Réveillon Vip, assim como no Fest Bossa & Jazz seriam prejudicados. E Jane prontamente declarou que esse problema já foi corrigido e o festival vaio acontecer novamente esse ano em Gostoso e já será em Maio.

Jane explica:

“A Jussara Figueiredo ela é uma empresa que recebe recurso Público Federal, empresas apoiadoras, mas ela tem também como apoio a AMBEV por exemplo, como no ano passado. E o lucro da empresa ela tirava do bar, por isso, a restrição da entrada dos ambulantes. O bar de São Miguel do Gostoso não deu um bom lucro, e quem pagou o bar de Gostoso foi o bar de Pipa. E eu levei para ela que a população de Gostoso é diferente de Pipa, que nós queremos os nossos ambulantes. Nossos, que fique bem claro, porque no carnaval aparecem 40 aí e não é de Gostoso.  Então os ambulantes que forem cadastrados e que forem de São Miguel do Gostoso terão a sua tenda padronizada e um local bem direitinho, pois está se formando a planta. Teremos o espaço Kids que será na quadra de esportes.  Então ficou assim.”

A programação ainda não está disponível, mas a secretária relatou que em breve terão acesso para que se inicie a divulgação, visto que, o evento já ocorrerá agora no último fim de semana do mês de maio, que promete ser um mês bem movimentado!

O Contador está sempre de olho nas novidades e pautas importantes. Até mais!