PROFESSSORES DE SÃO MIGUEL DO GOSTOSO AGUARDAM ADEQUAÇÃO DAS ESCOLAS PARA INICIOS DAS AULAS

Professores aprovam retorno presencial de forma hibrida, com dias alternados para os alunos, desde que município cumpra com promessas de adequação das escolas e materiais de proteção para professores e alunos.

Por Assessoria de Comunicação SINTE/RN – Núcleo de São Miguel do Gostoso

Na última terça-feira (09) o SINTE/RN – Núcleo de São Miguel do Gostoso, reuniu professores para discutir uma ampla pauta, com destaque para o retorno das aulas presenciais, e o pleito do pagamento dos 45 dias de férias.
A diretoria do SINTE aplicou uma pesquisa de forma presencial e on-line questionando aos profissionais da educação como deveria ser o retorno das aulas em 2021, onde 28% dos servidores optaram pelo o retorno das aulas remotas e 72% pelo retorno presencial, com materiais de proteção para alunos e professores.

No dia 21/01/2021 o Conselho Municipal de Educação aprovou a Plano de Retoma e calendário Letivo 2020/2021 apresentado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, para retorno das aulas de forma presencial, incluindo uma série de adequações nas escolas e distribuição de quites de proteção para professores e alunos.
Os servidores relataram que os materiais de proteção prometidos ainda não haviam chegado nas escolas e outras ainda estavam em reformas, em outras escolas nenhuma ação ainda havia sido tomada. Os professores fizeram depoimentos sobre o fracasso das aulas remotas com uma participação baixíssima dos alunos.
Com relação ao pleito do pagamento dos 45 dias de férias aos professores, o direito aos 45 dias de férias esta previsto na Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) alterado em 2016 mas que não vem sendo aplicado no contracheque dos servidores. O SINTE já protocolou o pedido de pagamento dos 15 dias remanescentes e articula audiência com o Prefeito de São Miguel do Gostoso.

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)