SÃO MIGUEL DO GOSTOSO É DESTAQUE NO FANTÁSTICO POR FESTAS DE RÉVEILLON EM MEIO A PANDEMIA

Reportagem destacou no estado do RN que São Miguel do Gostoso e Pipa autorizaram eventos que podem acarretar em alta incidência de contaminação da Covid-19.

POR RICARDO ANDRÉ

Festa de réveillon em Gostoso foi destaque no Fantástico (Foto: reprodução G1).

O programa Fantástico da Rede Globo de televisão destacou São Miguel do Gostoso em uma reportagem na noite deste domingo (03) sobre as festas de réveillon que foram liberadas pelos governos municipais durante a pandemia.

A reportagem de 11 minutos e 17 segundos abordou grandes festas de réveillon pelo país e ouviu especialistas como Miguel Nicolelis, neurocientista e coordenador do Comitê Científico do Consórcio Nordeste e Natalia Pasternak, microbiologista e presidente do Instituto Questão de Ciência.

Durante a citação de São Miguel do Gostoso foi destacado que foram vendidos mais de 2 mil ingressos e que um dos pré-requisitos para a participação do evento eram exames negativos de Covid-19, além da utilização de máscaras. Os especialistas afirmaram que nenhum dos testes solicitados podem ser usados como “passaporte de imunidade”.

A organização do Réveillon do Gostoso soltou uma nota para o programa alegando que vendeu 30% a menos de ingressos em relação a 2019 para garantir segurança e que o evento seria ao ar livre, a Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso não declarou ao Fantástico porque quis liberar as festas.

REPERCUSSÃO EM OUTRAS MÍDIAS

No Twitter o nome da cidade também foi destaque no início da manhã do dia 31 de dezembro quando um vídeo de centenas de pessoas dançando e cantando a música Dogs day are over da banda Florence And The Machine foi divulgado pelo perfil Brazil CovidFest.

O post foi destacado também pelo blogueiro Hugo Gloss que mencionou o trabalho da página em falar sobre grandes aglomerações pelo país. Gostoso também gerou comentários de alguns famosos como, por exemplo, o apresentador da Record TV Marcos Mion, a colunista do Jornal O Globo Marina Gonçalves e o cantor da banda CPM 22, Fernando Badaui.

Um link ao vivo foi produzido pela CNN Brasil e foi veiculado na TV destacando que as festas na cidade foram liberadas por decreto municipal e dando ênfase aos protocolos que foram alegados pela organização do evento.

O jornal Estadão também fez uma reportagem ilustrando que as cidades travaram uma briga judicial para que o evento acontecesse. No caso de Gostoso, a juíza da comarca de Touros liberou o evento após o Ministério Público solicitar o cancelamento.

Fontes utilizadas:

https://g1.globo.com/fantastico/noticia/2021/01/03/festas-na-pandemia-especialistas-alertam-sobre-os-efeitos-das-aglomeracoes-do-fim-do-ano.ghtml

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)

Os comentários estão encerrados.