INFORMAÇÕES CONFUSAS PREJUDICAM QUADRILHAS GOSTOSENSES; DISTRITOS SOFRERAM MAIS

São João da Praia da Xêpa mostra que importância da cultura ficou só no discurso. Distritos foram os mais prejudicados com o desencontros de informações

POR RICARDO ANDRÉ
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO

quadrilha 09
Quadrilhas na Praia da Xêpa (Foto: Ariclenes Silva).

O Festival de quadrilhas ou São João da Praia da Xêpa que aconteceu no último dia 22, divergências sobre sua execução com um discurso truncado da Secretaria de Turismo e Comunicação teve seu inicio tumultuado ainda em maio quando o Secretário de Educação e Cultura, Nivaldo Batista, reuniu diretores e coordenadores para discutir sobre o evento.

Na ocasião, segundo relato de diretores presentes na reunião, o secretário haveria prometido investimentos principalmente em figurino para as escolas municipais, em contra partida as escolas participariam do São João da Praia da Xêpa como forma de reposição de dias letivos. Imediatamente começou a mobilização para formação das quadrilhas juninas, mas pouco dias depois a Secretaria de Educação e Cultura voltou atrás, comunicando através do Whatsapp que cada escola executasse suas atividades juninas com seu próprios recursos, e acabaria isolando as escolas rurais em suas próprias comunidades.

Como saldo de tudo isso no dia 22, tivemos duas quadrilhas de Touros, a quadrilha dos idosos, uma quadrilha da Escola Estadual Olímpia Teixeira, um quadrilha infantil da Assistência Social e finalmente apenas uma quadrilha das escolas municipais: a da Escola Ana Ribeiro. Cabe lembrar que esta última foi financiada por pais, alunos e professores.

As escolas da zona rural que ficaram “livres” para participar acabaram não participando, segundo análise de membros do governo. A importância da cultura popular ficou só no velho discurso político, enquanto a Secretaria de Educação e Cultura, deixou novamente o financiamento da cultura por conta do bolso de pais, alunos e professores.

O São João da Praia da Xêpa ficou à quem do que se esperava, sob muito atraso e na sombra do evento das obras de saneamento, começou por volta das 20h e não contou na sua abertura com as autoridades do município, que estavam recepcionando o Governador Robinson Farias.

AS IMAGENS VALEM POR 1000 PALAVRAS

Apesar dos pesares, nosso Ariclenes Silva visitou as belíssimas quadrilhas juninas que se apresentaram na Praia da Xêpa e registrou imagens maravilhosas, veja nossa galeria:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Contador continua de olho!

Autor: Ricardo André

Professor de Matemática, produtor cultural e tesoureiro do Espaço TEAR (CDHEC)