#ContadorNoOscar: BIRDMAN É O GRANDE VENCEDOR DA NOITE DE GALA DO OSCAR 2015

Grande Hotel Budapeste leva quatro estatuetas junto com Birdman, porém em categorias mais técnicas. Além disso, Lady Gaga brilha com grande performance.

POR AILTON RODRIGUES

ANT. CONSELHEIRO, S.M DO GOSTOSO

Birdman foi o maior vencedor da noite.
Birdman foi o maior vencedor da noite.

A noite da maior festa do cinema mundial, o Oscar, foi realizada neste domingo (22) no Teatro Dolby em Hollywood. Apesar de não ter muitas surpresas a cerimônia teve como os mais premiados as obras que haviam sido mais indicadas: “Birdman” e “Grande Hotel Budapeste” que das nove indicações que receberam levaram quatro estatuetas cada.

O grande detalhe é que “Birdman” se sobressaiu levando três dos prêmios mais cobiçados (Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Roteiro Original) e um técnico (Melhor Fotografia); “Grande Hotel Budapeste” só levou prêmios técnicos (Melhor Design de Produção, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Melhor Trilha Sonora), enquanto o azarão na noite foi “Boyhood” que apenas levou uma estatueta (Melhor Atriz Coadjuvante) das seis indicações que teve.

FILMES

ESTATUETAS
Birdman

Grande Hotel Budapeste

Whiplash

Boyhood

A Teoria de Tudo

Selma

Sniper Americano

O Jogo da Imitação

Foxcatcher

4

4

3

1

1

1

1

1

0

Mas vejamos como foi a cerimônia que teve muitos destaques:

SURPRESAS E CURIOSIDADES

Alejandro G. Iñarritu levou três estatuetas para casa.
Alejandro G. Iñarritu levou três estatuetas para casa.

Aconteceram poucas surpresas, inclusive foram até mais curiosidades do que surpresas, pois demonstrou algumas mudanças de postura da Academia. Começamos pelos prêmios mais técnicos e vamos aos mais esperados.

DUAS CHANCES – Na categoria Trilha Sonora, Alexandre Desplat levou o prêmio com “Grande Hotel Budapeste”, mas ele também poderia ter ganho com “O Jogo da Imitação” já que ele também havia feito a trilha deste filme e também havia sido indicado.

A PRIMEIRA VEZ – Em montagem o destaque foi que Tom Cross levou a estatueta com “Whiplash” sendo o único estreante dos cinco indicados.

DE NOVO? – Emmanuel Lebenski ganhou e prêmio de fotografia com “Birdman”, mas o curioso foi que ele leva a categoria pela segunda vez seguida, ano passado Lebenski venceu com “Gravidade”.

MANTEVE A TRADIÇÃO – Em animação o grande vencedor foi “Big Hero 6”, mas o favorito era “Como Treinar o Seu Dragão 2”. Pode ou não ser o fato decisivo da escolha, mas a academia só havia premiado continuações de filme apenas uma vez nestes 87 anos de Oscar e foi com “Harry Potter 3”.

“ARRIBA MÉXICO!” – Uma das grandes surpresas foi Alejandro G. Iñarritu ter vencido como diretor, ano passado outro mexicano havia levado o título (Alfonso Cúaron) e a academia poderia se considerar repetitiva e não dar a estatueta a ele. Iñarritu não só levou essa como recebeu outra, a de roteiro original.

ZERO PARA O BRASIL – Não teve prêmio para obras com toques brasileiros, a esperança de 2015 era o documentário “O Sal da Terra” que contava a vida do fotógrafo Sebastião Salgado, quem levou foi o polonês “Ida”. Outra chance era em efeitos especiais onde tinha um brasileiro na equipe que montou os macacos do favorito filme “Planeta dos Macacos – O Confronto”, mas o vencedor acabou sendo “Interestelar”.

NÃO ESTAVA NO SCRIPT – O roteiro adaptado mais comentado nos bastidores para ganhar a estatueta era “A Teoria de Tudo”, mas “O Jogo da Imitação” acabou levando e causou surpresa em todos os presentes.

AZARÃO – O melhor filme de 2015 acabou sendo “Birdman”, mas essa era uma das únicas categorias que aparentemente já havia vencedor, que seria “Boyhood”, porém o filme não só perdeu como também só levou uma estatueta.

AS EMOÇÕES

Lady Gaga tem performance magistral no Oscar.
Lady Gaga tem performance magistral no Oscar.

As grandes performances da noite foram espetaculares, começando pela interpretação de Jhon Stephens na música Glory do filme “Selma” que inclusive venceu a categoria de canção original. Ainda houve as interpretações de Rita Ora e Adam Levine, por exemplo.

Um dos momentos mais emocionantes de todas as edições do Oscar sempre foi o In Memorian que homenageia os artistas e personalidades que nos deixaram no ano anterior e desta vez quem fez a introdução foi a recordista de indicações, Meryl Streep. Foi lembrado gênios como o escritor Gabriel Garcia Marques e Robin Willians e na sequência houve uma apresentação de Jennifer Hudson.

A surpresa mais agradável da cerimônia foi o também já tradicional tributo as obras antigas e desta vez os aplausos foi para os 50 anos do musical “A Noviça Rebelde”. Com direito a Lady Gaga se consagrar cantando “My Favorite Things”, “The Hills Are Alive” e “Climb Every Mountain”. Músicas que fazem parte da trilha sonora da obra.

Confira a performance de Lady Gaga clicando aqui.

A surpresa foi Julie Andrews, que interpretou a noviça, entrar no palco e dar um grande abraço em Gaga fazendo-a chorar. Julie hoje tem 79 anos e na época presenciou os cinco oscars de “A Noviça Rebelde”.

Eddie Redmayne ganha Oscar.
Eddie Redmayne ganha Oscar.

Os atores Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo) e Patrícia Arquette (Boyhood) se emocionaram ganhando a estatueta, inclusive Patrícia incendiou o palco ao fazer seu discurso dedicado a igualdade dos direitos entre homens e mulheres.

Confira agora a lista com todos os vencedores da 87ª edição do Oscar:

FILME: Birdman.

DIREÇÃO: Alejandro Gonzalez Iñarritu (Birdman).

ATOR: Eddie Redmayne (A Teoria de Tudo).

ATRIZ: Julianne Moore (Para Sempre Alice).

ATOR COADJUVANTE: J.K. Simmons (Whiplash).

ATRIZ COADJUVANTE: Patrícia Arquette (Boyhood).

ROTEIRO ORIGINAL: Birdman

ROTEIRO ADAPTADO: O Jogo da Imitação.

DESIGN DE PRODUÇÃO: O Grande Hotel Budapeste.

MONTAGEM: Whiplash.

FOTOGRAFIA: Birdman.

FIGURINO: O Grande Hotel Budapeste.

MAQUIAGEM: O Grande Hotel Budapeste.

MIXAGEM DE SOM: Whiplash.

EDIÇÃO DE SOM: Sniper Americano.

EFEITOS ESPECIAIS: Interestelar.

FILME ESTRANGEIRO: Ida (Polônia).

CANÇÃO ORIGINAL: Glory (Selma).

TRILHA SONORA: O Grande Hotel Budapeste.

ANIMAÇÃO: Big Hero 6.

DOCUMENTÁRIO DE LONGA-METRAGEM: Citizenfour.

DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM: Crisis Hotline: Veterans Press 1

CURTA DE ANIMAÇÃO: Feast.

CURTA-METRAGEM: The Phone Call.

O Contador de Causos encerra mais uma cobertura de outro grande evento. Estaremos juntos no ano que vem.

Até a próxima!