Arquivo da tag: Jornalismo

EQUIPE DO PROFISSÃO REPÓRTER DA TV GLOBO QUER DESCOBRIR TALENTOS GOSTOSENSES: VEJA COMO VAI SER

Equipe do Globo Lab do Profissão Repórter chega a São Miguel do Gostoso em busca de talentos do jornalismo e audiovisual gostosense. Inscrições para a palestra ainda estão abertas.

POR AILTON RODRIGUES
NATAL/RN

glab-unifor
Oficina do Globo Lab em 2018 teve mais de 2500 jovens de 11 cidades de todo o país (Foto: Rede Globo).

Na próxima segunda-feira (11) a equipe da TV Globo estará em São Miguel do Gostoso realizando a 3ª edição do Globo Lab Profissão Repórter que nada mais é do que uma iniciativa para fortalecer o relacionamento com jovens interessados em Jornalismo e Audiovisual e fomentar a inovação de temáticas, linguagens e narrativas.

No mês de março, uma equipe do Profissão Repórter viaja pelo país fazendo uma palestra para estudantes universitários e jovens integrantes de coletivos. Quem participa da palestra pode inscrever uma reportagem audiovisual no Globo Lab.

Ao final, dez reportagens são selecionadas e seus autores passam uma semana em imersão na redação do programa em São Paulo, reeditando o material com a mentoria de Caco Barcellos e equipe. As matérias são publicadas no site do Profissão Repórter.

A ação tem a articulação da HECO Produções e do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC).

SERVIÇO

WhatsApp Image 2019-03-07 at 19.14.25

O QUÊ?
Oficina Globo Lab Profissão Repórter

QUANDO?
11/03/2019 às 10h

ONDE? 
Centro de Cultura de São Miguel do Gostoso

Nós continuamos de olho. Participe! Até qualquer hora!

SINDICATO DOS JORNALISTAS DO RN EMITE NOTA

NOTA

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte reprova veementemente a declaração dada nesta terça-feira (8) pelo Governador Robinson Faria de que o trabalho da imprensa potiguar é um dos responsáveis pela sensação de insegurança nos cidadãos potiguares. A declaração do governador desrespeita toda a classe jornalística, além de querer mascarar uma realidade vista nas ruas do Estado e confirmada através de dados de pesquisas e instituições como o Atlas da Violência e o Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO).

Num estado onde o número de assassinatos já se aproxima dos 1.500 só em 2017 e que facções impõem medo em diversas partes do Estado, não cabe à imprensa resolver este problema. Isto deve ser uma postura de Governo. À imprensa cabe noticiar os fatos e não omitir informações e dados públicos à sociedade, e é o que colegas jornalistas têm feito todos os dias.

Minutos após a equivocada declaração do Governador a uma emissora de rádio de Natal, um tio da primeira dama, Julianne Faria, foi baleado durante o enésimo assalto a uma farmácia da capital potiguar. Precisa dizer algo mais?

Reforçamos nosso apoio aos colegas jornalistas em seu trabalho vital para a sociedade potiguar, e nos solidarizamos com as milhares famílias e vítimas de violência no Rio Grande do Norte.