Covid-19: Com 20 dias, janeiro já é o pior mês da pandemia em São Miguel do Gostoso

Segundo análise dos boletins epidemiológicos divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, janeiro já registra 190 casos confirmados e 329 notificações.

Por Ailton Rodrigues

O Contador analisou os 213 boletins epidemiológicos divulgados até o momento pela Secretaria Municipal de Saúde e constatou que janeiro já é o pior mês da pandemia em São Miguel do Gostoso no que se refere a contaminação, com apenas 20 dias já foram registrados 190 casos confirmados e 329 notificações relacionadas a Covid-19.

Com esses números, janeiro assumiu o posto que era de junho de 2021 onde foram registrados 571 notificações e 181 casos confirmados. Todavia o mês mais mortal da doença no município foi julho de 2020 onde 6 pessoas perderam a vida, até hoje foram 17 ao todo com o último óbito datado em 3 de junho de 2021.

O boletim completo divulgado nesta quinta-feira (20) tem o município com 3.045 notificações desde o início da pandemia. 1.014 casos confirmados, 2.029 casos descartados e 02 casos suspeitos. Dentre os confirmados, 835 estão recuperados e 162 ainda estão em tratamento. Há pessoas isoladas em 35 ruas da Sede e 7 distritos (Antônio Conselheiro, Arizona, Reduto, Morros dos Martins, Mundo Novo, Baixio e Arizona).

A Prefeitura anunciou até o momento duas medidas para combater o avanço da doença na cidade, a primeira foi o cancelamento do Carnaval Público de 2022, porém ainda permitiu brecha para eventos de caráter privado.

Já a segunda dessas medidas foi a limitação de horários para eventos festivos (shows musicais e similares) que devem ser encerrados à 0h. Excepcionalmente, em casos de festas de natureza religiosa (Padroeiro e outras similares) cujo encerramento deverá ocorrer até às 03h.

Um Dia D de testagem também foi marcado para a próxima sexta-feira, dia 21, para que pessoas com sintomas gripais possam se precaverem e as primeiras vacinas pediátricas começaram a ser aplicadas nesta quinta-feira para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades.

Nós continuamos de olho.

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Formado em Pedagogia (UFRN).