INTER GOLEIA E ASSUME PONTA DO GRUPO NA ÚLTIMA RODADA, PORTO SOFRE MAS MANTÊM 100%

Chelsea confirma sua passagem deprimente provocando mais um W.O. , Vitória aproveita fragilidade das Guerreiras e vencem com tranquilidade.

POR AILTON RODRIGUES

Porto e Uz Imbatíveis foi o jogo mais elétrico da manhã.

A fase de grupos da Copa do Sítio está chegando ao fim. Neste domingo (03) os duelos entre Cruzeiro x Internacional e Red Bull x Chelsea fecharam o grupo A, assim como a partida atrasada entre Porto x Uz Imbatíveis deu os contornos para a conclusão do grupo B que será no próximo domingo, dia 10.

Mas diante disso, os confrontos foram emocionantes. O Internacional com show particular de Felipe Mateus goleou o Cruzeiro por 5 a 2 e ficou com o primeiro lugar do grupo, já o Chelsea eliminado provou mais uma vez sua falta de ética e provocou o seu segundo W.O. A partida atrasada pela 4ª rodada do Grupo B foi frenética, mas o Porto permaneceu com seu 100% de aproveitamento e venceu Uz Imbatíveis por 4 a 3.

Red Bull venceu após W.O da equipe do Chelsea.

Veja nosso resuminho da rodada:

VITÓRIA 2 x 0 GUERREIRAS

Gols: Maria Alice e Rosangela.

Vitória venceu com tranquilidade as Guerreiras

O Vitória estava ameaçado pelo Corinthians e beirava o 4º lugar do G4. Aproveitou a baixa das Guerreiras que trouxeram poucas atletas para campo e fizeram o dever de casa, Maria Alice aproveitou cruzamento feito por Rosangela e abriu o marcador. Na segunda etapa, a própria Rosangela aproveitou cruzamento e cabeceou para o fundo das redes.

Destaque das Guerreiras para a excelente atleta Vaqueirinha que fez de tudo um pouco no duelo e mesmo com sua equipe perdendo foi a melhor em campo.

INTERNACIONAL 5 x 2 CRUZEIRO

Gols: INT – Felipe Mateus (2x), Geilson (2x), Zinho / CRU – Andinho e Zé Carlos.

Internacional e Cruzeiro disputaram o primeiro lugar do grupo A

O embate valeria o primeiro lugar do grupo e deixava o segundo colocado na expectativa do que aconteceria no grupo B, pois o melhor segundo também vai para o sorteio das quartas de final no Pote 01. Talvez por essas razões foi que o duelo começou elétrico: Zé Carlos aproveitou uma saída de bola equivocada do goleiro Mirandir Gordão e abriu o marcador.

Pausa agora para os gols de Felipe Mateus, no primeiro ele chutou forte a meia altura e no segundo aproveitou um cruzamento e, sem ângulo, próximo a linha de fundo conseguiu colocar a bola pro fundo das redes. 2 a 1, virada colorada.

No segundo tempo, Andinho cobrou uma falta com maestria. A bola bateu na junção da trave com o travessão e empatou a partida. Coube a Geilson do Inter mostrar seu repertório em jogadas de contra ataque: dois chutes fortes na entrada da área colocaram o Internacional em vantagem. Zinho deu números finais ao placar, após cobrança de falta ensaiada. 5 a 2 para o Internacional, mas ambos ficaram felizes no fim já que estão juntos no Pote 01.

UZ IMBATÍVEIS 3 x 4 PORTO

Gols: IMB – Juninho, Wanderson Eré, Vanderley / POR – Evandro, Dinho (2x), Fernandinho.

Detalhe da comemoração após o golaço de Juninho, veja a posição de onde ele finalizou.

O melhor jogo da manhã foi justamente o que deveria ter acontecido duas semanas atrás, mas mesmo assim foi extremamente divertido. O Porto conseguiu manter o 100% de aproveitamento com sofrimento.

Juninho deu logo o cartão de visitas com um golaço em chute cruzado praticamente da lateral e abriu o marcador (veja imagem acima), além disso, o camisa 10, aniversariante do final de semana, estava tão inspirado que demonstrou versatilidade dando duas assistências para os outros gols do Uz Imbatíveis.

Porém, do outro lado tinha um faminto Dinho. O artilheiro do campeonato até aqui com 7 gols tem a qualidade de finalizar de onde quiser e com a mesma qualidade. Duas bolas e dois gols. Evandro ainda fez um gol “sem querer” encobrindo o goleiro após o complemento de escanteio.

Fernandinho também marcou após voltar de uma lesão. O gol teve requintes de deboche depois que Bembem deu uma cavadinha por cima do goleiro para que ele complementasse de cabeça sem trabalho nenhum.

Para Uz Imbatíveis os gols de Wanderson Eré, que estava meio apagado, e Vanderley, que foi bem acionado nas laterais, colocaram fogo no jogo e fez com que o Porto sofresse pressão até o fim. Tirando o Porto, as outras quatro equipes desse grupo vão se enfrentar no próximo domingo com chances de classificação.

Nós continuamos acompanhando. Até qualquer hora!

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Formado em Pedagogia (UFRN).