MARATONA DE LUTAS, CASA CHEIA E MUITA EMOÇÃO: O QUE ROLOU NO 1º OPEN GOSTOSENSE DE KARATÊ

Evento se mostra como grande sucesso, comunidade prestigia e de quebra AGOKS fatura mais da metade das medalhas em disputa.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

Mais do que o esperado, sucesso, grande evento, estas foram apenas algumas das expressões que demonstraram como foi o 1º Open Gostosense de Karatê realizado em São Miguel do Gostoso neste último domingo (13), o evento idealizado por Cristiano Nunes reuniu mais de 600 espectadores.

Com início às 9h da manhã e uma sequência de mais de 100 confrontos, todo o Open foi estruturado em 35 categorias divididas em três modalidades (Kata, Kumite e Tira Fita) tendo uma duração de aproximadamente dez horas!

Estiveram presentes atletas de sete agremiações de todo o estado do Rio Grande do Norte como Tangará (agremiação AGAPTO), Pau dos Ferros (ASSEIKEN), Parnamirim (TKK), Natal (WERYKA SHOTOKAN, SHIAY, ZENDOKAN) e Gostoso (AGOKS). A maior delegação do evento foi de “casa” com 65 atletas orientados pelo sensei Cristiano.

O Contador esteve presente durante todo o dia e conta para você o que rolou com imagens de Ariclenes SIlva:

CERIMÔNIA DE ABERTURA

ABERTURA
Grupo Só Melodia entoou o Hino Nacional Brasileiro. (FOTO: Alex Amaral)

A abertura do Open teve toda uma pompa envolvida, com uma mescla de discursos e apresentações foi uma hora de performances até os lutadores começarem seus embates no Koto (local onde acontecem as lutas). A entrada das delegações foi o ponto de partida da cerimônia.

Balé da Aslírio.
Balé da Aslírio.

Na sequência houve as apresentações do grupo de balé da ASLÍRIO e do grupo de desbravadores do município, além dos pronunciamentos da mesa composta por personalidades como o vice-presidente da Federação Norte Rio-Grandense de Karatê (FNK), Evilásio Jocas e o chefe de arbitragem, Hércules Queiroz, que foi o único brasileiro a arbitrar o Karatê no Pan de Toronto.

Escoteiros fazem performance.
Escoteiros fazem performance.
Juramento dos juízes
Juramento dos juízes
Mesa da cerimônia de abertura
Mesa da cerimônia de abertura

Para terminar, o grupo de música Só Melodia entoou o Hino Nacional Brasileiro para que houvesse o juramento de juízes e atletas.

INÍCIO DAS COMPETIÇÕES

O público compareceu, mas muitos demoraram a entender como funcionava o ritmo das lutas. As crianças de 6 a 7 anos iniciaram os trabalhos com duas modalidades, a primeira foi o Kata que é uma sequência de movimentos demonstrando ataque e defesa como se fossem formas de luta imaginária, sempre disputada por duplas e a segunda é chamada de Tira Fitas sendo este um exercício que trabalha agilidade e técnica no intuito de arrancar fitas que estão em um colete preso no adversário.

Durante a manhã mais duas categorias foram disputadas: 8 a 9 e 10 a 11 anos. Porém, três personagens roubaram a cena:

A PEQUENA NOTÁVEL

A pequena Elisangela conquistou duas pratas.
A pequena Elisangela conquistou duas pratas. (Foto: Alex Amaral)

Elisangela Fernandes foi a primeira a entrar no Koto, junto com Maria Vitória, e a fofura dela foi logo notada por todos, apesar dos seus seis anos a pequena faturou duas pratas para a AGOKS nas duas categorias que disputou.

O público vibrou no Tira Fitas quando ela conseguiu arrancar duas fitas da adversária, mas mesmo assim ela perdeu o confronto.

Elisangela no Kata.
Elisangela no Kata.
Elisangela no Kata.
Elisangela no Kata.
Elisangela no Tira-Fitas
Elisangela no Tira-Fitas
Elisangela no Tira-Fitas.
Elisangela no Tira-Fitas consegue arrancar uma da adversária.

O “GORDINHO” AMADO

Arthur Mesquita também foi um dos destaques da manhã na modalidade Tira Fita categoria de 6 a 7 anos, sua baixa estatura e condicionamento físico foi o suficiente para que a torcida simpatizasse com o menino, apesar dele não ser de Gostoso e sim de Natal.

Arthur Mesquita ganha ouro e tira foto ao lado da sensei Weryka.
Arthur Mesquita ganha ouro e tira foto ao lado da sensei Weryka.

A retribuição de Arthur foi a medalha de ouro, inclusive a única medalha dourada da Weryka Shotokan no Open.

Arthur Mesquita no Tira-Fitas.
Arthur Mesquita no Tira-Fitas.

LÁGRIMAS DE BRONZE

Evelyn Rayane da academia Weryka Shotokan, poderia nem ter ganhado uma medalha de bronze no Kata de 8 a 9 anos e mesmo assim sua passagem pelo Open de Karatê já seria marcada. A menina vibrou muito na sua primeira vitória na modalidade, tanto que chorou ao abraçar sua sensei na saída do koto.

Evelyn Rayane (vermelho) disputando o Tira-Fitas.
Evelyn Rayane (vermelho) disputando o Tira-Fitas.

MAIS TARDE…

Durante a tarde começou a modalidade mais esperada pelos “leigos” do Karatê que assistiam a competição, o Kumite que é a arte da luta propriamente dita foi iniciada a partir da categoria de 10 a 11 anos e foi seguindo nas demais categorias em conjunto com o Kata. Os destaques da tarde foram todos de São Miguel do Gostoso, vejamos:

NA FLOR DA IDADE

Seu Valmiro Catarina aos 59 anos competindo no Kata.
Seu Valmiro Catarina aos 59 anos competindo no Kata.

Seu Valmiro Catarina, ou Seu Vavá, como é conhecido, disputou a modalidade Kata na categoria master com seus 59 anos e dando um show! O publicou o ovacionou pela sua disposição de competir com tanta vitalidade e simpatia.

Confira o Kata do Seu Vavá abaixo:

“PEGOU FOGO”

Quem esperava grandes lutas arrepiantes conseguiu vê-las na parte final do evento, pela categoria sênior feminino uma luta de tirar o fôlego entre a gostosense Larissa Rodrigues e a natalense Moranguinho.

Elas já haviam se enfrentado na luta classificatória e Larissa havia perdido depois que Moranguinho conseguiu aplicar um ippon faltando sete segundos para o final, na ocasião a luta havia terminado empatada por 4 a 4 e os juízes deram a vitória a natalense.

Ippon de Larissa em Moranguinho na decisão.
Ippon de Larissa em Moranguinho na decisão.

O reencontro das duas foi na decisão da categoria e Larissa aplicou o mesmo veneno: um ippon na reta final de combate deu o ouro para a gostosense. Para delírio do público e da família dela que a assistia.

Golpe de Larissa entra e mais um ponto para a gostosense
Golpe de Larissa entra e mais um ponto para a gostosense
Pódio da categoria sênior feminino.
Pódio da categoria sênior feminino.

GOLPES TROCADOS

Pela categoria sênior masculino de 60 a 73 quilos a luta entre os gostosenses Everton Jonny e Djair Cardoso foi alucinante. O duelo que parecia ganho por Djair teve contornos dramáticos no fim, ele havia conseguido um wazari (2 pontos), um yuko (1 ponto) e na sequência aplicou um ippon (3 pontos) espetacular que deixou seu adversário caído no chão abrindo assim 6 a 0.

Luta entre Djair Cardoso e Everton Jonny foi alucinante.
Luta entre Djair Cardoso e Everton Jonny foi alucinante.

Porém, Jonny voltou e não se deixou abater, emplacou um wazari e também um ippon deixando a luta em 6 a 5. Djair conseguiu segurar o placar e foi para a decisão onde perdeu para Lenilson da agremiação TKK. Jonny ainda conseguiu o bronze.

Golpe de Jonny passa perto mais não encaixa.
Golpe de Jonny passa perto mais não encaixa.

NO QUADRO DE MEDALHAS

Gostoso levou 63 das 105 medalhas em disputa, a delegação do município levou 20 ouros, 25 pratas e 18 bronzes. Confira o quadro de medalhas completo:

Quadro de medalhas por agremiações.
Quadro de medalhas por agremiações.

Você pode conferir todos os pódios do Open de Karatê clicando aqui (PÓDIOS).

+ SOBRE O ESPORTE

O Karatê vem crescendo muito dentro do Brasil. Com as medalhas pan-americanas conseguidas em Toronto (2015) o nosso país subiu do 26º ao 6º lugar no ranking mundial, deixando inclusive o Japão para trás em 10º. A mossoroense Aline de Paula foi uma das medalhistas no Pan deste ano.

O Contador de Causos está de olho e encerra mais esta grande cobertura, até qualquer hora!

Autor: Ailton Rodrigues

Técnico em Informática (IFRN), que adora esportes e jornalismo, estando sempre disponível para bons papos. Coordenador de Comunicação do clube de futebol TEC (Tabua Esporte Clube), membro do Conselho do Coletivo de Direitos Humanos, Ecologia, Cultura e Cidadania (CDHEC), comunicador da Mostra de Cinema de Gostoso. Atualmente aluno de Licenciatura em Pedagogia (UFRN).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.