IFRN CONSEGUE EMPREGAR 60% DOS ALUNOS

IFRN

O instituto – que já foi Escola Técnica Federal do RN (ETFERN) e Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet) – mantém o objetivo de formar profissionais para suprir os setores produtivos do estado.  De acordo com a pró-reitora de extensão do instituto, Régia Lúcia Lopes, essa inserção se inicia com o vínculo de estágio. “Os pesquisados dizem que julgam o estágio como o fator mais importante na sua entrada no mercado de trabalho”,  aponta Régia.

Fonte: http://www.tribunadonorte.com.br

Autor: P. Eduardo

Licenciado em Matemática pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Pós-Graduando em Português e Matemática Numa Abordagem Transdisciplinar pelo Instituto Federal de Ciência e Educação Tecnológica (IFRN). Professor/Tutor Formador do (Programa de Iniciação Tecnológica e Científica PROITEC para o IFRN. Professor da Rede Pública e Agente Administrativo da Prefeitura Municipal de São Miguel do Gostoso/RN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s