ABISON MATHEUS É O ÚLTIMO GOSTOSENSE A CARIMBAR VAGA PARA FINAL DO BRASILEIRÃO DE KARATÊ

Com as medalhas conquistadas na etapa de Manaus do Brasileiro, Abison Matheus carimba vaga e fecha o time gostosense que irá à Salvador em outubro.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

O time está fechado! Com Abison Matheus oito atletas gostosenses estão confirmados para representar o município e o Rio Grande do Norte na final do Brasileirão de Karatê que acontece em outubro em Salvador.

Com uma atuação ruim na etapa de Caruaru, Abison não havia conseguido vagas para a final baiana em nenhuma das provas que havia disputado, com isso ele decidiu se esforçar para chegar em Manaus e espantar os fantasmas que haviam ficado pelo caminho.

Ele disputou quatro categorias em Manaus: kata na seletiva nacional e pelo Brasileirão kata e kumite nas especialidades individual e equipe. Apesar de não conseguir se classificar em nenhuma prova do kata, ele trouxe uma medalha de bronze no kumite individual e ouro no kumite em equipe.

Werika Nunes, Wanderson Silva e Abison Matheus (esquerda para direita

Aos 20 anos, Abison declarou ao Contador que pretende ir ao Open da Paraíba e somar mais pontos para o ranking nacional, além disso nas redes sociais ele agradeceu a todos que ajudaram a conquistar a vaga.

“Essa competição foi muito importante para mim. Foi minha segunda competição no ano onde tive boa atuação”, disse Abison.

A lista dos classificados gostosenses para a final do Brasileirão é a seguinte:

  • Abison Matheus
  • Larissa Rodrigues
  • Valeska Rodrigues
  • Sara França
  • Mel França
  • Savinho Mariano
  • Cristiano Nunes
  • Pedro Henrique

Observação: os atletas Wanderson Silva e Werika Nunes estão classificados e coligados à Associação Gostosense de Karatê (AGOKS), porém representam os municípios de Touros e Natal respectivamente.

Nós continuamos de olho nos karatecas gostosenses. Até qualquer hora!

 

GOSTOSO RECEBE TREINO COM ATLETAS DA SELEÇÃO ESTADUAL DE KARATÊ

Com atletas da seleção estadual presentes, karatecas gostosenses treinam em evento aberto ao público neste fim de semana.

POR AILTON RODRIGUES
SÃO MIGUEL DO GOSTOSO/RN

WhatsApp Image 2017-07-22 at 13.43.02 (1)
Treino da seleção brasileira de karatê em Gostoso

Neste fim de semana (21 a 23 de julho) o Ginásio Carlitão em São Miguel do Gostoso virou a casa do karatê potiguar, tudo graças a um treino da seleção estadual de karatê que teve como sede o município e de quebra ainda foi aberto ao público.

São Miguel do Gostoso ganhou moral e entrou com o status de um dos pólos de treinos da seleção neste ano, junto com outros municípios como Martins, Natal e Mossoró. Além dos classificados gostosenses para a etapa final do Brasileirão de Karatê, que acontece no mês de outubro em Salvador, atletas de outros municípios também estiveram presentes no evento.

O coordenador técnico da Federação Norte Riograndense de karatê (FNK), Emanoel Santana é o grande orientador dos treinos, junto com ele outros membros da federação estão na cidade. Além disso, atletas de renome e figuras carimbadas na seleção estadual como o medalhista Sul Americano e da Liga Mundial, Luiz Victor de Natal, e Tiago Oliveira de Mossoró também estão treinando.

WhatsApp Image 2017-07-22 at 13.42.58
Mais de 20 atletas participaram do treino neste sábado (22).

De acordo com o vice-presidente da FNK e presidente da AGOKS, Cristiano Nunes, o treinamento da seleção estadual em São Miguel do Gostoso contribui na evolução técnica dos atletas gostosenses que estão nas vésperas de dois grandes eventos (Open da Paraíba e Open Gostosense de Karatê) antes da final do Brasileirão.

SOBRE O OPEN GOSTOSENSE DE KARATÊ

Com data definida em 9 de setembro, a terceira edição do Open Gostosense de Karatê promete ser uma das mais disputadas de todos os tempos, já que o evento valerá como uma das etapas estaduais e consequentemente com pontos para o ranking do RN. Nas outras edições o grande público e o crescimento da presença de atletas foram as marcas registradas.

Óbvio que a casa do Open Gostosense de Karatê será no Contador de Causos! Estaremos com nosso time em quadra para trazer todas as emoções para você!

Nós vamos continuar de olho nos nossos atletas! Até qualquer hora!

O CONTADOR LEU: A HARMONIA DO MUNDO, de Marcelo Gleiser

por AÍRIS VITAL

Li meu primeiro livro cientifico, legal né?! O mais interessante é que sempre tive uma paixão fanática por constelações e a imensidão do céu em toda sua extensão, inspirado pelo Grande Criador. A edição deste livro trouxe-me muita dificuldade na leitura, por possuir diálogos em meio a aspas e não travessões, ou seja, o narrador descreve tudo até mesmo os diálogos recorrentes. Mesmo assim é indescritível, tele transportar para obra de Gleiser, que despertou e ensinou a buscar esse tipo de literatura.

A-Harmonia-do-Mundo-Destaque-1-940x705

O grande desafio do protagonista deste livro é ter vivido em uma época onde não havia distinção entre astronomia (ciência que trata do universo sideral e dos corpos celestes) e astrologia (doutrina, estudo, cujo objetivo é decifrar a influência dos astros no curso dos acontecimentos terrestres e na vida das pessoas). Ele inventou uma versão melhorada do telescópio refrator (telescópio de Kepler) e ajudou legitimar as descobertas telescópicas de seu contemporâneo Galileu Galilei. E outras obras literárias que forneceram bases para teoria da gravitação universal de Isaac Newton.

Kepler é um estudante pobre de teologia e matemática, que ganha respeito pelo seu trabalho e reconhece todo o seu sucesso ao mentor, pela qual guarda muita gratidão. Sua história é retratada através de pesquisa de documentos e manuscritos originais, do seu mestre Machael Maestlin que apesar de manterem mutualmente uma relação de admiração e gratidão, passa a ser atormentado pelas lembranças do pupilo que o superou, em conhecimento cientifico e coragem pessoal.

A narrativa do livro é contextualizada a partir dos dias de Mastlin que se tornaram cinza e sem propósito, com dificuldades até de manter um diálogo com seu único filho (Ludwig), que sempre se finaliza em discursão. Mesmo este sendo um nomeado médico, sente-se rejeitado, mantém ciúmes e ressentimento do pai desde a infância, devido o pupilo Kepler. Que mesmo estando ausente, sempre sentiu que tomava o (seu) lugar no coração do pai.

Ludwig tem um filho chamado Christian, o único que se importa com os interesses profissionais do avô e desta forma começa a se aproximar dele ao atender o seu pedido para lê o diário com anotações das descobertas da vida Kepler. Este é entregue pelo filho de Kepler, e seu aprendizado sobre a astronomia e a trajetória sentimental e profissional do avô, só evolui.

Um romance transcrito através de grandes descobertas cientificas e de enorme sacrifício e tragédia pessoal, descreve um retrato humano da relação de mestre e aluno caracterizada a um só tempo pela disputa e pelo orgulho ferido, como diz a própria descrição do livro. E assim, termino com a oração do grande protagonista Kepler:

“Que a unidade revelada nestas páginas, expressão da perfeição divina, ilumine o espirito enfraquecido dos homens, alimentando o amor ao próximo e restaurando a paz entre todos os credos. Que a harmonia que rege o mundo conforte nossos corações e desperte os homens para uma nova era, baseada na liberdade e no respeito a vida.”

O contador, Indica! Boa Leitura.

😉

 

Livro: A Harmonia do Mundo Editora: Companhia das Letras, SCHWARCZ  LTDA Ano de Publicação: 2006 Edição: 1ª Edição ISBN: 85-359-0889-7 Páginas: 327.